Feeds:
Artigos
Comentários

carybe

Os orixás são deuses africanos que correspondem a pontos de força da Natureza e os seus arquétipos estão relacionados às manifestações dessas forças. As características de cada Orixá aproxima-os dos seres humanos, pois eles manifestam-se através de emoções como nós. Sentem raiva, ciúmes, amam em excesso, são passionais. Cada orixá tem ainda o seu sistema simbólico particular, composto de cores, comidas, cantigas, rezas, ambientes, espaços físicos e até horários.

Como resultado do sincretismo que se deu durante o período da escravatura, cada orixá foi também associado a um santo católico, devido à imposição do catolicismo aos negros. Para manterem os seus deuses vivos, viram-se obrigados a disfarçá-los na roupagem dos santos católicos, aos quais cultuavam apenas aparentemente.

Estes deuses da Natureza são divididos em 4 elementos – água, terra, fogo e ar. Alguns estudiosos ainda vão mais longe e afirmam que são 400 o número de Orixás básicos divididos em 100 do Fogo, 100 da Terra, 100 do Ar e 100 da Água, enquanto que, na Astrologia, são 3 do Fogo, 3 da Terra, 3 do Ar e 3 da Água. Porém os tipos mais conhecidos entre nós formam um grupo de 16 deuses. Eles também estão associados à corrente energética de alguma força da natureza. Assim, Iansã é a dona dos ventos, Oxum é a mãe da água doce, Xangô domina raios e trovões, e outras analogias.

No Candomblé cultuam-se muitos outros orixás, desconhecidos por leigos, por serem menos populares do que Xangô, Iansã, Oxossi e outros, mas com um significado muito forte para os adeptos dos cultos afro-brasileiros. Alguns são necessariamente cultuados, devido à ligação com trabalhos específicos que regem, para a saúde, morte, prosperidade e diversos assuntos que afligem o dia-a-dia das pessoas. Estes deuses africanos são considerados intermediários entre os homens e Deus, e por possuírem emoções tão próximas dos seres humanos, conseguem reconhecer os nossos caprichos, os nossos amores, os nossos desejos. É muito frequente dizer-se que as personalidades dos seus filhos são consequência dos orixás que regem as suas cabeças, desenvolvendo características iguais às destes deuses africanos.

Apresento a seguir as descrições dos 16 Orixás mais cultuados. Recordo no entanto que existem diversas correntes no Candomblé e por essa razão as informações poderão ser diferentes de acordo com a tradição ou região.


As descrições de cada um dos Orixás são baseadas na obra:
Candomblé. A panela do segredo – Pai Cido de Osun Eyin – 2000

4.055 Respostas

  1. em Julho 23, 2008 at 4:26 am juarez santos

    Adorei gostei muito e aprende muitas coisa
    que queria saber quero saber mais da nação ketu
    vou procura a ler mais esse sat e muito enterecante
    pra quem tem duvidas agora fico sabendo mais das
    lendas dos santos e tabém do meu que é omolú que
    bom achei esse sat muito enterecante obrigado

    muito grato fica na paz de omolú


  2. em Agosto 2, 2008 at 6:27 pm alissonoliveira

    Olá Blog^^
    minha dúvida é: Quantos Orixás cada pessoa pode incorporar? somente 3 ou 1?
    Obrigado e Axé


  3. em Agosto 12, 2008 at 5:14 am michele silva

    adorei a pagina ;poderia tambem ter algumas cantigas de orixas , para ficar ainda melhor e tambem sobre os exus


  4. Alisson esse número depende da Casa, do próprio Yaô ter essa capacidade e de estar em seu caminho uma determinada quantidade de Orixás, em geral só se vira no máximo até o 3o. Tomege.


  5. A bença TOMEGE como vai?Sou euzinha, sua irmã. Gostaria que colocasse algumas cantigas já que na verdade todos em geral não sabem pronunciar o yorubá. agradecida desde já sua bença Odé lhe cubra AHHH!!! da um beijão em minha irmã também.


  6. Bom dia Nelson,

    Tenho mais uma dúvida rsss…
    Como já havia dito sou iniciante e estou no processo de desenvolvimento. Sinto as vibrações quando toca pra Oxum mas não incorporo. Fico frustrada com isso. Me dizem que tenho que pensar em cachoeiras etc. Não consigo incorporar. Gostaria de saber se tem tempo determinado pra que isso aconteça ou se sou eu que estou fazendo algo errado?

    Bj e bom dia !!


  7. Ah, ressaltando o que nossa irmã Denjigan disse, seria muito válido algumas CANTIGAS pra nós uma vez que não sabemos pronunciar o Yorubá. Se possível coloque algumas pra nós !!

    Beeeejos


  8. Denjigan, sua benção, é um enorme prazer receber sua visita. Manuela esta é minha irmã de Odé. Eu não sei colocar cantigas no blog, como digo sempre minha tecnologia é facão, marreta, espada etc.. mas vamos conversar eu e Manuela para ver a possibilidade, o problema maior está na letra, por que ter o som sem a letra não adianta muito. Tomege.


  9. Elaine bom dia, não existe esse negócio de pensar em cachoeira, em mata, em estrada, em cemitério e etc… se vc é rodante e a dona de seu Ori é Oxum ela vai virar sim. Se não for o caso, se Oxum for seu 2o Orixá pode ser uma outra questão, o 1o ainda não permite a passagem Dela. Mas ainda que Oxum seja a 1a e não esteja virando ainda, não se preocupe tanto, preocupar-se só vai fazer vc se travar, deixe fluir a energia.
    Eu sempre digo que virar de Orixá é comprável a um casamento, nós precisamos nos moldar um ao outro, ir sentindo aos poucos, as manias e os defeitos, até ter confiança plena um no outro. É um processo.
    Vc é de Oxum? Tomege.


  10. Denjigan, sua benção, é igualmente um grande prazer receber aqui a sua visita.
    Existe forma de colocar aqui algumas cantigas sim, mas, tal como o Nelson falou, faz falta a letra e a música para acompanhar. Já tenho algumas delas e creio que dentro de pouco tempo irá ser possível colocar aqui tudo direitinho! :)
    Que todos os Orixás sempre a abençoem!
    Axé!


  11. Gostei muito do site, continue assim,vocês estão de parabéns!!!
    Já aprendi algumas coisas.

    Um grande Abraço.


  12. Sidnira agradeçemos suas palavras, volte sempre e também continue assim, buscando aprendizado. Tomege.


  13. Bom dia Nelson,
    Obrigada pela explicação novamente rs. Qdo joguei os búzios, minha zeladora disse que o meu Ori era de Ogum e o 2º Santo era Oxum. Qdo iniciei no Ilê me pediram pra usar roupa com as Cores de Oxum, qdo toca pra Ogum não sinto nenhum arrepio mas pra Oxum é diferente. Me disseram que iriam desenvolver Oxum pois o meu Ogum é mto bravo. Na vida sou Ogum no Ilê sou Oxum. Fico ansiosa em incoporar logo, mas vou seguir seu conselho.Sou da Umbanda, logo não receberei Santo e sim a Linha certo ?

    Axé!


  14. Olá!

    Não sei bem como perguntar, mas fui a um centro e um malandro disse que carrego comigo a qualidade de obá, o que isso quer dizer? Que sou filha de obá? Pesquisei sobre ela e me impressionei como algumas caracteristicas se parecem com a minha personalidade. Não sou espirita, mas já frenquentei alguns centros. Tb queria saber de quem sou filha (pai e mãe) e o que isso influencia na minha vida.

    Obrigada!


  15. Boa Tarde Nelson,

    Gostaria de saber se vocês não poderiam colocar as
    rezas de cada Orixá, sei que é muito importante na vida de todos.

    Que todos os Orixá sempre a abençoem!
    Axé!


  16. Elaine como não sei direito o que se passa contigo, não posso nem devo falar o que não conheço. Te peço que leia em Autores
    Manuela – Candomblé – ritual e ética
    Nelson – Sou filho de Orixá.
    Tenho algumas coisas para falar mas preciso que vc leia antes. Vc vai entender o porque. Tomege.


  17. Sidnira as rezas são privativas dos iniciados e assunto internos das Casas, isso não é possivel, mas em breve, a Manuela vai colocar algumas cantigas. Tomege.


  18. Nelson,
    Bom dia!

    Xiiii, vou ler mas me responda rapidinho !


  19. Bem Nelson,
    Li os dois textos atentamente e me indetifiquei com eles, o que ressalta minhas dúvidas. Entendo que falar sobre um caso que não está a par é complicado, principalmente levando em consideração que cada Casa de Axé tem sua própria hierarquia, mas tenho lido mtos dos seus textos e as respostas sempre coerentes que tem dados aos comentários postados aqui, gostaria que se possível pudesse falar o que se passa…

    Elaine


  20. Elaine boa tarde, nosso trabalho no blog é ajudar a divulgar a cultura religiosa e dentro possível esclarecer dúvidas, sem querer ser a voz sobrena.
    Há muitas incoerencias no seu questionamento, não são suas, mas de condução do seu aprendizado.
    Umbanda não joga búzios, esta prática é do Candomblé, e ainda que a pessoa saiba ler as caídas não fará um interpretação correta. Está errado.
    Umbanda tem Terreiro ou Tenda, não se intitula Ilê, também é de Candomblé este termo, e neste caso dá uma impressão de querer ser o que não é de fato.
    Já soube de casos de feituras com Orixá trocado e que mais tarde deram grande transtorno para colocar as coisas no lugar certo, mas no seu caso a coisa já começa mal do início, vc é de Ogum e querem “desenvolver” Oxum por que Ele é bravo? isso não existe, o zelador tem que ter competencia para resolver o assunto, além do mais não existe qualidade de Orixá calmo, nem Oxum, por tanto o que falta é competencia. Não é vc que tem que se preocupar se o Orixá está virando ou não, é o zelador(a), é responsabilidade dele.
    Uma das primeiras cerimonias do Candomblé é o Bori que tem entre outras funções propiciar forças ao Ori (cabeça) para receber o Orixá, mesmo que seja num estado bruto, que mais tarde será lapidado na feitura. Em Umbanda se faz um ritual chamado Amassi (acho que escreve assim) que tem funçaõ similar ao Bori. Além disso no seu caso pode se utilizar banhos, chás de ervas e toques específicos para “chamar” o Orixa.
    Não era minha intenção te dizer que isso ou aquilo é certo ou errado como fiz acima, não gosto de apontar o dedo para ninguém, mas não posso me omitir em te ajudar. Te aconselho a que continue estudando e se possível vá a um toque de Candomblé, só como expectadora, para verificar se há alguma mudança nas vibrações. Desculpe um texto tão seco e duro, mas como bom filho de Ogum não fujo a minha linhagem. Espero que tenha sido esclarecedor para vc, grande Axé. Tomege.
    Já estava esquecendo. Como vc me deu trabalho em expor isso, coisa que nao gosto de fazer rsrsrsr?!?!, vc agora, como lição de casa, leia o texto “longo Aprendizado”


  21. Nelson,

    Tem razão qto as incoerências no meu questionamento, eu usei expressões erradas, qdo ao jogo de búzios no Terreiro que frequento a Mãe Pequena é feita no Ketu e joga Cartas e Búzios também. Vou participar de um toque de Candomblé e também jogar búzios novamente. Obrigada por me ajudar mas uma vez e desculpe dar tanto TRABALHO rsrsrs !! Quanto ao texto “Longo Aprendizado” eu já havia lido ele e me identifiquei como tantos outros que foram postados aqui.

    Ogum sempre te cubra de benção e abra seus caminhos pra que possa ajudar muitas pessoas como me ajudou!!

    Bjim


  22. Gostaria de saber qual meu orixá de cabeça a qual devo cultuar

    minha data de nascimento 27/07/1971 ao 12:45hs

    se puder me ajudar ficarei grata


  23. gostaria de saber como eu faço para iniciar no santo pois um dar um santo e outra dar outro e tenho medo de dar minha cabeça assim
    ass: allan kardec este yle axe da da casa que eu frequento


  24. Dadá bom dia, o ideal é que vc procure um jogo de búzios. Tomege.


  25. Allan Kardec a minha orientação é que vale o que o seu zelador fala, na Casa que vc frequenta te dão um Orixá, por tanto deve ser este. Mas não posso deixar de te dizer que algumas pessoas alegam que se deve ir a 07 jogos para se ter certeza, eu penso que se vc confia no zelador a palavra dele basta. Mas se há dúvidas, faça o tur. Tomege.


  26. Oieeee Nelson,
    Tenho uma novidade pra te contar…
    Domingo finalmente consegui incorporar. Dizem que eu incoporei Caboclo (a). Foi tão constragedor, até cai…
    Num gostei da sensação.

    Beeeejos
    Axé


  27. Elaine que lindo, ficamos muito contente eu e Manuela com certeza. Só não entendi o seu constrangimento, mas compreenda esse início da seguinte forma. Todo bebe engatinha, tenta caminhar sozinho e cai, se levanta, se sente meio confuso com essa transição, os pais apoiam, incentivam, ajudam até a criança aprender a andar, depois disso mal aprende andar já sai correndo. Vc ainda é uma “criança” neste mundo religioso, nestas sensações. è comun o constrangimento por que ainda se ouve, se vê, e não é bem como todos dizem que “apagaram”, o problema é esse certo? Não se preocupe, vc não está fingindo o início é assim mesmo.
    Támbém é normal que esse primeiro contato seja feito por um caboclo, um exú ou outro, daqui a pouco tempo o Orixá vai virar, é certo. Grande conquista. Tomege.


  28. Bom dia Nelson,
    Obrigada pelas palavras incentivadoras.
    Tudo o que descreveu é o que senti, principalmente o fato de estar consciente!!!

    Beeeejos


  29. Motumbá a todos.
    Nelson gostaria de parabenizá-los pelo site. Principalmente, pela franqueza, sinceridade e atençao que vcs dão a cada um que procurar sanar uma dúvida ou entendimento desta religião que é tão linda e ao mesmo tempo tão cheia de mistérios e segredos. Sou yawó, Yewá, frequento candomble a muitos anos, porém, somente este ano me senti segura o suficiente para a Feitura. Adorei o site, e sempre estarei por aqui para prestigiar o trabalho de vocês, e principalmente, aprender cada vez mais. Motumbá!


  30. Bom dia!

    Nelson, gostaria de saber pq quando cantam para caboclo sinto uma dor de cabeça, fico enfadigada e até mesmo tonta… Isso acontece também quando entro numa casa de Umbanda ou Candomblé para comprar algo. Aí não sei o pq disso, mas peço logo um cafézinho ao vendedor da loja e a dor passa na hora.
    E sinto meu corpo arrepiar-se todo, até ficar trêmulo.
    E mais, pq quando vou ao um jogo de búzios ou tarô, a mãe ou pai de santo não conseguem ver minha pomba gira? Sei que sou de iansã, mas a minha pombo gira não aparece de jeito nenhum… pq???????????
    Certa pela compreensão,
    Obrigada!


  31. Biavasc, são “sintomas” claros de mediunidade, provavelmente vc “vira de Orixá, experimente numa hora em que estiver na Casa, durante o toque, deixar fluir, sem medo.
    Sobre pombagira meu conselho é o msm para todos, primeiro cultue Orixá e depois deste passo dado, cultue pombagira. Tomege.


  32. Nelson,

    Boa tarde!
    Eu de novo rss.
    Fui ao médico e estou com uma doença de pele que os médicos não me dizem o que é. Tem uma semana, que apareceu umas manchas no meu corpo que coça demais !! O estranho é que uma semana antes eu sonhei com OMULU, tive uns sonhos desconexos e logo em seguida as manchas. Uns médicos dizem que é SARNA (eca), outros dizem ser MICOSE, ALERGIA em fim, vários diagnósticos. Falei com minha zeladora e a mesma me disse que pode ser por quê esse mês é de Omulu e alguns filhos sentem a irradiação desse orixá. Passou um banho de Arruda. Vc acha possível ?! Sabe o q acontece comigo? rss

    Beeejos


  33. Elaine boa tarde vc não é de Omolú!!! é de Oxum/Ogun certo? Ele então só te avisou da pereba rsrsrs. Vamos a uma receitinha para pereba de pele rsrsrsrsrsrsrsrs uma compressa de erva de bicho é um santo remédio, se faz um chá com toda erva folhas e pendão, molha-se o tecido, e aplica-se a compressa morna na área afetada, deixer uns minutos e repita 03 dias, se possível 03 vezes ao dia, vai aliviar a coceira da pereba rsrsrsrs, e cicatrizar. Pra garantir lave o local com sabonete de enxofre, em petshop tem rsrsrsrs. Vc apareçe com cada uma!!!!Tomege.


  34. Neeeeeeeelson,
    Obrigada pela receitinha, vou comprar os itens e fazer ainda hj, só não gostei das risadinhas que se seguiram. Não sou eu que apareço com “Cada Uma” mas são ELES que insistem em me testar…
    E chega de gracinhas viu !!! kkkkk

    Beeeejos
    Se cuida.


  35. Boa Noite!

    Nelson, gostaria de alguns esclarecimentos que até hoje não obtive. A questão é sou filha de Oxúm até onde si as sua cor é: amarelo que simboliza o ouro, a riqueza, é aí que está a questão, não sou fã da cor amarela, mas visto se for o caso. Mas quando é relacionado aos acessórios como: brinco, cordão, anel etc… Mas sou louca por vermelho e preto; pois no meu armário é difícil ter outras cores ou Eu mesma me adaptar a vestir cordialmente sem estar no vermelho com preto, ou toda de preto e principamente toda de vermelho. Frequentemente o meu dia – a- dia é o preto.
    Só mais uma perguntinha. rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs. tem alguma coisa relacionado ao meu gosto pelo animal de estimação ser o cachorro e papagaio? Tem alguma coisa a ver com a minha pomba gira? Sei que é a P. da Encruzilhada!
    Desde já,
    Obrigada!


  36. Boa Noite!

    Nelson, por Eu ser de Iansã é comum o meu gosto pela cor azul, gostar de acessórios que tragam a figura dos astros como: sol com estrela ou a lua. Sou muito apaixonada pelo azul, vivo mexendo com água o tempo todo, amo o mar, mas também não desprezo o verde, porque associo a natureza, mas tenho medo de entrar em mata, gosto do amarelo dourado, assim quase coral, sou apaixonada, o branco então, nem se fala. Se eu pudesse só andaria de branco o tempo todo. Mas odeio o preto, vermelho e roxo.
    Querem acabar comigo ou com o meu dia, é se me presentearem com alguma coisa com essas tais cores.
    Detesto usar roupa preta, vermelha, batom e acessórios desta cor e etc…
    Gostaria de saber o pq disso.
    Dentro do meu armário só se encontra, branco, azul de qualquer tonalidade, coral, verde, marrom, bege etc….
    mas se procurar alguma coisa no vermelho, preto e roxo, duvido que alguém encontre, pq eu não tenho…..
    gostaria de saber se isso é comum. E outra, pq toda vez que faço um rabo de cavalo no meu cabelo me dar uma dor de cabeça, fui ao médio, fiz um encefalograma completo e não deu nada. Mas isso é só prender o meu cabelo, pode ser com grampo, colocar um lenço etc…. enfim na verdade nem os médicos souberam me dar um parecer disso. Isso tem a ver com o santo?

    Desde já,
    Obrigada!


  37. Olá Biavasc,
    Olha, quanto à sua preferência por azul, pelo mar e as estrelas, nada disso é de Iansã, por isso achei curiosa a forma como você iniciou o seu comentário, dizendo: “por Eu ser de Iansã é comum o meu gosto pela cor azul” . As cores de Iansã, no Candomblé Ketu são o vermelho escuro, o rosa e o marrom, em alguns casos também o coral. As suas cores preferidas e o elemento água e os astros têm mais a ver com Iemanjá ou Oxum. O amarelo dourado é de Oxum, e o verde é de Ossain ou Oxóssi que são os senhores das matas, ou até mesmo de Iroko. O branco é especialmente de Oxalá e também de Iemanjá, embora diversos outros Orixás utilizem esta cor.
    Quanto à questão dos seus cabelos, tanto Iansã como Oxum ou Iemanjá não gostam dos cabelos presos! Não seria muito comum, mas poderia ser algum tipo de quizila se você for de algum destes três Orixás.
    Dê uma olhada nas descrições dos Orixás e confira, lá tem as cores de cada um.
    Axé!


  38. Ternura a predileção por uma ou outra cor não interfere em nada sobre sua relação com seu Orixá em nem em Ele te aceitar ou se zangar contigo, as cores determinadas a Ela são gosto pessoal do Orixá e também se relacionam com seus elementos naturais. Seus filhos não tem que gostar das mesmas cores para o dia a dia. Sobre o vermelho e preto, isso é clássico na moda, e fica muito bem, não tem relação com pombagira é gosto pessoal. Mas um coisa precisa ficar claro, o preto o roxo e o vermelho forte são cores que não são utilizadas pelos adeptos do Candomblé. Tomege.


  39. ola-

    Disseram-me que sou filha de oxum, gostaria de saber se sou mesmo, e como é que se pode saber.
    obrigada.


  40. Nelson,
    Bom dia !!
    Segui seu conselho e no sabádo fui a uma festa de Candomblé aqui em São Paulo, Ilê Axé Batistine. A festa foi OLUBAJÉ. Foi incrível, nunca vi nada igual. Me emocionei com o ritual, com os orixás e principalmente com Omulu !!
    Valeu a dica…rs
    Boa semana pra tds!

    Beeeejos
    Elaine


  41. Elaine ficamos contentes com seu entusiasmo, talvez seja esse o caminho. Tomege.


  42. Parabéns pelo site e desenvoltura das respostas…sou iniciante no candomblé, minha mãe é médium e estou em uma casa a qual me recebe muito bem. Fiz umas limpezas e um bori… quando joguei os búzios ficou entendido que meu caminho é do santo, e meu orixá é oxala…ainda não enntendo os rituais embora pelo menos a cada 15 dias participe ( entre na roda p dançar ), em uma festa p caboclo, dei um berro fora do normal e uma força maior puxou minhas mãos p trás… mas consegui voltar pois estava consciente o q não me senti bem… mas minha humilde dúvida é: posso demorar a fazer qualquer feitura, pois ainda não me sinto preparada para determinados rituais de recolhimento? ou isso quem determina é o santo? ou quando o santo mandar tenho q fazer? meu pai de santo é um homem muito bondoso… mas tenho medo de se algum dia for minha vez de fazer uma obrigação e não me sentir pronta…


  43. Olá Mailana,
    Muito obrigada pelas suas palavras com relação ao site. Isso nos deixa muito felizes.
    Com relação à sua questão, você ou qualquer outra pessoa só deve mesmo fazer o ritual de iniciação quando se sentir preparada e com plena segurança de que é isso mesmo que você quer, porque depois não tem volta.
    Se você não está ou não se sente preparada para dar esse passo, tenho a certeza de que o seu Orixá conhece e compreende a situação. Ele pode lhe ter dado essa indicação, mas não vai exigir a sua cabeça se você não tiver condição – seja preparo ou dinheiro, porque esse ritual é também onoroso.
    Deve também falar abertamente sobre isso com o seu zelador e estou certa que ele compreende e a poderá orientar também nesse caminho.
    Axé!


  44. Nelson,

    Conheci este site de vcs há poucos dias e “por acaso”. Já o li quase todo e estou muito satisfeita com ele. Vcs tem uma transparencia, respeito e sinceridade nas colocações feitas à todos, que não tenho encontrado por ai. A coerencia nas vossas respostas são algo de pouco se ver. Tenho 19 anos de Umbanda e apenas 2 de Candomblé, onde estou me preparando para fazer santo. Tenho estudado muito e procurado aprender o que for possivel e permitido. Converso muito com minha zeladora que é muito aberta, receptiva, carinhosa e está sempre disposta a nos ensinar. Trocamos conhecimentos no dia-a-dia e tudo que leio, converso com ela. E a maioria das coisa q li neste site de vcs, estão de acordo com os ensinamentos q ela tem me dado. Vcs estão de parabéns por esse trabalho. Continuem assim, pois todos temos a ganhar.
    Bem, gostaria de saber sobre Bara Ketu (Bara de Odé), a origem, como se trata, como assenta, enfim tudo q vc puder me falar sobre ele, ou me indicar onde procurar.

    bjs e obrigada,
    Patricia.


  45. eu gostaria de saber se existe alguma coisa para sentir esses dois orixas proximo a mim estou me sentindo mau pois nao sinto eles me acompanhando estou envolvido com exus e me esqueço desses orixas estou precisando de sua ajuda pois no domingo acabei brigando com minha irma e desejando o mau no outro dia eu e ela amanhecemos machucados eu com as costas rasgadas e ela com a kbça doendo


  46. Olá PC Brito,
    Em primeiro lugar, obrigada pelas suas palavras sobre o blog e sobre o nosso trabalho e postura aqui.
    Também é pouco frequente chegarem aqui pessoas que mostram `ter uma boa comunicação com o zelador ou zeladora da casa que frequentam, especialmente porque muitos têm medo ou vergonha de perguntar, e essa é de facto uma das coisas que têm que mudar na nossa religião. É certo que Há coisas sobre as quais não podemos falar com qualquer um, e coisas sobre as quais não podemos mesmo falar fora das “nossas casas”, mas existe muita matéria sobre a qual se pode e deve de facto falar, para que as pessoas possam de facto entender, aprender e evoluír com o conhecimento que vão ganhando junto com as práticas e rituais em que vão tomando parte ao longo da sua permanência no culto.
    A sua pergunta tem coisas sobre as quais podemos falar, já outras não podemos mesmo.

    Bara Ketu ou Exu Alaketu é o mesmo Exu e tem a sua origem em Ketu, daí o seu nome.
    Esta é uma qualidade de Exu que normalmente é assente nas porteiras das casas da nação Ketu, e por essa razão é – seguindo o ritual da fundação de uma casa – o primeiro Exu a ser assente nelas. Isto porque, precisamente por ele estar também relacionado com Odé e as plantas (ewe), quando se criam os limites da casa (roça ou terreiro), é importante não só proteger a porteira da casa, mas também tratar logo de criar os espaços de cultivo das ervas litúrgicas em torno dela.
    Quanto à forma de tratar e assentar, essa é matéria que não podemos falar aqui.
    Espero ter ajudado.
    Axé!


  47. Olá Josilane,
    Pelos restantes detalhes do seu comentário que não ficam visíveis aqui, creio que você se refere a Oxóssi e a Oxum como sendo os seus Orixás.
    Mas, com relação à sua pergunta, e independentemente de quais são os seus Orixás, creio que na sua pergunta você tem também a resposta que procura quando diz: “estou envolvido com exus e me esqueço desses orixas”.
    A solução, para que você sinta a proximidade, é mesmo você não se esquecer deles e cuidar deles como deve.
    Quando você fala em “Exus”, presumo então que esteja em outra religião que não o Candomblé, pois no Candomblé só tem um Exu, mas que se subdivide em diferentes qualidades.
    No Candomblé tem também uma regra: primeiro cuidamos dos nossos Orixás de cabeça e depois de todos os outros. Assim, se os seus são Oxóssi e Oxum, não tem por quê cuidar ou lidar só com Exu. É claro que Exu também ter que ser cuidado, mas se esse não é o seu Orixá de cabeça, então você está a trocar a ordem das coisas.
    Exú é um Orixá muito complexo por natureza, e por isso, para além dos cuidados naturais que cada um de nós deve ter para com o nosso Exu, mexer com esse Orixá é bom deixar para quem sabe exactamente o que está fazendo e tem fundamento para o fazer. Não sendo assim, quase sempre traz problema, e o resultado está aí… não é mesmo?
    Axé!


  48. Manuela,
    Obrigada por sua atenção e ajuda. E me desculpe pelo retorno a pergunta. Mas existe alguma forma ou fonte onde possa buscar a resposta sobre como tratá-lo e assentá-lo ? É q existe um problema com minha avó de santo e precisamos saber se as orientações e, digamos, intuições q temos estão de fato corretas. Sabe como é, a casa está começando (embora minha zeladora tenha quase 30 anos de santo) e precisamos fazer td muito correto para evitar problemas sérios futuramente.
    E mais uma vez, obrigada pela ajuda e atenção.
    Axé à todos !!!!


  49. Olá PC Brito,
    Não, esse tipo de informação, de meu conhecimento, não se encontra publicada em parte alguma, precisamente por ser o tipo de matéria sobre a qual não se deve falar nem fazer passar para fora dos terreiros. Isso é algo muito sagrado e importante de mais para se correr o risco de caír nas “mãos erradas”. Não digo que seja esse o caso, mas a regra mantêm-se.
    Axé!


  50. Manuela e Nelson,
    Tb gostaria de saber sobre quais as responsabilidades uma rombona numa casa de Ketu. Pois já fiquei um pouco preocupada com algumas coisas q me disseram. Embora as pessoas brinquem muito, a nossa religião é uma coisa muito séria pois lida com vidas, principalmente em momentos de muita fragilidade, q é onde os marmoteiros se aproveitam. Não quero ser, nem passar e muito menos fazer os outros passarem pelo q não gostaria q fizessem comigo.
    Abraços e Axé !!!!


  51. PCBrito minha mulher reclama comigo que eu deveria aprender a “lidar” melhor com o computador, mas eu não gosto deste sujeito. Foi um sacrifício encontrar a resposta que eu já tinha dado e queria utilizar para vc também, mas consegui.
    Achei ótimo a seu texto e sua preocupação com aprender corretamente e respeitar os outros, continue neste caminho.

    O termo “rombona” deriva da palavra arrombar ou rombão, um grande rombo, e é usada como uma metáfora se ralacionando ao momento do nascimento de parto normal. Está ligado com o primeiro parto, primeiro filho, aquele “que arrombou” a porta, deu para entender? tem coisas difíceis de explicar em poucas linhas.
    Não há nenhuma atribuição especial para o primeiro filho de santo ele pode ser designado no futuro para diversos cargos de acordo com sua competencia, mas não por ser o primeiro. Mas sempre será o queridinho do papai/mamãe sem dúvida.

    Por isso não há cobranças ou obrigações nenhuma por ser rombão, rombona, ou outro termo qualquer. As responsabilidades que vc terá serão dadas com o tempo.
    Tomege.


  52. Ok Manuela e Nelson,
    Mais uma vez obrigada pela atenção e ajuda dos dois. Sempre q tiver alguma dúvida, já sei onde recorrer, por ser uma fonte correta, clara e segura de informações, além de ética.
    Bjs e muito Axé à todos !!!


  53. A bença a todos…
    Tenho uma dúvida… fiz o meu santo em janeiro/08 sou de Òsun Ijimú com Omulu, mais desde a minha iniciação tenho uma mágoa enorme de minha “Zeladora”, não sei o que acontece, já tentei várias vezes falar com ela, mais tenho medo…. e o pior é que nem vontade de vestir Òsun eu tenho… o que eu faço???


  54. Muito esclaredor , principalmente para os que não entendem a linguagem, nem tão pouco a linhagem do orixas.
    Ainda exite muito preconceito, mas um dia todos irão entender.
    Um grande abraço


  55. JML, não tem outro caminho que não seja a conversa franca para resolver isso.
    É só isso que posso te falar, tenha coragem e converse. Tomege do Ogum


  56. oi primeiramente gostaria de dizer que gostei muito de saber sobre algum santo que nao sabia,mais o que eu gostaria de saber qual santo me rege nasci em 18/12/1985 as 13;30 da tarde se for possivel me falar agradeço desde ja


  57. Excelente site, muito esclarecedor e enriquecedor…continuem assim!


  58. boa tarde queria saber se pode mim mandar uma letra em yoruba por favor de ODE POR FAVOR


  59. adorei o site ,gostaria que vcs escrevessem sobre as yamins


  60. Olá Rose,
    Obrigada. Já tem um post sobre Iyá-Mi Osorongá neste blog. se você escrever esse nome lá no topo do blog, onde tem uma caixa de busca(search), vai encontrar directo.
    Axé!


  61. Olá Jonathan,
    Vai ter aqui muito em breve. Fique atento.
    Axé!


  62. Olá Vania,
    Essa informação só mesmo através do jogo de búzios. Não tem outra forma correcta de saber.
    Axé!


  63. muito obrigado

    vou ficar esperando

    =(^.^)= to espernado atento pra pegar e mandar logo pro meu meu irmao de santo que ele mim pedio

    obg abraços a todos vcs OJU ONI OSUN”EU SOU OS OLHOS DE OSUN*IBA LORIN MERERIN AYE ESE KO SESSE KUN WA

    OGUN AJÔ E MARIÔ ACORÔ AJÔ E MARIÔ AWÀ LEPA LEPA NAN OGUN AJÔ E MARIÔ MATUEYÈ


  64. bom gente eu adorei esta pagina mais gostaria de saber mais sobre os fios-de-contas e suas hieracquias do inicio ao fim isso é muito importante para nos iniciantes do candomblé angola… eu gostaria de aprender e saber mais profundo tudo sobre os linhamentos e seus fios-de-contas…

    obrigado pela atenção…salves vossas forçassssssss…..


  65. Dayanne boa tarde não podemos dizer que haja de fato uma hierarquia para este fios de conta por que isso depende muito de vários fatores, alguns deles são:
    A raiz do axé – Na minha Casa Ogum veste veste e seus fios de conta são verde no geral. Mas em muitas Casas Ele veste azul e seus fios são azul marinho. Na Umbanda Ele veste vermelho e branco e seus fios são vermelho e branco.

    A qualidade do Orixá – na minha Casa Ogum veste verde no geral, mas temos qualidade que vestem branco outra que aceita o azul, e seus fios de contas serão azul.

    Em geral o que vale para todos os axés e seguimentos religiosos é principio da idade de santo, os iniciantes terão sempre fios de conta simples de uma única perna, quando são já iniciados terão várias pernas de contas num único fio, mas sempre sem grandes enfeites. Os mais graduados terão direito a utilizar mais “elementos nobres ou enfeites” nos seus fios como por ex.: coral ou firmas diversas. Os mais graduados dos mais graduados poderão utilizar contas de marfim, de coral grande, toda feita de firmas especiais e decoradas e por aí vai. em geral é isso. Tomege do Ogum


  66. Oi. A poucos dias entrei em um site que com os meus dados me deu o resultado de que meu orixá fosse Ibeji e meus orixás de culto fossem Ogum, Naña Buruku, Óxossi e Omulu. O que são santos de culto? que influência eles tem sobre mim? E meu orixá? será que Ibeji é mesmo o meu orixá? que influência ele tem sobre mim? agradeço desde já pelas respostas, tanto as minhas como as que vocês auxiliam em pró das outras pessoas. Felicidades.


  67. Oi Nelson, boa tarde!
    Meu amigo tire uma dúvida. Eu fiz um jogo, nesse jogo caiu Xangô (ori) e 2º Yemanjá, mas nunca sinto Yemanjá nos toques. Já virei com Xangô, mas assim em vez de sentir Yemanjá sinto muito Yansân e sempre a sinto pela esquerda. Gostaria de saber se em sua opinião deveria fazer mais um jogo de búzios? Sei que posso consultar mas dois Babás.Ah um amigo meu fez um jogo pra mim e disse que tinha uma disputa entre Yemanjá e Yansãn. Na sua opinião o que devo fazer? Li algumas de suas resposta e gostei muito delas. Um abração meu amigo e muito obg por disponibilizar esse blog para o povo. Que OXALÁ contimue abençoando vc!


  68. Carlos obrigado pelas palavras e ficamos contentes em poder te ajudar. Não vejo motivos para vc procurar mais jogos, se vc já inclusive virou no Orixá que foi revelado continue neste camiho e com esta pessoa, outros jogos só farão confundir as coisas na sua cabeça. Sobre esta disputa também não se preocupe isso é relativamente comun, e não te traz problemas, são mãe e filha, Elas mesmas vão se entender. Não se preocupe vc não está “traindo” nenhuma das duas. Tomege do Ogum


  69. Nelson…,
    Fico muito grato por OXALÁ ter guiado sua resposta, era assim que me sintia, como se estivesse traindo minha mãe YEMANJÁ. Confesso que sou muito encantado por ambas (YEMANJÁ E YANSÃN). Vou seguir seu conselho, não vou fazer mais jogos pedindo confirmação, vou fazer assim como vc me orientou vou deixar que elas se resolvam pois, independente de qualquer coisa amo as duas e preciso das duas, considero-me um privilegiado por isso. Además, muito obrigado por sua resposta. Que nosso Pai maior, OXALÁ E OGUM, esteja sempre com vc condecendo-lhe sabedoria e muito axé pra vc sua casa e seus filhos.


  70. Carlos só tenho que te corrigir numa coisa eu não tenho filhos, eu e a Manuela somos filhos, como vc, preocupados com a religião. Volte sempre e pergunte o que desejar, dentro das possibilidades nós te ajudaremos. Tomege do Ogum


  71. Nossa, desculpe pela garfe,rs! Vi vc falando em minha casa, e de cara pensei que vc era era Babá,rs! Desculpa mesmo, isso não muda o respeito que tenho por vc, pelo contrário só almenta. Deixa te fazer mas um pergunta, só aproveitando o espaço. Eu tenho frequêntando um Ylê de um Babá que sua nação é Moçambique, assim, ainda vejo algumas misturas, algumas coisas que lembra o catolicismo e confesso que isso não me agrada. Por favor me diga, a nação mais pura, a que conserva mais as tradições de nossos ancestrais, é o KETÙ? E outra coisa, se há mudanças no Orixá, caso venha a frenquentar um YLÊ de KETÙ? Tipo, tem possibilidade de lá (no KETÙ) Ser outro Orixá o dono do meu ORI? Pergunto isso porque não me agrada a idéias de frequêntar um lugar onde há uma missigenação com católicismo ou qualquer outra religião, gostaria de estar em um lugar que conservasse o máximo possível as tradições Yorùbanas. Desde de já agradeço!
    PS.: Qual é sua nação mesmo ou folha?


  72. Ps.:02 – Nada contra viu outra religião logo porque já fui católico e Evangélico,rs! A questão é só porque quero frequêntar um Candoblé mais próximo dos meus ancestrais,rs.


  73. Carlos boa noite eu só faço questão de falar quem sou e que sou para que não haja dúvidas, no perfil vc pode saber um pouco mais de mim e da Manuela e nossa trajetória. Nós somos de Ketu a Manuela em Portugal e eu no Rio de Janeiro.
    Sobre sua dúvida, não há um segmento que seja mais purista que o outro, mas para ser sincero eu nunca ouvi falar deste segmento “Moçambique” para mim Moçambique é um país Africano, mas não vou dizer que não exista, eu conheço de leituras o Xambá, Cambinda, Angola, Katu, Congo, Omoloko, Umbanda, Kimbanda, Jeje, Efon, etc, mas esse é novo para mim.
    O que vc deve procurar é uma Casa tradicional, seja lá qual for o segmento, mas que leve a tradição do Candomblé sem misturas. Tomege do Ogum


  74. Oi Manuela,gostei de encontrar novamente seu site(Blog).
    Meus parabens a você pelos conhecimentos.
    Um grande abração.
    Enviei a você um e-mail,quando puder responder.
    Aguardo…


  75. Oi Nelson, boa tarde!
    Fui confirmar se era Moçambique mesmo é essa nação sim, também nunca tinha ouvido falar, ela descende da Angola, pelo menos foi assim que me disseram. Procurei pela net mais não achei nada falando, vou continuar pesquisando, em saber onde estou pisando. Também vou buscar aqui em João Pesso-PB, uma casa de Ketú, sempre tive vontade de conhecer e diga-se de passagem meu coração tem pedido pra ir. Como te falei, estou frequentando essa casa, me sinto bem lá mas, sinto que ainda falta um coisa, por isso quero conhecer uma casa de Ketú, vou apreveitar enquanto não tenho compromisso com nem uma nação pra ver isso bem direitinho. Outra coisa meu amigo, constantemente, fico querendo virar em minha casa, ontem por exemplo quase aconteceu, não sei porque isso, gostaria de saber se vc poderia falar alguma coisa sobre isso. Um abraço!


  76. Carlos boa tarde eu estava lendo o seu histórico e minhas respostas e vi que numa delas eu te disse continue na Casa etc.. Mas depois de saber issas coisas eu tenho algumas dúvidas. Primeiro que não existe essa coisa de descender de Angola, sei que existe por ex. o Omolocô que é uma junção de Angola e Umbanda, também tem Kimbanda (idem) mas essa descendencia está um tanto fora da realidade, não estou dizendo que seja ruim ou boa, isso só quem a frequenta pode dizer, isso é pessoal. Mas utilizar um nação tradicional para dar nome a uma ramificação é muito complicado. Moçambique como todos sabem é um País ada Africa assim como Angola e acho que o nome está mais esta lógica de quem o criou. Procure uma Casa onde vc esteja mais seguro.
    Quanto a esta sensação ela pode ser devido a sua ansiedade ou os seus Orixás estão muito próximos a ti e estão “aflorando”, converse com Eles para que vc não tenha momentos de constrangimento em público, converse normalmente como se fossem seus pais. Mas procure logo uma local para resolver este asunto. Tomege do Ogum


  77. Pois é Nelson…, Eu até agora não achei nem uma referência, sobre o Moçambique (a não sobre o páis Africano, que é conhecido), também estou meio que inseguro, confesso, é um lugar bom mas, sinto que ainda falta alguma coisa. Quanto a proximidade do orixá vc tem razão tenho sentido eles muito próximo a mim, pra vc ter idéia, te dias que sinto o cheiro das folhas que tomo banho, isso sem ter tomado, outras vezes sinto o cheio do essÊncia do orixá. Ontem estava falando com um amigo na internet, a cam estava ligada e ele viu o meu Exú, disse que estava a minha esquerda e detalhe disse quem era, ele não sabia que era o meu Exú e disse pelo nome. Estou tentando encontrar um lugar e pessoas onde possa confiar, vc sabe o quanto isso é dificil, existe muitos marmoteiros por aí e não quero cair nas garras de nem um. Um amigo meu fez santo errado e pagou um preço muito alto por isso. Confesso que estou meio inseguro e amendrontado, não quro que isso aconteça comigo já sofri e tenho passado maus bocado em minha vida, quero algo que me ajude, entende?! Um abraço!


  78. Nelson,
    Bom dia! Td bem por ai ?
    Tenho umas perguntinhas pra variar…
    Procede uma informação que tive, que no jogo de búzios se uma pessoa que é raspada e caso tenha feito algum feitiço pra alguém, só aparecerá no jogo se eu souber o “orunkó” deste filho raspado?? Ah, pode acontecer de uma pessoa sofrer perseguição das Iyami-Oshorongá pelo simples fato desta pessoa fazer pesquisas na internet?? Há pessoas que são filhos das Iyami-Oshorongá ou que as carregam no seu enredo? Se existe este seriam feito filho delas ?? Nossa, vou parar com as perguntas rsrsrs sei que tá atarefado.

    Bom fim de semana!
    Bjs


  79. Prezados Nelson e Manuela,

    bom dia! Primeiro quero parabeniza-los pela iniciativa e principalmente pela dedicação aos leitores do blog de vocês. Confesso que já venho lendo as postagens e ‘chats’ há alguns dias e só agora consegui escrever. Muito legal mesmo. Bom, tenho umas perguntas mas vou indo devagar neste primeiro contato hehehe.
    Sou médium pronto e feito na Umbanda por 11 anos, mas sempre tive uma ‘quedinha’ pelo Candomble. Neste ultimo ano em particular passei por uns baques grandes nesse terreiro onde trabalhava e me afastei. O que acontece é que minha ‘quedinha’ pelo Candomble aumentou e na verdade gostaria de ocnhecer mais na pratica o culto dos Orixás. Sei tratar dos Orixas que carrego, mas como todos sabemos, os orixas de umbanda, apesar de terem algumas semelhanças, são cultuadas e tratadas totalmente diferente. Sendo assim, pergunto: É possivel achar uma roça que eu me identifique, e depois dos tramites formais com a Ya ou com o Baba eu passar a fazer parte da casa, mas sem a intenção (inicial) de raspar (até pq posso nem virar ne?)? Como disse, minha vontade, preliminar, é conhecr mais a fundo, na pratica os rituais, as obrigações, etc..Estou muito interessado.
    Agradeço de antemão a atenção!
    Abs e assé!


  80. Bom Dia , Nelson

    Gostaria de saber porque eu não consigo mas sentir e virar na oxum verei uma vez só e nunca mais ela veio nem em rezas, festas nada estou triste pq é muito bom sentir a energia do orixá fico mais leve.E ela é meu orixá de cabeça.


  81. Carlos toda mudança causa medo e desconforto inicial, mas são necessárias, e vc só saberá se uma mudança foi boa depois de instalado no local, por tanto “quebre os ovos e faça sua omelete”, hoje eu cismei de falar igual ao Lula cheio de matáforas rsrsr. Amigo vá em frente em encontre outra Casa, procure uma Casa de tradição e se certifique que é um lugar confiável. Tomege do Ogum


  82. Elaine boa tarde é tanta perguinta que vamos numerar para não perder as contas rsrsrs.

    1 O Orunkó é a coisa mais sagrada que o filho tem depois do Orixá e ele não deve ser revaldo a ninguém nunca. Mas no jogo não deve apareçer que alguém fez “feitiço” para outro alguém, isso não procede.

    2 As Mães não tem motivos para perseguir ninguém muito menos que estuda sobre elas.

    3 Não filhos Delas, algumas pessoas precisam assentá-las devido ser necessário para a Casa de Orixá como forma de reverencia e culto mas não por conta de carrego.

    4 Não existe essa coisa de se fazer um Yaô filho Delas isso não procede, Tomege do Ogum


  83. Shadow boa tarde tudo o que vc diz está absolutamente certo sobre as diferenças entre os cultos. Vc pode ir participando de uma Casa sem ser iniciado ou mesmo como Abian, e se vc se sentir acolhido na Casa e tiver vontade de ficar vc pode então ser raspado. Mas veja que seu tempo de Umbanda e sua condição de feito não servem para te isentar de ser raspado e começar o aprendizado como todos os Abians. Sobre o aprendizado ele é gradual e somente os iniciados tem acesso a certos ensinamentos e a maioria das coisas se aprende no dia a dia de uma roça, então só estando integrado na comunidade vc aprenderá de fato. Te desejo tudo de bom e felicidades noseu caminho. Tomege do Ogum


  84. Daniela boa tarde sua pergunta é bastante complicada de se falar por que pode haver diversos motivo para isso. Vc pode simplesmente estar passando por um período tenso emocionalmente, pode haver uma quizila entre o Orixá e a Casa, pode ser que o Orixá só quizesse sua cabeça na feitura ou daquela vez e nada mais, pode muita coisa e tudo que eu falar será vago, o principal é vc procurar ajuda no jogo de búzios. Vc pode ser como eu que só viro raras vezes, passei anos sem virar e o Ogum só me pegou nas grandes obrigações Dele. Não fique preocupada com isso por que aí mesmo que Oxum não terá como te pegar, procure o jogo é o melhor caminho. Se depois disso tiver alguma outra coisa que possamos fazer é só falar. Tomege do Ogum


  85. Oi Nelson,

    valeu pela resposta. Eu entendo perfeitamente que as inciações em cada religião nao isentam na outra. Minha duvida é se eu posso entrar pra uma roça pra vivenciar o dia-a-dia do terreiro, mas sem ter a obrigação inicial de ter que raspar…Nao me entenda mal, mas como vc deve ter conhecimento, ainda ha muito preconceito/desinformação/ignorancia entre ambas as religioes. Por isso minha duvida…

    Abs!!!


  86. Shadow de fato há uma certa resistencia inicial da comunidade em aceitar um novo membro, isso se deve a que as pessoas já estão acomodadas com suas vidas e receber alguém sempre causa mudanças e a pessoa que está ingressando na roça pode representar uma concorrencia, e este comportamento é visto como preconceito, mas na verdade é medo. Outra questão recorrente é que a maioria dos novatos só desejam a festa o bonito, não estão querendo aprender a limpar galinha, a catar folha, e cantar e dançar corretamente, só querem participar da festa, então os mais velhos fazem como que “dar um gelo” se mostram indiferentes e de difícil acesso, mas isso é sempre fachada é um escudo. Tenho certeza de que vc saberá mostrar que seu interesse é somar e ajudar a comunidade e assim rapidamente vc será aceito e conduzido ao aprendizado que vc deseja ter.
    Vc pode viver eternamente como abian, vc não tem obrigação de raspar se vc não se sentir de fato seguro disso. Tomege do Ogum


  87. Nelson, muito obrigado mais uma vez pelos conselhos. Tomarei cada um deles. Sei que tenho que resolver logo, cada dia que passa coisas novas afloram em mim e como um bom amigo disse que preciso resolver logo, minha mediunidade é aguçada cada dia mais. Minha luta agora vai ser encontrar o lugar que meus Orixás se sintam bem, assim como eu. Hoje mesmo pra vc ter idéia falei um monte de coisas pra um amigo, estava em mim mas parece que algo usava minhas mãos, tudo aponta que foi ESHÚ, escri pra ele um monte de coisas ele ficou chocado com tudo o que eu escrevi, só porque ele disse que estve doente, eu nem sabia o que era, depois que escrevi tudo, foi que ele contou a história, foi agredido numa festa sem ter nem pra quê, ele tinha nada haver com a história, convulsionar por 48. Ele disse que precisava ouvir tudo isso que tinha escrito;Ah! e escrevia tudo com muita gargalhada, coisas do tipo faça suas defesas, ESHÙ se agrada primeiro…essas coisas. Enfim tenho que resolver essa mediunidade. Pela a OGUN que abra meus caminha e mostre onde ir e o que fazer já que é ele que abre os caminhos, que adentra o desconhecido. Muioto obg pelos conselhos mais uma vez!


  88. Não sei se sou medium,porem tenho muitas duvidas a qual caminho á seguir,já fui a vários centros,e terreiros.Participei de giras e recebi entidade de Pomba Gira, a principio comecei abrindo muito a boca,como se estivesse com muito sono,em seguida comecei a dançar muito rápido e depois girar.Não tenho certeza se é uma entidade ou posso apenas ter me empolgado .antes de comesar a dançar sinto uma dormencia muito forte na mão e no braço esquerdo, bebo e fumo também.abitos que não tenho.o que me deixa confusa é que sei tudo o que faço,é inerente a minha vontade.Nos terreiros que fui,me mandaram fazer corte para Pomba Giria com ave caipira,limpesa de sacudimento,e tomar vários banhos.querem que eu faça minha cabeça pois dizem que sou filha de iemanja.tenho pesquizado,e cada vez mas fico confusa,sem saber o que seguir,Candoble,Umbanda ou Quibanda,na realidade não sei a diferença entre ambas,onde moro é muito pobre de informação,são pessoas leigas e a maioria são analfabetos.os que tem conhecimento criticam dizendo ser coisa do demonio,porem sinto uma necessidade imensa em me aprofundar no assunto.Se posssivel me de um retorno.Obrigada.Roberta Oliveira.


  89. Oi gostari de saber de qual entidade sou filha? Nasci 07/03/1987 tenho muita curiosidade em saber se alguem pode me ajudar!


  90. nasci no dia 15/12/l974. sou filha de que santo.Roberta Oliveira.


  91. a resposta das perguntas que fiz, podem ser respondidas por aqui mesmo, como os outros.Roberta Oliveira


  92. Carlos boa noite, fé vc tem de sobra, conhecimento suficiente para saber o certo do não tão certo, então meu irmão vá em busca do que é seu. Ogum de certo te acompanha e te guia. Tomege do Ogum


  93. Roberta boa noite pela seu texto não há dúvida sobre vc ser médium ou rodante como falamos no Candomblé. Realmente vc deve ver direito para qual lado vc vai, não é que não haja retorno em todos eles, mas é sempre melhor já começar com um caminho definido. No Candomblé tradicional não há entidades como pombagira, digo no tradicional porque na maioria das Casas de Candomblé há culto a pombagira, porém nas Casas tradicionais isso não é aceito, nas tradicionais o culto é somente a Orixá. Não quer dizer que seja errado cultuar pombagira, é um modo de fazer Candomblé, diferente. Na Umbanda se cultua Guias (Orixá) e entidades, trabalha-se de outra forma e tão boa quanto o Candomblé e na Kimbanda idem, talvez o melhor para vc seja visitar as Casas para saber o que vc sente. Não podemos fazer mais do que disponibilizar o blogpara sua pesquiza e suas perguntas, por que como sou do Candomblé sempre tenderei para o meu lado. Leia bastante e se possível vá pesquisar, vendo as coisas acontecerem assim vc será capaz de decidir melhor. Tomege do Ogum
    Sobre o que falam da nossa religião, isso é coisa de pessoa que não tem o que fazer ou fanático religioso.


  94. Viviane boa noite só jogo de búzios pode te revelar isso, essa coisa de jogo via internet é furada, essa coisa de saber Orixá pela data de nascimento é errado também, procure uma Casa de Orixá e faça um jogo. Tomege do Ogum


  95. Meu amigo muito obg mais uma vez, ler suas palavras são confortantes. Fico feliz por vc ter em mim já um irmão de fé. Que OXALÁ continue danda essa sabedoria a vc e que OGUN lhe direcione cada vez mais ao conhecimento. Você não deve ter noção de como esse blog tem ajudado a cada um de nós, tem sido uma luz para muitos que vivem a escuridão da dúvida e da ignorancia (no sentido do desconhecimento) de modo que, tudo que vc tem feito a esses seus irmão nesse blog, toda a luz que vc tem lançado aqui, não tenha dúvida, voltará pra vc de forma dobrada. Esse é o verdeiro sentido do candomblé ajudar ao próximo, se colocar a disposição e ser uma atalaia em favor dos necessitados. Muito ASHÉ pra vc meu irmão!!!!


  96. em Outubro 26, 2008 at 10:40 am fabio monsores

    ola sou filho de ogum com oxum.gostaria de saber como e essa uniao.e no que ela influencia na minha vida????obrigado des de ja.


  97. Carlos boa tarde só peço uma coisa, quando vc estiver numa outra Casa e feliz nos convide rsrsrs Tomege do Ogum


  98. Oi Nelson,

    valeu pelo comentario. Gostei muito. Era isso que queria saber mas n tinha a definição/nomenclatura certa: abian. Isso que eu queria saber, se poderia ser abian por um tempo e tal.
    Um abração!


  99. Vocês poderiam colocar uma matéria sobre Ekedy pois sou uma e estou começando agora e preciso aprender mais. Obrigada.Axé a todos.


  100. Obrigada Nelson, pode ser também porque estava grávida e também porque tenho uma filha pequena para me preocupar. Pode ser isso tb.
    Daniela


  101. Cecília no post Bori na barra lateral em Categorias tem uma irmã Ekedji a Jady de matamba que também gosta de trocar infomações com outras Ekedjis, acho que vai ser bem interssante, vá lá e deixe um comentário para ela, o que vc acha? Tomege do Ogum


  102. Daniela esta situação pode levar a um afastamenteo natural do Orixá para não te constranger ou prejudicar a gravidez ou amamentação, vc virar nestas condições não seria muito aconselhável, apesar de já ter presenciado eu acho temeroso, mesmo acreditando no Orixá eu fico sempre preocupado, pode ter certeza de que é só isso. Sua Mãe não vai te abandonar. Tomege do Ogum


  103. Asé Nelson obrigada por esclarecer minhas dúvidas


  104. Oi Nelson tem outra coisa sonhei uma vez que o orixá osagiyan me dava uma bronca mas encorporado em uma pessoa que é meu irmão carnal, quando acordei achei estranho nunca vi meu irmão bolar no santo, outra coisa sou de oxum com osagyan derrepente ele estava me dando um aviso mas não entendi nada


  105. Olá,
    Tenho algumas duvidas!
    Em outra pagina cheguei a postar o que eu entendi do relacionamento dos orixás para conosco, alias obrigado Nelson pela resposta, pode ficar tranqüilo que não ficarei me achando rsrsrrss …… Existe muita coisa que eu não tenho idéia!
    Pelo que tenho averiguado aqui os filhos dos orixás acabam por adquirir alguns trejeitos e hábitos do santo, certo?
    E se a pessoa não quiser ser assim?
    Tem como mudar de orixá?
    Alias , quando ela se torna filho de um orixá?
    Existe alguém que não tem orixá?

    Desculpe tantas perguntas!
    Grata!


  106. Bom antes de mais anda boa tarde
    eu gostaria de saber se tenho algum oxixá nasci no dia 18/05/1985 as 04:45 manhã
    na realidade eu fico com essa duvida toda vez que vou em um terreiro nesse segunda que passou meu chefe me chamou pra ir em um estáva tendo uma festa pra omolu até então blz
    mais toda vez que vou pra um lugar assim minha perda doi e sinto arrepios na minha familia tem uma equede e meus parentes de segundo grau e minha vó frequentava mais ninguem levou adiante, eu tenho medo de ter alguma coisa foi a muitos misterios nessa crença, bom no terreiro onde fui visitar lá encontrei 2 pacientes e voltei a encontra-las aqui na quinta falei que tinah visto elas na festa e tal elas olharam pra mim e disseram vc estava na festa certa sentiu algo eu fiz não elas deram risada e comentou ela é de omolu com iansã fiquei sem graça depois quando elas foram embora nasceu um calombinho em cima da minha aurela direita no peito e me arrepiava toda e tal e só minha uma música na minah cabeça essa aqui vou escrever como eu sei viu (marauxire aguma coisa não sei escrever)pode ser só coisa da minha cabeça conecidencia mais de fato não paro de pensar nisso quero uma ajuda
    procurando sites encontrei esse vi que respondem estou mandando o meu se for possivel me mandar a resposta por e-mail eu agradeço pois nem sempre fico na net

    obrigada desde já

    obs: escrevi assim tão corrido pq estou no trabalho e não posso ficar aqui um grande beijo


  107. Esqueci de dizer que gostei muito do site…. parabéns


  108. Jessika boa noite, existe muita história neste adiquirir os trejeitos do Orixá, muita gente se esconde por traz disso para fazer as coisas e dizerem que o fizeram por que o Orixá é assim ou assado. Ex.: Algumas mulheres usam decotes exagerados, mil enfeites, perfume demais, são “atiradas” e depois dizem que são assimpor que são filhas de Iansã. Eu em particular já conheci mulheres estremamente sensuais que não se mostravam. O Orixá influencia sim mas não é como se diz por aí, o bom tom, o bom comportamento prevalece.
    Não se muda de Orixá, Ele nos acompanha a vida toda desde o nascimento, e vc é filha de Orixá independente de qualquer ritual ou cerimônia. Acreditamos que todos tem Orixá o que aconteçe é que não impomos isso, aceita quem quer e será feliz com ou sem cultuar o Orixá. Tomege do Ogum


  109. Lis boa noite o que te foi dito foi achômetro, ninguém sabe de quem vc é sem verificar no jogo de búzios, pode sim haver coincidencia, mas o correto é vc procurar um bom jogo com uma pessoa competente, o restante é adivinhação.
    Dê uma lida no post xire básico, lá em cima tem uma caixinha vazia ao de Orixas digite Sire ou xire basico e aparecerá o texto, lá tem uma letra de música/cantiga de Ogum que acho que vc vai reconhecer como sendo a que não te sai da cabeça. Tomege do Ogum


  110. muito obrigada fico mais clama agora
    humm goste id osite viu


  111. Oi Nelson, boa tarde!
    Meu amigo, estou com um dúvida aqui, sempre tive um amigo esses dias aguçou mais essa dúvida. Veja só, só existe um OGUN, por exemplo (falo Orixá de modo geral), e como pode muitos filhos virar com o mesmo orixá? E em caso de festa ou toques em vários lugares e ao mesmo tempo, como pode o Orixa está em todos os lugares ao mesmo tempo? Ontem ouvi de um Babá, que quando virava com um determinado Orixá ele se sentia mal porque o Orixá dele já era velho, como assim? Orixá envelhece com agente? Ele não contunua do mesmo jeito que é depois que faço o Bori? Orixá envelhece depois de Feito em mim? Eita bombardei vc de pergunta,rs! Agradeço desde de já a sua paciência e as resposta.


  112. Carlos boa noite, na verdade existe a energia principal Ogum que se subdivide em qualidades Ogunjá, Meje, Onire e outros. Algumas destas qualidades são represntações do Orixá (seja o Orixá que for) quando jovem e quando velho, a maioria dos Orixas tem essa gradação. O Orixá não envelheçe conosco, e sobre essa questão de como pode um mesmo Orixá virar em várias pessoas isso tem haver principalmente com um entendimento de que o Orixá não está num lugar “no céu” ou outro lugar e que “vem” se manifestar no filho. O Orixá, eu entendendo a aprendi assim está em nós mesmos, por isso os termos “virar” ou “passar” estão relacionados a uma segunda personalidade que se manifesta após determinados rituais e condicionamentos a ritimos/cantigas e palavras. Sendo assim o melhor ex que me lembro é o de uma estação de rádio e seus receptores (aparelhos de rádio) cada um tem uma sintonia, uma faixa de frequencia que será ativada durante a execução do rítimo ou cantiga do seu Orixá, por isso o Orixá pode estar em varios lugares ao mesmo tempo, é complicado e difícil de entender, e por isso também acho tão lindo, quando vemos a emoção nos olhos de quem recebe um abraço do Orixá. Tomege do Ogum


  113. Nelson…,
    Mas um vez fico sem palavras diante de suas respostas. Só tenho que agradecer encontrar uma casa de Ketú confiável aqui. Eu não estou sossegado onde estou, pra vc ter idéia, tem toque pra santo em plena sexta-feira e como eu falei, a mistura com algumas coisas do catolicismo…Tenho um amigo em Alagoas que está vindo esses dias pra cá, ele é de Ketú, quero conversar mais com ele, tirar mais dúvidas e desenvolver esse meu lado espiritual sem dúvida. Quero compreender algumas coisas, quero saber onde estou pisando, não quero ser como muitos, só papagios de piratas, que só fazem decorar e repetir o que os Babás falam, quero está fundamentado! E fazer meu Bori com uma pessoa sério e não um marmoteiro, como existe muitos por aí, enteressado exclusivamente no dinheiro dos seus filhos. Gosto de levar as coisas a sério. Mais uma vez muito obrigado. OXALÁ E SEU PAI OGUN lhe recompensará por tudo o que vc tem feito neste site por cada um de nós.


  114. em Novembro 3, 2008 at 4:05 pm Maria da Penha

    Bom Dia
    Gostaria de saber qual o rixa regente de 2009.
    Obrigada
    Penha


  115. por favor só queri saber se tem como saber o meu santo de cabeça sem jogar buzio?
    obrigado


  116. Diego bom dia, para seber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Tomege do Ogum


  117. em Novembro 5, 2008 at 7:01 pm jonathan oliveira de melo

    eu queria saber quem é de verdade meu orixá eu nasci no dia 17/12/1992 sou uma pessoa alegre


  118. Olá boa tarde!!!
    Quais as qualidades de uma OXUM APARÁ?
    Dizem que eu tenho Oxum, Yansã e um terceiro que é Oxossi,,,é possivél??? Eu só sei que elas vivem em pé de guerra.
    O que faço para agrada-los??
    Desde já agradeço por esta oportunidade!!


  119. Maria Edileide leia, por favor, na barra lateral na caixa Autores Nelson os posts Lendas de Iansã e Lendas de Oxum, lá tem uma explicação sobre este assunto. E é possível ter este trio de Orixás sim.
    Qaundo vc souber de fato quem são seus Orixás, amá-los é um grande agrado inicial. Tomege do Ogum


  120. Gostaria de saber como posso agradar o odú Obará


  121. OI

    Andei pesquisando sobre o candomble na internet e achei esse site
    Nao entendo nada sobre a religiao e gostaria da uma ajuda.
    Me disseram que uma pessoa ligada ao candomble fez um “trabalho” contra mim. Isso e possivel, isso existe de verdade??

    Voce acha que um trabalho pode realmente atingir e modificar a vida de uma pessoa?tudo bem?

    O que eu posso fazer para desfazer isso?

    Aguardo ajuda.
    Obrigada

    Fabiana


  122. eu quero que bote mas coisas sobre oxumare
    … tudo comessou no colegio minha colega fingia que dava santo e eu aprendi tambem .e comesei a ir naos canobles e figir que dava santo o pai de santo viu e me viu fingindo e eu sai dela quando chegou na porta do canomblr ele me olhou e eu fiquei tonto e tao tonto …. e hoje eu do santo.e aconcelho a todos nNAO DE SANTO DE MENTIRA QUE E SERIO
    essa foi minha estoria real ……..
    EU MORO NE SALVADOR BA


  123. Adorei.
    Gosto de estudar sobre o Candomblé, gosto de saber sobre as coisas e não confio em sites.
    Gostei e estou indicando.
    Beijos a todos.


  124. Roberto faça uma visita ao site do Doté Jorge, barra lateral ao lado, caixa Blogrool ítem Candomble a religião do Brasil. lá tem uma artigo sobre isso. Tomege do Ogum


  125. Fabiana bom dia, eu sempre deixo bem claro que esta é minha opinião pessoal, mas também que desejo, sim, influenciar as pessoas no sentido de não acreditarem nestes “trabalhos”. Sei que em algum momento alguém vai revidar e falar que estou errado, mas até que provem o contrário, continuo falando o que penso.
    Se pensarmos que todos tem um Orixá e esse Orixá tem um Exú/Bara que cuida de vc o tempo todo, essa questão de fazerem um trabalho para Te atinguir já passa a não ter sentido. Afinal o que ou porque o meu Orixá permitiria que algo de ruim pedido por outra pessoa pudesse me atinguir se eu não sou merecedor de algum mau que eu mesmo não tenha produzido para mim mesmo? Compliquei um pouco? Eu não acredito que alguém tenha a capacidade de influenciar a minha vida, eu sou dono da minha vida e do mau que eu mesmo me fizer. Me faço mau quando tomo decisões erradas, quando agrido alguém, quando sou mau caráter com alguém. Isso vai retornar algum dia de alguma forma. Mas tambem sou dono da minha vida para o bem, quando respeito as pessoas e tento ajudar alguém, quando não passo os outros para trás. Se ajo desta forma, não dou espaço para que os outros possam em influenciar ou me prejudicar, até porque só quem pode me punir é o meu Orixá e não um pedido besta de qualquer um.
    Siga seu caminho e confie nos seus Orixás e em vc. Tomege do Ogum


  126. Jefferson Lima é louvável seu texto pelo fato de vc ter coragem de expor que mentiu, porém quero saber se faria ou fez este reconhecimento ao vivo, sem a proteção do computador? Apesar de pareçer uma grosseria de minha parte, o que estou te dizendo é que esse seu arrependimento pode incentivar a outras pessoas a refletirem sobre seus erros e influenciá-las a se corrigir com vc o fez. Gratíssimo pela visita, que Ogum te dê muito caminho e bons ventos de Oyá o guiem, volte sempre meu irmão, precisamos de gente corajosa conosco. Tomege do Ogum


  127. Ludmilla bom dia a casa é sua também, volte sempre. Obrigado pela divulgação e pelas palavras de incentivo. Tomege do Ogum


  128. QUERIDOS SEMPRE QUIS SABER ARRESPEITO DOS MEUS ODUNS,TEM COM ME MANDAR O MAXIMO SOBRE MIM?JOSIAS ARRUDA DA CUNHA NASC 19/06/1970 EM SÃO PAULO. OBRIGADO!!!!!!!!


  129. Olá… Boa tarde!!!

    Passando por aqui só para parabenizar a toda essa equipe maravilhosa, que faz esse lindo blog…

    E nos traz essa maravilhosa dose de conhecimento sobre o nosso tão amado candomblé!!!!

    Parabéns pela iniciativa…

    Axé!!!!!!


  130. […] os 5 artigos mais populares, que são os mais lidos; no caso, de momento são as páginas sobre Os Orixás, Iansã, As Ervas, Oxum e […]


  131. olá…… boa tarde!!!!!
    Estive em uma umbanda em Brasilia mto diferente das q eu já vi, lá eles ñ tocam atabaques e só recebem, caboclos, preto velhop e exús…… E ficam de cabelos presos dando consultas…. Gostaria q vc me tirasse essa duvida sobre os cabelos presos principalmente…..

    Um forte abraço

    E q minha mãe iansã te proteja sempre….


  132. Josias Arruda bom dia, para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e por internet, o correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Tomege do Ogum


  133. Vanilza bom dia, nós temos manifestações diferentes da nossa cultura religiosa em todo o Brasil, desde o Maranhão com os Voduns, até o RS com o Oyó, são só formas diferentes de cultuar nossa religiosidade. É diferente, mas deve ser estudada e entendida antes de analisarmos o que está certo ou errado. Até por que o certo e errado é relativo.
    Sobre os cabelos presos, é concenso de que eles retem a força do Orixá e por isso devem estar sempre soltos, mas se lá eles fazem assim, deve haver um motivo para isso, eu em particular desconheço, mas deve ter. Tomege do Ogum


  134. axé atodos eu moro em tupi paulista e quero ser medium minha maior vontade é entregar meu corpo para uma entidade, a algum tempo estou sendo preparadpo para a umbanda mas agora a minha miga que me praparava e´stá sem lugar para continuarmos o que eu faço tem algum ritual que posso desenvolver sózinho para receber meus guias e atender meu povo que me pede ajuda diariamente, aguardo ancioso uma resposta. quero desenvolver- me ainda essa semana


  135. Sou filho de Oxumaré. Tenho muitas dificuldades no lado amoroso. Ñ sou correspondido, sempre só eu que tenho que ir atrás da pessoa, e pior: Insistir, para ficar. Acho uma atitude rídicula, mas se eu ñ fizer isso, fico na “seca”… Gostaria de mudar isso, eu posso até procurar, mas desde que eu seja procurado (correspondido). Gostaria saber algo que posso fazer no dia do meu aniversário 01º/12 no sentido de prosperidade de $$, amor (correspondido), emprego, etc … AXÉ .. AGRADEÇO


  136. Júnior bom dia somente um zelador pode te ajudar nestas questões pessoais, precisa ser algo feito com sua presença, com sua energia e consentimento do seu Orixá. Mas se lembre que o Orixá é independente de vc e sua postura diante da vida é que realmente vai fazer a diferença. Sua carência afetiva talvez tenha que ser resolvida antes e por um especialista e depois de resolvido isso vc procurar um zelador pode te fazer bem. Tomege do Ogum


  137. Devair bom dia. Não estou te dando bronca, mas eu queria ser alto e lindo, rico, queria também ser piloto da NASA, mas o meu Orixá me quer rodante e da forma como sou.
    Devair felismente é o Orixá que escolhe o que o filho será, se rodante ou Ogã ou Ekedji, então o primeiro passo é vc saber com uma consulta de búzios qual a sua função. Apos este passo, vc será iniciado, vai aprender sobre sua religião e no futuro será determinado se vc pode ou não cuidar de outras pessoas. Esse fim de semana eu estava conversando sobre isso, existem muitos zeladores que nunca deveriam ter aberto um Casa de Axé, eles seriam ótimos pais pequenos, ótimos qualquer outra função no Axé, e por falta de conhecimento se tornaram zeladores não tão competentes. Pense nisso.
    Obs impotante não faça nunca nenhum ritual sozinho, o Candomblé é uma religião comunitária e iniciática, por tanto exige a presença de um mais velho para te acompanhar em tudo. Tomege do Ogum


  138. Pode ser feita oferenda para Oxumaré na Praia, na areia ?


  139. Boa noite, joguei um Tarot há uns anos atrás e disseram que sou filha de Yemanjá com Ogum…Gostaria afinal de saber se isso é válido, confirmar isso.Porém a pessoa que jogou disse também que sou médium..lembro até que minha mãe estava junto e a chamaram.
    Adorei o site, muito interessante!
    Axé.


  140. Amanda boa tarde sua respsota está no post “participe hoje”. Tomege do Ogum


  141. eu nasci a 18/03/1974 e ja me indicaram que nasci sobre um arcanjo negativo, devido a isso a minha vida tem sido tao dificil e aquilo que realmente quero, parece que quanto mais luto para ter, mais longe fica? que poderei fazer para mudar isso?
    Sei que estou em fase de iniciação, mas mais que uma pessoa ja me indicou que sou medium e realmente sinto presenças e algumas vejo sombras ou mesmo a tocarem-me no ombro. que deverei fazer? como deverei proceder?


  142. Nelson,primeira vez que estou entrando em seu site;
    moro em Brumado e dia (26/11/08 a 28/11/08) irá ter um feira de ciências em minha escola.

    Cujo o tema será Cultura Afro-Brasileira, então a minha professora mandou eu falar sobre a religião…
    Pesquisei muito em sites como esse,mas não obtive ajuda,
    eu irei vestir de (Yamim),so que eu não obtive ajuda para conseguir a minha fala , preciso muito até o dia 23/11/08 para Decorar.

    Nelson ficarei muito grata se você puder min ajudar,
    sou apenas uma aprendiz,tenho 13 anos e estou conheçendo melhor sobre a cultura Afro-Brasileira,
    Desde já Agredeço !


  143. em Novembro 23, 2008 at 10:19 am Beatriz d'Oxoce

    Nelson, não poderia deixá-lo sair de férias sem parabenizá-los pelo site, despretencioso, muito bom.
    Vocês renovam o amor, o carinho, o respeito ao ser humano.
    Obrigada.


  144. Oi Nelson, tudo bem?!
    Meu amigo gostaria de compartilhar um sonho que tive a uns três dias atrás, desde que tive esse sonho que penso nele. Veja só, sonhei com quatro Búzios, só os quatro mas nem um, vi que ele estavam abertos e a parte aberta era preenchida com uma cor vermelha, vc sabe como é, tem búzio que a parte que fica aberta é preenchida com um massa, poder ser qualquer cor bem foi isso que sonhei, quatro Búzios abertos com a cor vemelha, o que vc acha disso meua amigo. Seria bom eu ver isso no jogo de búzios pra ver do que se trata? Desde já agradeço! Grande abraço!


  145. Sou nascida em 18/04/1965 e tenho uma mediunidade muito forte e e stou rodeada de vibrações negativas por amigos e parentes proximos por motivo de inveja e olho gordo e tenho dificuldades de arranjar um bom emprego e um amor correspondido gostaria de uma ajuda de tratamento espiritual


  146. Oi gostaria que você me falasse mais ou menos quantas e quais as qualidades que tem de Logun Edé????
    Se puder me responder gostaria muito de saber.

    Asé


  147. Bom dia Ana,
    Já respondi a essa sua questão no outro local onde também a deixou. Não carece perguntar mais do que uma vez.
    Axé!


  148. Bom dia Daniele,
    Peço desculpa, porque provávelmente já chego atrasada para lhe responder, mas você em realidade nem deve mesmo mexer com falas de Yamim… isso é coisa muito séria para quem é um curiosa na matéria e até para os entendidos.
    Espero que tenha arranjado outra temática.
    Axé!


  149. Bom dia Beatriz,
    Muito obrigada pelas suas palavras generosas.
    Volte sempre, pois esta casa também é sua.
    Axé!


  150. Bom dia Carlos,
    A interpretação de sonhos é algo que não podemos fazer levianamente, pois corremos o risco de estar a interpretar mal e isso até ter consequências sérias, então, deixamos para os especialistas na matéria.
    No entanto, concordo que uma consulta de búzios talvez lhe pudesse ajudar e trazer algumas respostas.
    Axé!


  151. Bom dia Maria da Conceição,
    Nós aqui não podemos lhe indicar qualquer tratamento. Aliás isso só deve ser feito segundo indicações e respostas muito concretas que você poderá receber se consultar os búzios. Aconselho portanto a que procure uma boa casa, com um zelador/zeladora de fundamento e coloque as suas questões, é o melhor a fazer.
    Que os Orixás abram seus caminhos e lhe tragam tudo de bom!
    Axé!


  152. Bom dia Monique,
    Muito em breve vamos ter aqui postagem sobre as qualidades de Logun Edé, é questão de ficar atenta.
    Volte sempre.
    Axé!


  153. O olhar da religião, não é apenas da religação a um criador, mas total incorporação, do homem a natureza espiritual, a sua ancestralidade.


  154. Boa Tarde Nelson e Manuela.

    Gostaria de tirar uma dúvida. Sou de Osùn e estou buscando muitas coisas sobre ela e sobre todos os Orixás. Li várias lendas sobre todos e uma em especial me deixou intrigada.
    Nela dizia que Esù(Bará) roubou de Orunmilá o jogo de Ifá e que Osùn curiosa como é e vendo a tristeza de seu Pai foi a procura das grandes Mães e c/ elas foi aprendendo o segredo dos feitiços. Um belo dia foi ao encontro de Esù e soprou um pó em seu olho que fez com que Esù deixasse o jogo cair e deixou temporariamente cego. Osùn disse que iria ajudar pegando cada elemento do jogo que havia caído e perguntando. Assim depois de achar todos os 16 Odus Osùn devolve p/ seu Pai o que lhe foi tirado.

    Porem já escutei e li outras lendas que disseram que foi Osùn que roubou o jojo de Esù e p/ isso ele a persegue até hj.

    Bem não ao certo qual das lendas são verdadeiras, mas sei que no Ilê que frequento a pouco mais de 5 meses entrou uma filha de santo de Bará pessoa pela qual no primeiro dia que tive contato falou uma coisa pra mim que minha vontade foi voar no pescoço. Até entao ninguem sabia de que Orixá ela era. Depois de passar p/ 1 Obi que descobrimos.
    Gostaria que vc me tirasse essa duvida se possivel, sei que um persegue o outro ate hj, mas gostaria de saber o real motivo.

    Desde já agradeço.

    Motumbá.


  155. Olá,

    Eu tenho 35 anos, fiz um bori há mais de 16 anos atrás, só que foi feito pra Ogum e sou filha na verdade de Oxum Apará,
    não frequento mais os centros de condomblé, hoje vou muito
    nos centros kardecista, mas eu percebo que fiquei com a regencia de Ogum em mim, como que caracterizado na minha personalidade, eu acredito nisso. Há alguma coisa que eu mesma possa fazer para trocar as energias, gostaria muito da
    regência de Oxum em minha vida, como faço para agradá-la, há algo que eu possa fazer na cachoeira para meu ori?


  156. Olá Roberta,
    O Bori não é feito para nenhum orixá em particular, ele é feito para os orixás Fun-Fun (brancos, como oxalá e yemanjá), mas não é vinculativo.
    Bori não é o mesmo que iniciação, portanto, não entendo como você pode ficar sob a regência de Ogum.
    No caso que tivesse feito a iniciação para ogum, ainda que erradamente, não seria possível a si fazer qualquer coisa para alterar isso, seria aliás um processo muito complicado e só acessível por um pai ou mãe de santo realmente conhecedor.
    Leia o post sobre bori e o post sobre iniciação que você vai entender as diferenças e o que eu estou falando.
    Axé!


  157. eu gostaria de saber qual e meu orixa,se podece me ajudar nesse assunto eu ficaria muito grato.
    minha data de nascimento e?15/07/1992,nasce numa quarta-feira,as 23.35 h.
    espero respostas anciosamente.
    bjs xau*…


  158. Muito obrigado Manuela, pelo conselho, fiz um jogo de búzios, realmente era um aviso do meu orixá, Xangó, parece que ele anda distante de mim, segundo o Babá que fez a consulta nos búzios pode ser uma cobrança dele para um serviço mal feito que fiz com uma pessoa, um sacudimento todo erado. Estou tentando fazer um novo assim que der. Quais as consequências de um sacumento, limpeza de egúm mal feita? Agradeço novamente. Um forte abraço!!!! Aguardo sua resposta!


  159. Olá Marcelo,
    Para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios, é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base a sua data de nascimento, o seu tipo físico ou por internet, o correcto é uma consulta pessoal com um bom zelador.
    Axé!


  160. Olá Carlos,
    Fico feliz por ter sido de alguma ajuda, ainda que só lhe indicando para fazer uma consulta de búzios, mas essa era mesmo a forma de você ter respostas concretas.
    A consequência é que o sacudimento é feito para afastar os eguns, e se não for feito correctamente, o que acontece é que eles vão ficar.
    Egun é algo que precisamente Xangô abomina e não chega nem perto, daí, não ser de estranhar esse afastamento de que você fala pois Xangô se afasta de tudo quanto tenha que ver com morte, assim, um filho dele carregando egun, não propicia proximidade. Cuide disso quanto antes. Egun não é boa companhia para ninguém.
    Axé!


  161. Olá Manuela.

    Queria fazer uma pergunta:
    Eu, sou filha de Nanã Ajàosi com Obaluaiê, naum fiz obrigação ainda.

    Vc fez obrigação.Como é ser filha de orixás tão severos?
    Sua obrigação como foi?Difícil?
    Como vc sabia que sua mãe Nanã estava te cobrando obrigação?

    IH!!!!Acho q foi mais de uma pergunta.
    É pq tenho sentido algumas coisas e busco repostas.
    Se puder mande por e-mail.Se naum puder, pode responder aki mesmo.

    Desde já.Obrigada!!!!!!!!!!Bjos


  162. Muito obrigado Manuela!
    Foi como imaginei, tudo que vc falou eu tinha em mente. Vou tentar resolver logo isso. Um forte abraço!! AXÉ!!!!!!


  163. OI TUDO BEM, NELSON SOU FILHA DE OBÁ E ESTOU DE PRECEITO GOSTARIA MUITO QUE SE TIVESSE UM SITE QUE TOQUE PONTOS DE OBÁ EU VOU LHE AGRADECER SE PODER ME INDICAR. UM BEIJO E BOA NOITE! AXÉ


  164. nelson gostaria de ter teu msn ou o numero do teu telefone ai no brasil,pos gostaria que vc pode-se jogar os busios pra mim pra saber qual eo o meu orixa e qual e minha pombagira pra que eu possa ter mas contato primeiro com o meu anjo da guarda (orixa) e depois da minha pomba gira(exu) gostaria do teu msn ou do telefone pos nao moro no brasil e aqui na austria nao tem ninguem que fassa esse trabalho, e no brasil nunca tive enterese de saber do outro lado espiritial so aqui nesse pais e que eu fui perseber que nos temos uma forzar espiritual que presizamos cuidar se vc poder me ajudar ficaria muita agradecida bjs ate mas


  165. em Dezembro 5, 2008 at 4:56 pm alissonoliveira

    Olá Blog…
    Manuela minha dúvida era outra mas quando li seu comentário fiquei com esta dúvida:
    você disse que egun não é boa companhia para ninguém, mas visto que os eguns do Candomblé são os Caboclos, os Pretos Velhos, as Crianças e até mesmo os Exús da Umbanda (que são diferentes dos do Candomblé) ainda assim Egun é má companhia para todos?
    Axé…


  166. em Dezembro 5, 2008 at 5:06 pm alissonoliveira

    Bom como eu disse no outro comentário, a minha dúvida era outra, a dúvida era esta:
    Foi aberto um jogo e foi dito que eu era filho de Xangô (daí a minha dúvida em relação aos Eguns) e Ogum, e que minha mãe era de Oya, mas nós nunca encontrávamos terreiros que fossem de confiança para nos desenvolvermos e dias atrás nós fomos por indicação de um amigo em um terreiro, lá nós fomos atendidos por uma cigana que disse (apenas olhando para nós, sem búzios) que eu era de Ogum e Oya Egunitá, e que minha mãe era de Yemanjá, Oxum e Oxóssi que estava brigando com Xangô, então pelo o que eu li aqui, a única forma de saber o Orixá de uma pessoa é pelos búzios, essa cigana disse o que disse apenas baseada em nosso nome completo e data de nascimento, existe a possibilidade de ela estar certa?
    Axé…


  167. queria saber de que orixa eu sou nas(01/05/1985)


  168. em Dezembro 9, 2008 at 4:32 pm Elisangla Cazuza da silva

    tenho 32 anos sou filha de ogum ,e as vezes levo rosas vermelhas para a pomba gira na encruzilha ela pode me ajudar mesmo assim e gostaria de saber quanto custa um trabalho na bahia para ter um pomba gira


  169. Olá Elisangela,
    Essa é uma questão à qual não saberia lhe responder, pois não tenho a mínima ideia do que pode custar uma coisa dessas. Entretanto, penso que seria mais correcto você ver o que pode fazer para o seu orixá em vez de querer fazer uma pombagira quando não tem qualquer outro fundamento.
    Axé!


  170. Vocês estão me ensinando tanto que só vim agradecer!
    Sou espirita desde que nasci, fui batizada aos 2 meses no candomblé pelo Boiadeiro Laço de Ouro.
    Sou muito feliz sendo espirita!
    Sempre que tenho alguma dúvida entro no site para esclarecer.
    Bom ter vocês!

    Beijos


  171. Tenho visto que as previsões sobre os orixas ou o orixa que ira reger em 2009,é um tanto quanto contraditoria,mesmo dentro dos terreiros(roça)ou outras religiões afro ocorre uma divergencia ,mas na verdade quem realmente ira reger,visto que cada zelador,Pai,Mãe,ou qualquer pessoa encarnada que atravez da sabedoria sedida pelos seus mentores falam linguas diferentes.

    Acho que talvez isto seja uns dos problemas que a religião afro,passa no Brasil,esta ficando confusa,cada um fala uma coisa.

    Mas acima de tudo o melhor é ter fé no seu santo de cabeça na ideologia de sua alma.

    Afinal quem Rege?


  172. Marks o que aconteçe não é exatamente o que vc relata. Sem dúvida o mundo do candomblé está ficando muito confuso devido a muitos zeladores não terem o preparo necessário para cuidar de pessoas e muito menos para ficar a frente de uma Casa de Orixá. Mas no caso específico do Orixá regente do proximo ano a coisa seria bem simples de definir, mas o ego e a soberba falam muito mais alto do que a tradição e respeito a hierarquia, vejamos o seguinte. Todos os candomblés decendem das Casas tradicionais, seja Casa Branca, Opó Afonjá, Bate Folha, Casa das Minas e tantos outros, por tanto deveríamos todos seguir o que diz a tradição e esperar que as Casas de matriz, a nossa raíz nos dissese qual Orixá regerá o próximo ano. A coisa é simples mas falta o respeito e ética por parte muitos zeladores que se acham superiores a sua própria raíz. Tomege do Ogum


  173. Olá Nelson, tudo bem?
    Nelson mês passados passei por alguns probleminhas que alguns médicos não conseguiram explicar, nem tão pouco os exames laboratoriais. Tive furúnculos, dor renal…,resolvi com tudo isso fazer um jogo de búzios tendo em vista que não dava nada nos exames.Antes porém tive um sonho, nesse sonho como já te raletei via quatro búzios abertos, e a parte aberta era vermelha, fiquei muito pertubado com esse sonho. Fiz o jogo de búzios, o jogo disse que Xangô estava distante de mim por alguns motivo, o jogo não deixou claro, o que o Babá e eu pensamos com tudo isso, isso estava acontecendo porque tinha um sacudimento de egún pra fazer. Fiz o sacudimento e vi que as coisas mudaram. Mas o que me dixou intrigado foi, porque permitir que tudo isso acontecesse comigo?Foi um tipo de castigo, de aviso?Confesso que fiquei um pouco triste com tudo isso; amo meu pai Xangó demais. Por quê não usar um sonho? Por que usar de coisas assim como a dor só pra me dizer que uma coisa estava errada em mim? Desde de já agradeço seu comentário. Bom dia!!!


  174. Carlos com absoluta certeza este tipo de coisa causa mau estar e confusão, mas vou tentar te explicar falando atravéz do meu relacionamento com meus filhos. De certo também vc já viu crianças num mercado fazendo birra para a mãe comprar um chocolate, não viu? algumas mães não sabem lidar com isso e dão uns tapas, outras compram o chocolate (e criam monstrinhos) e outras ignoram e a criança para com a birra. Meus filhos já fizeram birrinha também e eu normalmente não tinha a paciencia necessária e dava um tapinha. Hoje meu filho tem 1,85 e eu 1,70 então não dá para dar tapinha no bum bum rsrsrs. Mas posso conversar com ele e esclarecer que isso ou aquilo que ele está fazendo é errado, mas se ele quizer fazer assim mesmo, só posso esperar e ver o que dá. Com toda certeza Xangô te avisou que havia algo errado e só tomou esta atitude por que não havia outra altternativa, meu irmão Orixá não é bom nem mau é justo. Espero que vc tenha aprendido e tenha tirado alguma boa lição deste episódio. Mas uma coisa não combina nesta historia, Xangô tem terror a Egum, então podemos também pensar que o tal sacudimento não feito no momento certo poderia te causar problemas maiores e que Xangô se pos na frente para te protejer, o que acha desta versão? Tomege do Ogum


  175. Oi Nelson, tudo bem?!
    Muito bom o modo como vc esclereceu, a forma como vc me responde meu preencheu de uma sensação muito boa. Me senti importante e amado por meu Pai Xangô. É verdade ele mesmo repudiando egun, se manteve de longe a me observar e cuidar de mi. Eu mesmo o vi alguns vezes com aquele jeito imponente de braços cruzados. Mas quando fiz o jogo pra esclarecer o sonhor, depois do episódio da cólica nefretica, o jogo foi claro, ele estava distante de mim por alguma coisa que eu tinha feito, confesso que o que eu não sei; pedi perdão. Me veio na cabeça e na cabeça do Meu futuro Pai,o que fez o jogo, que só podia ser por causa do sacudimento errado. Mas o jodo disse também que a coisa poderia ter sido pior, mas OXUM e OXALÁ puseram a mão em mim e me livraram do mau. Fiquei feliz por saber do cuidado deles pra comigo; entendi porque muitas vezes estava cantarolando algumas músicas de OXUM,rs! Passei a acender velas pra ela no dia dela como gratidão pelo cuidado. Muito obrigado por esse espaço e pela boa vontade e paciencia que e vc e os demais têm pra responder cada um de nossas perguntas. Que Deus, OXALÁ E OGUM, continue cuidando de vc, dando-lhe cada dia mais sabedoria, fé e ânimo pra continuar esse trabalho tão lindo que todos vcs fazem aqui. FELIZ ANO NOVO PRA VC!!! Muita paz, realizações e muito AXÉ!!!!!!!! Forte abraço!!!!!


  176. Carlos obrigado pelas palavras, mas não sou único neste trabalho, temos mais dois irmãos a Manuela que de fato criou o blog e o Artur, nosso mais novo e dedicado irmão, e escritor de mão cheia, só ainda não se descobriu com escritor, mais vai. Que Xangô esteja a cada dia mais presente em sua vida e traga felicidade e saúde, axé Tomege do Ogum


  177. Kolofé Tomege eu queria que vc mim indicasse um banho para q eu tenha muita prosperidade em 2009
    que Oxalá te de muita luz em 2009
    Axé


  178. Prezada Viviane,

    Nós é que agradecemos as constantes visitas.
    Esteja a vontade sempre, e questione sem moderação!
    Um grande abraço,
    Artur.


  179. Oi Nelson tudo bem?!
    Nelson fiz um jogo hj com meu Bába, andou acontecendo umas coisas estranhas comigos, muita sensação de OGUM, cantigas direto na cabeça outra hora querendo virar em casa sentindo sensão e a presença de Orixás. Meu Babalorixá me aconselho depois do jogo que eu fizesse uma amassi ou amací, não sei a escrita correta,rs. Eu gostaria que vc me explicasse, falasse um pouco sobre, ele me disse que era um batismo no candomblé que isso ia me ajudar a me centrar mais no meu orixá, porque tenho uma mediunidade muito aguçada e os orixás ficam querendo vir, querendo virar e com esse ritual tudo se acalmaria. Tem me falou que vou usar uma Guia de ORUMILÁ. Muita informação, não tive tempo hj de conversar com ele direitinho, me dê uma luz, um esclarecimento pra esse seu irmão. Desde já agradeço sua atenção pra comigo. Um forte abraço!!!
    PS.: Vou aguardar a resposta com ansiedade.


  180. Carlos vou te falar sobre a visão estrita do que conheço no candomblé, mas antes gostaria que vc soubesse que amaçi é um banho ou lavagem da cabeça feito em Umbanda. No candomblé não existe batismo, a função do banho ritual no candomblé é principalmente preparar o corpo para a chegada do Orixá, então se vc está sentindo o Orixá tão próximo de vc o banho vai vai fazer com Ele se aproxime ainda mais e possa inclusive virar, por isso acho que o banho tem ser acompanhado de uma pessoa mais velha que possa te orientar. Sobre o fio de contas de Orumilá, eu discordo disso, todos os candomblés Ketu entendem que Orumilá é o Deus supremo Ele é tão perfeito que não se faz oferendas para Ele, não há culto formal para Ele, Orumilá é o Todo é Completo em Si e por isso não há filhos deste Deus e nem fios de contas Dele, talvez tenha sido dito Oxalá, mas nunca Orumilá. Tomege do Ogum


  181. Oi Nelson, tudo bem?!
    Agradeço pelos esclarecimentos. Pelo visto estou metido no que se pode chamar de umbandoblé. Eu já não sei o que fazer, sei que necessito de ajuda, mas aqui está dificil, a maioria dos blés do aqui é assim, tudo misturado. Andei lendo sobre o Amaçi pela net, vi que tu se referia a umbanda, respeito os irmão da umbanda mas, não é o que quero. Como já havia falado outras vezes pra voçê e acredito que se recorda, tenho frequentado um nação de se denomina Moçambique, foi o que achei mais próximo do candomblé por aqui; tudo aqui é muito misturado, culto a orixá e jurema, confesso que não é uma coisa que me agrada o lado que envolve a jurema. Sinto cada dia que o chamado do blé, mas ir pra onde? Com quem me aconselhar aqui? Essa nação é a mais próxima que encontrei. Me sinto perdido sem saber o que fazer. Quando tive conversando com o Babalorixá dessa casa tenho ido, quando fiz o jogo, foi o que ele me aconselhou fazer, segundo ele esse ritual iria me centrar mais no meu Orixá pois, os demais tem me rodeado, tem me influênciado e segundo ele ao fazer esse amaçi eu ficaria mais seguro com meu pai Xangô. Mas depois de ter lido tudo o que vc escreveu já não sei o que fazer. Tudo o que eu quero é está bem comigo mesmo e com meu pai Xangô. Agraço pelo comentário e peço que em seus momentos com os Orixás peça por mim, para que eles me ajudem a encontrar um lugar agradável e que seja agradável principalmente pra eles. Forte abraço!


  182. Carlos em alguns momentos eu fico um tanto sem graça com comentários como e seu, sei que fiz a coisa certa em te dizer o que disse, mas tenho medo que possamos pareçer “os donos da verdade” ou que tenhamos a verdade absoluta e não é o caso, temos um compromisso de falar o que conhecemos e orientar os irmãos. Mas é assim mesmo, nosso trabalho as vezes é falar certas coisas que acabarão por incomodar ou colidir com certas “verdades” que temos visto por aí. Mei irmão não tenha receio em procura outra Casa onde vc se sinta mais confortável. Desculpe o meu desabafo, mas vc foi tão concero no seu texto que eu fiquei desconcertado. Tomege do Ogum


  183. Nelson mais uma vez só tenho que agradecer pelos seus comentários, são muito importantes pra mim, me leve a pensar, a refletir. Não tenha receio em falar pra mim o você pensar, nem tão pouco defender o que conhece, o que você vive, nunca iria pensar isso de você é dono da verdade ou coisa assim pois, a única verdade absoluta é Deus.Você carrega uma tarefa assim como Manuela e Artur, de ajudar pessoas como eu e tanto outros a encontrar um caminho que traga paz de espirito e assim formar uma corrente pois no memento em que encontro paz de espirito também posso ajudar a outros que me rodeiam a encontrá-la. Confesso que fico mexido com tudo o que leio e minha decisão pra esse momento é esperar mais um pouco pra fazer qualquer ritual que seja. Me sinto bem nessa casa onde tenho ido, sinto que o Babablorixa de lá não é um marmoteiro, um enganador mas…parece que ainda falta alguma coisa lá, talvez seja pelo fato de está meio misturado como já falei não gosto de lado relacionado a jurema, não me sinto avontade. Já por outro lado o candomblé mais puro tem os preceitos que são um tanto pesados, tem as curas que são feitas confesso que me sinto mal só em pensar em receber curas em tantos lugares enfim. Na hora certa, no tempo certo, encontrarei um lugar onde me sinta em paz e feliz. Agradeço imensamente pelos esclarecimentos. Um forte abraço!!!


  184. Parabens pela atenção que voces dão as pessoas, por favor gostaria de saber se ja ouviram falar em obasion…desde de ja agradeco…


  185. Luciane suas respostas estão no post qualidades do Orixa Xangô, barra lateral caixa categoria em qualidade dos Orixás procure Xangô. Tomege do Ogum


  186. Olá Nelson,
    parabéns pelo site.
    achei enfim algo q procurava anos!
    Há muito tempo quero me iniciar na religião, mas tenho diversas dúvidas, por exemplo, de qual orixá sou filho.
    Amo a cultura, só que não conheço ninguém confiável para me orientar.
    peço uma orientação pois vejo em seus textos que és dedicado e confiável e muito conhecedor do que pratica.
    onde devo ir em qual terreiro ou centro, favor me ajude.
    abraço
    moro no Cachambi / Z. Norte RJ


  187. Henrique procure o site Sergiociganus no google e entre em contato com ele, ou então me envie o seu email para eu indicar outro local. Tomege do Ogum


  188. Tá ok Nelson,
    aí está meu e-mail
    ricoinacio@hotmail.com
    Aguardo anciosamente.
    Abraço.


  189. Olá Nelson, parabéns pelo belo trabalho.
    Sou filha de Santo há 08 anos e de banto pronto tenho 05, participo do que poço na casa.
    Antes de entrar para o axé nunca tive experiência nenhuma com religiões de matriz africana e nenhuma outra que não foce as testemunhas de Jeová.
    Até que em um curso de teólogia entrei em contato com o candomblé. E mais tarde conheci o hoje meu amrido que toda a família é do axé.
    Tenho certeza que minha Mãe Oxum me fez chegar até ela e que certamente não foi só pra ser feitoem mionha cabeça. Ele me escolheu com algum propósito.
    Minha dúvida é :
    Como uma pessoa como eu que não tem experiência com nada do candomblé aprende os segredos das ervas, dos rituais, de cada Orixá a magia do espiritismo?
    Vc deve reponder: com seu zalador!
    Mas tenho que pedir?
    Demonstração de enteresse e assiduidade nas obrigações da casa, obrigaçãoes em dia, respeitar a ierarquia,cumprir e respeitar …
    Não é o suficiênte?
    O que devo fazer?
    Como aprender?
    Com quem?
    Me ajude !!!


  190. Patrícia eu escrevi um texto que tento mostrar o que acho deste aprendizado e como ele se dá, está em Autores Nelson, entre e vá em Next page, vá passando até encontrar o texto “Longo caminho do aprendizado” leia-o e depois vamos conversar? é o que eu acho, não é verdade absoluta mas pode ajudar. Tomege do Ogum


  191. Muito bom mesmo esse site, pois tem muitas informações.
    adorei!


  192. Adorei o Site muito bom msm…
    gostaria de saber qual dos orixás eu me identifico…
    como faço p ter essa informaçãoo
    gratoo


  193. Victor obrigado pela visita. Para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico ou consultas via internet, o correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Tomege do Ogum


  194. em Janeiro 20, 2009 at 7:04 pm LUIS CARLOS DA COSTA SILVA

    POR FAVOR ME EXPLIQUE UMA COISA. QUANDO É ENTERRADO O NOME DE UMA PESSOA JUNTO A FOTO EM UM CEMITERIO QUAL O RISCO QUE A PESSOA CORRE E SE ELA FOR FEITA DE SANTO QUAL É O RISCO TAMBEM.

    pOR FAVOR SE PUDERM ME RESPONDER AGRADEÇO.


  195. LUIS CARLOS DA COSTA SILVA sobre este assunto felizmente eu nunca me interessei em saber nada. Por isso não posso te ajudar em nada. Mas se vc tiver assuntos relativos a religião, esteja a vontade para nos procurar e no que pudermos ajudar estaremos a sua disposição. Tomege do Ogum


  196. em Janeiro 21, 2009 at 11:04 pm Thiago Rhayme.

    Olá babá, como vai
    Gostaria que me esclarecesse uma coisa;
    Um baba jogou pra mim e disse que meu orixá é IROKO
    porem otros jogaram e disseram diferentes orixas como OGUM, XANGO, OXUM e ate ELLEGUA (EXU) e isso me deixou muito confuso. Sou nascido em 10/08/1986 poderia vc com sua sapiencia me tirar essa duvida
    Desdejá agradeço
    T.Rhayme


  197. ola boa noite…
    gostaria de saber como eu faço para descobrir meu santo.
    Tenho uma tia que frequenta terreiros mas ela nao me fala nada a respeito….
    Ficaria grato em saber a resposta…


  198. Miqueias, primeiro quero dar parabens a sua tia, ela está coberta de razão. Para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e por internet, o correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Mais um conselho, peça que o zelador/a veja somente o Orixá, não se preocupe em saber qualidade do Orixá, isso neste momento só servirá para te confundir, então saiba o Orixá e estude sobre o Orixá sem preocupação com qualidade, é só um conselho. Tomege do Ogum


  199. Thiago Rhayme. Só há uma forma de vc resolver isso, é procurar alguém que saiba de fato consultar os búzios, antes de jogar procure saber quem é a pessoa e ela é bem avaliada na comunidade religiosa, não há motivos para tantos Orixás responderem no seu jogo. Leia o texto da Manuela (Buzios não são jogo de cassino) que está pagina principal e vc entenderá o que te falo. Tomege do Ogum


  200. em Janeiro 25, 2009 at 7:49 pm eliane de melo

    quero saber quem é a pomba gira?
    quero saber tambem como lidar com ela?


  201. Eliane de Melo vc sabe quem é seu Orixá? A religião nos ensina que primeiro cultuamos Orixá e depois se estiver no seu caminho espiritual e seu Orixá permitir vc pode cultuar pombagira. Então recomendo que procure um jogo de búzios e saiba que é seu Orixá antes de cultuar pombagira.
    Vc já viu nossa página principal, já estamos divulgando a nova caminhada contra a intolerancia aqui no Rio, por favor nos ajude a divulgar. Tem uma matéria importante no link, leia, se engaje no movimento. Vamos todos as ruas dizer não a intolerancia. Tomege


  202. queria saber qual e meu santo sou de 5 de abril e tam bem queria saber como fasor para entra para o condomblé


  203. Junior obrigado pela visita. Para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico ou consultas via internet, o correto é uma consulta pessoal com um bom zelador.

    Vc já viu nossa página principal, já estamos divulgando a nova caminhada contra a intolerancia aqui no Rio, por favor nos ajude a divulgar. Tem uma matéria importante no link, leia, se engaje no movimento. Vamos todos as ruas dizer não a intolerancia. Tomege


  204. minhar ti dese que eu sou de ogum


  205. Junior obrigado pela visita e vc pode ler o que quiser, esteja a vontade.
    Vc já viu nossa página principal? Já estamos divulgando a nova caminhada contra a intolerancia aqui no Rio, por favor nos ajude a divulgar. Tem uma matéria importante no link, leia, se engaje no movimento. Vamos todos as ruas dizer não a intolerancia. Tomege


  206. Junior agora eu reparei que vc é o mesmo da pergunta anterior. Minha resposta continua então a mesma dada anteriormente, só o jogo de búzios pode te revelar quem é teu Orixá. Tomege


  207. Nelson,

    Por motivos que comentei anteriormente, busquei os búzios onde foi falado que meu orixá é ogum já / ogumja.
    Como me sinto muito mal durante ou depois de um “culto”, isso provavelmente está me afastando de conhecer melhor a religião, por que são sensações muito desegradáveis que acabo sentindo, e me proporcionando muito medo. Tenho lido alguns livros para poder entender algumas coisas, mas percebi também, que independente de como eu me relaciono com a religião, também me sinto um pouco perturbado sem nenhuma explicação. Tenho tido sonhos com pai de santo jogando búzios( inclusive eu vendo quantos búzios abertos e fechados), Falando o nome do pai de santo…etc, plantações de plantas e flores no terreiro com seus respectivos nomes, mas que geralmente algumas coisas se perdem da lembrança.

    Gostaria de um ponto de vista seu em relação aos acontecimentos e essa aparente mediunidade que dizem que tenho?

    Existe algum livro,site ou blog, que relaciona ou tira dúvidas em relação mediunidade e seus sintomas.

    Muito obrigado!


  208. Rodrigo ficamos muito contentes em que vc venha ao blog. Nosso objetivo é este mesmo, na medida do possível ajudar a desmistificar o candomblé e neste sentido eu trato deste assunto no texto “Sou filho de Orixa” lá eu falo um pouco do que acho correto neste momento de primeiro contato com sua mediunidade. Está em Autores Nelson, é só procurar lá.

    Também sou de ogum já, e muitos dizem que este é um Ogum particularmente difícil, de temperamento difícil e que é muito “nervoso” por isso o seu incorporar é mais “sacrificante” para o filho. Dizem que o filho deve estar preparado por que Ele chega e vira no filho com tamanha rapidez que causa um certo mau estar, um desconforto. Dizem tudo isso, e eu nunca senti nada disso, Ele vira em mim com tranquilidade e serenidade. Acho que é mais uma questãod e vc estar disponível e ter confiança de que tudo correrá bem do que dar ouvidos a terceiros.
    Vc já viu nossa página principal? Já estamos divulgando a nova caminhada contra a intolerancia aqui no Rio, por favor nos ajude a divulgar. Tem uma matéria importante no link, leia, se engaje no movimento. Vamos todos as ruas dizer não a intolerancia. Tomege


  209. em Janeiro 30, 2009 at 8:28 pm Diego d'Oxalufã

    Nelson …. fico feliz pelos assuntos aki comentados …. Me add dyeggofaria@hotmail.com
    Parabens Nelson e Manuela . .. Asé, e fico aguardando vcs me add ….


  210. Obrigado!


  211. Diego d’oxalufã eu fiquei muito preocupado com seus textos, com o que li e entendi. Gostaria de entender se vc tem 18 anos de idade ou de santo, e vc realmente não foi iniciado em candomblé nem em umbanda. Desculpe-me se pareço pretencioso e dono da verdade, mas como vc se expos e nos fez perguntas, eu me sinto no dever de comentar certos pontos de seu texto que me deixaram muito preocupado. Tenho muitas indagações, mas só as farei com seu consentimento. Tomege


  212. em Fevereiro 6, 2009 at 6:11 pm leonardo filho de oxala

    eu gostei muito do que eu aprendi aqui e tenho muito orgulho de ser filho de oxala


  213. Olá a todos! Boa noite! Gostaria de perguntar a Manuela o que significa (eunão sei bem expor minha duvida), o abraço de um orixa? Fui a uma festa de candomble e recebi um abraço afetuoso de oxum e iemanja, mas somente eu recebi esse abraço e havia outras pessoas la assistindo também. Foi tão bom que eu nem sei descrever. Foi curioso porque a iemanja se agachou (pois eu estava sentada) e estendeu os braços pra mim, entao eme levantei e ela se levantou, me abraçou e me beijou na testa, assim como a oxum. Isso tem algum significado especial, ou os orixas agem assim mesmo?
    Obrigada pela antenção e que todos tenham uma boa semana.


  214. Olá camila,
    O abraço pode ter muitos significados e razões para que aconteça. Tratando-se de duas Iyabás, (Yemonjá e Oxum), curiosamente a primeira coisa que me ocorreu, é que isso pode ter algo que ver com família. Você está grávida?
    Pode ser também um simples reconhecimento, um gesto de agrado pela sua presença e que esses dois orixás estejam directamente relacionados consigo e agradados com a sua postura na vida. Podem ser de facto muitas coisas.
    Axé!


  215. Olá Manuela! Boa tarde! Agradeço sua atenção e resposta. Não estou grávida e fico feliz que isso so possa ter um significado positivo. Tenho ido muito ao candomblé e tenho me sentido em paz e com um desejo enorme de conhecer mais. O abraço desses dois orixás so me fez bem e sentir que o que ha bom no axé.
    Um grande abraço e axé!


  216. Olá Camila,
    É para ficar feliz sim. É muito bom ver pessoas que como você querem conhecer e aprender mais.
    Que todos os oroxás sempre te abençoem!
    Axé!


  217. Olá, boa noite. Primeiro eu gostaria muito de parabenizá-los pela construção do site e dos textos, são realmente claros e objetivos. Eu freqüento a Umbanda a alguns anos, agora comecei a estudar de verdade e em breve pretendo estar lá dentro servindo aos nossos queridos Orixás que sempre tem algo para nos confortar e enriquecer o espírito. Mas eu comecei a despertar uma curiosidade sobre o Candomblé. Eu sempre quis ir a (me desculpa, eu não sei o nome que vocês dão) uma gira, só que sempre tive medo. Sempre escutei coisas sinistras sobre essa religião (não pelo pessoal do centro, muito pelo contrário, eles nunca me disseram pra não ir). Depois de visitar esse site, poxa, realmente eu vejo como eu e todas essas outras pessoas somos ignorantes sobre o assunto. Tantas coisas em comum entre as duas. Eu moro no Rio de Janeiro e gostaria de saber se vocês podem recomendar algum barracão (eu acho que é isso) sério, porque realmente eu quero saber mais e não quero ter uma impressão ruim nem pessoas que saibam tanto quanto eu, nada. Muito obrigado e que Deus os abençoe.


  218. Michel aqui no Rj temos várias Casas de Axé muito boas. Vou te indicar que veja o site o sergio ciganus (ketu) no google, ele é uma pessoa muito boa e confiável, tem sua Casa em Caxias. Tem o Bate Folha (Angola) fica em Anchieta tb google. Bira de Xangô (Ketu) em Caxias, tb no google tem infomação. Há outras Casas bosa Casas, estas são as que eu conheço. Tomege do Ogum.
    Vc já viu a matéria sobre intolerancia na página principal do blog? Divulgue e participe.


  219. oi!boa noite gostaria de saber se tem como erdar santo de antepassados . pq fui a um centro espirita e me falaram pra mim cuidar dos meus santos. ai falei que eu nunca fiz cabeça, e eles falaram que eu nao precisava,era so cuidar dos meus santos pq eu tinha por causas dos meus ante passados. quero saber se isso é possivel?


  220. Queli tanto em candomblé como na umbanda vc pode herdar sim. Mas independente de vc herdar um ou mais Orixás vc terá sempre os seus próprio os quais deverá cuidar se é que vc gosta e quer fazer parte desta religião. Porem no candomblé haverá sempre a necessidade de fazer a iniciação sim, para que vc possa cresçer e desenvolver-se na religião, isso no candomblé. Então vc deve primeiro saber a qual dos dois segmentos vc foi. Tomege do Ogum


  221. OI!!! OBRIGADA PELA ATENÇÃO .EU HERDEI MAIS DE UM ,AINDA NAO SEI AO TOTAL MAIS QUE EU SAIBA SÃO MAIS DE TRES,QUE EU TO CUIDANDO DELES.PQ EU TENHO UMA DE FRENTE QUE É FOGO SE EU NÃO CUIDAR ELA ATRASA MINHA VIDA TODA. EU JA COMPROVEI ISSO.
    EU TO MEIO SEM RUMO NISSO.AGORA QUE EU ACHEI UMA MOÇA QUE TA ME ORIENTANDO UM POUCO.COMO É ESSA INICIAÇÃO.?


  222. OI!!!
    ANTES DE TUDO QUERO TE PARABENIZAR PELO SEU SITE.
    VC É MUITO ATENCIOSO,GOSTEI MUITO DO SEU SITE.


  223. Queli ficamos muito agradecidos com suas palavras Manuela, eu e o Artur.
    Mas nunca esqueça que primeiro vem o Orixá, primeiro cultue Orixá e depois pombagira. Leia os posts relacionados na barra lateral em Catergorias, lá vc encontra bastante coisa sobre isso. Tomege


  224. Nasci em 03/03/1961 qual é o meu orixá?


  225. ta bom . vou ler brigado .
    adorei a sua ajuda de coração. bjbjbjbj


  226. Elena, para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informação a sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé. Tomege do Ogum


  227. Gostaria primeiramente de parabenizar o site pela rede de comunicacao a todos, e dizer que apenas algumas perguntas e respostas as vezes estao se confundindo umbanda e candomble, temos que Deixar claro que UMBANDA É UMA COISA E CANDOMBLE E OUTRA COISA, e quem é girante, ou seja, gira é apenas no candomble.
    Obrigado
    Luiz Filho


  228. Muito obrigada,eu não tenho hábito de consultas,até porque
    sou uma mera entusiasta sobre o candomblé,acho muito interessante e muito rico culturalmente.
    Abraços.


  229. gostaria de saber como a pessoa sabe se é de candomble,umbanda,naçaõ;e se todos saõ de tudo ou naõ?muito obrigado por seu carinho.


  230. Juarez os segmentos são bastante distintos, candomblé e umbanda. Temos posts que tentam esclareçer essas diferenças ou ao menos deixar mais claro as coisas, leia por favor. Sobre seguir umbanda ou candomblé, isso é uma decisão que não te compete, são seus guias ou Orixás que vão te conduzir ao caminho que será melhor para vc, onde se sentirá feliz. Não se limite, experimente e escolha. Tomege do Ogum


  231. oi ente bom eu antes não creditava em nada dessa religião
    mas com o passar do tempo eu vir que foi preciso tomar uma medidas grasticas em minha vida e procurei ajuda
    hoje sou filho desanto do keto e me orgulho muito sou de oxossi


  232. Olá Caro Nelson!
    Estou maravilhada com seu blog, de altissíma qualidade, muito bem explicativo, parabéns! Bom, já tive algumas respostas suas, muito obrigada, mas venho mais uma vez, tirar umas duvias…meu ori é de Xangô, o juntó que ainda esta´em duvias…entre Oxum e Yemanjá´…me identifico com as duas mas sinto que Oxum me toca mais pq quando escuto o toque para ela, sinto dores terriveis de cabeça, vontade de chorar e gritar..uma coisa muito estranha, sei q vou ter q confirmar isso com a zeladora mas o senhor poderia me dar uma pequena explicação? a segunda duvida é´q a pessoa q eu amo é ogã, filho de Exu-Ogum, um Xoroquê, será q nossa relação e´um pouco complicada devido aos orixás? eu amo demais essa pessoa, sinto q ele tbm mas…sempre tem algo pra atrapalhar….obrigada, estarei esperando a resposta!
    Axé!!!


  233. ola tomege tudo bom? olha gostaria de saber se o senhor ja ouviu falar de uma qualidade de oxossi, chamado ode akambi. teria como me dar uma luz para entender um pouco mais que santo e esse.
    grato pela compreensao
    henrique


  234. Adilson normalmente somos mesmo meio São Thomé, precisamos ver para crer, e outros ainda precisam sofrer para entender as coisas. Mas que bom que vc chegou a um lugar onde vc se sente bem e consegue externar seu amor pelo Orixá, este é o caminho, do amor, amor pelo Orixá pode ser traduzido por amor aos seus irmãos e pelo mundo, continue com esse sentimento em vc e as portas se abrirão com mais facilidade, vc saberá sempre sorrir e ver as cosias boas a sua frente. Axé. Tomege do Ogum


  235. Cris Lunah o blog não é meu, ele foi criado pela Manuela e nós, eu e o Artur colaboramos, mas todos somos responsáveis sim, agradeço em nome dos meus irmãos.
    Sobre seu juntó, só mesmo a zeladora poderá resolver, mas se vc sente um aligação assim tão intensa, é provável que seja de fato a Oxum, é questãod e conversar com Ela e com a Zeladora, afinal não é legal sentir dor de cabeça rsrsrsrs.
    Sobre vc e seu namorado, Orixá não causa divergencia ou atrapalha a vida de ninguém em aspecto algum. Sobre complicação…… bem vindos ao mundo do amor….vcs estão caminho certo, sem complicação não há diálogo, não há complicidade, não há compreensão de ambos os lados. A complicação “saudável” é muito bem vinda numa relação madura. Todos somos complicados na visão do outro, então saber lidar com essa complicação é muito saudável. Veja que só fao de vcs dois. Sobre os demais que se metem na relação de vcs….ignore, não deem atenção,por que é isso que estas pessoas querem, ter atenção de vcs ou desviar suas atenções para os problemas deles. Tomege do Ogum


  236. Henrique o que eu consegui saber é que Akambi é um local dentro do rio Erinlé (que tb é considerado qualidade de Oxossi), dentro deste rio ou no seu curso existem diversos lugares onde são colocadas oferendas para Inlé e para Erinlé. E Akambi é um destes locais de oferenda, não seria uma qualidade de Oxossi, Isso é que eu consegui saber sobre Akambi. Tomege do Ogum


  237. gostaria de te contar um sonho …
    certa noite sonhei com uma visão
    apocaliptica,com uma pomba(ilé)
    gigante que cubria todo o orizonte
    me senti atraido por este ser…
    com muito medo pensei q fosse meu fim
    o firmamento( no sonho )estava como o por
    do sol ,derrepente o pombo bateu suas asas
    por apenas uma só vez…
    e acordei com uma de suas penas ao meu lado.
    proucurei um jogo ,todos ja sabiam de minha
    condição de abi axé…
    o zelador viu que eu era um abiku ,e após ouvir meu sonho ( ainda era ogan suspenso )
    me tomou a benção e me disse ser uma pessoa muito especial . detalhe: ele quis ver a pena , mas eu ja tinha perdido a muito tempo! sei uqe vi nosso pai oxala e ainda ganhei presente !!!!!!!!!!


  238. Olá, boa noite à todos! A-mei este blog! Muito informartivo, ótimo. Tenho algumas dúvidas referente aos orixás. Aí vão:
    1) Sabem algo sobre o orixá Oranian?
    2) Otin é masculino ou feminino?
    3) Há alguma similaridade ente Logun Edé e Teleku Npessu/tere kompenssu? Se sim, quais? Se não, por que?
    4) essa é eterna… Xorokê é uma qualidade de Ogum, uma qualidade de Exú orixá?
    5) Alguém de vocês conhecem alguma coisa sobre Osun Inka? SEmpre pergunto e ninguém me responde!!! Quero conhecer melhor o orixá que acompanha e não acho nada sobre ele. Ficarei muito grata se puderem me ajudar.
    Motumbá.


  239. Yas sobre suas perguntas.
    1 Oranian é pai de Ogum, é um Orixá que pertençe a criação do mundo e que não vira mais.
    2 Otin é um Orixá feminino ligado as águas que tem seu culto sempre associado ou tb ligado a Oxossi.
    3 Procure em Autores Nelson, lá tem informação sobre Terekumpenso. É similar sim, mas não é o mesmo.
    4 Procures as respostas dos posts “qualidades do Orixá Ogum” ou no post “Ogum”, há discussões muito interessantes sobre isso.
    5 no post qualidades dos oOrixás tem lá informações sobre Oxum, eu em particular nunca ouvi falar desta Oxum. Tomege do Ogum


  240. Nelson, amigo, obrigada pelas explicações breves e as dicas também. Olha só, eu sou uma das amantes da história sobre os cultos africanos, sabe? Por isso faço taaantas perguntas. rsrsrs. Tenho uma outra pergunta- e com certeza não será a última- mas, dessa vez é sobre um orixá feminino. Pelo menos foi assim que me disseram, é “Mawu”. Já ouvi dizer que não é um orixá, e sim um Vodun; já ouvi dizer que não é nem um nem outro, mas sim um Nkisse… Confusão, geral! Você poderia me esclarecer isso?
    Outra coisa, por que dizem que o único adjunto compatível com Terekompensu é matamba?
    obs.: fiquei preocupada agora , referenta a qualidade da Osun Inka… Não acho em lugar algum!!!
    axé…


  241. Yas sobre a qualidade eu tb fiquei preocupado, por que tem sido “criadas” tantas qualidades de Orixá que eu não sei onde vamos parar, e em 100% das respostas para estas qualdiades que ninguém conheçe a explicação é a mesma “é uma qualidade rara ou muito velha ou que poucos conheçem” para tentar explicar o inexplicável.
    Mawú é um Vodum e é Jeje, eu não conheço muito de Jeje, me dê um tempo de uma semana e retorne a perguntar que eu vou fazer contato com um nosso amigo que tem blog sobre Jeje, o Doté Jorge e pedir autiorização para te colocar em contato com ele, te interessa? se sim me envie seu email, para eu não ter que divulgar o dele.
    O que pode ter acontecido com relação a Angola e Mawú é que existe Mavambo em Angola um correspondente de Exú Yorubá e algumas casas menos tradicionais o chamam de mavú (quase um apelido) um diminutivo carinhoso e que deu origem a essa confusão com Mawú do Jeje. Foi isso que eu ouvi há muito tempo sobre este assunto de um zelador de Jeje. A questão de Logume Terekumpenso. Tanto em Angola como em Ketu as histórias são iguais, Ele foi gerado por Oxum ou Dandalunda e foi abandonado e adotado por OYá ou Matamba e por isso seu junto preferencial é Ela, mas não é uma regra pode haver outro juntó sim. Procure o site Kambondo.com lá tem muita informação sobre Angola e tb na barra lateral em Blogrool o link do Ritos de Angola, tb é muito bom. Tomege do Ogum


  242. VC é 10!!! Tenho grande admiração pelo povo de Ogum. Aja visto minha mãe. è rápida, pertinente, inteligente e parece estar sempre pronta a ajudar o próximo, sem contar a sinceridade exagerada né? Não sei se este é um ponto e favor seu tb,.rsrsrsrs. Parabéns pelas respostas, pelas tentativas em resolver as dúvidas do pessoal aqui. Voltarei aqui sempre para te aporrinhar com perguntas. kkkk. Abraços e muitooooo axé… Me dê Tomege sempre que quiser , viu? Venha a mim q de benção eu quer é mais, sempre. rsrsrs. Ah, qto ao meu e-mail… é esse cadastrado. mas enfim, yasodharaa@hotmail.com.. Axé(parte 2 rsrs) °(^_^)°


  243. em Março 3, 2009 at 9:21 pm Josemar Costa

    Boa tarde!!!
    Galera!! quero parabeniza-los pelo site muito interessante, li quase tudo, achei muito legal, vou ver ser consigo participar, sou de Porto Alegre, e aqui não conheço nem um barracão de Candomblé, sou de nação Cabinda/Oyo sou filho de Ogum Onira, sou “pronto” na Umbanda e Quimbanda, tenho casa aberta, e trabalho já a 21 anos…

    Agora estou coom uma meta de conhecer mais sobre os Candomblé, custumes,rituais,axés e etc…

    logo estarei aqui lhes enchendo de perguntas e tirando dúvidas, adoro aprender e adoro ajudar, acho que, qtem tem dom, tem que saber ajudar, sem medo, confiar…
    Indenpendente dos Orixás,Caboclos e Exus, temos nossa vida a seguir, com altos e baixos, tudo serve como aprendizado, maturidasde e equilibrio com o tempo adiquirimos, e se contarmos com a ajuda do astral, ainda é melhor.
    se quiserem entrar em contato josemarfosta@hormail.com
    (pelo msn) até por que gosto muito de falar de religiçao no geral.

    um axé a todos !!


  244. em Março 3, 2009 at 9:32 pm Josemar Costa

    retificando…meu msn…

    josemarfcosta@hotmal.com
    desculpem e obrigado!!!


  245. Josemar Costa procure no google por “candomble sem mistérios” este site é de um zelador muito competente, dê uma lida e entre em contato com ele. Volte sempre e esteja a vontade para perguntar oq ue desejar. Sua bençao. Tomege do Ogum


  246. olá, aqui estou eu com mais uma dúvida. tenho lido muito e aprendido ainda mais sobre o candomblé através desse blog, que os orixás continuem abençoando e iluminando vocês. minhas dúvidas são as seguintes: 1ª se um homem for de nanã ou de ewá ele poderá incorporar seu orixá? 2ª pelo que eu entendi só sabe se o iniciante vai ser um ogã ou um yaô durante a iniciação, mas no caso dele ser um ogã, já que ele não entra em transe, ele não sente dor no momento que é catulado(cortado)? ou ele também fica no estado de erê? desde já agradeço pelas respostas que já me foram dadas e pela paciência( enorme) que vocês têm para os leigos no assunto.
    Axé!


  247. Paulo há algumas divergencias sobre Nanã e Ewá pegarem ou não cabeça de homem, os poucos filhos de Nanã que eu conheço não viram de Nanã, já a Manuela nos informou num de seus comentários que conheçe homens de Nanã e que eles viram de Nanã. Sobre Ewá eu nunca soube de homens filhos de Ewá. Então sobre Nanã não ha um consenso.
    Sobre ser Ogã ou rodante, como são iniciações distintas, se faz uma cerimonia específica para “chamar” o Orixá, que é o bolonã, a partir daí se o filho não virou no bolonã, se faz a cerimonia das folhas, se tb não virou, é Ogãn. Mas muitos zeladores e zeladoras fazem esta confirmação tb no jogo de búzios, e é bastante confiável. Ogã e Ekedji passam pelos Orôs acordados, não existe Ere em Ogã e Ekedji, mas não tem nada que seja insuportável ou te cause dor extrema. Tomege do Ogum


  248. Eu gostaria de descobrir meu orixá, como faço?


  249. ola galera tudo bom?

    olha alguem ja ouviu falar nessas duas qualidades de santo uma e ode fomin (ode tomin) e a outra e ogum nawo.

    isso e qualidade ou e urunko de um santo.

    abraços


  250. Nicole Para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informação a sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé. Tomege do Ogum


  251. Henrique não se pode garantir que seja orunkó, mas qualidade também não é, ao menos nunca ouvi ou li nada que faça referencia a estes nomes. Tomege do Ogum


  252. Nelson, meu filho, olhe … Você pode me explicar qual a função da “kizila” entre as precauções e cuidados aos orixás no candomblé? Até que ponto é mito, verdade, manteneção de costumes ou algo extremamente necessário? Abraços


  253. Yas meu filho ou minha filha???? olhi…. Este assunto eu discuti um pouco em “sou filho de orixá” está em autores Nelson, é so clicar em next post e ir procurando lá, é um dos primeiros textos.
    O maior problema é que nem tudo que é kizila pra um é para o outro e nem tudo é kizila de fato, muitas são invenções ou desejos de alguns desavidados. Kizila pode ser moeda de troca em mãos pouco habilidosas, kizila pode doutrinar um filho, pelo amor ou pela dor. Manutenção dos costumes? sim. Tb tem tem esta função, o problema agora é desmistificar o que é kizila e o que foi inventado com outros motivos, quase sempre para impor o medo. Kizila clássica para mim é dendê. Eu falei isso e meu mais velho quase me bateu, “onde já se viu um homem de Ogum com kizila de dendê? tem acabar isso agora” ainda disse que era frescura e tudo rsrsrsrsrs. mas eu tenho e agora? fazer o que? Mas será kizila ou só meu estomago que é delicado rsrsrs. Tomege do Ogum


  254. Eu sou menina..kkkk Yas ( de yasodhara- esposa do sidharta gotama= budah). Obrigada pela resposta viu? Eu concordo com vc nesse ponto. pq eu sempre adorei banana, maaaas, me abre afitas pela boca inteirinha , não consigo nem beber água se vier a comer uma. E meu estômago derrete se sentir dendê, abóbora ou acarajé( minha loucura.. rsrsrs). Mas é isso aí. Tem coisa queé, pq tem que ser e pronto. rsrs( adorei essa resposta da sua mãe pequena quanto ao Paó) rsrs. abraços…


  255. tomege, meu barracão tocou muito tempo em omoloco,
    porem a raiz de feitura de todos os filhos, e ioruba (ketu)
    aira… mege …ja …opara .
    nós temos uma grande dificuldade no salão (cantigas)
    eu gosto de traçar o angola com ketu .
    vc acha isso valido?
    os orixas aceitam eu viro varios zeladores de varias nações,e
    nas angolas de hoje em dia isso ocorre muito
    vc acha isso valido?!


  256. Olá pessoal, gostaria da ajuda de vocês para esclarecer algumas dúvidas; Deixo bem claro que sou leiga no assunto “Candomblé”, mas respeito todo tipo de crença.

    é sobre “corpo sujo”; Segundo fiquei sabendo atravéz de um Pai de Santo, o homem fica de corpo sujo por manter relações sexuais apenas por 1 dia e a mulher por 3 dias (pois na mulher fica “restos” dentro do corpo); Mas não se pode negar que na religião existem muitos homosexuais, inclusive travestis, que tem relações como mulher (ficam restos dentro) mas na verdade são homens e só ficam de corpo sujo 1 dia, como isso funciona realmente?


  257. Yas, menina, olhi…. eu só quero corrigir uma coisa no seu comentário. Eu não sou zelador e portanto não tenho mãe pequena. Quem de fato criou o blog foi a Manuela, a ela cabe as honras desta iniciativa, eu sou responsáve sim e colaborador, mas o blog foi idéia dela. Outra coisa, nós somos só filhos de santo preocupados em ajudar os irmãos. Tomege


  258. em Março 11, 2009 at 4:29 pm JOSEMAR COSTA

    boa tarde!!! Caros Irmão! vcs poderiam falar sobre a Orixá Ajé Salunga ? eu tenho uma curiosidade sobre este orixá, gostaria de saber sobre oferendas,suas cores,suas ervas, seu ritual, dei uma procurada aqui e não achei, acho este orixá muito importante na vida de todos, abraços!!

    Vcs teriam alguma sugestão de um Livro que fale da nação Cabinda ?

    abraços!!


  259. gostaria de saber qual o significado da palavra EQUED.


  260. eu gostaria de saber por que que sonho com uma mulher nomeio da mata dentro de uma cachoeira e eu estou dentro da cachoeira junto com ela e ela esta me banhando a cabeça com a agua, se alguem puder me responder sou leiga , nada intendo


  261. hola soy de uruguay me alegra aver encontrado su citio ya que me puedo informar saludos


  262. Josemar Costa este é um assunto restrito as Casas de Axé, o melhor caminho é procurar numa Casa de candomble.

    Myrian digite na caixinha vazinha da barra superior “os cargos no candomble” e digite ao lado, vai apareçer uma lista de cargos e entre eles o de Ekedji.

    Simone o caminho para decifrar este sonho é o jog de búzios, procure alguém que seja de candomblé e faça um jogo, nunca via internet, só pessoalmente. Mas durante ou mesmo antes do jogo não comente do sonho, só o faça se a sua resposta não for dada, aí pergunte específicamente sobre isso.

    Vero ficamos muitoagradecidos pela sua visita e pelas palavras, volte sempre e fique muito a vontade na “Casa”.

    Me desculpem pelas resporta em conjunto mas temos uma lista enerme de pessoas hoje e precisei fazer isso, o normal são respostas individuais, mas como tivemos muitas outras atividades neste fim de semana o volume se acumulou e precisei fazer desta forma. Tomege do Ogum


  263. Boa noite!

    Eu sou rodante,pelo menos foi o que os zeladores me disseram,só que estou com um problema,antes de frenquentar o terreiro eu me sentia mal quando tocava para o meu orixa e quando tocava para exu,um ano depois que fiz obori nesta casa não sinto mais a presença do orixa(não passo mal)já fui em outras casas para fazer um teste e nada,já pedi a zeladora para jogar e saber o que esta acontecendo mais ela diz que o jogo só informa que o orixa pede raspagem e diz que o meu assentamento não tem mais vida que eu deveria fazer um novo obori,para que ele não continue pedindo raspagem. Gostaria de um conselho sobre este caso.
    muito obrigado.


  264. muchas gracias por tomarse el trabajo de contestarme
    le cuento que hace poquito entre en la religion y estoy con muchas ganas de aprender no es por que mi mae de santo no me enseñe sino por que estoy ansiosa por saber y hacer las cosas bien y en uruguay esta muy dificil hacer las cosas bien ya que ahi mucho fiasquento bueno muchas gracias espero poder aprender todo lo que pueda de usted si no le molesta muchas gracias saludos veroo


  265. Gostaria de saber s/as Ciganas que acontecem numa de Casa de candomble, onde me senti muito bem. Sendo que eu recebi um anel de uma Cigana e somente tirar quando ela mandar. O que isso significa ??? eu sou leiga no assunto.


  266. Rejane só o que posso te falar é que numa realmente de candomble não há culto a entidades com ciganos ou pombagiras, o restante da sua pergunta eu não sei te explicar o motivo. Tomege do Ogum


  267. Boa tarde Nelson,
    Dúvidas é igual a “Coçar” rsrsrs só começar que elas vem aos montes kkkk!!! Bom vamos lá, qual a finalidade do assentamento? Vc diz que é necessário assentar o Exú Orixá e que não se pode raspar um filho de Exú, geralmente se faz Ogum correto? Fui em um barracão (candomblé gantois) e tinha uma pessoa que virou no Exú Orixá. Quer dizer que essa pessoa foi feita no Exú? As perguntinhas parecem primárias rsrsrs mas é que sou abiã! Tenha paciência…!!

    Até


  268. Elaine vc já leu o texto “longo caminho do aprendizado”? ele está em Autores Nelson, é só procurar lá.
    Mas sobre esta polemica sobre fazer ou não um filho de Exú, nós sempre teremos a mesma postura aqui no blog que é a de seguir o que nos foi ensinado e que diz a tradição, que uma pessoa não deve ser iniciada de Exú etc etc etc como já leu nos comentários anteriores. Mas existem assuntos de fundamento religiosso que nãopodemos discutir em blog, e esse assunto específico é um deles. Tomege do Ogum


  269. oi eu sou o diogo eu queria sabe de qual orixá eu so.


  270. conheci o site hoje, e mesmo assim gostaria de tirar uma duvida. ha vinte e quatro anos iniciei no santo ( umbanda ),e em muitos outros rituais mistos. minha feitura sempre foi feita para iansa e ha alguns anos me mudei para o Rio grande do sul e comecei recentemente a frequentar uma casa de NAÇÃO DE CABINDA, onde fui informado de que eu não seria de iansã, na nação, pois pessoas nascidas aos domingos, que é meu caso,são filhos de oxala, confeso que fiquei um pouco confuso. Isso tem algum fundamento? é possivel ser filho de um orixa em um determinado ritual e em outro não? se sim poderias me esclarecer o porque? um forte abraço


  271. Olá Adriano,
    O que está errado desde logo naquilo que você descreve é o facto de te dizerem que você é de um determinado Orixá por ter nascido num determinado dia da semana. Isso sim é coisa de quem não sabe o que está dizendo pois não tem qualquer fundamento ou razão de ser. A data ou dia de nascimento não determinam o Orixá de ninguém. O Orixá da pessoa é revelado através do jogo de búzios ou do opelé, nunca com base em datas ou características fisicas como tanta vez se ouve dizer por aí.
    A nação Cabinda, originária de Angola, adoptou o panteão dos Orixás Yorubás, embora estas divindades Bantus devam correctamente ser chamadas de Inkince. Os Inkinces são para os Bantus o mesmo que os Orixás para os Yorubás, e o mesmo que os Voduns são para os Jêjes. Os Orixás cultuados na Nação Cabinda são os mesmos da Nação Ijexá acrescentando Bará Elegba, Oyá Dirã e Oyá Timboá que são cultuados em alguns terreiros desta Nação. Os praticantes da Nação Cabinda também se valem dos rituais da Nação Ijexá, já que esta última é atualmente a modalidade ritual predominante no Rio Grande do Sul; a diferença se dá basicamente no respeito à memória de seus ancestrais e a outros factores como o início dos fundamentos da Nação Cabinda, que é justamente onde termina os das outras Nações: o cemitério.
    Axé!


  272. Olá Diogo,
    Essa sua questão só pode ser respondida numa consulta de búzios. Procure uma casa séria, de fundamento, solicite uma consulta e vá lá pessoalmente. É assim que deve ser feito e não de outro qualquer jeito.
    Axé!


  273. obrigado pela atenção e faço das suas palavras as minhas, cruel é se fazer entender. Bem me ajude a nao me sentir so no meu conhecimento ou na minha misera ignorancia: por aqui, ao menos os que tenho conhecido, os praticantes da nação que tocam tambem umbanda, passam a impresão de terem a nação como ritual superior, pois falam dos orixas de umbanda de forma menos espiritualizados e os de nação de forma muito confusas ao te esplicarem sobre os endeusamentos divinais dos mesmos. Orixas na umbanda são considerados todos cmo caboclos, isto incluindo: OGUM , XANGO, IANSA, IEMANJA, OXUM e etc… . te confeso que não tenho conseguido me adaptar pois em minhas buscas de conhecimento em relação aos nossos ancestrais (orixas) IANSA, OXUM, XANGO … são considerados orixas em qualquer ritual sendo que caboclo é tido apenas os caboclos, assim como os pretos velhos ,os exus etc… . nunca havia presenciado todos juntos praticando o mesmo ritual. Acho estranho demais, pois em uma seção , não tem como por exemplo, definir uma Iemanja de uma jurema ou de um ogum. sera que aprendi tudo errado? ou uma iansa é chamada na umbanda de oricha e não de uma orixa cabocla como a chamam por aqui? Desde ja agradeço seu esclarecimento.


  274. desculpe, só mais uma duvida, ao menos por hoje. na umbanda do sul, não se oferecem sacrificio de animais para os orixas (caboclos) apenas ervas. Ou seje , os medios se aprontam na umbamda somente com o uso de ervas. Quando fiz meu chao foi feito o corte para todos os orixas inclusive na na minha coroa maior e agora que eu gostaria de fazer um reforço, pois ja faz quinze anos do meu ultimo chao, como devo proceder, sendo que meu ultimo baba faleceu ha uns seis meses. inclusive eu fui para esta casa apos a ida do baba para o alem. podes me dar alguns esclarecimento sobre qual decisão eu deveria tomar? abração


  275. EU AMEI O SITE.
    SOU INDIARA.
    MORO EM UBAITABA-BAHIA.
    TENHO 14 ANOS DE IDADE.
    SOU DEVOTA DO CANDOMBLÉ.
    POR ELE SOU CAPAZ DE MATAR E MORRER.
    TENHO BASTANTE AFETO POR:
    EXÚ,OXÓSSI,OXUM,OXALÁ,OGUM,IANSÃ ENTRE OUTROS ORIXÁS.
    GOSTARIA DE SABER SE É IMPRESSÃO MINHA OU FALTOU FALAR DE LOGUM EU ACHO ELE UM ORIXÁ MUITO IMPORTANTE.
    EU GOSTARIA MUITO DE SER DA LINHA DE KETU,QUER DIZER EU SOU MAIS TENHO UM PEQUENO PROBLEMA.
    APESAR DO MEU PAI E DA MINHA MÃE SEREM DO CANDOMBLÉ ELES FALAM QUE ISSO NÃO É O MEU DESTINO QUE EU TENHO TENHO QUE PROCURAR ALGO DE MELHOR PRA MINHA VIDA,ESCETO QUE EU NÃO ACHO ISSO, APESAR DELES DISCORDAREM DE MIM EU NÃO ACHO QUE O CANDOMBLÉ NÃO É O MEU DESTINO MUITO PELO CONTRÁRIO EU ACHO QUE QUEM TRAÇOU O MEU DESTINO FOI ZAMBI E TODOS OS ORIXÁS TANTO DA NAÇAO DE KETU QUANTO DA NAÇÃO DE UMBANDA.


  276. GOSTARIA DE SABER SE PODERIA MANDAR ALGUMAS REZAS,ALGUMAS CANTIGAS E ALGUMAS FOTOS DE ORIXÁS PARA MIM.
    EU NÃO TENHO MSN,MAS TENHO ORKUT.
    GOSTARIA DE SABER SE PODERIA MANDAR PARA O EMAIL DO MEU ORKUT,”Itvalentin14@hotmail.com”.

    POR FAVOR NÃO ESQUEÇA DE LER AS MENSAGENS DEIXADAS POR MIM.

    SE PUDER MANDE TAMBÉM ALGUNS TOQUES COMO:
    IJEXA ENTRE OUTROS.


  277. Olá colegas, como estão? Espero que bem! Tenho uma pergunta e um desabafo a fazer:
    A) Li algumas coisas sobre Exú orixá e Exú catiço… Refletindo sobre cada qual, parei para pensar sobre qual a função de um exú – vulgarmente- chamado de “escravo” de tal orixá?
    *********
    B)Creio demaaais na pureza e no senso de justiça das energias: inkissi, orixá, santo, Vondun etc… E acredito tb que, não fosse este senso de verdade sobre os corações humanos, muita coisa dentro da nossa crença estaria mais complicada e desorganizada ainda! Por que digo isso? Pq estou um pouco despontada com a má atitude de um certo senhor para com um amigo meu. Amigo este que precisava muitíssimo de ajuda espiritual – tratando-se de iniciação no candomblé- e, o tal senhor zelador usou de má fé para com este meu amigo,pois não foi umilde suficiênte para dizer ao meu amigo que não sabia ao certo sobre como se “fazer” o orixá de cabeça do meu amigo e, acabou por colocar em seu orí um outro orixá que fosse”parecido” a modo dele,zelador. Sei q aperda de informações sobre determinadas entidades é fato mais que consumado, sem contar aquilo que sobrevive pela metade ou alterado por quem quis. No entanto, isso não o direito de certos zeladores substituirem a belo prazer e conveniência, a ordem natural das coisas! Isso me causou um breve sentimento de revolta, entende? è como se em minha certidão de nascimento constasse “bebê de pele amarela” sendo que minha cor é negra, e o senhor escriturário -por que acha que deve- justificar a esta ação o fato de tudo ser” cor” e poir isso dar no mesmo! Quando lá no início coloquei (…)Creio demaaais na pureza e no senso de justiça das energias: inkissi, orixá, santo, Vondun etc… E acredito tb que, não fosse este senso de verdade sobre os corações humanos, (…), foi pq netse modo de pensar encontrei o devido conforto para tal situação, pois mesmo com toda confusão, depois meu amigo foi devidamente socorrido e hoje está até melhor que eu, graças à DEus. Não fosse pelo “olhar de pureza” sobre o coração do meu amigo- por parte dos orixás e de Deus, acredito que ele se querr estaria de pé!!! DOU AQUI meu meu insentivo de estudo meeesmo por parte dos colégas que frequentam o blog, mas, com intuito de estudar para conhecimento benéfico. JAMAIS para se impôr de forma maléfica sobre aqueles que pouco sabem,que nada sabem ou que tem um saber diferente do seu! Respeitar os ensinamentos do seu babá ou iyá de iniação é um sinal de respeito, e mais ainda, de umildade. Por isso, quem puder, se certifique sempre de que está nas mãos de pessoas de boa índole e ´serias neste meio, e sempre roguem de coração pelos orixás pq eles tudo sabem, nós -seres humanos passíveis de erros e acertos- somos os que não sabem de nada da vida, deitamos guardando o que aprendemos no dia anterior e acordamos sempre com a certeza de que ainda é tarde para parar de aprender!

    É isso, axé e força para todo mundo.


  278. Olá S2 Yas S2
    Procurei no google por “exu catiço” e achei um site de umbanda http://afroode.spaces.live.com/blog/cns!947618288156818C!320.entry

    O que entendo é que catiço é de umbanda e Orixá é de candomblé,agora em que eles diferem…Em muita coisa, Exu Orixá é o mensageiro entre o mundo de cá e o mundo dos Orixás, orum e ayié
    Exu na umbanda eu não sei ao certo,mas me parece que fazem trabalhos e outras coisas…


  279. Motumbá,
    Não sei se lembra de mim, já fiz alguns comentários aqui. Bem, nesse sábado estava em um Candomblé de Caboclo e fui surpreendido quando um caboclo ao cumprimentar os homens, que se concentram separadamente das mulheres, ficou segurando minha mão por um tempo. Em seguida, disse que dessa vez não ia fazer o “chamador”, pois eu estava com piercing na orelha e ficou um certo tempo me segurando e olhando pra mim. Pelo que entendi ele deixou “claro” que eu tenho alguma entidade, mas Deus me perdoe, pois não acredito nele, não acredito que essa entidade não me pega por eu estar usando piercings, acho que quando tem que pegar, simplesmente pega e pronto, depois tira os piercings, os brincos, e tudo o mais. Gostaria de saber do Srº se essa é uma informação válida.

    Ps: Minha Mãe me disse, ao fazer meu Jogo, que “acha” que eu vou rodar… mas até hoje NADA (só uns arrepios que considero mais empolgação minha do que incorporação, rsrsrs)


  280. Ademar seu comentário é a própria resposta, tb não acredito que um pircing ou qualquer outra joia impeça nada. Volte mais vezes amigo. Tomege.


  281. OI Carolina, obrigada por responder a minha menssagem viu? E pelo link tb. Adoro pessoas prestativas. Ótima semana.bju


  282. Boa Tarde!

    Estou entrando em contato, mas gostaria que fosse por e-mail, para ter algumas informações.

    grato,

    William

    william.vvtour@hotmail.com ou wgco16@yahoo.com.br


  283. Nelson e Manuela

    Estou meio que envergonhado e sem muito jeito no que passo a relatar agora, mas sinto a necessidade de expor o que aconteceu comigo, até mesmo como forma de desabafo e por outro lado um pedido de auxílio.

    Já havia postado outras vezes em que Nelson de pronto me respondeu e pra mim foi muito útil. Eu descobri o Candomblé e me sinto muito confortável com relação a religião.

    No entanto acho que nada é perfeito e essas imperfeições sempre adveem do homem que sempre dá um jetinho de tirar algum proveito das situações que lhes são apresentadas…

    Falando o que aconteceu comigo (tentando ser suncito), estava a procura de uma casa de candomblê… e consegui encotrar através da internet uma que julgava ser correta (pois gostaria uma que fosse de raiz), de início nessa casa tudo transcorreu bem, o jogo de búzius foi um pouco intranquilo uma vez que o orixá não falou logo (?), depois me parece que tinha indicativo de OMULU, no entanto tambem apareceu Iemanjá, assim ficou sendo Iemanjá… coisa q através de insistência minha para que houvesse mais um jogo confirmando, no qual ocorreu, ficou sendo mesmo Iemanjá.

    Foi-me feito um ebó… Uns dias após esse ebó, aconteceram coisas que foram muito desagradáveis, adoeci muito mesmo, meus calcanhares incharam, tive uma forte gripe e pra completar minha cabeça, meu peito e braços ficaram em feridas, várias pústulas… onde gastei uma quantia significante com o dermatologista e medicamentos para me livrar disso, ainda tem alguma requistios (principlamente algumas marcas), fiz alguns exames de sangue e no reumatologista e não acusou nada…

    Votei ao pai de santo, uma vez que pretendia também dar bori… relatei o ocorrido e ele me disse que isso poderia ser choque com Omulu, me falou que talvez acontecesse que eu fosse de Omunlu e Iemanjá naquele momento falou, pq ela é a dona das cabeças e talvez fosse meu segundo Orixá (até aí tudo bem…), o problema vem agora…

    É que esse cara, acredito que aproveitando da situação, queria dormir comigo, me cantou na cara dura… e, claro eu não aceitei, achei tudo muito indigno e humilhante, e, se depender de sexo, jamais entrarei para religião… acho isso prostituição, não sou assim… Daí saí de lá, e, ainda tive que escutar coisas mesquinhas e peculiares de pessoas q agem dessa forma, dizendo pra eu procurar um analista e me encontrar (pode?), acredito que nenhum analista me faria a ir para cama com quem não quero e misturar tudo…

    Dessa forma, procurei um outro pai de santo, pq de fato gostaria de entrar para a religião, pois me encontrei muito com ela e tenho grandes problemas espirituais… Essa outra casa, tem como zelador um homem que me pareceu sério. Fui conversar com ele, também pra conhecer, e, para vê se fazia juízo as minhas expectativas, mas de novo, esse outro pai de santo deu em cima de mim (só que de forma mais sutil!), fiquei tão sem graça que saí de lá quase correndo, uma vontade de chorar, uma decepção, me perguntando se sempre seria assim?!.

    Resolvi desistir, não tenho mais forças para bater com cara na parede tantas vzs na vida! Tudo me parece agora complicdo demais!

    Ontem a noite tive um sonho (eu não acredito muito em sonhos não, mas esse me pareceu muito estranho!), sonhei que tinha bem do meu lado direito, falando proximo a mim, uma entidade, que no sonho, eu identifcava como sendo Iemanjá… onde eu começava a chorar e ela tentava me consolar, dizendo para não desistir… me acordei com uma sensação de solidão e com sentimento de dor que resolvi vos escrever.

    Agora não sei para onde me dirigir, para onde vou ou como me conduzir!

    Grande abraço a vocês! Obrigado por me escutar!


  284. Mario, li o seu comentário e, como de costume, ao ler comentários como este, não me conti e resolvi escrever algumas linhas expondo a minha opinião.Entre tantas qualidades do Candomblé, uma delas é que esta é uma das poucas religiões do mundo que aceita a todos, homens, mulheres, travestis, gays, etc. Afinal, se Orixa é vida, é amor é fraternidade, não poderia ser diferente. No entanto, como em qualquer religião, existem aqueles que disvirtuam o saber divino que lhe é concedido, deixa de lado o seu ser maior e coloca à sua frente seus desejos pessoais e carnais. Ao ler seu comentário refleti muito sobre a situação, como sempre faço ao ler qualquer outro, imaginei o constrangimento pelo qual você tenha passado, afinal, quando procuramos uma casa nossas expectivas são grandes. O que tenho a lhe dizer, e que fique claro é que sou humano e cheio de erros e defeitos e jamais o dono da verdade, é que você JAMAIS, JAMAIS, deve desistir. Entre num local em sua casa onde você possa ficar só, apenas você e seus pensamentos, coloque a sua frente os Orixás, seja ele qual for, independente da qualidade, peça firmemente que ele te encaminhe a um local divino onde você possa encontrar respostas para todas as suas dúvidas, não deixe que nada te impessa de chegar até lá. Pesquise, saiba mais sobre o local, se possível visite e veja como funciona, sempre com o pensamento nos Orixás e pedindo. Você verá que eles lhe mostrarão o caminho certo e que também mostrarão que não são todas as casas que ajem da forma que agiram contigo em outras. Você verá que o caminho que os Orixás trilharam para você é o caminho do bem e com certeza será muito feliz.Não deixe que estas pequenas coisas lhe impessam de ser feliz, quando digo pequenas é porque, quando você começar a fazer parte da plenitude divina que é a trilha dos Orixás, verá que o que aconteceu contigo foi apenas um tropeço de pessoas que, por algum momento, esqueceram de sua verdadeira função. Pense nisso, se você acredita que seu Orixá é maior do que qualquer coisa, é mais poderoso do que tudo(e é!), então siga em fente e jamais desista Dele. Me desculpe pela intromição e Sr. Nelson e Sra. Manoela, mais uma vez, perdoe pelas palavras.Um grande abraço a todos.


  285. Olá Mário
    Assim como Edson não pude me furtar a lhe dirigir uma palavra amiga,e de incentivo. Sei que não deve ter sido fácil lidar com esse tipo de situação pela qual você passou,mas, certamente, essas pedras do caminho estão lapidando o seu ser e aparando arestas. Ninguém sabe o porquê de certas coisas acontecerem,até que se passe um tempo e possamos refletir sobre o que passou.
    Estou certa de que você vai encontrar uma casa onde o respeito ao próximo, o amor pelos Orixás e o sentimento de irmandade e família reinem. Não desista!
    Peça ao seu Orixá,seja ele qual for, que lhe mostre o caminho. Afinal o Orixá está também escolhendo o pai ou mãe de santo mais adequado para vocês dois.
    Observe o ambiente antes de se envolver com a casa, busque informação com pessoas que você confie, e com filhos de santo de cada casa.Sonde bastante. Pense que você se livrou de uma arapuca daquelas…
    Já imaginou se você tivesse entregue sua cabeça nas mãos de uma pessoa assim?
    Tem males que vem para o bem!
    Espero que você volte com boas notícias em breve!
    Axé


  286. Mário, peço licença para lhe falar.
    Com toda certeza nossos irmãos Edson e Carol expressaram todas as palavras de revolta contra essas atitudes repudiáveis e palavras fraternas e de força.
    Nossos irmãos foram muito claros em suas palavras. Então cabe a mim, apenas mostrar a minha indignação para com essa calamidade que infelizmente está presente na nossa religião e lhe dizer que o orixá é mais que isso. Com ceteza essa força que mora dentro de você te mostrará um caminho lindo e pessoas confiáveis e que levam o significado do orixá a sério, pois estas existem, não em tão grande número, mas existem sim e os seus orixás mostrarão a casa e a pessoa certas.
    Estamos aqui, como disse a Carol, te esperando com ótimas notícias.
    Obrigada


  287. Prezados amigos,

    Muito obrigado pela a consideração. O que aconteceu foi de fato constrangedor demais, quando postei o comentário estava tudo muito recente, me sentia meio perdido, continuarei minha busca (se alguém souber de uma casa séria em BH, eu agradeço muito, pois não sou daqui…)

    Que os orixás coloquem em xeque os homens com seus cargos e suas funções, com seus abusos e transgressões… a vida é como uma tempestade no mar, que quando passa deixa-nos sempre a visualizar o horizonte.

    Dizem que o candomblé é uma religião que não existe o conceito de pecado ou uma “ética moral”, acho que isso é desculpa para se praticar o que não é devido, não vejo assim… tudo tem um limite…

    Navegando pela net encontrei o seguinte texto, que achei interessante e salutar:

    “A tradição oral do candomblé, repassada pelos versos de Ifá, o adivinho, pode ser condensada em 16 odus, ou caminhos, a ser seguidos por todo aquele que cultua orixá:

    Ifá nos aconselha:
    1º – ÒKÀNRÀN: Não fazer mal a ninguém.
    2º – ÉJÌ ÒkÒ: Não sentir ódio nem destratar o outro.
    3º – ETÁ ÒGÚNDÁ: Não guardar sentimentos de vingança.
    4º – ÌRÒSÙN: Não fazer armadilhas nem caluniar.
    5º – ÒSÉ: Não invejar nada nem ninguém.
    6º – ÒBÀRÀ: Não mentir.
    7º – ÒDÍ: Não corromper nem se deixar ser corrompido.
    8º – ÈJÌ ONÍLÈ: Usar bem a cabeça neste mundo e respeitar os segredos alheios.
    9º – ÒSÁ: Não ser falso com o próximo.
    10º – ÒFÚN: Não roubar, não jurar em falso nem amaldiçoar.
    11º – ÒWÓNRÍN: Não matar, não arruinar a vida de outros e ser grato ao bem que nos façam.
    12º – ÈJÌLÁ SEBORÁ: Evitar os escândalos e as tragédias.
    13º – ÈJÌ OLÓGBON: Respeitar os Ancestrais.
    14º – ÌKÁ: Não espalhar doenças, a corrupção e a maldade sobre o mundo.
    15º – ÒGBEGÚNDÁ: Respeitar aos mais velhos, as crianças, o pai e a mãe.
    16º – ÀLÀÁFÍÀ: Ouvindo estes conselhos não sentirá vergonha no dia que tiver que se apresentar perante Olódùmarè!”

    Grande abraço a todos!


  288. em Abril 11, 2009 at 8:00 pm Maria de Fatima

    Como fico sabendo meu orixá? Tenho um amigo de muitos anos e ele frequenta a mais de 30 anos uma casa (Candomble). Me disse que de cabeça sou Ossa Meji e espiritual sou Oxum. Mas não é através dos búzios que realmente se sabe? Me identifiquei demais com os dois Odus, tenho até receio de qdo consultar, ser outro (a). Quero frequentar uma casa, peço orientação, a do meu amigo, tenho receio, sei que ele gosta de mim; Obrigada e axé


  289. ola galera tudo bom? desejo a todos uma feliz pascoa e que todos tenhamos um domingo repleto de paz.

    gostaria de saber se alguem poderia traduzir uma pequena frase que se encontra em yoruba para mim:
    EWE BOBO SALOGO OMO ASE NA MA YO MIN.

    obrigado pelo carinho. henrique


  290. Maria de Fatima para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informação a sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé. Tomege do Ogum


  291. Henrique ao menos , eu, desconheço, procure o dicionário yoruba do sr Ney Lopes, é muito bom. Tomege


  292. queria saber mias sobre oyá sayó(aquela que vai à guerra ao lado de ogum)


  293. QUERO SABER MAIS SOBRE OGUM MOLA,E OGUM LEYÊ,SÃO DIGINAS!!!


  294. Olá Fran
    Boa noite!
    Geralmente o significado da digina é restrito ao terreiro,quem melhor poderá lhe informar sobre o significado da sua digina ou de outras pessoas do mesmo ilê é o zelador.As informações que você venha a encontrar podem não corresponder com o objetivo pelo qual vc recebeu essa digina entende?
    Espero ter ajudado você
    axé


  295. Saudaçoes irmao… agora moro em Brasilia e por ver como teu site é esclarescedor, quero saber se tu conhece alguem aqui com quem eu possa entrar em contato pra saber de quem eu sou filha… é atraves do jogo de buzios com um babalorixa, é isso?!

    grata e aguardo teu retorno!

    Epahei!!!


  296. Katita vou ver com uma amiga em Brasília e pedir que ela entre em contato aqui no blog. Tomege


  297. Como vai caro amigo, precisando de mim sempre estarei presente para atende-lo. Em que posso ajudar Tomoge.


  298. Tomoge, acredito que esse nosso irmão teria que procurar sim um babalorixá ou uma ialorixa séria que respeitasse nossa religião e a amasse também, não conheço todos aqui em Brasília, mas o pouco que conheço não são muito aconselhavéis


  299. A muito não venho visitar este blog, agora estarei mais presente pois aprendo muito aqui, Sr. Nelson foi muito importante todas as palavras por ele ditas um grande apoio. Mas hoje passando os olhos com rapidez, li um relato um tanto parecido com o me, não ocorreu pelo mesmo motivo, mas a decepção foi forte em relação ao ser humano. Mário não desiste de forma alguma, ás vezes o caminho é ardúo, mas conseguimos vencer, eu demorei muito até achar uma casa séria, que presta e ensina para os filhos a caridade, humildade e o amor, se eu consegui vc também ira, não desista e se puder ajudar com certeza estarei aqui. Voçê já comecou a acertar… já achou este blog, foi assim comigo também. Orixá é lindo, é amor,é tudo de maravilhoso eu os amo muito e tenho muita fé também e eles não te abandonaram e nem vão. Força ok.


  300. Olá Oya BSB,
    É isso mesmo o que se passa infelizmente com muitas pessoas, a decepção, mas também é muito certo que nunca devemos desistir daquilo em que acreditamos e nunca perder a nossa fé que nos dá força e alento para continuar. As provações também são parte da vida, como diz a frase: “Os espinhos também têm rosas”, e essa é a relaidade. Para o Mário e para todos os que se sentem perdidos ou decepcionados, vai sempre a nossa força, o desejo e o pedido de que os orixás possam dar a todos os caminhos de paz, harmonia, amor e coragem para continuar.
    Axé!


  301. Olá Oya BSB,
    Seja sempre bem vinda a esta casa que também é sua. Toda a ajuda que cada um de nós possa dar a algum irmão é sempre boa.
    Que os orixás a abençoem.
    Axé!


  302. Olá Nelson, gostaria de saber se Oxalá tem um escravo (exu) e quem ou qual seria ele, desde já agradeço pela atenção


  303. esses negocio de de mae lisiane jogar buzio e dar filhos para o orixa errado e uma injustiça.


  304. olá,

    fui jogar buzios com a mãe de santo da minha irmã, ela me disse q meus odus são 10 na cabeça, 11 no pé, 3 no meio, 3 na direita e 6 na esquerda.

    e disse q sou filha de oxalá (oxafuru, eu acho q é esse o nome)… e demorou mto pra ele se revelar, disse ela.
    como isso acontece, o santo muda? pq antes disse que eu era ogum, depois oxaguiã e por fim oxalá.

    o meu orixá de frente tem a ver com meu odú de cabeça, q é 10 correspondente a oxalá ???


  305. Marcio o entendimento sobre os Exús ligados a Oxala ou qualquer outro Orixa de candomblé é que estes Exús são mensageiros e não escravos dos Orixás. Estou te falando tomando por base que vc só pode se interessar por saber sobre Exú de Oxala desde que vc seja do candomble, por que em umbanda Oxalá existe mas não tem filhos e nem exús ligados a Ele (apesar de todos serem considerados tb filhos de Oxala na visão de umabanda) mas não tem filhos que o incorpore. Diferente do candomblé onde Oxalá vira em seus filhos. Sendo assim o termo escravo não se aplica. Além disso em candomblé não existe exú “catiço” como falam. Veja melhor o que vc quer saber e retorne. Tomege


  306. Cibele Matoso, do meu conhecimento nunca se falou de uma pessoa em particular neste blog, me indique por favor onde isso ocorreu, qual foi o comentário, para que possamos corrigir, pois não é de nosso feitio falar de uma pessoa. Tomege do Ogum


  307. Oi!Eu gostei muito do site,é inteligente e comunicativo.
    Tem um excelente conteúdo e me ajudou a descobrir
    mais ainda a minha admiração pelo Candomblé,onde
    eu pretendo seguir…


  308. Carol, por favor, não estou encontrando a resposta emoutro post, conforme ultima mensagem. Por favor me responda…
    Sou filha de oxum, praticamente tenho todos os atribuitos atribuidos a ela, de dengosa a romanica, o problema é que estou apaixonadapor um filho de oxossi, que é calado e guarda para sim todas as emoções, sem contar que os filhos de oxossi não gostão muito de casamento ou relacionamentos estáveis, enquanto as filhas de oxum adoram amar e ser amada. Antes de nos conhecermos ele disse que foi avisado por seu santo que uma mulher apreceria em sua vida e ele se apaixonaria. Eu sem saber desta historia, o conheci e do nada falei para ele que meu santo tinha batido com o dele. El se assustou no dia mas ão me falou nada. Tempos depois ele disse que eu mexi muito com ele, mas teria que ter permissão. Quando estamos juntos e como se tudo ja tivesse traçado, ´como se fossemos um do outro a muito tempo. Mas ee me disse qe tem que ter permissão, seão não vai dar certo. Ja que ele esta predestinado a viver sozinho. Será possivel esse amor? Ja que filhos de oxum não gosta de amores impossiveis gostaria de saber.


  309. Não sou adepto do camdonblé… mas sempre tive um fascinio sobre a religião… apenas tenho uns poukos conhecidos …os quais são bons amigos… mas de uns tempos pra cá… andei sendo atormentado por coisas que não quero compartilhar com eles…
    Adoraia que vc…por favor…no alto de sua experiência.. me ajudasse…
    Outro dia ..sonhei com um terreiro no alto de um morro no meio da floresta… pequeno mas muito bonito… o via apenas de fora… quando ele apareceu pra mim… Era um Orixá,muito alto, negro e muito bonito… ele me dizia pra não ter medo… e dizia que aquela era a casa dele… ele me fascinava… tanto que não podia deixar de admirá-lo… ele então se vestiu para mim…( antes ele estava apenas coberto com uma veste simples..daquelas que se vestem os filhos de santo…sem a camisa …. ´so o calção).. sua roupa era linda… branca e dourada… da sua cabeça saia algo como se fosse duas tranças, que tocavam o chão… em sua mão ele trazia algo como um porrete…( um taco de beisboll)..e perguntava wq eu achava dele vestido… era lindo… foi quando ele me disse seu nome… um nome estranho… complicado.. ele disse que quando eu precisasse de sua ajuda era só chamar pelo seu nome… então ele me repetiu mais uma vez…e disse pra mim não esquecer …mas… esqueci… e esse sonho ficou na minha mente por muitas e muitas vezes..


  310. no mais… depois de um ano mais ou menos.. sonhei com ele novamente… agora ele se banhava em um rio… e lavava seus cabelos… ele estava nu… e quando percebeu que eu o admirava… ele pegou seu porrete (uma espécie de cajado).. e me chamava pra ir à casa dele.. agora era uma casa muito maior… bem iluminada … mas ele não entrou ainda … ele sentou na frente da casa .. e me disse pra ficar olhando.. ele então ,,,começou a chamar alguns animais … sempre em duplas … dois bodes… duas cabras… dois patos …pombos…enfim.. foram muitos animais… então.. ele pegou uma epécie de bacia enorme …feita de barro… e sangrou os animais dentro…. ele fez algumas misturas estranhas… que não lembro agora .. e começou a comer aquilo… eu achava estranho.. tinha muito sangue… ele comia com a s mãos… ofereceu aquilo pra mim e começou a me dar na boca… parecia ser bom… depois ele disse que deveriamos entrar.. era hora da festa… então ele vestiou aquela msma roupade antes… e me levou a entrar no barracão…. era tudo muito enfeitado… e eu via alguns filhos de santos incorporados…com seus respectivos orixás… quando ele entrou.. todos viraram de costas… então ele me colocou sentado na entrada do barracão..próximo a porta… as luzes se apagaram… e ele me avisou de que eu não devria olhar para ele enquanto dançava… então enquanto ele dançava ..apenas podia ver seus pés…e perceber poucas luzes que vinham dos cantos da casa … ele dizia que podia apenas dançar no escuro…


  311. Por favor.. quem é ele… agora …. depois de alguns dias… quando tento dormir… ele aparece .. basta fechar os olhos…

    estou preokupado… preciso saber quem ele é… antes ..preciso dizer as cores de suas contas… eram pretas, vermelhas e douradas..

    aguardo resposta …


  312. Tonny Costa, não há como te dizer com certeza com quem você está sonhando. Estes sonhos podem de te dizer várias coisas e se você acha que estão ligados a religião, o melhor é você procurar um zelador e pedir para ele jogar os búzios para você, além de você saber quem é este com quem você tem sonhado, ainda poderá saber o que ele está tentando te dizer. Não se deixe levar por “achismo”, pois hipótese, podem existir dezenas, mas as dúvidas só poderão ser tiradas diante de um bom jogo de búzios. Com certeza você sairá consciente do que os seus sonhos estão querendo te dizer.
    Obrigada


  313. muito boa as espricaçoes mais naõ sei qual sua digina poderia falar para nos pq estamos falando da naçaõ angola ne e todos tem digina a minha e caigenam sou filho de omulu e fico muito satisfeito pelo oq eu li sabe muito bem separa as coizas parabens irmao


  314. Oi, eu gostaria de saber como sei qual é o meu orixá, e quanto aos ebós vou fazer alguns e preciso muito de proteção sinto que tenho muito olho gordo em cima de mim e preciso neutralizar, preciso de prosperidade e adoraria receber a ajuda de vocês, favor enviar par ao meu e-mail… Obrigado


  315. Rodolfo, para saber com certeza qual seu orixá, a única forma é ir ao jogo de búzios. Se você fará os ebós, então será assistido por zelador, entendo eu. Peça para que lhe esclarecer sobre seu orixá. Não confie em jogos por internet, nem se confie apenas em datas de nascimento, pois o que realmente vale é o jogo de búzios. Mojubá
    Obrigada


  316. em Maio 12, 2009 at 7:33 pm WALDOMIRO FREITAS

    PRESADO AMIGO NELSOM DE SOUZA SOU DE OGUM XOROKE SE POSIVEL ME AJUDAR PRECISO SABER OQUE FOR POSSIVEL SOBRE MEU ORIXA QUANTO+SOUBER MELHOR CUIDAREI DELE ESTE E-MAIL E DO MEU IRMAO SELADOR DE ORIXA MEU END:RUA VICENTE RODRIGUES N-149 CONJ TANCREDO NEVES SAO VICENTE SP CEP:11350-320 POR FAVOR


  317. Waldomiro Freitas no post qualidades dos Orixás no ítem Ogum, nas barra lateral na caixa categorias e na caixa pagina nos ítem Ogum. Dentros deste posts nas repostas tem umas dicussões muito boas sobre este Ogum, com informações muito valiosas, por favor, leia os comentários nestes posts e vc vai encontrar bastante informação. Axé Tomege do Ogum


  318. Olá Waldomiro Freitas
    Desculpe me intrometer,mas geralmente essa preocupação eve ser a do seu zelador,concordo que é importante conhecer o orixá no nosso ori,mas a melhor forma de cuidar de Orixá ainda é na casa de axé.E por mais informações que possamos fornecer,só na casa de axé vc vai ter maiores detalhes,existem ooisas que só deve ficar entre iniciado e pai de santo.
    espero ter ajudado
    desculpe a intromissão!
    axé


  319. em Maio 13, 2009 at 11:57 am Obatala (Patty)

    Nelson,
    Sou de oxalufan com runto de logun edé, não sou iniciada, mas tenho apreciado muito a religião, porém tenho muitas duvidas, a principal é Qual a diferença entre candomblé e umbanda??? Brigaduuuuuuuuuuu….Bjos.


  320. em Maio 13, 2009 at 12:01 pm Obatala (Patty)

    Nelson,
    Sou de oxalufa com runto de logun edé, não sou iniciada, mas tenho apreciado muito a religião, porém tenho muitas duvidas, a principal é Qual a diferença entre candomblé e umbanda??? Brigaduuuuuuuuuuu….Bjos.


  321. Olá Obatala(Patty)
    A diferença primordial é que o em Umbanda existe uma união do espiritismo com candomblé,existe a ética espírita, os guias e entidades trabalham em busca da evolução espiritual.
    Em candomblé não há nada de espiritismo, não existem entidades que trabalham pela evolução.Em candombé de caboclo, existem trabalhos,mas não chega a ser direcionado para evolução espiritual.Para maiores esclarecimentos vc pode da rum alida no post POmbagira e O que pode pombagira,temos uma irmã Rosinha que responde algumas questões,ela sabe muito de umbanda.
    espero ter ajudado
    axé


  322. em Maio 20, 2009 at 3:53 am Thaiane D'osun

    Por favor alguém pode me dizer se existe um orixá ou qualidade de santo chamado Lissan?,
    Aguardo a resposta anciosamente.


  323. Olá Thaiane D’Osun,
    Do meu conhecimento, o termo que você refere é Lissa. Assim sendo, a referência a este nome encontra-se no candomblé Jeje, segundo o qual existe Mawu e Lissa, que foram respectivamente a mãe e o pai de Aguê. Aguê pode ser comparado, para mais fácil entendimento, ao Oxóssi do Ketu.
    Existe também a referência de que para os Fon (originários do Daomé), Nanã Buruku foi a mãe desse casal de gémeos, Lissa (homem) e Mawu (mulher), dos quais descende toda a humanidade.
    Espero ter ajudado.
    Axé!


  324. Sobre o culto a Oba.

    Aure,
    Meu nome é Daniel e hoje sou membro de uma casa de candomblé conhecida por sua tradição onde a Ya Otun é iniciada ao culto de Obá. Porem este belíssimo Santo não terá mais iniciados em minha casa, inclusive no Xire só são cantadas as cantigas para o orixá em grandes obrigações. Quando eu pergunto aos mais velhos eles simplesmente me dizem que isto é devido a falta de folha ou falta de cultivo a tradição do culto que se perdeu no tempo. Mas muito me admira reportagens feitas por uma emissora brasileira na Nigéria, no Binim, e alguns vilarejos da áfrica onde Xangô é celebrado quase como aqui no Brasil. Sendo Obá nas lendas que chegaram aqui em nosso pais uma das esposas dele, será que realmente não existe mais o culto a esta divindade. Não sei se foi bem claro mais o que eu gostaria de saber é se cessaram as fontes poderiam recuperar as folhas, tradições, lendas alem da que já conhecemos? Permanece a grande duvida quanto a outros orixás como Oco, Iroco, Ewa e até mesmo Logun Ede.

    Mutumba!


  325. olá,desculpe-me a intromissão, mas já tem algum tempo que eu tenho vontade de procurar pessoas que entendem realmente dessas coisas e vejo que vcs são as pessoas corretas, é que na verdade sem querer ofender nunca tive prova que essas coisas existem, mas sinto que sim, sempre fui criada em religião cristã e minha cultura é outra, mas agora estou convindo com pessoas que que vivem essa vida espírita e eu quero muito conhecer melhor, podem me dizer a quem eu recorro? ou sei lá … por que quando falo dessas coisas eu sinto uma energia muito forte e uns arrepios mais fortes ainda, obrigado e por favor não me interpretem mal


  326. Olá capixaba.
    O blog tem bastante material sobre candomblé.E candomblé é bem diferente de Espiritismo.
    Se vc busca informação sobre espiritismo recorra á literatura básica que eles mesmo indicam como a codificação de Kardek.
    axé


  327. Olá Daniel
    O culto aos Orixás na África era bem diferente do que é feito no Brasil,na África cada Orixá era cultuado em um reino e com o tempo,escravidão, guerras internas,boa parte dos povos que originaram esses cultos devem estar enterrados.
    E com a morte deles morre conhecimento,morre tradição.
    O fato de o culto de Xangô ser forte nao significa que o de Obá tb seria forte,porque em Oyó,terra de onde o culto dele se origina somente Oyá é cultuada porque tb se origina de Oyó e Oxum tb é conhecida,apesar de seu culto ser originário de Ijexá que era uma cidade próxima,mas não era a mesma cidade. A origem do culto de Obá é desconhecida.A cidade onde seu culto se iniciou não é relatada. No livro Mitologia dos Orixás de Prandi,ela só teve três lendas publicadas.É muito pouco em relação a outros Orixás.
    Quando pessoas morrem muito se perde…
    Dê uma lida na terceira parte do texto Candomblé Bantu na pós modernidade,o mesmo que ocorre com a nação Angola ocorre com o culto desses Orixás que temos poucas informações.
    axé


  328. Abenção a quem é de abença!!?

    Por favor me digam de que forma mesmo começa-se o xirê?,pois,tenho visto por ai cada coisa que Deus me perdoe.


  329. olha ainda não sei nada eu sinto umas coisas estranhas medisseram que eu so medio qu eu so filho do ze raimundo queria mas informaçoes que possam me esclarecer


  330. Olá Osvaldo
    Do que eu já vi o xirê começa com o padê…


  331. oi carol queria uma informação como faço pra emcorpora o ze raimundo eu so medio eu sempre as falo com ele e vejo ele como faço eu tenho que pença alguma coisa a minha compadre la recebe a edina eu eu queria uma dica me ajudem


  332. Olá cleiton
    Infelzimente não sei como te ajudar,não existe receita para incorporar e as coisas na umbanda funcionam de forma diferente de como funcionam no candomblé,esperemos que alguém possa te dizer isso,aqui no blog.
    axé


  333. ola carol vc pode me falar m pokinho sobre obará?


  334. em Junho 4, 2009 at 4:34 pm Julianna Bráia

    Olá, parabéns pelo blog. Extremamente histórico. Há alguns dias escrevi para vocês mas não obtive respostas. Então vamos lá novamente ok?! Ja fui no candomblé várias vezes e tenho amigos que o possui como religião. O meu interesse maior é saber qual é o meu santo. Nos que fui , ninguem me disse com presição qual seria o meu santo porem disseram que sou medium. Dos que fui, disseram que ou sou filha de Oxum, ou filha de Iansã ou Sou Oxum opará. Queria muito saber por causa da minha vida em si. Sou uma pessoa que busco todos os meus objetivos porém quando estou perto de conquistar algo importante tudo dar errado. Pelas cartas me disseram que sou uma pessoa muito invejada pois aspiro riqueza. Preciso cuidar do meu santo pra minha prosperar. Ah!! Disseram também que possuo uma cigana linda e que me ajudará muito.

    Obrigada


  335. em Junho 4, 2009 at 5:11 pm graziela NEAB-UDESC

    Oi carol, na umbanda os chefes do terreiros são chamados de Pai e Mãe de Santo, no candomblé como se chama?


  336. Olá Diego,
    Vc poderia reformular a pergunta??
    Eu não sei o que é obará…
    Conheço abará e adoro,mas Obará,seria uma qualidade de um Orixá? Qual?
    axé


  337. Olá graziela NEAB-UDESC
    Olha só,depende da nação,no geralzão chamamos de pai e mãe de santo,mas dentro de casa,depois que vira filho no Ketu muita gente chama de Yá( mãe) e Baba (pai); em Angola, chamamos Mametu(mãe), Tateto ou Tata(pai).
    axé


  338. Irmãos, até onde conheço, Obará é odú e o orixá regente é xango,até tem um texto da Manuela- Odú mensagens do Orixá, lá vc poderá verificar.

    Axé.


  339. Muito obrigada Leila!!


  340. Oi gente! estou fazendo um trabalho sobre as religios afro-brasileiras e gostaria de saber na visão do candomblé e da umbanda sobre as seguintes questões : o aborto, a eutanásia,controle de natalidade, entorpecentes, celulas tronco e clonagem desde ja agradeço.


  341. Olá Pollyanna,
    Essa resposta já foi dada pelo Nelson quando você colocou essa mesma questão há algum tempo atrás.
    Axé!


  342. Boa tarde , com objetivo de sempre saber mais , estudar … porque a melhor coisa é falarmos com propriedade é sabedoria , e vejo que esse blog tem isso como fundamento …gostaria de saber um pouco sobre Iya-Mi Osórongá , se é cultuado como Orixá ? enfim um pouco sobre a historia , uma vez que encontrei muita segurança no Candomblé e busco aprimorar meus conhecimentos …

    muitissimo grato desde ja


  343. Bom dia.
    Como poderia saber qual é a minha pombo gira, baseando nossa conversa que sou de oxaguiã e oxum?


  344. Philippe digite na caixinha da barra superior o que vc quer pesquisar, que vai abrir um post para sua leitura, caso não encontre assim, entre em Autores Manuela que lá vc vai encontrar o post sobre as Iyas. Obrigado pela sua visita e esteja a vontade para pesquisa o que desejar do blog, temos de fato bastante informação disponível, é sempre um prazer falar com pessoas que querem conhecer a cultura religiosa, volte sempre. Tomege


  345. Eu quero os 16 orixas, e nelson e elaine para de mandar msg =O.O=


  346. em Junho 10, 2009 at 5:31 pm Fabia Marinho

    Ah, esqueci de informar nasci no dia 16 de junho de 1980, e uma vez sonhei com uma cigana q dançava na minha casa c familiares meus, e qdo ia avisa-los q ela naw era desse mundo minha lingua ficava presa. Acordei c a lingua presa sem conseguir falar. No terreiro em q fui me disseram q tenhu uma cigana q me acompanha e me pediram para ofertar uma mesa pra ela, já até fiz isso. O nome da entidade que me afirmou isso era Maria Padilha das Sete Encruzilhadas. O fato é que gostaria de ter a certeza disso. Sinto uma queda de pressão e o meu braço pesado qdo as entidades do terreiro cantam, e uma grande dor de cabeça qdo estou lá. Uma vez meu corpo tremeu mto e pensei q ia incorporar mas isso naw aconteceu, o fato é q eu msm naw conseguia controlar o corpo. Mas naw consigo acreditar q eu seja medium… Como posso saber a verdade? Tenho pesquisado mto sobre o assunto, mas tenho mtas duvidas. Ficarei extremamente grata c a sua resposta. Se tiver um msn por onde possamos conversar ficarei grata. Um abraço a todos.


  347. Fabia Marinho sempre digo que antes de sabre de pombagira devemos saber do nosso Orixá, Orixá é o que de fato importa, então o primeiro passo é vc procurar um bom jogo de búzios ou mesmo uma consulta numa casa de umbanda como chefe do terreiro e saber quem é o seu Orixá, o restante, se vc é ou não médium vira como tempo, o mai importante é vc gostar da religião por que não é só de médiuns que vive a religião, a religião precisa de todos e todos precisamos de uma religião para nos dar apoio. Tomege


  348. Olá Nelson e Manuela,

    Fazia algum tempo q ñ entrava no site, falta de oportunidade. Espero q tdos estejam bem.

    A semana passada perdi uma sobrinha adolescente e de forma meio repentina (pra mim trágica). Tenho algumas suspeitas sobre questões espirituais dela. E, por isso, gostaria de algumas informações sobre Abikus, como : 1) até q idade eles podem ser levados; 2) como poderiamos identifica-los; 3) o q se poderia fazer p/ evitar q seus “companheiros” conseguissem leva-la; 4) ela foi pura, a iniciação sexual tem algo a ver com isso ? 5) pode haver mais de um abiku na mesma casa, ou melhor, filhos da mesma mãe ?

    Por favor, são muitos os indicios q nos levam a crer q ela era uma abiku. O q puderem me dizer a respeito do assunto, ajudaria, principalmente a acalmar a minha irmã, q tem mais uma filha. E tb a acalentar nossos corações e tirar inumeras dúvidas q surgiram.

    Obrigada mais uma vez,
    Axé à todos.
    Patricia.


  349. PC Brito a nossa religião não ve a morte como fim, perda, punição/castigo ou outra forma de Deus nos catigar, a morte é consequencia da vida e uma outra forma de continuar existindo, agora na memória e carinho da família, assim aprendi. Mas sei dos conceitos que estão ligados a perda de um familiar, a dor que é, afinal tb já perdi entes queridos e sei dessa dor, assim como todo mundo já passou por isso. Não procure agora essa explicação, vc pode encontrar mais confusão do explicação de fato, estou sendo seco e direto, porque o normal nestes moemntos de fragilidade é que se procure a explicação para “o porque eu não fiz o necessa´rio para que esta pessoa permanecesse conosco?” e isso só serve para colocar mais culpa sobre seus ombros e dos familiares. Além disso ainda tem uma questão importante, vc pode se deparar com alguém que te diga o seguinte “é, realemnte era abikú e ela precisa que seja feito isso e aquilo para que sua jornada seja em paz”, então minha recomendação é que deixe esse assunto esfriar o tempo necessa´rio e só depois procure informação. Tomege


  350. em Junho 16, 2009 at 11:32 pm elani aparecida de souza

    boa tarde fis uma pergunta e até agora não obtive resposta!


  351. elani aparecida de souza, boa noite. A sua pergunta foi respondida pelo Nelson no post em que você perguntou, no Oxum. Vá até lá que você acha. Mojubá
    Obrigada


  352. Bom Dia . Gostaria de uma informaçao de vcs ,se estiver no alcance do mesmo .eu gostaria de saber o endereço do zelador do orixa Torode .e dar curso de infa aqui no rio de janeiro no bairro do meier .se for possivel vcs me passa gostaria de revelo .obrigado.


  353. em Junho 25, 2009 at 2:29 am maria dos navegantes silva ramos bezerra

    oi sou navegantes tenho 38 anos sou do signo de virgem nasci no dia24/08/1970 gostaria de saber se poderia me dar uma luis e dizer tudo sobre meu santo como anscedete eu agradeceria muito.

    obrigada.


  354. adoria exclarecer fiquei muito magoada brincaram com minha fe e assim mesmo vou exclarecer sei que nao estou falando com charlatoes nem oportunistas senao nao teria entrado por acaso nesta pagina meu nome completo é Camila Camunha Bottari meu nasc.28-09-1982 adoraria até mesmo saber como encontralos seria um prazer conhecer melhor a verdade o verdadeiro aguardo anciosamente resposta.


  355. ola,nelson e manuela

    adorei o modo como vcs lidam com as perguntas
    procurando esclarecer as duvidas!!!!
    gostaria de saber sobre os orixas e suas qualidades.
    principalmente oya ,ode,oxumare e guian

    axé


  356. Max o máximo que posso fazer é te dar o telefone do Ogan Tainã, pergunte a ele. Mobá Tainã , curso de cantiga e dança, 3332 2180, 86887174. Tomege


  357. Maria dos Navegantes primeiro vc deve entender que Orixá nada tem de parecido com astrologia, culto a Orixá é um religião e nesta religião para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informações sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé. Tomege do Ogum


  358. Camila obrigado pelo reconhecimento, mas devo te dizer que não somos pais e mães de santo, somos filhos de santo preocupados em ajudar, não somos a verdade, de certo nós erramos em algum momento, procuramos estudar e ajudar honestamente nossa religião e para isso eu posso no máximo te indicar alguém que seja de confiança aqui no RJ, só isso. No mais vc pode perguntar, e se estiver ao nosso alcance nós te ajudaremos com prazer. Tomege


  359. em Junho 29, 2009 at 4:09 pm Juliana Petitet

    Olá Nelson…Motumbá…
    Como sei que é do RJ, dia 25/07 haverá uma saída de yawo lá no barracão no qual eu frequento…se estiver interessado meu email é jujuba_209@hotmail.com, só entrar em contato que mando o endereço…O barco será Oxossi e oyá e uma confirmação de ogan…
    Abraços
    ekedy juju d’Osun


  360. Olá suely
    Fique à vontade no blog, navegue pela barra lateral onde estão os links de cada Orixá e qualquer coisa é só digitar na caixa de texto lá em cima para fazer buscas, existem muitas publicações, as mais variada possíveis.
    AXé


  361. MOTUMBÁ MEUS IRMÃOS

    SOU DOFONO DE OXUM, FEITO EM EFON. TENHO PROCURADO POR AQUI, EMBORA HAJA FONTES DUVIDOSAS, QUALQUER INFORMAÇÃO QU EPOSSA ME ELUCIDAR DETERMINADAS QUESTOES, SEM ATRAVESSAR A LNHA LIMITROFE DO RESPEITO E HIERARQUIA RELIGIOSA.
    ESTOU TENDO PROBLEMAS COM A CASA DE MEU BABA. OSUN SE RECUSA A FICAR LÁ, ALEGANDO SOMENTE QUERIA SER FEITA, MAS QUE POR UM TEMPO, NAO ME QUER DENTRO DA ROÇA DE SANTO.
    FOI UMA SITUAÇÃO BASTANTE CONSTRANGEDORA PARA AMBAS AS PARTES E OS DEMAIS ENVOLVIDOS NA FEITURA DE MEU ORIXÁ.
    OS MAIS VELHOS DIZEM QUE ISSO NAO EXISTE, MAS TODA VEZ QUE CHAMAM OXUM, ELA RETIRA OS FIOS DO MEU PESCOÇO E ENTREGA NAS MAOS DO BABA SE RECUSANDO A SAIR DO LUGAR.
    O BABALORIXÁ VIROUO ERE E POR DIVERSAS VEZES ELE DISSE QUE OSUN NAO QUERIA QUE EU ESTIVESSE, EM NOSSO POPULAR, “ENFIADO” EM ROÇA DE SANTO, QUE ARRUMASSE MINHA VIDA BAGUNÇADA, ME ESTABILIZASSE UM POUCO PARA ENTAO ASSUMIR MAIORES COMPROMISSOES FUNCIONAIS.
    ELA FALOU QUE QUERIA SOMENTE SER FEITA, POR ENQUANTO ISSO A ELA BASTA JÁ QUE UE CUMPRI O ACORDO QUE FIZ COM ELA , QUE FOI A FEITURA.
    FUI ABIA DURANTE ALGUM TEMPO E VENHO DE UMBANDA, TRABLAHAVA COM CATIÇO E ME INICIEI EM EFON, ONDE OS DOGMAS E RITOS ME PARECERAM BASTANTE DIFERENTES DO KETU E JEJE, ONDE FIZ BORI, OBI E SACUDIMENTOS.
    pOR FIM, VEJO QUE EXISTE UM DESRESPEITO A VONTADE DE MEU ORIXÁ, QUE SENDO ELE UMA FORÇA INTELIGENTE E NÃO UMA FORÇA CEGA E MANIPULÁVEL, SABE O QUE FAZ E ASSUME SEMPRE A RESPONSABILIDADE POR SEUS ATOS, COMO UMA PESSOA CONSCIENTE DE SUAS ESCOLHAS.

    MOTUMBÁ , KOLOFÉ!


  362. eu gosto muito do candobe e nao tenho casa para eu ir…..


  363. em Julho 6, 2009 at 12:13 am Thalita Cunha

    Gostaria de saber qual é o meu orixá?
    Data de nascimento: 02/02/1984
    Grata!!!


  364. Thalita Cunha para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informações sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé. Tomege do Ogum


  365. em Julho 8, 2009 at 2:55 pm Lucia Paulino

    Bom dia,

    Fui a 1° vez consultar-me em uma mesa de buzio e o Pai de Santo disse que sou filha de Xangô.
    Tenho algumas caracteristicas parecidas e outras não!
    como terei a certeza? o que me recomendas?

    Obrigada,
    Lúcia


  366. Olá Lucia,
    O jogo de búzios, feito por um pai ou mãe de santo com fundamento, é a única forma correcta de saber qual é o orixá da pessoa. Partindo do principio de que quem lhe fez o jogo é uma pessoa séria e capacitada para o fazer, não tem porque duvidar de que esse é mesmo o seu orixá. O facto de não ter todas as características não quer dizer que você não seja filha de Xangô. Não é pelas características fisicas ou comportamentais que se tem a certeza de qual é o orixá que nos rege, embora sempre haja alguma ligação, mas jamais pode descartar hipóteses baseada em características.
    Axé!


  367. em Julho 22, 2009 at 2:57 pm Mirian Jardim

    Nelson, Manula, Carol e demais amigos ! Axé !!
    Quero parabenizá-los pelo site, pela conduta e seriedade com que tratam esta religião tão bonita ! É muito importante esclarecer muitas dúvidas e preconceitos que circulam por aí, sem no entanto, revelar segredos sagrados, nem mistificar demais nossa fé.
    Sempre passo por aqui, adoro ler os temas em debate, e hoje resolvi deixar um forte abraço para todos..
    Sou filha de Xangô e Yemonja, fico feliz demais quando vejo as pessoas trilhando o caminho correto, sem enganações, na paz e firme conduta.
    Como diz um amigo da minha filha, “o papo tem que ser reto, sem caô nem camuflagem”! rsrsrs
    parabéns !!!!
    Axé !!!!
    Mirian


  368. em Julho 23, 2009 at 4:16 pm Vinicius de Vitoria ES

    Nelsom Boa tarde!!
    Desde criança recebo visões, tenho uma sensibilidade muito aguçada e hoje com 26 anos queria trabalhar minha mediunidade ja que não sou iniciado candomble nem na umbanda fico meio perdido pois a existencia de pessoas ruins e real. varios amogos me falaram que tenho uma mediunidade muito forte e que era bom eu desenvolver para fazer caridade.
    Queria que o senhor me desse uma ajuda para poder escolher o caminho certo!!

    dede ja agradeço sua atenção


  369. em Julho 24, 2009 at 10:37 pm Ricarda Lemos

    Boa noite, eu gostaria de uma informação, meu quele pode ficar comigo? Se me entregarem ele posso guarda-lo onde? Tenho dúvidas sobre isto, se puderem me esclarecer agradeço!!!
    Na verdade a casa onde eu estava fechou e o pai de santo iria me entregar o quele que está no ibá.


  370. em Julho 26, 2009 at 4:11 pm antonio jorge

    oi! gostaria muito de saber sobre a história de ogum iara, pois sou filho dele mais ainda não tenho total conhecimento sobre a historia de meu pai ogum iara com yemanja


  371. Ola pessoal gostaria muito de saber por que em toda casa que vou sempre me sinto mal e sempre me dar uma dor na coluna chata, incomoda e só passa quando saio de lá quando é gira de exu nossa fico muito mal quase me pegar não sei se tenho medo mas me travo e nunca a deixo passar me dê uma ajuda sobre esses medos e esses bloqueios


  372. Oiii!!!
    quais os orixas “chamados” de funfun?
    grata

    bjks


  373. Olá antônio jorge ,busque a qualdiade no link abaixo
    Axé

    http://ocandomble.wordpress.com/2008/09/05/qualidades-do-orixa-ogun/


  374. Olá Cris
    São orixás da criação, como Oxalá, Odudua,Obatalá e outros que não recordo agora…
    Axé


  375. Olá Vinicius de Vitoria ES
    Para se fazer caridade os caminhos são muitos, vc nem rpecisaria usar da sua mediunidade para isso,mas como c tem esse dom aguçado existe um leque de opções,resta que vc escolha. Não podemos lhe dizer que caminho seguir meu irmão. A vida é sua, o dom tb e se Deus te abençôou com essa dádiva, vc deve conduzir sua vida e fazer suas escolhas. Não podmeos ser responsáveis pelas suas escolhas entende?
    Busque conhecer as religiões, e escolha o caminho.
    AXé


  376. Olá Ricarda Lemos
    Vc não deve ter feito ainda sua obrigação de sete anos, então busque uma casa de axé em que vc possa colocar seu assentamento,os ibás e o quelê.Essas coisas do orixá devem ficar sendo cuidadas por um zelador (a) pois eles detém conhecimento da forma como se deve cuidar dessas coisas.E como dizemos sempre o candomblé é uma religião comunitária.Vc precisa de uma nova comunidade, caso aidna não tenha nada em vista, vc pode buscar a casa de alguém da mesma raíz que a sua, um irmão do seu pai ou uma irmã sua que já sejam zeladores, com casa aberta.
    Axé


  377. Olá Míriam Jardim
    Comentários como o seu nos dão forças para prosseguir,muito obrigada!
    Axé


  378. Olá Nelson,
    Venho acompanhando o blog e gostaria de parabenizá-los pelo conteúdo e esclarecimento das dúvidas das pessoas que por aqui passam.
    Bom, iniciei a pouco tempo no Candomblé, me sinto muito bem no local. Joguei nas cartas e a mãe de santo da casa que frequento (que foi quem jogou) me disse que sou filha de Iemanjá no céu e na terra com Oxossi. E que também tenho uma cabocla, a Jandira.
    Frequentei um centro de Umbanda e era dia de caboclo. Ao entar na casa, uma emoção muito forte me tomou, veio uma grande vontade de chorar, o coração parecia que ia sair pela boca de tão acelerado, arrepios e uma tremedeira muito forte.
    Já no Candomblé, houve uma festa onde vesti a roupa e dancei… Quando puxaram um ponto de Iemanjá e bati cabeça para minha mãe, senti tontura, tremedeira, etc, mas nada aconteceu, não passou disso. A mãe de santo disse que sou de “bolar”. Será que receberei minha mãe Iemanjá? Tenho muita vontade pois tenho um amor muito grande por ela e também por Oxossi…
    E quanto ao local?Me sinto muito bem na Umbanda quanto no Candomblé, não sou firmada em nenhuma casa, não sei o que faço!

    Obrigada!!


  379. Ops, não sei se me expressei mal, sou filha de Iemanjá no céu e na terra (é ela quem rege meu Ori, certo?) . e meu 2º orixá é Oxossi!


  380. ola tudo bem ? quero contar un sonho q eu tive para saber oq poderia significar esses sonhos , nao sou de vossa religiao, sou catolico nao praticante …atualmente estou morando na espanha e aki nao tem como eu buscar algo sobre o tema dessa religiao …meu 1ª sonho foi eu estava em uma praia e estava tendo festa de yemanja …todos de branco com panos azul na cabeça e eu sabia q era festa de yemanja … depois eu lembro q eu sonhei outra vez com ela ..e hj quando eu acordei eu lembro q eu falava q tinha visto ela ( yemanja ) nao sei o pq mas ultimamente eu estou sonhando muito com ela …vc poderia me explicar algum significado … se possivel me responder por email ( thyfonsa@hotmail.com) desde ja muito obrigado .


  381. Olá Patrícia
    Iniciar-se no candomblé é quando a pessoa passa pelo ritual de iniciação,de feitura, raspa a cabeça, faz kuras, etc .E pelo que li do seu comentário vc não foi iniciada no candomblé ainda.
    Me preocupou o seu comentário porque vc se refere à mãe de santo usar cartas e nosso oráculo no candomblé são os búzios.De nada vale o que foi visto nas cartas, minha irmã, os orixás se comunicam pelos búzios, sem eles não tem como saber qual seu orixá de frente nem os juntós. E não temos orixá na terra nem no céu.Temos eledá,juntó e carrego.
    Como vc diz que sentiu tontura, tremor quando toca para Yemanjá é possivel que ela seja sua mãe,mas só um jogo de búzios numa casa idônea pode confimar. Provavelmente se for fiha dela vc deve incorporar ela com o tempo,não tenha pressa.
    Axé


  382. olá. mais uma vez gostaria de tirar algumas duvidas: gostaria de saber se existem filhos de ifá e dos ibejis no candomble, pois nunca vi nem ouvi falar. caso exista, eles são iniciados normalmente,e dançam para seus orixás durante o toque? há outra coisa, queria saber sobre isso que a carol falou, que temos eledá,juntó e carrego. nós temos tres orixás? nós incorporamos apenas o orixá dono do ori ou os outros tambem?


  383. Olá joão paulo,temos três orixás,mas a maioria das pessoas só incorpora o eledá e o juntó algumas vezes, é mais difícil vc ver iniciados virando nos três,mas acontece.
    Ibeji é orixá,mas não conheço iniciados,assim como vc,via de regra deveriam passar pelo mesmo preceito e dançar para seus pais no xirê.Ifá é dono do jogo de búzios,mas não conheço filhos e nunca ouvi cantiga…


  384. Carol, naquele site que te enviei onde contém um CD com algumas cantigas da minha nação há algumas cantigas para Ifá/Orunmilá nas últimas faixas. Você ainda tem o site?


  385. Não tenho…Daya…Vc sumiu!!!To com saudade…Esse computador não fica pronto hein?
    Nem lembrava que era para Ifá…

    Então joão paulo, existem cantigas para Ifá.Eu que não conheço…

    axé


  386. Oláa ! Ameei o site !
    tem mtas informações que eu procurava!
    só quero saber uma coisa …
    o que é ser “feiticeira” no “candomblé” ?
    um caboclo me disse eu sou , mas eu só tenho 13 anos !
    sou filha de Nanã!

    axé a todos !


  387. Bom dia, peço ajuda aos colaboradores… sou nova no espiritismo.. tenho muitas dúvidas ainda,não encontrei “A casa” certa.. mas vou cuidando, pois sinto paz e tranquilidade presença forte dos meus orixás..

    Quero saber se vocês já ouviram falar de um som de vento no ouvido direito (se é que isso faz diferença). Venho ouvindo constantemente o som do vento no meu ouvido.. o que será que significa isso?? Sou filha de Oiá, será que é algum recado..??o que será que ela quer me dizer com isso?
    Grata pela ajuda

    Tomejé, Motumbá, Axé para todos!


  388. Boa dia Nelson,

    Você conhece ou poderia indicar uma casa para que eu pudesse realizar uma consulta com os búzios aqui em São Paulo?

    Obrigado

    Rodrigo


  389. em Agosto 10, 2009 at 1:05 pm Marilia Gomes

    Bom dia a todos !Àse Iré!!
    Eu passei em uma consulta com um sacerdote de candomblé, cuja casa tenho frequentado, mas tenho uma dúvida: o adoçamento para que um companheiro volte, ou melhor, fique mais propício, usando apenas velas, funciona mesmo ? Parece-me algo tão simples….
    Um beijo a todos !
    Vocês fazem um ótimo trabalho aqui, esclarecendo de forma tão clara diversos assuntos !!!!!!
    Axé!


  390. Advogada. rsrsrsrs Oyá, Oyá, Oyá. Tomege


  391. Rodrigo existem dois caminhos confiáveis, o site do Jornal do Axé (google) e Indicação de site do Prof Reginaldo Prandi.

    http://www.fflch.usp.br/sociologia/prandi/

    http://www.fflch.usp.br/da/vagner/livro8.html

    Nestes locais vc pode encontrar indicaçãod e casas próximo a vc e de confiança. Tomege


  392. Nelson, pq riu?? me conhece rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs.

    Tomege

    abraços a todos os moderadores!


  393. em Agosto 10, 2009 at 3:52 pm samantha f m ribeiro

    nelson estou somente a 9 meses no santo e e só toca para um gia que eu tenha que eu escorporo já viro tanto para santo homem quanto para santa mulher isso e correto e uma pessoa de umbanda pode ter 34 guias para emcorpora


  394. Nelson, pq riu?? me conhece??? rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs.

    Tomege

    abraços a todos os moderadores!


  395. Obrigado!

    Rodrigo


  396. porfavor me respondam !

    ‘ o q é ser feiticeira no candomblé ?? ‘


  397. Loise vc foi respondida no post que vc deixou a pergunta. Vou repetir. A palavra “feiticeira” é mais uma das muitas que foram demonizadas, que foram distorcidas por interesses de outras religiões em mostrar o candomblé como uma religião que lida com o mal, o que não é verdade. Com isso muitos até hoje associam feiticeira com criaturas sobrenaturais com poderes do mal e coisas deste tipo, mas na realidade a palavra feitiçaria só tem a ver com cura de doenças e da “alma”. A feiticeira é aquela que conheçe as ervas e as utiliza pra curar, assim como conheçe rezas que aliviam tensões espirituais, igual as benzedeiras. Tomege


  398. Obrigada Nelson !

    É porque numa festa de caboclos , o caboclo falou que eu era uma ‘feiticeira’ …mas eu só tenho 13 anos
    e sou de Nanã !
    eu queria enteder mais do assunto e tal .. voce poderia porfavor me passar algum site , ou qualquer coisa q fale ?

    obrigada desde já !

    Axé !


  399. obrigada nelson … desculpa ai , é que no outro post eu pensei que n tinha ido …

    Obrigada mais uma vez!


  400. Loise não vou te indicar site algum, serei agora chato como são os velhos e os pais rsrsrsrsrs. Loise se vc já é da religião se afaste deste assunto, se vc não é da religião e deseja entrar, entre e não procure saber sobre isso, te deixei mais interessada, não foi? Mas o motivo é simples, não existem feiticeiras no candomblé. Se seu desejo é conhecer a religião estude as lendas, os Orixás e assunto ligados a religião, mas querer saber de feitiçarias e feiticeiras é perda de tempo, um tempo que vc poderia utilizar para aprender coisas úteis, como matemática e química por exemplo rsrsrsrs. Beijo, Tomege


  401. boa noite, hoje venho com mais algumas duvidas: já vi muitas pessoas falarem que quando o filho de santo está próximo da morte, há uma dificuldade de incorporar seu orixá e ate mesmo as vezes o orixá não incorpora, isso we vwersdasdwe? se for verdade por que acontece? os orixás tem medo da morte? outra coisa: dadá é uma qualidade de xangô ou são orixás diferentes? por favor, não fiquem chateados com tantas perguntas, eu faço isso porque gosto de esclarecer minhas duvidas até mesmo para não falar mentiras por aí, mesmo sem querer. obrigado!!


  402. boa noite, hoje venho com mais algumas duvidas: já vi muitas pessoas falarem que quando o filho de santo está próximo da morte, há uma dificuldade de incorporar seu orixá e ate mesmo as vezes o orixá não incorpora, isso we verdade? se for verdade por que acontece? os orixás tem medo da morte? outra coisa: dadá é uma qualidade de xangô ou são orixás diferentes? por favor, não fiquem chateados com tantas perguntas, eu faço isso porque gosto de esclarecer minhas duvidas até mesmo para não falar mentiras por aí, mesmo sem querer. obrigado!!


  403. João Paulo é verdade sim, e dizem que Orixa se afasta, mas isso só na casa de axé se pode falar abertamente. Dadá é uma qualidade de Xangô e tb tem um Orixá, não cultuado normalmente com nome de Dadá, é um história ligada a Xangô que tb só na casa de axé. Pergunte sempre, não há chateação agluma nisso, vc tem razão em preguntar e aprender mas estes assuntos são restritos. Tomege


  404. em Agosto 13, 2009 at 1:48 am marcelo assis

    pai,existe uma mulher que me ama e eu a amo tambem.por que não conseguimos firmar nossa relação e por que ela não se afasta das falsissimas amizades que a cercam?


  405. Ola,
    Embora me interesse, sei muito pouco sobre o Candomble. Gostaria de saber porque algumas pessoas do Candomble tem tres risquinhos no braco ou em outras partes do corpo. Voces poderiam me informar o que exatamente significa esse sinal?
    Obrigado e parabens pelo site, eh muito informativo e rico em informacao!
    Mauricio


  406. Olá Maurício
    Vc se refere às kuras temos um post sobre oa ssunto, vc pode ir na busca do site e colcoar as kuras de fecho do corpo que vai aparecer o texto.
    AXé


  407. Esse site e muito bom,
    Gostaria, sabe um pouco sobre Oxum Apara
    Obrigado.


  408. YeYe Opara mulher guerreira,batalhadora e belicosa e representado neste caminho de Oxum,no qual porta sempre uma espada,pois ela e muito poderosa e guerreira que acompanha Ogum em suas campanhas,porta o seu sabre,que manipula com muita força e destreza.Esta Oxum tem fundamentos com Oya Onira e com quem gostuma comer juntas(Obs:nao no mesmo iba como achao muitos,pois sao dois orixas distintos)tornando-se assim companheiras inseparaveis,pois foi com Onira que Oxum Opara aprendeu a manipular o sabre e aprendendo os fundamentos dos eguns,pois sendo assim essa qualidade de Oxum ter relaçao com os eguns,pois quando as duas se juntam ,tornam-se muito perigosas pois tem em dobro a força e a sabedoria dos guerreiros.Oxum Opara e a mais moça,jovem e guerreira,companheira de Ogum e Xango,estando ligada diretamente com os caminhos de Oxaguia,o jovem guerreiro do branco.Foi o que aprendi,me perdoem,nao sou dona da verdade.


  409. Carine no post qualidades dos Orixas, ítem Oxum, e nos posts Oxum e Lendas dos Orixas vc encontrará informação. Creio que nos posts qualidades ou Oxum vc tb encontrará nas respostas uma lenda postada por Isa Dias, procure por favor e leia, Tomege


  410. Olá nelson!

    por favor, me diga, o que significa em força espirituale energetica e como devo agir para potencializar estas forças em mim, sendo filha de cabeça de ogum com iansã, corpo de iemanjá, mãos de oxum, cintura de oxála e cosme e damião ao meu redor ???? Obrigada esperarei a resposta…axé! claudia


  411. em Agosto 18, 2009 at 2:52 pm Marcia da Silva Passos

    Gostei muito do site! porém gostaria de obter maiores informações quanto ao orixá Iansã Onira. Vocês poderiam me ajudar?
    Obrigada!


  412. Gostaria de uma lenda de yeye ponda, sei que também é uma guerreira. Por qual caminho ela vem?
    Parabens pelo site, cada vez mais explicativo…
    Obrigado


  413. Olá Rodrigo busque no post Oxum,Lendas de Oxum e Qualidades de Oxum nos comentários,de isa dias tem algumas lendas que são dessa qualidade´.
    axé


  414. Oi Carol!

    Sou filha de iansã e ogum na cabeça, copro de iemanjá e mãos de oxum e cintura de oxalá, com cosme e damião aao meu redor me protegendo…a mãe de santo viu pelos buzios…e disse que pela linha da esquerda sou filha de dos 7 encruzilhada com maria padilha, o que isso quer dizer??? Como posso lidar com todas estas forças em mim???? abraço e axé, obrigada


  415. Claudia não há nada que justifique esta “divisão” do corpo desta forma. Somos filhos de Orixá e Ele é o dono da nossa cabeça, e por extensão, do corpo, mas é o corpo todo. Quem te falou estas coisas não tem conhecimento e nem respeito religioso e muito menos tem respeito pelas pessoas que a procuram, sinto pela dureza das palavras, mas é preciso que se fale claramente neste seu caso. O jogo desta pessoa não deve ser considerado como jogo de Búzios, este oráculo deve se restringir a olhar assuntos de Orixá e só, até se pode ver entidades, mas não é comun e necessário. Claudia não existe isso de “na linha da esquerda” vc ser filha de entidades, seja na direita na esquerda no centro, atras ou na frente vc é filha de um Orixá, nunca será filha de padilha nenhuma. Claudia eu acredito e confio em Padilhas não sou preconceituoso, mas crer não é suficiente para aceitar que alguém diga a outra pessoa que ela é filha de pombagira. Meu conselho sincero e urgente para vc é que se afaste desta pessoa, ela não vai te levar a lugar algum. Novamente te peço desculpas pela rispidez do texto, mas o que foi dito a vc é absurdo demais. Procure alguém numa casa de tradição seja candomblé ou umbanda, mas não volte a este lugar. Tomege


  416. olá, estou pensando em fazer o jogo de búzios para saber quem é meu orixá (ou orixás), mas como voces mesmo dizem, deve-se procurar uma casa de respeito para não correr o risco de cair nas mãos de falsos babalorixás e ialorixás. o problema é que em minha cidade, o único terreiro que eu conheço e que é um dos mais antigos e tradicionais além de ser muito respeitado, é da nação angola. só que eu desejo fazer parte do candomblé ketu. tem algum problema se eu fizer a consulta nessa casa? há, como é a primeira vez que uma pessoa vai jogar pra mim, eu tenho algumas dúvidas: através do jogo de búzios só dá para saber quem é o orixá (ou orixás) da pessoa ou dá pra saber outras coisas? durante a consulta eu devo fazer perguntas ou ficar calado?. só mais uma coisinha. há algum tempo eu fiz uma pergunta e que a carol me respondeu como sempre (acho até que esqueci de agradecer carol, desculpe). eu perguntei, se qualquer pessoa poderia se iniciar de acordo com sua vontade, e ela me disse que nós é que somos escolhidos pelo orixá, ou seja, é preciso saber se o orixá pede obrigação. essa resposta de fato me deixou muito triste, pois eu sempre senti vontade de ser iniciado independentemente de rodar ou não. por isso fico até com certo receio de fazer o jogo de búzios, pois tenho medo que meu orixá não peça nenhuma obrigação. se isso acontecer eu não vou poder fazer parte do candomblé? ou então vou ter que ser apensa um visitante eternamente?
    axé!!


  417. Olá nelson, muito obrigada pela resposta…ta certo! bem, mas e afinal então sou filha ou de ogum ou de iansã na cabeça é isso? ou temos um pai e uma mãe de cabeça? abraço e axé, claudia


  418. Olá claudia para conhecer seu orixá busque um jogo de búzios numa casa de axé idônea.Se esse lugar que vc foi lhe deu um Orixá para cada parte do corpo,não é um local de confiança,logo não podemos confiar que Ogum e Oyá sejam seus rixás.
    Axé


  419. Ta certo carol…mas temos um pai e uma mãe de cabeça então? ou é só um orixá? abraço e obrigada


  420. Claudia não posso te dizer que seja Ogum ou Oyá o primeiro, mas como já te falaram isso, vc sabe qual é que está em primeiro, então este é o seu Orixá o outro é o juntó. Em resumo pai e mãe ou mãe e pai tanto faz a ordem. Tomege


  421. Olá Nelson,
    gostaria de saber onde eu acho esse texto que vc sempre se refere: Longo Caminho do Aprendizado.
    Axé


  422. oi. será que voces poderiam responder minha pergunta? é que eu tenho uma certa urgencia. ela está logo aí em cima. obrigado!!!


  423. Claudia vc pode digita o nome do texto na caixa da barra superior e clicar ao lado, ou clicar na foto e ir procurando na lista de textos. Obrigadopela visita. Tomege


  424. Joaão Paulo na realidade é o Orixá, Vodum ou Inkise que define onde vc será iniciado, por tanto acho que vc deveria ir nesta casa sim, sendo uma casa de tradição o zelador vai te falar com certeza se vc é de Inkise ou não, porque com certeza lá eles cultuam Inkises e não Orixás, este é o primeiro passo. No jogo ou durante o jogo serão revelados assuntos tb que diem respeito a sua vida, não fica resumido aos “Orixas”, e vc pode perguntar qualquer coisa, só não recomendo que pergunte coisas do tipo “quem sua pombagira” e esses asuntos que não fazem parte da tradição, se aparecer no jogo, tudo, mas se não aparecer deixe que em outro momento vc saberá, se for o caso e se te interessar este assunto.
    Sobre a iniciação, como disse a Carol de fato nós somos escolhidos, mas isso não impede que sejamos iniciados por nossa vontade. Mas veja bem que vc vai precisar saber em que categoria vc se encontra, se é rodante (recebe Orixás) ou se é ogã (que nunca em transe), a partir disso a sua iniciação tomará o caminho próprio para cada caso. Mas há de fato casos em que o Orixá não pede feitura, são raros, mas pode sim existir. Mas ainda assim isso não te impediria de ser filho de santo da casa, seria um caso raro, mas não é impedimento apra entrar na religião. Meu irmão vá ao jogo, ouça mais que fale e seja muito feliz. Tomege


  425. Vocs tem algo falando de IYAMI?
    alguém pode ser filho dela , sendo que , seu cultoo está extintoo ?

    Axé


  426. É dificil ter Nanã como cabeça e Juntó com Ogun?


  427. Lô,

    As Iyamins são os pássaros da noite,tem ligação com vários Orixás, são cultuadas, conversas de Axé.

    As energias de Nanã e de Ogun não se combinam, portanto, em hipótese alguma pode ser ajuntó. Se o Zelador através do jogo ver um guerreiro, este será Oxaguian, SEMPRE.

    Axé

    Fernando D’Osogiyan


  428. oi Carol Sou a Susana de Portugal,aguardo a vossa resposta ao meu comentario.A minha vida parece que parou em todos os aspectos.Bensão AXÉ


  429. Boa noite,

    Kolofé,

    Irmão conheço uma pessoa de Nanã com Ogun,feita há mais de 40 anos, por Joãozinho da Goméia.

    Deve ser um caso difícil, mais existe.

    Axé.


  430. Olá Lô
    Temos um post dedicado às Yami,é só busca na caixa lá em cima do blog, deve aparecer
    Axé


  431. Olá susana
    Onde está seu comentário?


  432. Olá Leila e Fernando
    Eu não creio que seja fácil fazer uma pessoa com um ori desses,mas se existe quizilas com orixás por exemplo Xangô e Omulu e tem gente feito assim,não vejo como impossível…Mas eu realmente não tenho um conhecimento embasado em exemplos ou ensinamentos ara discutir o assunto


  433. Bom dia! Queria saber se o jogo de búzios nos da uma certa orientação na consulta ao jogo. Nesta orientação que o jogo nos da e fato dizer que algumas coisas que saiu da nossa vida no jogo podemos acreditar que da certo mesmo, alem e claro da nossa fé tb que aquilo pode vim si da certo. Pois no taro e na leitura de mão eu já tive varias consultas e algumas coisas que sai da minha deu certo mesmo. Agora vou fazer uma consulta nos búzios pois com uma pessoa muito confiavel. Fico aguardando sua resposta


  434. Oi,carol! Trabalhei 3 anos na umbanda ,tentei rodar 2 vezes e descobri que não era o caminho certo.Iniciei no candomble e ai me jogaram os buzios,sou filha de Insãn e oxumare.Mas me aconteceu uma coisa estranha,uma entidade me deu uma cabeçada e tive uma reaçao estranha ,que nem eu entendi como ficei dando gargalhadas e me serviram logo uma taça……………ninguem me disse o que se passou. Gostaria que me dessem um esclarecimento a esta duvida.A sua bensão .AXE


  435. Olá susana
    Olha só Oxumaré não pode ser juntó,faç ouro jogo de búzios ara verisso,que pode ser que esteja errado…No candomblé nao tem entidades, temos orixás e algunmas nações cmo Angola tem os caboclos.
    Creio que vc incorporou o que chamamos de exu catiço, uma POmbagira…Mas eu não tenho como lhe dar certeza disso, afinal eu não estava lá.
    axé


  436. Leila,

    Desculpe-me discordar completamente, as energias não se atraem mesmo. Complementando outros comentários acima, diria que não existe kizila entre energia de Orixás, e sim respeito entre eles. Dizem kizila apenas por que as energias não se combinam. Leila, Ogun pode aparecer no carrego de santo como 4º em diante. Uma das funções do zelador é a de apaziguar energias, imagina uma cabeça assim? como será seu fim? tem idéia da energia de um OGUN?É tão forte que somente Oxalá o acalma, é latente, potente, nossa! Aí te pergunto, como fica a cabeça desse iyawo? O Orô de nanã é para quem tem muito conhecimento. O grande Joãozinho da Goméia não está mais aqui para confirmar. Candomblé é simples demais, nós é que gostamos de enfeitar, inventar, criar situações inusitadas. Quem é de Nanã não foi feita com navalha nem tezoura e nem seus bichos copados com facão, aí o segundo santo é OGUN? vamos pensar, estudar esse assunto e em primeiro lugar, termos a experiencia com esses Orixás, ve-los sendo feitos, participar de seus orôs e depois entenderão melhor essa questão.

    Adupé ò,

    Fernando D’0sogiyan


  437. Irmão, te compreendo, inclusive na minha casa também temos a mesma visão e concordo com vc,hoje está pessoa é mãe pequena do nosso axé, vou conversar com ela e tentar entender um pouco e depois volto e converso com vcs, vai demorar um pouco, pois no fim de semana estarei recolhendo para iniciar minha caminhada como yawo.

    Assim que voltar e souber sobre este caso, falo com vcs.

    Axé.


  438. oi Carol! No jogo dos buzios quem repondeu as perguntas Oxumare porque Insãñ so respondia nãõ a todas as perguntas.Nos buzios disseram que ja tinha que ter sido feita faz muito tempo.Quanto ao Exu deve ter sido porque depois daquela cabeçada não ia ficar a rir.Da primeira ele se abaixou e abriu os e braços e fez sinal eu nãõ reagi então me deu outra maior,disse que era para despertar e saiu com naturalidade. AXE


  439. sou nova no candomblé,tenho 14 anos,ekeji suspensa do meu pai Xangô.(na verdade era evangelica,hehe.)
    Conheci entidades por acaso ate que resolvi (depois de mt teimosia,nao minto) fazer um jogo de búzios e deu que eu era de Ossain (meu pai lindo,que hj considero minha vida,meu grande amor minha paixão <3 ) com minha mamãe querida Oya,sou looooooouca por essa religião acho a coisa mais maravilhosa do mundo e muitas entidades dizem que eu mudei porque meu pai quis assim. Me sinto honrada em ter sido escolhida por ossain mais gostaria de receber dicas de livros pois sou tenho uma paixão enorme pelo meu pai e por todos os orixás e enfim mesmo lendo varias coisas pela internet queria ler em livros,você poderia me da dicas de livros? parabéns pelo site


  440. em Agosto 24, 2009 at 10:27 pm ossain meu pai.

    sou nova no candomblé,tenho 14 anos sou ekeji suspensa pelo meu pai Xangô.
    Entrei numa festa de candomblé por acaso pensando que fosse festa (nunca imaginava que fosse uma gira de exus),me assustei até que veio Maria padilha e me contou toda a minha vida e coisas secretas minhas e fiquei chocada (era evangélica daquelas fervorosas meesmo) e Maria padilha me pediu pra esperar,falei com algumas ciganas e com o exú 7 encruzilhadas (meu pai,a quem amo mt) chorei mt nesse dia pois minha vida era uma ilusão e ele limpou meus olhos naquele dia (estava gostando de um garoto,sofrendo mesmo e seu 7 me falou umas coisas que guardarei ate o ultimo suspiro de vida) mais enfim acabou a festa minha mae falou com o pai de santo e ele fez um jogo pra mim ( e eu resistindo muuito) até que deu que sou filha de ossain (meu pai lindo,minha vida se resume a este orixa) e minha mamae oya de junto fui suspensa,troquei de pai de santo agora estou com uma mae de santo a quem tenho como uma mae mesmo (Janaina d’ oya) e sou LOUCA,L O U C A pelo meu pai Ossain nunca me imaginei no candomble a uns anos atras eu falava tao mal dessa religião maravilhosa e que me ajudou tanto mais enfim ja li muita coisa sobre meu pai,minha mae oya (de todos os orixas na verdade) mais gostaria de dicas de livros,muuitos livros.
    pois ninguem ama mais meu pai do que eu hihi :b,muito obrigada por este site maravilhoso.bjs


  441. no candomblé se começa cantando pra exú depois pra ogum depois vem qual orixá até chegar em oxalá?


  442. Lô há algumas contradições e entendimentos quanto a essas possibilidades, eu aprendi que não é impossível, apesar de rara, nãoé impossível. Os Orixás em questão tem divergencias, mas isso não impede esta combinação. Tomege


  443. Bom dia Nelson! Queria saber se o jogo de búzios nos da uma certa orientação na consulta ao jogo. Nesta orientação que o jogo nos da e fato dizer que algumas coisas que saiu da nossa vida no jogo podemos acreditar que da certo mesmo, alem e claro da nossa fé tb que aquilo pode vim si da certo. Pois no taro e na leitura de mão eu já tive varias consultas e algumas coisas que sai da minha deu certo mesmo. Agora vou fazer uma consulta nos búzios pois com uma pessoa muito confiavel. Fico aguardando sua resposta


  444. Susana se vc é de Oyá e Oyá está dizendo não a tudo, isso é indicação de que algo está muito errado, por isso não se deve consultar outro Orixá para perguntar nada,a resposta pode ser equivocada, porque Oyá não deixará outro responder no seu lugar, há que se respeitar a hierarquia. E tb não é porque Oyá diz não a tudo que isso queira dizer que Ela quer sua feitura, Indico que procure mais um jogo para confirmar isso. Tomege


  445. Ossaim meu Pai na barra lateral tem um post Literatura Recomendada que tem uma lista de livros muito bons, eu em particualr indico Mitologia dos Orixás do prof Reginaldo Prandi e no seu caso o livro Ewe do Pierre Verger, são livros ótimos e uma boa literatura. Achei lindo seu comentário e ficamos felizes por vc se declarar tão apaixonada por seu Pai Ossaim. Seja muito feliz pois é isso que Ossaim deseja a vc. Tomege


  446. Cesar a oredem varia de acordo com o axé e o segmento, no ketu, pode ser Exú, Ogum, Oxossi, Ossaim, Xangô, Omolu, Oxumare, Nanã, Obá, Ewá, Oxum, Oyá, Yá, e Oxalá. Mas como disse pode haver pequenas variações. Tomege


  447. Mauro o jogo a princípio e por princípio deve ser utilizadopara assuntos de Orixá,mas com absoluta certeza outros assuntos serão revelados e muitos são alertas de como vc deve ou não deve proceder para ter sucesso no que deseja, outras vezes o assunto ou recado é bem direto, “não faça ou faça desse jeito”, “isso ou aquilo vai acontecer”, o jogo é um oraculo muito bom tb. Vá com fé e determinação e se abra pra o jogo, quer dizer não se guarde, deixe-se ver, seja transparente, entende o que digo? É pensamentos bons. Tomege


  448. em Agosto 26, 2009 at 12:38 am victor santos argolo

    OI! meu nome e victor eu queria saber o qual e mais importante o orixa de cabeça ou orixa protetor,queria saber tb quantos orixas nos rege (guia),se for possivel queria saber meu orixa de cabeça e protetor….a essa e minha data de nascimento 31/10/1995 tchau.


  449. Nelson, obrigado pela resposta, pode deixar que vou para o jogo com pensamento positivo em tudo que eu quero saber.


  450. Victor Argolo na realidade só um Orixá nos importa de fato, o nosso Orixá principal ou pai/mãe, Ele é o dono de nossa cabeça e nosso protetor, é atravez Dele que receberemos nossos benefícios ou não, é atravez Dele que teremos tudo que nos compete ter. Podemos ter vários Orixas, mas os principais são Pai e mãe (agora falo de 2 Orixas principais, sendo que o primeiro tem mais importancia) e uma família ou carrego, que normalmente é composta de mais 3 Orixás. Veja, todos tem importancia, mas o principal é o dono da cabeça.

    Para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informações sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé. Tomege do Ogum


  451. em Agosto 26, 2009 at 10:48 pm victor argolo

    OI Nelson muinto obrigado gostei muinto o que vc me disse brigado mesmo otima explicação,eu queria perguntar só uma coisinha, uma vez jogaram os buzios pra min e disseram para eu tomar cuidado com o mar que Yemanjá podia me levar(pra dizer a verdade eu ñ acreditei nessa historia)continuando disseram também que ela e minha protetora(outa coisa que ñ entendi se ela e minha protetora como ela quer me levar)…vc pode me explicar por favor..tchau!


  452. Oi Nelson e carol…O que fazer para quebrar a inveja e o mau-olhado?minha vida travou e sinto energias ruins em cima de mim….o que posso fazer?


  453. Claudia o que mais causa “quebra de maus olhados e inveja” é uma boa risada e um estado de espirito alegre, não há mau que nos atinja quando estamos bem conosco, e ainda deixa os que nos tem inveja e nos desejam o mau, com um sentimento de frustração. Então seja feliz e não dê improtancia a essas coisas e elas vão sumir de sua vida. Tomege


  454. Ola nelson,amei esse site e os esclarecimentos,gostaria de saber sobre o culto omoloco,qualquer tipo de esclarecimento sera bem vindo.
    Muito obrigada,motumba


  455. Jéssica veja o post Ossaim, lá tem uma série de comentários da Titi de Ogum sobre Omolko, são muito interessantes e alto nível a pesquisa dela. Tomege


  456. OI NELSON!!! BOM DIA

    EU FUI CRIADA DENTRO DE UM TERREIRO DE CANDOMBLE,A MÃE DE SANTO DISSE QUE SOU DE YEMANJA O’GUNTÉ E OXAGUIÃ NÃO TENHO DUVIDAS SOBRE ISSO MAS ELA E MINHA MÃE QUE É EKEDI FAZEM SUSPENSE SOBRE EU SER RODANTE OU NÃO. GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUM JEITO DE POR MIM MESMA DESCOBRI SE SOU OU NÃO RODANTE EMBORA EU QUISESSE MUITO SER EKEDI TIPO SE EXISTE ALGUM SINAL QUE EU POSSA REPARAR, ARREPIO ESSAS COISAS TENHO SEMPRE POIS TENHO O GRANDE PRIVILEGIO DE TER A YEMANJA DA MESMA QUALIDADE DA MÃE DE SANTO ENTÃO SEMPRE QUE A VEJO VIRADA FICO MARAVILHADA .E TENHO OUTRA PERGUNTA É LEI TER QUE RASPAS A CABEÇA OU NEM TODO ORIXÁ PEDE, POIS A UNICA COISAS QUE ME PRENDEM UM POUCO DE ME INICIAR REALMENTE NA RELIGIÃO É ALEM DE~NÃO TER CERTEZA QUE ESTOU PREPARADA PARA ASSUMIR UMA RESPONSABILIDADE DE TAL TAMANHO É TER QUE CORTAR OS CABELOS POIS ATÉ PARA APARAR AS PONTAS ME DERRAMO EM LAGRIMAS SOU MUITO APEGADA A ELE???DESDE JÁ AGRADEÇO A ATENÇÃO


  457. Olá Cristina
    Olha só para saber se o seu Orixá quer obrigação vc deve consultar o jogo de búzios e se for rodante tem o método de esperar bolar.Como vc já está numa casa já deve ter visto alguém bolar.Para saber se é rodante ou ekedi o jogo de búzios tb diz. Quando nos iniciamos ,os rodantes são raspados,sim. Ekedis são raspadas a depender da raíz,tem casa que raspa ekedi, tem casa que não.Se vc for rodante,vá se desapegando, ainda mais um orixá feminino…Olha, cresce rápido,quando vc olhar já tá tudo chanel…
    Axé


  458. Christiana dependendo de sua idade fica fácil ou impossível te dizer isso. Porque como vc diz que nasceu numa roça, se vc já tem certa idade (não se toca neste assunto de idade com mulheres rsrsrs) e já tiver por ex. 10 anos frequentando a roda na roça e ainda não virou é muito provável que vc seja ekedji, mas se vc ainda é adolescente está apouco tempo na roda e não virou o motivo pode ser outro, mas não siginifica que vc não vai rodar de Orixá. É tudo uma questão de tempo. Tomege


  459. olá nelson. gostaria de saber se durante o tempo no qual o yaô fica recolhido, ele pode manter os h´ábitos normais de higiene, como escovar os dentes, tomar banho, etc. também queria a sua opinião em um assunto: minha mãe é contra o candomblé, e eu conversei sobre isso com um babalorixá, e ele me disse que poderia fazer uma oferenda para oxalá acalmar minha mãe. o q vc acha disso? outra coisa: a pessoa tem que estar todos os dias no terreiro ou só em dias específicos? obrigado!!


  460. Olá João Paulo
    Vc já fez essa mesma pergunta em outro post.
    O fato de estar recolhido não impede sua higiene.Não vou ficar aqui listando porque as coisas são feitas de forma diferente.Mas são feitas.
    Eu não vejo nada de mal em fazer algo para acalmar sua mãe,mas ela acalma por um tempo e depois volta a te encher a paciência,vc acha que resolve?
    O fato de ela ter lhe colocado no mundo não faz dela sua dona, esclareça sobre a religião, mostre o lado positivo, diga que vai entrar e que não é necessário autorização dela. Vc deve ser maior,vacinado e se sustentar para isso, é claro. Sei que parec eum comentário meio radical,mas às vezes a gente tem que sacudir as pessoas para a realidade.
    Axé


  461. Quanto a obrigação são 30 dias ininterruptos,dormindo e acordando e passando o dia inteiro lá,no roncó.Peça maiores esclarecimentos ao seu zelador sobre resguardos.
    Axé


  462. QUAL E O ORIXA MALANDRO QUE E DO DIA 11 OUTUBRO QUE SEJE DESA LINHA


  463. Bom dia,parabéns pelo site que além de tudo mostra que Candomble não é brincadeira ou charlatanismo como muitos pensam falam e divulgam!
    Bem frequentei centros kardecistas qdo criança,e so a um tempo atras fui convidado por amigo Pai de Santo pra conhecer uma casa de candomble,adorei gostei das vibrações apesar de sair de la quase sempre com dores de cabeça.
    Respeito muito a religião mas o que nao entendo bem são as obrigações como o nome diz somos obrigados a fazer ?O orixa pede? esta a unica questão que prende ainda?
    não sei se minha familia entenderia estou com muitas duvidas voces poderiam me ajudar?
    obs:nunca trabalhei em centros so frequentava e sempre me disseram q era medium
    faz um tempo que nao vou a um yle esse é o nome né?
    nesse tempo fui no kardecismo?
    algum problema em frequentar os dois?
    desde ja agradeço e parabens pelo site!!
    fiquem com Deus!


  464. em Setembro 3, 2009 at 5:15 pm Fernando D'Osogiyan

    Paulo,

    Nós temos o livre arbítrio, portanto ninguém nos obriga a nada, se resolvermos atravessar uma pista muito movimentada com os carros vindo em alta velocidade, a decisão é nossa de correr o risco de morrer atropelados, certo? Quando entramos para religião Afro-Brasileira e em especial os Orixás, aprenderemos o ritual, o dogma e a liturgia do Ilê Axé, os preceitos, a convivencia, o bem estar, entraremos em sintonia com o mundo mágico do panteão africano.
    Não conheço bem o Kardecismo, porém, as energias ali evidenciadas não coadunam com as dos Orixás.

    Somos uma religião Brasileira que luta para dismistificar a sua cor, que luta para inserir conhecimento científico, que não aponta o dedo e sim indica um caminho…

    Sou candomblecista!

    Fernando D’Osogiyan


  465. OLá Leonardo
    Não existe Orixá Malamdro,reveja seus conceitos e mais respeito com as nossas divindades seria muito bom e agradeceríamos.
    axé


  466. Olá
    Confesso que cheguei aqui por curiosidade.
    Sou portuguesa e sinto um certo fascínio por temas esotericos.
    O camdomblé é um desses temas.
    E tenho que dizer que fiquei impressionada com a complexidade de divindades e as suas ligações.
    Mas quero dizer que o vosso site está muito bem construido e muito fácil de utilizar.
    Vou ter que ler mais sobre este tema
    Parabéns


  467. ola boa noite estou aqui mais uma vez pra tira mais essa duvida!
    existi algum outro orixa além desses?
    (oxala,ogum,xango,obaluae,omulu,oxossi,iemanja,iansã,oxum,oxumare,ewa,nanã e ibji)
    quais os nomes e quantos sao?


  468. Olá Oscar,
    Sabemos da existência de algumas centenas de orixás, como aliás é falado no post acima, mas no que diz respeito à nação Ketu, hoje em dia permanece o culto dos 16 Orixás ditos principais.
    Assim, na lista que você apresenta em cima estão em falta Obá, Logum Edé, Exu e Iroko. Por outro lado, você está repetindo Obaluaye e Omolu, que é o mesmo orixá, apenas com designações diferentes
    Aqui no blog temos uma página dedicada a cada um deles (16) que você pode consultar na barra lateral.
    Axé!


  469. Muito obrigado pela atenção Fernando D’Osogiyan
    Então não é aconselhavel frequentar as duas mesmo adorando ambas? desculpe a amolação mas é que ninguem soube ou não quis me explicar isso ate hj pq nao se pode frequentar duas seitas espritas à algum tipo de rivalidade (claro que esse nao é o termo exato)ou algo assim? não se trata de curiosismo e sim de um médium que esta a procura de seu caminho mas aqui em minha cidade não encontro ninguem que me explique direito.
    as dores de cabeça tem algo a ver com ir no centro?
    desde ja agradeço..


  470. Olá Paulo
    Como Fernando dise as energias não coadunam, no espiritismo como médium c dará passagem a espiritos de ssoas que morreram e no cnadomblé esses espíritos não sao desejados,são afastados,bem como entidaddes que se apresentam como espíritos de luz, se viveu na terra, para o candombé é egum. E egum não deve conviver conosco,e muitos menos incorporar…segundo nossos conhecimentos.
    Não é rivalidade é questã de ver as cosas por primas diferentes,essas religiões não se completam e seus conceitos são conflitantes em alguns pontos.Portanto o ideal é que vc defina o que quer seguir.
    Axé


  471. Carol, Paulo e Fernando, concordo com tudo que foi dito. Mas o que me deixa mais confuso nesta questão é como vc, Paulo, vai conseguir viver entre dois mundos tão diferentes. O candomblé não tem a figura de Jesus, não tem pecado, não tem certo e errado, tem sacrifício animal, não está ligado a uma outra religião, como está o Kardecismo ao Catolicismo. Em fim, é uma diferença muito grande de pensamento religioso. Não é que não possa ou que vc tenha que escolher uma e só seguir aquela, não é isso, mas são conceitos muito diferentes que não se misturam em ponto nenhum e francamente isso me deixa com medo de que vc acabe indo pelo caminho do meio, isso é, fabricando seu próprio segmento como tem ocorrido aos montes e descaracterizando a religião. Me perdõe este comentário tão duro, mas creio realmente que uma boa parte destas misturas que temos visto é fruto de processos que se iniciaram desta forma. É preciso que vc tenha muito claro o que é cada segmento e que eles não se misturam, caso vc consiga se manter assim, não há nada que te impeça. Tomege


  472. Olá Nelson…

    Gosto muito de ler as coisas que vc escreve… É uma rica fonte de informações para nós que somos adeptos do Candomblé.

    Eu sou iniciante, não sei nada apenas tenho me colocado a disposição dos orixás… Sempre falo pra minha mãe que de uma galinha, de dez galinhas, de limpar uma roça à minha feitura… Tudo o que faço é por amor e louvando os orixás…

    Eu gostaria de saber se a gente só recolhe pra fazer o santo se ele pedir seja pelos búzios, bolando e tal´s… Ou mesmo ainda não recebendo posso ser feito?

    AŞẸ.


  473. em Setembro 4, 2009 at 2:41 pm Fernando D'Osogiyan

    Paulo,

    O Kardecismo ensina que todos somos médiuns, partindo do princípio que todos tem a capacidadede desenvolver sua mediunidade, de entrar em contato com os mortos para deixá-los manter contato com os vivos e, de várias formas que já devem ser de seu conhecimento.

    Suas dores de cabeça são absolutamente normais para alguns que se deparam com o ritual do candomblé. Solte-se, entregue-se e experimentará a energia dos Orixás, nós ao contrário, mantemos contato com a vida, com a alegria, com o Axé em sua essência,contudo, respeitamos.

    Fernando D’Osogiyan


  474. pow e sobre angola ou ketu como posso saber ou fala de tudo


  475. Muito obrigado a TODOS !
    Axé


  476. Para saber meu Santo é so com buzios ? ou no ritual consigo saber??


  477. Faustino o correto é que se cumpram todas as fazes de aprendizado, bolar (é a única que não é excencial), bori, desenvolvimento (virar mais vezes), jogo de confirmação e se neste ponto o Orixá pedir feitura, aí sim, faz-se a iniciação. Ser feito sem essas etapas pode cair em erro, vc pode ser ogã, então é melhor toda confirmação possível. Tomege


  478. Olá Paulo,só com os búzios, que ritual seria esse a ue vc se refere??
    axé


  479. Nao sei bem o nome da reuniao no caso


  480. em Setembro 6, 2009 at 12:48 pm Fernando D'Osogiyan

    Paulo, Carol

    Eu diria que nem com os búzios podemos ter essa certeza absoluta. Para nós zeladores seria muito fácil se tudo fosse feito dessa maneira, mais não é. Quem ve cara não ve caminho e quem não sabe ver caminho não ve Orixá. Muitos confundem ao sentar-se numa mesa de jogo, o Odú que se apresenta como o Orixá da pessoa e na maioria das vezes não é, não podemos afirmar. O que dissemos é que o Orixá que está respondendo para você é…Exatamente isso, aí reside os mistérios, o aprendizado a que temos que nos submeter durante muitos anos de iniciado, nossas obrigações anuais, de tempo. Infelizmente o que se ve por aí é o jogo “comercial”que já dá o Orixá do consulente, seu enredo, os ebós que já estão prontos no frizzer, anúncio no jornal, etc.. picaretas que tem o dom de iludir.

    Fernando


  481. em Setembro 6, 2009 at 12:57 pm Fernando D'Osogiyan

    Paulo,

    Até me perdoe pelo comentário, mas quando me lembro!

    Meu pai me ensinou que quando não sabemos nosso Orixá ou temos dúvidas, louvamos Oxalá e Yemanjá que intersedem por todos os Orixás. Frequentar uma casa de santo ajudará muito nessa descoberta, pode ter certeza! a vibração de um Orixá!!!!!!!!!!!!experimente.

    Abs,

    Fernando


  482. boa tarde, gostaria de saber a cor de missanga que se usa para oloroke e iroco.
    muito obrigado


  483. E quem não tem condiçoes como no meu caso de fazer uma obrigaçao ou ate a feitura,o que deve fazer?


  484. em Setembro 7, 2009 at 2:17 am Fernando D'Osogiyan

    Paulo,

    O que você chama de não ter condições de fazer obrigação ou até feitura? Estão te cobrando? Desempregado? Que tipo de ajuda precisa? orientação?


  485. a sei la me disseram que é preciso comprar algumas coisas usadas ja soube de feituras de ate 5mil reais é normal ou o Pai de santo q forçou a barra?


  486. em Setembro 7, 2009 at 2:28 pm Fernando D'Osogiyan

    Paulo,

    Não se compra coisas usadas e o custo de uma iniciação não pode estar ligada a valore$ de forma alguma. Uma casa de axé séria que segue sua tradição, sua liturgia, enxerga o Orixá em si e não somente o iniciado, muitas vezes os Zeladores (as) contribuem do seu próprio bolso, fazem listas dentro da casa. É importante também que o iniciado mostre iniciativa, trabalhe para casa, rale o pé no chão como dizia minha avó. Orixá a tudo observa, dá caminho, toma a frente e, quando menos se espera você já foi iniciado e estará em franco processo e aprendizado.

    Sei de marmoteiros, zeladores comerciantes, assustam as pessoas dizendo até que vão morrer se não se iniciarem, se não fizerem tal ebó, trago seu amado em 3 horas, faço passar no concurso público, dão garantias os semi-deuses, etc…é triste e lamentável.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  487. em Setembro 7, 2009 at 4:39 pm Fernando D'Osogiyan

    André,

    Iroko – Branco, cinza e verde

    Oloroke ou L’Oke – preto e a fusão de cores

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  488. Oi boa tarde.
    Parabéns pelo site, aprendo muita coisas lendo as postagens.
    É a primeira vez que estou escrevendo, sou ekedji e estou a pouco tempo na religião, e estou com uma duvida, fui visitar um casa a pouco tempo e reparei q eles estavam tocando adja para exu catiço, comentei com um amigo meu que e de outro casa e ele falo q na casa dele tb tocavam adja para os exu catiço. Isso e certo???
    Na casa onde eu freqüento não vejo as outras ekedjis nem a Ialorixá fazendo isso.
    Desde já agradeço a atenção de vcs.
    Axé.


  489. em Setembro 8, 2009 at 2:04 am oscar william

    OLA BOA NOITE !
    elegbara e um orixa?


  490. Tem algum modo de identificar se a casa é de confiança?
    pq aqui em Jaboticabal sp praticamente todas tocam umbanda tb, nada contra mas as pessoas q conheço q trabalham la em algumas nao tem la uma conduta correta ,é bom tomar cuidado com isso?


  491. Bom dia.
    Em primeiro lugar manifesto que as opiniões lançadas neste site são primordiais para os que desejam aumentar o conhecimento acerca do candomblé.
    Tenho duas perguntas:
    a primeira: um zelador de santo pode dar obrigação ou agrado para seu pai carnal? e para irmãos e sobrinhos?
    a segunda: a esposa de um homem feito no santo, pode abraçar o orixá quando o mesmo está em terra? isso porque a tradição seguida diz que a esposa ou o marido sequer podem se aproximar e tocar nos assentamentos e no próprio orixá quando este está em terra.
    Grato


  492. Bom dia.
    Conhecem alguma informação acerca de Exú sete diabos?


  493. OLá Júlia
    O Adjá é um elemento do candomblé usado com o orixá e exu catiço pertence a umbanda,logo creio que não é correta essa prática de usar o adjá com o catiço.
    axé


  494. Olá oscar wiliam
    Elegbara é uma qualidade do orixá Exu
    Axé


  495. Olá Paulo
    Certamente que é necessário tomar cuidado,mas é preciso conhecer as casas e seus princípios,o fato de ter pessoas com comportamento ruim não significa tanto, afinal pessoas ruins tem em todo lugar e o objetivo das religiões é melhorar o ser humano.Talvez essas pessoas ainda estejam no caminho de melhorar…
    axé


  496. Olá Fábio
    Sobre esse exu,busque no site mãe marta de obá,fietreca,povo de aruanda.
    Geralmente se evita pessoas de parentesco se cuidando,nesse sentido,sei que casais é altamente desaconselhável.Mas nos outros casos,se for uma urgência acho que pode ser feito.
    Quanto ao orixá abraçar a esposa a matéria, eu não vejo nada demais,afinal quem esá ali é o orixá e não o marido dela.Entendo a questão com relação a assentamentos mas acho controverso essa coisa do abraço entre orixá e a esposa da matéria.
    axé


  497. Obrigada Caral.
    Tb fiz esta pergunta para uma das Ekedji la da casa e ela me respondeu a mesma coisa q vc.
    Axé.


  498. Caro Nelson,

    Não pertenço ao candomblé sou apenas um admirador e um curioso das religiôes e o que observo em particular no candomblé que é uma religião de muitas explicações o que torna tudo muito difícel, não sei se é assim ou se as pessoas que complicam.
    Leio que orixás são energias que representam cada parte da natureza e energia não se enxerga, não se apalpa, energia simplesmente se sente, porque então dividir essas energias… o ar, o mar, o rio e a terra, e assim dizer que são partes de um mesmo orixá? Porque as pessoas são sempre cheias de dúvidas e perguntas, porque não buscam dentro de suas casas as respostas. Já visitei alguns terreiros e me parece que existe entre os adeptos muita vaidade, muita regra contraditória, muitas excessões, muitos “dependes”. Me corrija se estiver errado.
    Não me leve a mal meu amigo mas acho a religião e a história dos orixás tão bonita, simples que não vejo razão para tanta complexidade nas respostas que são dadas.

    Abraço


  499. Olá por acaso voces nao conhecem alguma casa aqui em Jaboticabal sp q possam me indicar??


  500. o Bori e o Ebò ,é o Orixa que decide qdo é pra ser feito?
    qual a diferença entre os dois?


  501. Paulo vc já procurou no site do prof Reginaldo Prandi? lá tem uma relação com diversas casas de axé, pode ser que tenha alguma em Jaboticabal.
    Paulo tanto o bori quanto o ebó nãoprecisam necessariamente serem indicados pelos seus Orixás. O bori por ser uma cerimonia feita exclusivamente apra sua cabeça, não tem relação com seu Orixá, é feita para o Orixá Ori e tem função de acalmar e dar equilíbrio a sua cabeça (ori), então ela poderá ser feita sempre que o filho estiver em “desordem” de energia, estiver “fraco”, precisar dar um equilíbrio a sua cabeça. Já o ebó é uma limpeza, é como descarregar uma bateria, nós vamos acumulando energias e chega um momento em que é necessário descartar essas energias, dar um faxina mesmo, e o ebó tem essa função. Tomege


  502. Nelson Souza

    Primeira mente eu queria falar que gostei muito do site e que gostei muito do jeito seu de tirar as duvidas do pessoal …

    Segundo queria deixa claro que eu sou da Umbanda e não do Candomblé …

    Então aki vai minha duvida … ShuaShuaShuaShuaShua

    Então Nelson, estou desenvolvendo agora, eu só rodei uma vez com o baiano e o caboclo do zelador da casa, tipo moro longe do terreiro que freqüento, mais desde de criança eu estou la, então essas 2 vezes que eu rodei eu não senti nada, nem um arrepio nada, queria saber se isso e normal pra quem começo agora a desenvolver …

    Axé


  503. E o que chamam por ai de calculé existe essa palavra no Candomblé?


  504. Felipe há muito mistério a cerca dessa coisa de virar de Orixá ou entidade ou Guias, dizem muita coisa que não condiz com a realidade e principalmente criam uma ilusão, uma áurea de misticismo em torno de uma ssunto que não é assim tão misterioso. Alguns méduim, percebem tudo o que se passa a sua volta, outros não, alguns méduins se sacodem fazem caras de dor e de pavor, fazem trejeitos, se tremem, se contorçem, caem no chão e outras coisas. Mas alguns méduins simplesmente recebem seus guias sem nada disso, como no seu caso, e é perfeitamente normal. Eu em particular acho que na hora que o Guia ou Orixá quer mesmo vir, não precisa nada, basta a vontade Dele. Por favor leia o texto Sou filho de Orixa 1 e 2, digite na caixa da barra superior e clique ao lado. Tomege


  505. OI! eu queria saber porque existem tantas Yemanjá e Oguns,exemplo:Yemanjá ogunte,Yemanjá soba,Ogum beira mar e Ogum yara,eu acredito que só exista um ogum e uma iemanjá,me respondam por favor!!


  506. em Setembro 10, 2009 at 8:13 pm Fernando D'Osogiyan

    Victor,

    Porque existem tantas Nossas Senhoras? Todas são na verdade, uma só, que apareceram em várias lugares diferentes no mundo. O mesmo acontece com os Orixás. Obaluaiye por exemplo, Orixá Andarilho várias são os nomes, títulos, apelidos, qualidades, etc, que ele recebe por onde passa.

    Yemanjá Iyáogunté e Sobá são Orixás da nação Ketu.

    Ogun beira mar e Yara são entidades da Umbanda.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  507. victor argolo

    Não ser fala que existe varias Yemanjá e nem varios Ogum

    Isso e chamado de falanges, cada Orixá tem sua Falange …

    Você deve esta se perguntando “O QUE E FALANGE”

    “Na umbanda, são grupos de entidades reunidas sob o comando de uma entidade chefe. No caso dos Exus, temos sete falanges.”

    espero ter tirado sua Duvida …

    Axé


  508. Nelson Souza

    Muito Obrigado, eu li os negócios que você mim recomendo e FINALMENTE consegui tira minhas Duvidas …

    GRATO PELA SUA COLABORAÇÃO …

    Axé …


  509. Felipe e Victor Argolo. E no caso do candomblé as qualidades são subdivisões ou títulos que os Orixás receberam por seus feitos, ou ainda podem ser entendidos como outros nomes pelos quais Eles são conhecidos em determinadas regiões da Àfrica. Mas são excenciais para dar “movimento” dar nuances aos Orixas, que podem ser mais calmos ou mais agitados dependendo da “qualidade”. Mas vc está certo quando fala que Orixá é um só, a energia é uma só, mas existem as qualidades. Tomege


  510. Os Orixás cultuado na Umbanda nâo são os mesmos do Candomble, mas e quem trabalha com as duas linhas? Podem ter santo feito nas duas , se pode trabalhar nas duas??


  511. muito obrigado Fernando,Felipe e Nelsom otimas explicações! obrigado por tirar minhas duvidas.


  512. Paulo como vc mesmo disse, não são os mesmos mundos religiosos. O dieal é que se siga uma única religião, por que mesmo que pareçam iguais ou assemelhadas, existem mutias diferenças, principalmente na cultura e modo de ver e entender o mundo, que são muito diferentes entre sí, e isso sempre traz conflitos de idéias. Por exemplo a umbanda tem o sincretismo e o candomblé não crê em santos católicos, já aí a coisa complica,por que como se faz para separar estes dois mundos culturais? Então continuo achando que o ideal é cada um no seu mundo, pode e deve haver muito contato e diálogo entre as religiões, mas bem entendido, cada uma com sua cultura. Tomege


  513. Nelson, existem mesmo os tais arquetipos dos filhos pelos seus Orixas,oOrixá que influi nisso?


  514. queria que vocês postasem o cantigo do parabens escrita em yoruba!!! quero muito aprende


  515. em Setembro 13, 2009 at 7:57 pm Fernando D'Osogiyan

    Junior,

    Ofé irê, Ofé irê!

    O’Loré, O laxé

    Ofé irê!

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  516. Olá, Fernando tenho uma irmã que está me atormento para saber o que diz o caminho dela e o número dela de placenta é 10 e elaq é filha oxum opará. É que tenho falado muito sobre vc.axé


  517. Bruna,a conhecidencia e demais tambem tenho uma irma de Yeye Opara,que vida?Beijos e abraços,saudades suas….


  518. Fernando D’Osogiyan fale um pouco sobre Oya Onira para min e a Bruna,pois saber nunca e demais.Obrigada.


  519. em Setembro 13, 2009 at 8:31 pm Fernando D'Osogiyan

    Bruna,

    Tenho que relacioná-lo ao caminho de seu nascimento, por isso dizemos Odú de placenta, por que foi nesse caminho que viemos ao mundo. Pode acontecer de ser o mesmo Odú de placenta e Odú pessoal.

    Ofun- Nesse caminho fala Oxalufâ ou Osolufon. Quem nasce nesse caminho certamente vencerá na vida pela teimosia, mas isso poderá lhe trazer também dissabores. Ter muito cuidado na gravidez, não gostam de ser forçadas a nada, não gostam do frio, poderão ter problemas amorosos com prejuízo,estabilidade na meia idade em diante. Veja que configuração da Guerreira Opará com seu destino! Se não tem assentado, arrume pelo menos ou lave um Oxalufã para você, isso com certeza lhe dará mais equilíbrio, faça preceito e agrade Ofun.

    Bruna, espero que o tormento de sua irmã acabe, até por que, nem sempre agente está inspirado, rsrsrs

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  520. Oi Isa, tudo bem com vc? Mas acho que toda onira tem uma irmã de oxum Opará e ela ainda é minha melhor amiga, nós falamos todos os dias, mas acho que somos irmãs de almas.Isso ai Fernando fale dela para nós rsrsrs ak tem um pouquinho da oxum tb, rsrsrsrs. Isa para vc tb minha irmã, agora ´só aguardar que o fernando vai nos presentear. sua benção fernando


  521. OI FERNANDO ELA TEM O ASSENTAMENTO, TO AK RINDO DE VC, ELA É ESPERTA ESSA MINHA IRMÃ ELA SEMPRE AGRADA OFUM.NO MAIS MUITO OBRIGADA AGORA VOU LIGAR PARA ELA E PASSAR O QUE ME FOI DITO.


  522. Bruna querida irma:”A estrada que percorremos durante a nossa vida e muito longa,cheia de curvas,atalhos,pedras,momtanhas,mas caminhamos nela durante muitos anos.Muitas vezes paramos no meio da estrada e nos perguntamos onde ela vai dar.Nao sabemos.A unica coisa que sabemos e que temos que seguir em frente,seguir apesar de tudo que surge no nosso caminho.Muitas vezes caminhamos sozinhos,outras vezes encontramos pessoas queridas que percorrem ao nosso lado por muito tempo.O amor que elas despertam em nos e muito forte e quando elas vao para outro rumo,deixam muitas saudades.A vida e uma longa estrada feliz de quem tem amigos para percorre-la juntos,conservando,amando,rindo,chorando quando preciso.Mas sempre buscando a felicidade nas pequenas coisas…”


  523. em Setembro 13, 2009 at 8:58 pm Fernando D'Osogiyan

    Meninas,

    Nossa! muito já foi dito sobre Oyá Oníra, com certeza um dos Orixás mais falados aqui. Vou falar dele de
    uma maneira minha, muito própria, sem lendas. Saibam que quem é de uma tem a Outra, é impressionante, não é receita como diz Tomege, mais são energias que se completam e, isso, sempre tem que ser analisado, Oníra e Opará.

    Oyá Oníra é a Oyá mais linda que eu já vi, seu orô é próprio e bem particular, nos remete a um Orixá altamente perigoso, extremamente quente. Para traze-la em iniciação temos que ir primeiro para o rio de águas calmas e limpas e reverenciá-la em orô. As filhas de Oyá Oníra são aparentemente calmas, voz macia e doce, olhos firmes e mandantes. Entendo que suas roupas no branco com nuances rosa a deixam mais serena e calma.Extremamente fiel e ao mesmo tempo a procura de aventuras, suas filhas precisam ser felizes, seus parceiros tem que acompanha-la em tudo. Vaidosas como Oxun, disfarçam seu temperamento com um abebé que, poderá funcionar como uma arma fatal. Respeito é bom e ele gosta!

    Epa Hei!

    Fernando D’Osogiyan


  524. Parabéns Fernando em poucas palavras vc disse tudo!!!! obrigada e que vc seja sempre iluminado…. muito axé para vc e sua roça.


  525. Sou eu em todas a essencia deste orixas que e simplismente maravilhoso,e como foi dito tem um que de Oxum,inclusive a vaidade,as vezes chorona mas e mais de raiva mesmo,o meu esposo e de Ogum com Oxala,voces ja viram tudooooooo!Fernando mais uma vez meu muitissimo obrigado,que o brilho de Osogiyan lhe traga paz e sabedoria.Axe.


  526. Tradicionalmente os filhos demonstram os arquetipos? de seu Orixa?


  527. Bom dia! Tradicionalmente os filhos seguem os arquetipos de seus devidos Orixas? ou não é sempre assim??


  528. Gosteei mt da pesquisa, deu pora descobriir mt coisa,
    to fazeendo uma pesquisa sobre o assunto pra escla e acheei interessante, as historias dos Orixas ;D


  529. Fernando a sua benção, aquela minha amiga, que é um tormento rsrsrs agora quer saber, qual o procedimento de lavagem de oxalufan rsrsrs é que ela comprou hj um, assim que amanheçeu o dia rsrsrs e ela quer sua receita de como agradar o ofum. afffe axé


  530. em Setembro 14, 2009 at 7:38 pm Fernando D'Osogiyan

    Bruna,

    Pasar essa informação aqui é complicado…entendi nos comentários acima que ela já tinha e agrada sempre Ofun e que era sua irmã? É outra Bruna?


  531. não ela chama Eliana, sim ela agrada com um banho de flor de laranjeiras e com uns numeros da sorte na sexta- feira. mas eu tb entendo se não puder falar no blog eu respeito. é a mesma bruna de onira rsrsrs axé


  532. Bom dia! Tradicionalmente os filhos seguem os arquetipos de seus devidos Orixas? ou não é sempre assim????
    Axé


  533. em Setembro 14, 2009 at 10:00 pm Fernando D'Osogiyan

    Paulo,

    Não demonstram arquetipo algum de seu Orixá. Tenho uma visão muito particular sobre ARQUETIPO, acredito mais em sinais, características. personalidade. Agora dizer que todo filho de Ogun é brigão, é isso é aquilo, é generalização demais. Muitas vezes o orixá adjunto prepondera, o Ojú Ori prepondera, é difícil, até o seu 3º Orixá, dentro da trilogia ancestral que eu gosto de incluir, pode preponderar. Esse assunto é extenso, não sei se me expressei a contento.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  534. Fernado.
    Sim , é que ouvi isso naquele tipo de conversa de que se voce for em um terreiro e nao for mais o Orixa vai te castigar, esse tipo de coisa…
    Axé


  535. voces sao todos aqui do Brasil mesmo??


  536. OI!nesse final de ano vou jogar oferendas a yemanjá tenho muinta fé nela,essa vai ser a primeira vez que eu vou jogar oferendas,mais tem um poblema eu ñ sou do candoblé(será que pessoas que ñ sejam do candoblé pode jogar oferendas)e que oferendas eu jogo???


  537. em Setembro 15, 2009 at 2:17 pm Fernando D'Osogiyan

    Paulo,

    É o memo que você dizer que se não for a igreja Jesus vai lhe castigar! Haja paciencia!Não ligue para esses comentários preconceituosos. ORIXÁ É AMOR!

    Axé

    Fernando D’Osogiyan


  538. em Setembro 15, 2009 at 2:39 pm Fernando D'Osogiyan

    Victor,

    O que te leva a fazer isso? Fiquei curioso.
    Não tem problema algum em fazer oferendas para nossa querida mãe Yemanjá, aqui no Rio de Janeiro em Copacabana no final e início de ano, vemos milhares e milhares de pessoas fazendo suas oferendas e na grande maioria conhece mais não frequenta o Candomblé ou a Umbanda. É a nossa misigenação cultural, umbandistas, candomblecistas, todos com um só pensamento, num só propósito, ligados a energia das águas de mãe Yemanjá. Erú Iyá!

    Palmas brancas é que eu gosto mais, coloco sempre 9 número ligado ao Odú Osá da prosperidade, fica a seu critério o presente, com tanto que faça com amor e carinho.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  539. em Setembro 15, 2009 at 6:11 pm paulo Jaboticabal

    Qual o nome dado ao filho do Orixa Exu??
    seria Aires ou Aries?ou nada disso?


  540. oi Fernando rsrrsrs eu perguntei se posso fazer oferendas sem ser do candoblé porque eu perguntei uma vez para uma amiga(ela é do candoblé) ela me respondeu victor vc só pode fazer oferendas a Iemanjá se vc for batizado no candoblé pra dizer a verdade eu ñ acreditei no que ela disse mais fica uma serta duvida por isso que eu perguntei, a e muinto obrigado pela resposta pode deixar vou fazer uma oferenda linda para minha mãe Iemanjá.


  541. Paulo Jaboticabal nas casas onde Exú é feito em seus filhos, esses filhos são soemnte filhos de Exú (omo Exú). Os nomes que vc citou são uma qualidade de Ogum, Waris ou Aires, só muda a pronuncia. Tomege


  542. em Setembro 16, 2009 at 4:02 pm Fernando D'Osogiyan

    Paulo,

    não confundir Aires da mitologia greca com Exú. Filhos de Exú normalmente se iniciam para Ogun e até Oxóssi. Também não confundir com tranca-rua, marabô, 7 encruza, caveira,etc,etc….entidades da Umbanda. Você vai encontrar casas e pessoas iniciadas para Exú, analise a vida deles, a casa deles, etc.
    No ketu não se inicia Exú, até por que Exú tem sua função muito bem definida na liturgia Ketu/Nagô.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  543. em Setembro 16, 2009 at 9:04 pm Lúcio Flávio

    Boa Tarde!!

    Há alguns anos atraz tive uma experiencia transcendental, digo transcendental pois não entendia e até hoj não entndo direito o qu aconteceu, mas vopu fzer um breve relato. eu estava almoçando na casa da minha madrinha, um almoço em uma sexta-feira santa, fui tomar benção e almoçar, duranate oalmoço tomei uma taça de chapgne, até esse ezato, momento estive totalmente consciente de mim e de posse dos movimentos, algum tempo depois tive umas reções estranhas comecei a falar coisas que não estavam sobre meu controle e perdio controle dos meus movimentos, estava coonscitne do que acontecia podia ver tudo e entender o que “eu falava” sendo que não era o que eu queria falar, tinha derrepente uma força estupenda , pois precissaram tres pessoas para me segurar “pedi” que chamasemminh mãe e lhe disse e “pedi que fissesse algumas coisas. isso tudo aconteceu na casa da minha madrinha que é da umbanda, lembro que ele precisou incorporar uma entidade ou fazer um ritual para que eu voltasse ao meu estado normal. nesse dia em diante minha mãe me levou a um centro de umbanda e me foi passado uns banhos com ervas durate uma semana, desse dia em diante não tive mais qualquer tipo de experiencia desse tipo!! hoje nãopratico nenhuma religião, mas sinto uma forte emoção ao visitar alguns terreiros e ouvir certos toques me emociono me sinto bem , as vezez da saudade e vontade de chorar, não consigo entender esse sentimento. então eu pergunto, essa experiencia que tive no passado tem alguma coisa haver com mediunidade ?? posso eu ter alguma ligação com a umbanda ?


  544. Olá Lúcio Flávio
    Sua expriência me parece ser mediunidade sim, agora ligação com umbanda ou não sei,fica por sua conta investigar…
    mas com certeza é mediunidade.
    axé


  545. olá! gostaria de saber porque alguns orixás (como oxum) tem tantos filhos, enquanto outros (como iroko e ewa) tem pouquissímos. outra coisa: é verdade que se duas pessoas forem iniciadas no mesmo barco elas não poderão ter um relacionamnto amoroso, visto que são irmãos no santo?


  546. Olá João Paulo
    A explicação é a raridade desses orixás,eles são raros,mas tb pode ser falha no jogo de búzios.Eu acredito mais na raridade, são orixás exigentes.Geralmente somos irmãos não só por entrar no barco mas por seros filhos do memso pai de santo,por iso costuma-se ,no caso de um casal, um é feito pelo pai de santo e outro feito por um pai ou mãe pequena da casa.
    axé


  547. pessoal queria o livro NOTA SOBRE CULTO AOS ORIXAS E VODUNS – para download alguem tem…obrigado


  548. Tomei vergonha na cara e vim aqui, vim prestigiar o belo trabalho que vocês estão fazendo. Eu como membro da religião faço a minha parte em divulgar o pouco que conheço da religião. Sou o Autor do blog: http://juntosnocandomble.blogspot.com, quando quizer pode me fazer uma visita, meu blog ainda está em manutenção. mas desejo a todos vocês autores do blog Ocandomblé muita sorte e axé.

    Ki babá mi Orunla ko sin ka, ati Ori Pelé.

    Que Orunmilá lhe forneça uma boa cabeça, a todos


  549. Ebomi, muito obrigada e é com prazer que recebemos pessoas que também colaboram divulgando a nossa religião. Com certeza prestigiaremos seu espaço e pode ficar a vontade por aqui, a casa é nossa.
    Muito obrigada e muito Axé!


  550. Bom dia!!!!
    Epossivel saber o orixá de cabeça da pessoa só de olhar pra ela,só pela energia dela?


  551. em Setembro 24, 2009 at 4:11 pm Fernando D'Osogiyan

    Robson,

    Possível é! Quando era abian, mãe Benta do Ogun (falecida) filha do Axé Oxumarè Salvador-Bahia, quando me viu pela primeira vez, disse para meu pai: esse menino é de Oxalá! Saudades daquela baiana com seu tabuleiro na quinta da Boa Vista! Pessoas assim de uma simplicidade rica em detalhes de humildade, é raro nos dias de hoje, são elas que acredito que possam saber o Orixá de uma pessoa só em olhar para ela…

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  552. em Setembro 28, 2009 at 9:50 am JÚNIOR GUEDES

    Olá irmãos, adorei o site, fiz neste sábado o obi, assentou oxalá oguiã em mim, meu pai disse q alafiou de primeira todos, mas gostaria de receber notícias pelo e-mail e q vcs me adicionassem no meu msn juniorguedes13@hotmail.com
    obrigado, muito axé….êpa babá!!!!


  553. Motumba!!

    Sempre fui de uma casa só e visitei poucas casas, então tenho uma duvida sobre os exus e pombagiras.

    o exu é um orixa, mas algumas casas ele vira e da consulta, gostaria se saber se nos candombles tracionais tambem é assim ou ele fala pelo jogo como outros orixas.

    sobre as pombogiras, minha duvida oque são elas, pois nas historia dos orixas nunca foi relatado nada sobre elas , as unicas mulhers relatas sem ser as orixas seriam as yamiossorongas.

    mas tantos os exu, qto as pombogiras quando estão virado relatam coisas que aconteceram ou vão acontecer e acontencem.

    obrigado.


  554. Abenção à todos!!!

    Bem, durante muito tempo fui enganada por muitas pessoas que me diziam que era EKEDJI….TALVES EU TENHA ME DEIXADO ENGANAR TAMBÉM….No entanto a um ano descobri que sou rodante….Fiz um bori, e venho tetando me cuidar….Confesso que não rpucrei nenhum terreiro ou ilé, pois tenho medo….Não posso de forma alguma receber sangue no corpo, cabeça ou ver matança….Tenho certeza de duas coisas somente: sou filha de iemanjá com obaluaê e tenho um tranca rua que se acha meu dono, mas é meu camarada!!!

    Alguém pode me dizer o que faço?
    Sou do RJ e procuro ajuda!!

    jairegomes@yahoo.com.br


  555. em Outubro 2, 2009 at 12:29 am Fernando D'Osogiyan

    Jaire,

    Você precisa dar um rumo na sua vida de Orixá. Esquecer tudo e começar de novo, numa casa de responsabilidade. Não se pode querer ser Ekedi, Orixá que determina, muitos acham que pelo fato da pessoa não virar no orixá ela é ekedi, um ERRO GRAVÍSSIMO! Morim e pé no chão não faz mal a ninguém. Aqui no Rio, Tomege pode te indicar pessoas de boa reputação. Quanto as suas kizilas com sangue/matança, não é próprio das filhas de Yemanjá, entretanto, são traumas fáceis de ser quebrados.

    BOA SORTE!


  556. Gostei muito do site, continue assim,vocês estão de parabéns!!!
    Já aprendi muito com vc´s!
    deixo esse blog pois la tambem tem as qualidades de santos!

    http://kacimania2.blogspot.com/


  557. 1)Ví uma capa de revista religiosa, onde, aparece a foto de um “bábaegun” INCORPORADO numa pessoa… Isso é possível?( na minha cabeça ficou a referência do egum espírito que se manisfesta sob uma vestimenta e só).
    2) por que dizem que os bábaeguns não podem ser tocados em qualquer hipótese?
    obrigada.


  558. olha eu sou a minha pequena opinião no assunto, leio muito sobre religião, e está em ifá que há sim encorporação de Egun, até nos mesmo cultuadores de Exú de Rua ( tranca rua, padilha, mulambo, etc…), recebemos essas entidades que na verdade são eguns, mas só que no culto Lese Egun eles são mais fechados em relação a soltar alguma coisa sobre o assunto, se eles dissessem que algumas das manifestações do Babá Egungun (as vestes) tem alguem ali dentro, todo mundo iria desmintir achando que não passa de uma farça, que não é verdade. Há sim demonstração de força do Egungun para o povo, mas sobre o que eu estudei também há pessoas em certas ocasiões. Espero ter ajudado e não complicado tudo, http://juntosnocandomble.blogspot.com meu blog JUNTOS NO CANDOMBLÉ. ABRAÇOS SORTE AXÉ!!!


  559. Ebomi

    Muito boa sua resposta inclusive perguntei alguns dias atras sobre este assunto e ainda tenho duvida, no candomble tradicionais os exu viram e dão consultas ou ele responde apenas no jogo como orixa e tb sobre as pombagiras, pois na historia não é falado nada sobre elas, assentamentos juntos com exu e etc.

    Mas quando ele estão incorporados, muitos lhe agradecem pelos pedidos recebidos.

    Axé.


  560. Olá Edson
    No candomblé tradicional Exu não vira,nem o exu catiço,nem Exu Orixá.Ele é um orixá que tem outra responsabilidades como a comunicação entre o mundo de cá e o de lá dos orixás.Pombagira é uma entidade da umbanda,logo ela não pertence ao candomblé. Se o candomblé veio da África e a figura de Pombagira só veio surgir no seculo 20, não tem como ela pertencer ao panteão dos deuses africanos.Se nao é de candomblé não tem assentamento.Realment eé complicado entende ainda mais porque na maioria das casas hoje ocorre uma mistura com umbanda,mas é necessário sse tipo de esclarecimento.
    axé


  561. em Outubro 7, 2009 at 12:17 am paloma beatriz dutra campos

    Em primeiro lugar boa noite;

    adoro estudar os astros da mesma forma que gosto de búzios e sou uma jovem muito curiosa pra saber meu destino, eu queria que voce me informasse se os búzios revelam o futuro quer dizer o destino.


  562. em Outubro 7, 2009 at 6:46 pm Ricardo Costa

    Olá amigos,
    Gostaria de saber se existem pessoas que tem por Oríxá principal Orunmilá?
    Axé!


  563. Olá Ricardo Costa
    Orunmilá é um orixá da criação que não vira em seus filhos,então não há filhos de Orunmilá,assim como não há filhos de Obatalá,ou Odudua.
    axé


  564. em Outubro 7, 2009 at 11:10 pm Ricardo Costa

    Obrigado de novo Carol…


  565. Carol

    Motumba!!

    Obrigado por ter respondido sobre os exu e pombagiras, infelizmente são poucos na nossa religião que sabem sobre estes fatos e realmente dificil de se discutir a respeito.

    Axe.


  566. Boa noite, sou muito leiga na religião…sou filha de Oxossi com Yansa,mas qd joguei o pai de santo não me revelou se sou ekedi ou rodante, como até hoje ele n me diz.ele fala q tudo tem seu tempo..Vou a festas no candomblé, e nunca passei mal, embora muita pessoas achem q eu seja rodante. Na festas, sinto meu pé pegar fogo, fico muito emocionada,mas nada demais…gostaria de saber as manifestções comuns de uma pessoa rodante e ekedi, para eu ter uma noção..
    Bjs


  567. Desde já obrigada!!


  568. sou de ogum gostaria de saber por que todas pessoas que mim faz o mal tem retorno


  569. Meus amigos, vcs poderiam tirar uma dúvida, Oxumare pode ser segundo santo na cabeça de alguém?
    Motumba.


  570. em Outubro 9, 2009 at 1:59 pm Fernando D'Osogiyan

    Edson,

    Isso se deve a vários fatores, não poderia agora aqui emitir uma opinião, deixe isso a cargo de quem te faz o mal. Orixá está acima disso tudo,ele é ímpar! Ainda mais Ogun que canta: Ogun pá! Lele pá!Onã ajé pá! Ogun limpa e corta o mal do seu caminho, aliás do nosso! Rsrsrs…

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  571. em Outubro 9, 2009 at 2:03 pm Fernando D'Osogiyan

    Adriana,

    Oxumare é em sí Orí Meji, por isso não pode ser 2º santo ou ajuntó de ninguém, porém, pode ser assentado e cultuado como enredo e a liturgia do axé.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  572. Obrigada Fernando pela resposta!

    Fui feita de Azaune, porém houve uma briga na minha feitura com relação aos meus orixas (Azauane é cultiva em meu ori desde que eu tinha 5 anos, sempre soube que ele era meu orixá), e quando fui confirmar meu cargo (Ekedi) há 11 anos atrás, me suspreendi com essa briga entre os dois, fiquei tão chocada que queria desistir de tudo e acredito eu, que por imposição, minha mãe de santo não cogitou e me fez de Azaune e colocou Oxumare como meu 2o. orixa.
    Logo depois que sai, de kele ainda, para cumprir o restante de meu resguardo, comecei a ter alguns problemas com Oxumare, meu kele arrebentou, comecei a ter problemas pessoais enfim, minha vida virouo dos pés a cabeça.
    Fui confirmar a situação junto com minha mãe (carnal) e constatamos que era Oxumare que estava me batendo, e estava muito zangada comigo e que só não estava fazendo pior, pq Azauane e Nanã (fui confirmada Ekedi de Nanã) estavam me protegendo.
    Fiquei louca na época, pois não fiz por maldade e tb não me importei que fosse verdade…
    Me mandaram fazer várias obrigações para Oxumare, para tentar amenizar a situação e fazer com que ele acalmasse, e fiz todas. Dei um tempo depois de todas as oferendas e fui jogar para ver se ele tinha aceitado, e nos 3 jogos que fui, deu que esse santo realmente era ter sido feito, mas que ele por se tratar de ser irmão dele (omolu) e por toda a situação, ele deixaria tudo como está, mas que todas as vezes que fosse recolher para dar obrigação, teria que dar a ele tudo que desse a azuane. E assim está sendo feito até hoje.
    Graças a Deus as coisas acalmaram, porém sempre fico ´com medo desse santo me dar uma rasteira..
    Fora como vc mesmo disse, nunca havia escutado que oxumare fosse ajuntó de ninguém e hoje tenho vergonha de falar que ele é meu Juntó para as pessoas.

    Se eu quisesse consertar essa situação, teria como?

    Abraços,


  573. em Outubro 9, 2009 at 6:00 pm Fernando D'Osogiyan

    Adriana,

    Você já viu duas cobras brigarem? Cuide dos dois e diga que os dois são seus pais e fim de papo. Não tem essa de segundo santo, diga que é uma Iyabá.

    Diga assim: Nasci para Oxumare e fiz Omolú. Não desagrada ninguém. Realmente terá que pagar sempre esse preceito para os dois Orixás e, não esqueça de Nanã, a matriarca.

    Boa sorte,

    Fernando D’Osogiyan


  574. Nique o caso é dar temp ao tempo, não atropele as coisas, deixe acontecer, ou não acontecer, espere um ano. Só depois disso pode começar a pensar no que fazer. Tomege


  575. Olá a todos, parabéns pelo trabalho , que transpira seriedade e amor.
    Filha de Oxalá e Yamanjá, tenho uma questionamento na atualidade muito específico de minha vida pessoal que gostaria de consultar os Orixás atráves das mãos de vocês.
    Isso é possível? Se possível faríamos o contato pelo email acima.
    agradecidissima
    força e luz para o trabalho de todos vocês.

    cris


  576. Oi Fernando, concordo com vc e é isso faço, não dou mole não, já tomei isso como lição pelas bordoadas que levei!!!
    Esse santo não é fácil!!!
    Boa Ideia, quando me perguntarem, direi isso, rsrsrsrs

    Até a próxima e obrigada.

    Abçs,

    Adriana


  577. Olá !!!

    Motumbá a todos !!!
    Por favor, alguém saberia me dizer se existe uma qualidade de Oyá chamada Karãn ou Karainã?
    Sei que é parecido com o Odú da Oyá, Okaran…
    Me foi dada esta qualidade de Oyá.
    Já procurei muito e não encontro nada a seu respeito.
    Sei que tem fundamento com Ogum Wari e Obaluaê Azoani.
    Por favor, se alguém puder me ajudar, eu agradeço muito.
    Obrigada !!!
    Muito Axé !!!
    Abçs


  578. Cris Franco somente o Fernando é zelador, mas de onde vc é? Tomege


  579. Erica o mais próximo deste nome é Oyá Cará, Oyá ligada ao fogo, dizem que Ela ´”é” o fogo, não no sentido literal, mas no figurado devido seu temperamento e elemento ser o fogo. Mas não se preocupe com qualidade, leia e aprenda sobre Oyá o restante vem com o tempo, nãos e fixe na qualidade. Tomege


  580. Olá Nelson !!!

    Bom Dia !!!
    Motumbá !!!
    Agradeço muito sua atenção e resposta.
    Obrigada !
    Abçs
    Axé !


  581. oi meu nome é neidson
    como é que eu faço para tirar minha duvida sobre um orixa
    pois eu tinha um bori com obaluae mas minha vida com esse buri tinha desandado todinho
    entrei em outra casa e disseram que eu era filho de oia bagan dei outro bori para ela i minha vida agora é melhor
    tire uma duvida eu posso ser dessa qualidade di oia?posso dar bori a mais di um orixa?
    obrigado neydson de sergipe


  582. Sou Flavia Pinheiro de Almeida, nasci em 09/05/1975 às 09:25 e somando meu nascimento o resultado também é nove. Adoro, tenho paixão pelo orixá Iansã e gostaria muito de ser filha dela como primeiro orixá, mas das vezes que joguei, ora dava ela como primeira ora dava Yemanjá Sobá, como posso ter certeza?


  583. OLá Flávia
    Existem pessoas que só conheem seu orixá na feitura,existem pessoa sque ficam sabendo seu orixá desde o primiro jogo de búios, isso varia muito,mas o unico meio é o jogo de búzios.
    axé


  584. Flavia hoje o que mais me chama atenção é que já no primeiro jogo o olhador já diz a qualidade do seu Orixá, isto é inconcebível, porque se até o Orixá pode mudar no momento da feitura, imagina a qualidade. Tomeje


  585. Olá Neydson
    Bori é feito para o orixá Ori que habita nossa cabeça, não é feito para Omulu ou Oyá. O que pode ter acontecido é seu ori não ter aceito o primeiro bori e agora ele aceitou.
    Isso não define seu orixá e vc não tem que fazer bori para outro orixá
    Como já disse bori é para o orixá Ori.
    Busque no blog o post Bori que tem mais detalhes.
    axé


  586. Olá, Motumbá a todos !!!

    Fui feita em angola, sou da Raiz Bate Folha, porém há alguns anos atras, minha mãe de santo desencarnou e fui parar numa casa de Ketu (Raiz Engenho Velho), com certeza tem muitas coisas que ainda tenho que aprender, mais tem uma que me intriga e muito.
    Na Angola, as bainas (Ebomis) utilizavam panos na cintura e as Yaôs Pnao da Costa.
    Só que na casa onde estou todos utilizam Pano da Costa, já questionei o pq, pois queriam que eu utilizasse o pano e eu não queria (pois acho feio, esconde toda a nossa roupa) e disseram que ísso era obrigatório sem me dar explicações.
    Vocês poderiam me informar que realmente utilizam pano da costa as Ebomis no Keto e o pq?

    Abraços,

    Adriana.


  587. em Outubro 15, 2009 at 9:36 pm Fernando D'Osogiyan

    Adriana,

    Todas as mulheres no ketu usam pano da costa, o principal motivo é de proteção, ou seja, proteger o ventre da mulher (útero,ovário, trompas,etc) contra a negatividade de Egun, que não gosta de vida, não gosta de mulher. Por isso, quem toma conta da casa, limpa, cuida, etc do Baba Egun da casa tem que ser Homem. Iyawò seja de 1 mes ou de 100 anos tem que usar pano da costa. Ser Iyawo independe do tempo de iniciação, cargo e até Baba/Iyálorixá! Seremos sempre iyawò.

    ATENÇÃO:Não aconselho que mulheres façam esse serviço.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  588. Fernado, obrigada por sua resposta, agora sim compreendo a importância.

    Sabe, algumas vezes fico muito chateada com determinadas coisas do Candomblém, pois acho que muitas das vezes não se tem respostas para determinadas coisas.

    Por isso acham até hoje, algumas pessoas, que é uma religião para ignorantes, e não é assim.

    Acho importante todos terem conhecimentos dos fatos, desde um simples questionamento até o mais importante fundamento.

    Muitas pessoas da religião não pensam assim, se guardam e não transmitem para seus filhos a verdadeira mensagem da coisa.

    Mas tenho fé que isso td vai mudar um dia, até pq as pessoas estão mais evoluídas e vão questionar mais as coisas antes de serem feitas.

    Abraços,

    Adriana.


  589. Olá,

    Alguém saberia me responder qual o papel de uma mãe pequena numa feitura?

    Abraços,


  590. Olá Adriana
    Depende,geralmente a mãe pequena é um braço direito do pai de santo ou mãe de santo. A mãe pequena pode ser mãe de alguns filhos da casa,depende do contexto,ela pode somente auxiliar o o zelador na feitura…
    deu pra ajudar?
    axé


  591. queria saber meu orixá

    nasci dia 20/11/1996

    rsrsrsrsrrsrsrsrsrsrsrsrrsrsrsrsrsrsrrssrrsrsr
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Eu ja sei
    o mais lindo
    o mais charmoso
    intelidente

    LOGUNNNNNNNNNNNNNN!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


  592. em Outubro 17, 2009 at 12:58 am Fernando D'Osogiyan

    Adriana,

    Isso é o beabá do candomblé, o início de tudo tem que ser explicado. É nesse momento que o abian aprende e se identifica ou não com a religião. Muitos não explicam simplesmente por que não sabem, é incrível não é mesmo? Velhas Iyabás e borós antigos não sabem a verdadeira função de um simples pano da costa, aí fingem que sabem e dizem que não pode falar, etc. Por que se usa ojá? Por que se usa morin nos primeiros anos de iniciado? E por aí vai…vamos nos inteirando da liturgia.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  593. oi gostaria de saber algo sobre oxum minibu pos ja procurei saber e não tem nada sobre esta qualidade de oxum a gradeço.se possivel mandar resposta pelo email


  594. Vania Maria Oxum Ibú ou Ominibú, não é muito comun, e por isso é tão difícil de encontrar. Mas como sempre digo, sempre repito aqui.
    sobre qualidades de Orixá
    Na minha opinião há uma onda de “todos querem saber qualidade de Orixá” isso é minha opinião, ok? Mas para que? Com que finalidade se a maioria não conheçe na verdade nada ou quase nada sobre o Orixá. Sei que no seu caso assim como de muitas pessoas é um carinho imenso que te trouxe aqui para pedir ajuda, e venho eu te encher com meus pensamentos, mas a verdade é que saber a qualidade do Orixá sem ser iniciado atrapalha mais que ajuda o filho de santo que acaba por conhecer ou se fixar num determinado aspecto do Orixá, e não o conheçe como energia Orixá única. Além do mais em muitos casos simplesmente não há informação escrita disponível e o aprendizado tem que ser mesmo dentro da Casa de Axé. Que será sempre o melhor local.
    O que te aconselho é que vc se interesse neste momento em conheçer muito bem o Orixá. A qualidade virá com o tempo e vc terá conhecido lendas maravilhosas e informações úteis ao seu aprendizado. Isso é que eu acho.” Tomeje do Ogum


  595. se eu quiser que determinado orixá seja minha mãe ou pai de cabeça, por exemplo iansa, posso ou nao determinar isso?


  596. Boa tarde, Flavia.

    Não, você não pode determinar isso. Essas coisas simplesmente já são “determinadas” nas nossas vidas. Muitas vezes temos amor por um determinado orixá, e na verdade somos de outro. Isso quase sempre acontece.
    E o bom é quando você descobrir que é de tal orixá, estudar sobre ele. Procurar saber mais dele, pois sempre temos algum traço dele e acabamos pos nos identificar com um ou outro aspecto que ele traz.
    Não se preocupe, pois se caso você não seja filha daquele que você tanto gosta, o carinho sempre será o mesmo, não abstendo o conhecimento e o carinho que você construirá pelo seu orixá de ori, certo?
    Obrigada


  597. quero saber que qualidade de Iansã usa fio de contas coral ela tem seu proprio pe de dança remexendo os quadris e agititndo muito os braços e qual a possibilidade de seu junto ser Oxossi


  598. Olá Cristina
    O que vc descreve parece ser uma Oyá Igbale, mas para saber realmente só vendo,pois ela usam coral ,as vezes marrom nas contas,quanto a dança geralmente toda Oyá se mexe muito as danças são muito dinâmicas ,Oyá se movimenta por todo o barracão. A depender a canção ela mexe os braços de forma diferente.
    Quanto a juntó, ele é definido e outra forma ,não depende do orixá de frente.
    espero ter ajudado


  599. Carol

    entrei numa roça de candoble, aos 15 anos atras fiquei durante 8 anos , a faz 7 anos que o pai da casa faleceu , so agora encontrei uma casa e senti confiança no zelador so que a Ia da casa esposa dele eh muito indiferente comigo sempre dando um chega para lá ,e a casa tem varias filha de Oya raspadas que tem um pé de dança muito diferente por isso procuro essa resposta porque encontro tanta dificuldade de cuidar da minha Oya que amo de paixão , mas sempre encontro nos barracões alguem que tenta muito me afastar amo essa religão e encontrei em voces uma esperença de encontrar essa resposta

    teve uma das meninas da casa que comentou comigo que não consegue dançar com ela , pois ela sente o corpo pegar fogo quando esta perto dela, espero ter consguido me espressar para que voce possa entender minha agonia beijos


  600. Cristina eu fiquei muito mais tempo que vc fora de uma roça e sem dar Orixá, um dia encontrei minha casa, voltei para mãos de Yemonjá, que foi quem me deu axé na iniciação. Tudo ótimo, tudo lindo. Só que sou velho, dia 27/10 completarei 22 anos de feito, isso me dá certas responsabilidades e tb cria a ilusão nos outros de que por conta do meu tempo eu tenho que saber tudo, principalmente a maneira como se faz naquela roça, o que não é verdade. Outra coisa é a dificuldade de aceitação, eu não fui feito naquela roça, e não entro em grupinhos, e eu não seria aceito desta forma e ponto final. A primeira coisa que falei a minha Yá foi ” se eu não puder colaborar com a comunidade, eu me afasto, vou embora” e é isso que faço, colaboro com a comunidade, cuido da comunidade da forma como posso e com o carinho que posso, ISSO me fez ser aceito. A outra coisa que falei foi ” se estou aqui tenho aprender como se faz aqui e não me importa muito o que eu sabia antes”, eu não vou mudar a roça, vou me mudar pela roça. Meu Orixá não faz danças lindas, gestuais marcados, trejeitos e pulinhos lindos, Ele dança da forma Dele e ponto, mas ainda sendo Ele quem é, Ele teve que aprender certas coisas e se adaptar à roça, ao seu rítmo e sua cultura. Tomeje


  601. OLá Cristina
    Vc está na mesma nação? Porque os ritmos são diferentes,pode ser essa dificuldade…Se ela for um inkisse e não orixá ,vc teria que ser ensinada como se dança no ketu…


  602. Uma pessoa que tem nkisse que vai para o keto a nkisse dela vira orixá ou ela esquece nkisse e inicia novamente com o orixá?
    A nkisse deve dançar referente ao orixá correspondente?
    Estou com dúvida.


  603. Olá gostaria que me tirassem mais uma dúvida, se tenho uma nkisse e passo para o candomblé de ketu a minha nkisse terá que dançar conforme o orixá correspondente dela ou teria que iniciar novamente por ex. esquecer nkisse e cultuar o orixá? Desde já agradeço.


  604. Olá Graziela
    Este é um dos motivos que nos faz defender que cada um fique na sua nação. Os ritmos são diferentes. SE vc deixa uma nação,e passa para outra faz-se um ritual para mudança de aguas e vc terá que aprender algumas coisas na nação que está adentrando, as danças são uma dessas coisas.ão dá pra raspar de novo porque só se nasce uma vez,mas o aprendizado terá que ser redirecionado.
    axé


  605. Bom dia, Graziela.
    vamos tentar reponder as duas perguntas aqui, certo?

    “Olá queria que tirassem uma dúvida, se um zelador que joga búzios e fala que meu orixá é “tal”, por exemplo, e na verdade não é. Há a possibilidade de o orixá se manifestar e falar quem é? Desde já agradeço.”

    Há sim essa possibilidade, Graziela. Mas geralmente, quando o zelador puxa uma energia para um filho, essa energia costuma responder. Isso explica o fato de muitas pessoas serem iniciadas com o orixá errado e esse orixá rodar. Por isso, na dúvida é melhor pedir para o zelador jogar novamente ou se você achar melhor, procurar um outro jogo pra confirmar. Pois errar orixá de um filho é inaceitável!

    2ª Seu inkisse se adptará a nova casa, a nova condição. Não se nasce duas vezes, Graziela. Uma vez iniciada, é uma vez iniciada. Será apenas uma adaptação, se seu inkisse aceitar.

    Obrigada


  606. Da umbanda para o candomblé acontece a mesma coisa ou não?
    Entidade deixará de “existir” para o orixá vir?


  607. “2ª Seu inkisse se adptará a nova casa, a nova condição. Não se nasce duas vezes, Graziela. Uma vez iniciada, é uma vez iniciada. Será apenas uma adaptação, se seu inkisse aceitar” Bom se o nkisse aceitar e o zelador da casa também aceitar ja vai haver uma mistura correto.
    E se o nkisse não aceitar o que pode ocorrer?


  608. Grasiela na umbanda se cultua Guias/Orixás, em ketu se cultua Orixá, em Jeje Vodum, em Angola Inkise, só a título de informação.
    Não creio nesta possibilidade das entidade deixarem de existir ou de vir, isso depende da casa onde vc estiver. Em algumas casas de candomblé não se cultua entidades, e nestas os filhos nunca recebem seus guias e se quizerem permanecer lá terão que se acostumar com esta situação. Em outras casas há este culto. e os filhos recebem suas entidades em dias específicos que não são os mesmo dos toques para os Orixas. Então vai depender da sua casa. De acordo com a tradição do candomblé não há culto de entidades, mas há casas que conciliam as coisas, e há casas que misturam as coisas, se não houver outro jeito eu preferiria uma casa que concilia, porque a mistura é que não dá bom resultado. Tomeje


  609. Grasiela eu coloquei no comentário abaixo as diferenças entre os segmentos Ketu, Angola e Jeje, e foi providencial pra este seu novo comentário, Se vc foi feita em Angola o correto é que vc permaneça em Angola, mas se vc precisar de fato ir para o Ketu, vc deixará de cultuar Inkise, não concordo com essa possibilidade do zelador aceitar ou mesmo do Inkise aceitar, não existe casa que cultue Angola e Ketu simultaneamente “sei que tem, mas mas está equivocado, pois são culturas diferentes, segmentos diferentes e ritos diferentes, não é por preconceito, mas por questão de fundamento não se misturam segmentos religiosos”. Tomeje


  610. ATENÇÃO:
    essa vai ser bombastica ….
    gostaria de obter uma opinião, da eqpe do worpress e , de zeladores e dotes e até mesmo ogans e ekedjes.
    estive dialogando com uns zeladores de engenho velho e, surgiu o tema : quem disse q ogans e ekedjes não podem assumir um barracão!!!!!
    bem, foi um total reboliço, opinaram varios sacerdotes em belfor roxo rio de janeiro , e a grande conclusão foi de q
    embora muitas pessoas não aceitem isto se tornara uma realidade breve.


  611. Continuação:
    Eu falei q nunca vi um ogã ou uma ekedji no comando,
    porém , numa leitura de pierre verge, à uma citação de uma das cidades do culto a ogum, chamada de ondó
    aonde o sumo sacerdote chama-se alaxé.
    outro fato só o seu imediato vira no orixa .
    citei também os cultos aos baba eguns, que são comandados por ojés, que não rodam com nada.
    sendo assim, seriam provavelmente iniciados como ogans
    se fossem lesse orixas .
    Citei também , babalaos do culto de omo ifá.
    Amigos … podem acreditar, isso gerol uma tremenda polemica.


  612. Um ogan e amigo chamado dell, citou um outro ogan da quela região , que assumiu a função de baba kekere, e disse mas: se alguem chamalo de ogan, ele quer até bater.
    Este babasinho inicia varios filhos de santo ,sendo o dono da navalha q vai no ori.
    Com esses fatos, eu falei de uma ebome de aira ,q me narrou q foi a uma saida de adjeje mahi, feitura de um ogan ,na qual ele teve o ogan mas antigo ( peji huntó acho )como seu zelador .


  613. Leo minha opinião é bem simples, enquanto houver hierarquia, respeito e liturgia na religião não teremos ogãs e ekedjis raspando filhos de santo. Porém concordo plenamente que um ogã ou ekedji possa assumir um baracão, desde que seja a parte civil da casa e nunca a parte religiosa, pois diversas vezes vimos isso acontecer e na maioria das vezes é por questão financeira ou por falta de alguém disposto a tocar a roça ou ainda por questão de herança/parentesco, um ogã ou ekedji assume. Sobre as comparações com Ojés, babalawos e outros, isso eu não concordo pois eles tem funções e cultos diferentes, não cultuam Orixá, babalawo cultua Ifá/Odu e Ojé cultua Babá, são situações diferentes que não podem ser confundidas nem serem utilizadas para que estas pessoas assumam responsabilidades de iniciações num culto a Orixá. Tomeje


  614. O fato é…
    antigamente os ogans eram considerados tão somentes
    homens ilustres do camdomblé , importantes?
    sim , eram importantes fazendo os orixas evoluirem ,cortando para o santo cantando o camdomble ,porém , não eram aprofundaddos nos preceitos .
    Hoje porém, se tornam cada vez melhores e eficientes , não se limitando a ser somente asogum , alabe e pejigan.
    A grande maioria se encarrega de aprender de um tudo ,sendo de uma grande valia .
    As ekedjis eram consideradas importantes?
    sim , porem eram tão somentes mães camareiras, pajeando o orixas, e orientando o salão.
    Hoje em dia, graças a Deus o zelador só aparece para mexer no ori coisa q ogans e ekedjis também aprenderam de tanto ver


  615. Leo honestamente eu não vou discutir isso, não estou te desmereçendo ou me colocando acima de tudo e de todos, é que não há fundamento nesta discussão, não há motivos para discutir isso, é total perda de energia. Eu tb já soube de Ogã que raspa que faz tudo, mas sabemos que é errado, não há muito o que discutir. Mais um grande erro é deixar alguém que não é adoxu dentro do roncó/quarto de santo na hora de raspar alguém, nesta hora só os egbomis podem participar, isso é liturgia e respeito ao Orixá. Se a pessoa foi apontada e confirmada equivocadamente é outro assunto, mas Ogã que é Ogá sabe seu papel e seu valor dentro do axé, e com certeza não é de zelador, assim como ekedji. Tomeje


  616. Olá Leo,
    Eu também compartilho da opinião do Nelson. Eu sei, assim como muitos também sabem, que existem muitos ogãs que se sentem zeladores e fazem liturgias não pertencentes ao domínio deles. Ogã já tem tantas funções, não é isso?
    Mas é como o Nelson falou, se respeitarmos a hierarquia, esse “movimento” não chega muito longe.
    Religião é religião e liturgia é liturgia. Não há o que se argumentar, não há pra quê querer mudar, quando os assuntos são esses. Isso é no candomblé, na Umbanda e até na igreja católica. Muitos católicos não partinham das mesmas opiniões acerca de certos assuntos com o Vaticano, mas ainda assim permanecem na religião, seguem-na.
    Então pra quê nós, que pertencemos a uma religião que nos dá livre arbítrio de pensar e agir à nossa melhor maneira, teremos que começar aceitar “certas” novidades só para melhor convir a alguns?
    Obrigada


  617. Acredito q isso seja uma evoluçao natural do camdomblé,
    porem ,não podemos aceitar q um ogan ou ekedji de um ou dois aninhos de confirmado ,mechendo numa cabeça .
    Dai vem um e diz:
    A pessoa só pode dar o q tem …
    ogans e ekedjis tem santo, hoje em dia até são raspados
    tomam obrigações de roncó e tem santo tamto quanto um rodante , os filhos de babazinho rodantes dão santo e até oruncó daq a um pouco ele já sera avô de santo
    (*babasinho ogan com posto de baba kekere )
    em fim… espero q o assunto seja um prato cheio ,e sirva de inspiraçao para a eqpe do camdomble wordpress,
    ajudando a enrriquecer o mundo do santo.
    des de já grato ,sou leonardo um asogum q não tem a menor pretenção de ser zelador , aproposito digam a o babasinho rsrsrsr ,q ele deveria ter orgulho de ser ogan.


  618. Quero dizer a vocês do camdomble wordprees , principalmente ao nelson ,q sou fã de vocês aprendo com vocês, não tenho a menor pretenção de ser zelador ,
    o q eu quero mesmo é q vcs façam uma materia sobre este fato,e se possível me digam da onde saiu está liturgia
    desconheço .
    quero dizer q me baseio muito em suas opniões,
    Quanto ao ogan ver a respagem é inevitavel cada casa trabalha de forma diferente , e o ogan e ekedje tambem são raspados, só q eles veem tudinho eu memorizei rsrsrssrsr grato sou fã de vcs e os respeito muito leo


  619. Leo obrigado por me entender e entender meu ponto de vista sobre este assunto, fiquei preocupado em que pudesse parecer que eu não quero discutir o assunto por outros motivos ou que eu pretendesse me mostrar superior a este assunto. Mas veja só, nos candomblé tradicionais e nos derivados destes, nunca se raspa ekedji e ogã, e eu não sei de onde inventaram este procedimento, mas não é tradição, porém respeito quem faça e quem passou por este procedimento, mas é totalmente dispensável, já que este ritual se destina a quem é rodante somente.
    Posso te dizer que há pouco tempo presenciei uma iniciação de uma Obá, e garantir que não é nada parecido com as outras que já vi, assim como a de Nanã e a de Oxossi, todas tem seus pontos específicos, suas maneiras de fazer, então o simples fato de ver uma iniciação não dos dá sustentação suficiente pra repetir o oro feito para nós na cabeça dos outros, entende? Até mesmo o modo de copar muda de acordo com o Orixá, há maneiras e maneiras de copar um animal, que podem variar de um Orixá para ou outro. É só uma questão de manter a tradição do candomblé e tudo fica fácil. Axé. Tomeje


  620. Pai Ogum que nos abençoe,
    e muito obrigado pela sua atenção.
    E Nelson,se puder promover uma matéria sobre este mesmo assunto ficarei muito grato.
    Axé!


  621. em Outubro 21, 2009 at 8:06 pm Fernando D'Osogiyan

    Léo,

    Nelson e Dayane já disseram tudo sobre o tema. Não nos cabe ir adiante com tão pobre assunto, o fim de quem não leva a liturgia a sério, passa por cima do Orixá, é trágico. Todas as casas acabam com o tempo, este axé não vai adiante, definha e morre. Conheço casos assim como esse Oganbabakekere, todos e até seus filhos, não temos notícias.

    A essência, um barra vento, o tremular de um Orixá, seu envolvimento muitas vezes pouco a pouco nos tomando, seu esteriotipo se mudificando, a sublme incorporação, o vácuo entre a vida e a morte, etc, etc, Ogan e Ekedi por mais marmoteiros que sejam,jamais sentirão!Suas funções são acordadas de ajuda e reverencia ao Orixá, são partes dele em sí, é difícil de entender mesmo, se não, por que o orixá lhe suspenderia, para que confirmar?

    Que Orunmilá nos traga a sabedoria!

    Fernando D’Osogiyan


  622. Bàbá Fernando, aproveitando o gancho de sua resposta anterior, gostaria de saber o que quis dizer com Ekedis “são parte dele(Orixá) em si”. Pergunto porque sou Ekedi de Oxogiyan, aliás com muito orgulho (o Sr sabe ), e observo que os rodantes (principalmente aqui no blog) não sei porque razão, falam das Ekedis como pessoas necessárias dentro da religião (pra cuidar do Orixá, de suas roupas,etc) e nada mais. Como boa filha filha de Yemanjá, lembro de uma ocasião que uma irmã mais velha um ano que eu ,na época Yaô, me disse que Ekedi não era nada dentro de uma casa de santo, por isto gostaria que se aprofundasse mais neste assunto.
    Entendo que Ekedi e Ogan já são cargos do candomblé, sei da minha importância como Ekedi, e não acho que sou menos porque não tenho incorparação de minha mãe, apesar de sentir sua presença em todos os momentos de minha vida como se eu fosse Ela e Ela fosse eu, só que acordada.

    Mutumbá


  623. Em primeiro lugar, queria parabenizar os idealizadores deste site, WordPress, Acho que foi uma ideia gênial, pois é super legal essa troca de conhecimento!

    Embora cada um faça o seu bolo de uma maneira diferente, no final o bolo é o mesmo!!!

    Pensei que essa história de Ogã e ekedji serem zeladores de uma casa fosse só aqui no Rio de Janeiro, mas já vi que o assunto é “Nacional”, rsrsrs

    Existe um preconceito muito grande com realção a isso, acho que um ser só pode dar aquilo que recebeu, ou seja, se o Ogã ou a ekedji foram raspados e tiverem todos os preceitos de um Yaô, porque ele não pode fazer um filho de santo?!

    Claro que assim como os rodantes, os Ogãs e ekedjis, tem que ter nascido para zelarem por terceiros, não é simplesmente querer ser e sim poder ser.

    Conheço várias Egbomis que se intitulam Mães de Santos e nada sabem e só fazem maluquices Oris dos outros (que são mais malucos que ela de darem suas Oris para elas).

    Como conheço uma Sra. que é ekedji e sabe muito de candomblé e após o falecimento de seu pai (Carnal), passou a ser a zeladora da casa, levando a casa já há + de 20 anos com braços fortes e fazendo multiplicar seus filhos e seu carisma.

    Inclusive essa Sra. fez todos os preceitos na minha mãe carnal, após seu falecimento (Axexê).

    Pessoal essa que respeito muito por sua inteligencia e conhecimento para o candomblé.

    Logo, essa história é muito relativa.

    Cada qual tem sua receita de bolo, infelizmente o Candomblém não tem uma bíblia, nada escrito para dizer tim tim por tim tim o certo e o errado, ficou a cargo do homem tirar suas conclusões do que aprendeu e assim passa um para o outro o que sabem.

    Acho isso bom, apenas temos que ser inteligentes para tirar as conclusões de modo racional.

    Ou seja, guardar o que tem sentido e jogar fora o que não tem sentido.

    Ser Líder, seja religioso ou não, é necessário ter nascido para isso. Não basta querer, tem que ser.


  624. Eita, desculpe-me os erros de digitação, mas estou no trabalho e não dá para conferir…

    Motumbá a todos.


  625. em Outubro 23, 2009 at 5:57 pm Fernando D'Osogiyan

    Mãe Ekedi,

    Mutumbaxé, mutumbá!

    Entendo minha religião e meu Orixá com muito mais profundidade. Um Orixá quando escolhe alguém para ser seu Ogan ou Ekedi e, é aceito por eles, com certeza existe algo além dessa simples escolha, existe comprometimento espiritual de fundo ancestral. O que acontece é que Ogans e Ekedis estão contidos neste Orixá, são parte dele, Orixá. Este elo os une eternamente, está provado no momento que o Orixá dá nome do Ogam e Ekedi no barracão e que poucos dão valor e sua importância. Neste momento, mais do que nunca se estabelece o intercambio das energias em sí, que me referi no texto acima. Direitos e deveres ficam firmados, amor, carinho, disciplina, liturgia, são preservados. O Babalorixá precisa que se estabeleça uma forte união em torno de si e nas funções do axé.

    Casas de santo sem seus Ogans e suas Ekedis, não são casas de santo, a casa precisa de um corpo, precisa de sustentabilidade, e a espinha dorsal, Orixá/Babá, precisa de apoio.

    Ogan e Ekedi, não precisam usar kele, raspar, adôxu, etc, por que o seu Babalorixá ou Iyalorixá, já passou por isso, se eles Ogans e Ekedis, nasceram para servir o Orixá, então estão contidas em sí, na energia do Orixá, independente de seu próprio Orixá.

    É uma relação de intimidade e de muita cumplicidade espiritual para com o Orixá. Os bons Ogans e Ekedis, tomam a frente muitas vezes em defesa de seu Axé, protegem seu Babalorixá ou sua Iyalorixá, Intervem em questões inerentes a liturgia.

    Iyá Oyo Obaoba!

    Yemanjá nos abeçoe,

    Fernando


  626. Obrigada, sua resposta foi muito clara pra mim e espero que pra todos. O Sr como sempre retratou muito bem o entendimento e sentimento que tenho de meu cargo.

    Mutumbaxé,
    Sonia


  627. Olá Drika
    O que acontece é que Ekedi e Ogã tem iniciação diferenciada, não recebem adoxu, nem ekodidé, quem não tem não pode dar…A questão de eles não poderem ser zeladores não é preconceito, é fundamento e liturgia.
    O fato de terem conhecimento não fazem deles yawós que um dia se tornaram ebomins e que um dia abriram uma casa de axé.Existem casas que por necessidade tem a sua frente uma ekedi ou ogã,puramente na parte administrativa,na parte ritual é necessário um rodante mais velho, ebomin da casa, preparado para tal.
    Ekedi e Ogã são pilares de uma casa de axé,mas não devem iniciar ninguém visto que eles não tem a mesma iniciação de um rodante.
    Nem todos o ebomins tem missão de abrir uma casa e muito menos aptidão para o sacerdócio,mas infelizmente não podemos impedir que esse deká seja entregue, cabe ao zelador entregar deká somente a quem é digno e apto a isso.E tenho certeza que isso vai mudar.
    Nós não temos bíblia,mas temos fundamentos. E um deles é esse.
    Ogã e Ekedi não podem ser zeladores de santo.
    axé


  628. Olá
    Tenho um filho que é Ogã confirmado o que muito me orgulha, tenho frequentado por conta disso uma casa de Candomblé Ketu, lá dizem que sou rodante, o que concordo pois na Umbanda sou médium de incorporação, apesar de não sentir nenhuma manifestação de orixá, sou de Omulu com Oxum, dizem que preciso de feitura mas tenho horror a sangue e matança.
    Existe uma forma de fazer o santo, ou seja, raspar, sem o sacrifício animal?
    Obrigada e parabéns pelo site, sempre tiro minhas dúvidas aqui.


  629. em Outubro 24, 2009 at 1:16 pm Fernando D'Osogiyan

    Martinha,

    A palavra sacrifício nós trocamos pela palavra “doar”, pois é isso que dentro da nossa liturgia acontece. O animal doa-se aos Orixás e com isso obtem as graças de Olorun. Quem se inicia não tem acesso a ver e observar nada, até por que, está incorporado e quando não está, deverá ficar de cabeça baixa e bem baixa.

    Essa é a nossa religião, nossos preceitos, nossa liturgia, venha e entregue-se na confiança de uma boa casa e de seu Orixá.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  630. Olá preciso de ajuda queria saber qual é o meu orixa,
    eu tenho 12 anos mas não é pela pouca idade que me faz não levar a serio essa religião maravilhosa e a cada dia que passa aprendo mais coisas novas.Antes minha familia e eu frequentavamos um candomblé efon que disseram que sou de Ewá agora estamos em um ketu mas não tiveram tempo de jogar para confirmar para mim.
    Eu queria que se alguem pudesse fazer um odú para mim.
    A data do meu nascimento é 09/08/1996.
    Agradeço desde já.
    Axé.


  631. Boa tarde, kamila.
    Muito bonita essa demonstração de amor e responsabilidade com a religião. Parabéns.

    Veja só, jogo só ao vivo e à cores. Não confie e não pessa pra ninguém jogar pra você pela internet. A internet tem servido muito para nós, irmãos da religião, que queremos ajudar, contribuir de alguma forma com a religião. Enquanto a jogo de búzios, ebós, receitas… tudo isso tem um lugar certo e confiável: numa casa de axé junto a um zelador. Não esqueça disso.
    Já que você está nessa casa, espere um pouco, já que sua família pretende ficar lá, o melhor é o zelador ou zeladora da casa jogar pra você, pessa a ele.
    Eu sei, ficamos muito eufóricas para sabermos qual é o nosso orixá, mas tudo é no momento certo.
    Axé
    Obrigada


  632. Drica eu concordo com a Carol e quero acrescentar que alguns problemas acabam por agravar o quadro de ogãs e ekedjis se intitularem zeladores. O primeiro é que sempre é citado o seguinte “mas mãe menininha era ekedji” o que nunca se provou verdadeiro. o Segundo é o fato de algumas casas rasparem ekedji e ogã, o que dá a entender que então eles podem raspar os outros. Terceiro e mais grave, muitos abrem sua própria religião baseada nos ritos africanos,por que não podemos de fato chamar o que ocorre hoje de religião, de tão descaracterizado que são certos cultos e casas que existem por aí. Para tudo isso bastaria recorrer a própria religião, mas não a religião do umbigo destes zeladores que citei, mas aquela que há muito tempo se formou aqui no Brasil, lá nunca houve isso, é só retroceder e entender a nossa raíz, é só seguir o que os mais velhos ensinaram. Tomeje


  633. Kamila o correto é mesmo o jogo, só assim vc poderá saber seu Orixá, mas se já foi indicado Ewá, porque a dúvida? Efom e Ketu tem Orixás. Te recomendo que não forçe esta resposta, espere o tempo da pessoa (zelador/a). Tomeje


  634. gostaria de citar pierre verger …
    Verge fala sobre uma cidade chamada ondo,
    onde se cultua pai ogum.
    Neste lugar onde se iniciam pessoas em orixas,
    há um sacerdote chamado alaxé q tambem
    é um rei , só q não roda com com santo.
    Gostaria de agradecer ao nelson,carol e baba fernando,
    por suas opiniões q são sempre baseadas em fundamento,
    tenho certeza q na intenção dde manter a liturgia do orixa.
    Gostaria de REFAZER O PEDIDO DE UMA MATÉRIA sobre o
    assunto , e solicitar as pessoas q não omitam suas opniões


  635. Nelson, ogum lhe deu a tarefa de elucidar o candomblé,
    mesmo q seja através de uma comunicação em massa,
    como a web, acho q essa é seu carma .
    Direciono o pedido a vc pq vc me passa muita credibilidade,
    CREIBILIDADE ESSA tão grande, q se eu não tivesse mas minha zeladora , q tem a mesma opnião q a sua ,
    poderia com certeza ,lhe entregar minha cabeça ,lhe tenho muito respeito.
    Gostaria de lhe pedir o endereço de seu barracão
    para uma visita.
    gostaria de assistir um xirê , e lhe desejar boa sorte …
    sua taréfa é ardua e dura boa sorte rsrsrsrsr


  636. alias, barracão de sua zeladora


  637. Leo, Verger tb cita que em África homens não rodavam de Orixá, mesmo não sendo ogãs, tanto assim que em alguns axés a tradição é só mulheres na roda e homens nunca assumem o barracão. Mas havia divisão entre os grupos e tarefas e aprendizados disitintos. Tomeje


  638. Leo, na boa, esqueçe, Ogum não me deu nada rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs Obrigado pelo carinho, ficamos todos felizes com seu comentário, mas esse fardo é grande demais e sei qual minha parte neste latifundio rsrsrsrsrsrsrsrsrs Mandei email apra vc. Tomeje


  639. Boa tarde Nelson,
    Estou lhe enviando um novo endereço de email.
    Gostaria de solicitar novamente o endereço do barracão de
    sua Mãe.
    Desde já agradeço por sua atenção.
    Axé,
    Léo Asogum.


  640. em Outubro 26, 2009 at 11:27 pm Fernando D'Osogiyan

    Nelson,

    apenas um pequeno adeno, os Reis em África não rodavam com Orixás, os homens rodavam sim, inclusive em Ondó terra de Ogun. Na festa anual a Xangô em algumas cidades africanas, vários Xangos aparecem em reverencia, assim como em outras cidades apenas 1 Xangô aparece no meio de vários eleguns de Xangô. Observa-se que Orixás homens viravam em homens e Orixás mulheres viravam em mulheres, porém, em algumas cidades, como por exemplo, Oxogbò, terra de Oxun, o rei é homem, Otaojá, mas o culto a Oxun é feito por mulheres.

    As mulheres aqui no Brasil é que deram esse tom matriarcal, escravos homens na lida diária no campo e escravas mulheres nos afazeres domésticos, então com mais tempo, começavam a cuidar de seus orixás, inkísses e voduns. Bastam ver a árvore geológica desses axés, que alguns até hoje não iniciam homens rodantes, apenas Ogans. Oba Biyí foi a precursora, a primeira a quebrar regras e tabús , aprisionados pelos chamados brancos e introduziu,embora levemente, obrigações em homens, vide sr. Agenor, etc.

    O próprio merindilogun, o jogo de 16+1, foi trazido por Bangbose para Iya Nassô e seu axé, para que não dependessem de Babalawos africanos, sistema esse adotado em todo Brasil por todas as nações inclusive.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  641. Como eu que faço para obter energias de orixás.Desde já agradeço.


  642. em Outubro 27, 2009 at 1:39 pm Fernando D'Osogiyan

    graziela,

    você enconta as energias na própria natureza, onde você se sente bem? no mar, na praia, no mato, na serra, na floresta, no alto, no campo, chuvendo, no sol, na chuva, de dia, de noite, de madrugada, pela manhã, etc…

    Cada Orixá está ligado aos elementos da natureza, tudo na natureza contém Orixá.

    A liturgia somente numa boa casa de candomblé.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  643. Pessoal, to viciada nesse site, ele é tão gostos de se estudr que perco horas vendo!!!
    Parabéns a todos os criadores!!!


  644. Queria aproveitar para tirar um dúvida:
    Na Angola existe a Digina, pq no Ketu não existe?


  645. em Outubro 27, 2009 at 9:52 pm Fernando D'Osogiyan

    Drika,

    No ketu o nome é Orukó (nome), que para alguns axés não deve nunca ser pronunciado e para outros pode ser pronunciado sem problemas.

    Esse Orukó normalmente está associado ao Orixá, suas características, etc.

    No ketu usamos mais nosso nome de batismo associado ao nosso Orixá e nosso axé, porém não é regra.

    axé,

    Fernando D’Osogiyan


  646. em Outubro 28, 2009 at 1:59 pm Juliana Petitet

    Motumbá grupo e Boa tarde o que seria Iyá Dagan?
    Ekedy Juju d’Osun


  647. OLá Juliana
    Busque no post Casgor no candomblé,temos o post 1 e o 2 ,busque nos dois deve ter,é um cargo se não me engano.
    axé


  648. Olá Fernando
    Tomara que vc veja minha pergunta
    Por haver essa tradição, inicialmente, de somente mulheres rodarem, pode se ter feito ogãs que na verdade eram rodantes mas que não viravam.É possivel fazer um ogã mesmo ele sendo rodante, suspender o santo dela,é que eu já ouvi muto esssa expressão suspender como se fosse impedir a vinda do orixá, a pessoa rodar no santo,quando era mais nova e as vezes ainda vejo pessoas falaram nesse sentido.
    Isso procede?


  649. em Outubro 28, 2009 at 4:44 pm Fernando D'Osogiyan

    Olá Carolzinha,

    Olha querida eu não sei ao certo, faz sentido sua colocação, pode até ter ocorrido realmente ou até só ocorrer incorporação internamente e sairem como ogan, não sei, já ouvi muita coisa a respeito de axés muito antigos e muito por conta ainda da escravidão, os homens se engajaram na eligião muito tempo depois.

    Cabe até colocar para os leigos essa questão do Ogan e Ekedi. Inicialmente são escolhidos pelo Orixá através do jogo ou do Orixá do zelador (a) da casa, é o que chamamos de apontado ou seja, foi perguntado se aceitaria ser um Ogan ou Ekedi, mediante a resposta, já considerado um Ogan ou ekedi apontada. Na primeira oportunidade em que a casa tenha uma festa, candomblé, etc, o Orixá fará a mesma pergunta na frente de todos os convidados e filhos de santo, aí então será “suspensa” ( aí sim “suspender”, dar acesso a um abian no sentido de engajamento no axé)no ar numa cadeira feita com os braços, se for Ogan por 2 Ogans mais velhos e ser for Ekedi por duas ekedi mais velhas. O ritual nos quatro cantos do barracão, no axé, e nos atabaques. será então uma ekedi suspensa e posteriormente irá se confirmar tomando obrigação. Esse é o método tradicional do ketu/nagô.

    Espero ter respondido e entendido sua pergunta.

    Oxalá nos abençoe,

    Fernando


  650. “pode até ter ocorrido realmente ou até só ocorrer incorporação internamente e sairem como ogan, não sei, já ouvi muita coisa a respeito de axés muito antigos e muito por conta ainda da escravidão, os homens se engajaram na religião muito tempo depois.”

    Ok, mas vamos lá, irmãozinhos. E hoje?!
    Dia desses, conversando com um homem, ele disse que seria confirmado como ogan, mas ele antes de entrar conhecer a nossa religião, trabalhava na mesa meniúnica de um centro kardecista e me disse que teria um cargo, que seria mais ou menos, como “um ogan que de sete em sete anos tem que fazer uma obrigação pra suspender o orixá e ele não rodar”(?) Pra mim, ele é rodante, pois se manifestava, era com espíritos mas se manifestava.
    Eu não conheço esse cargo(!!) e acho que hoje, homens e mulheres já têm seus papéis bem dinfundidos na liturgia, mas sempre partindo do príncipio se são rodantes ou não. Teríamos “ogans-rodantes”, então? Eu não concordo.

    Axé

    Benção!


  651. em Outubro 28, 2009 at 5:14 pm Fernando D'Osogiyan

    Daya,

    Ogan/Ekedi não roda no Orixá! Isso é ponto pacífico. Agora com eguns tudo é possível. Conheço alguns Ogans/Ekedis que rodavam com seus catiços e que depois que foram para as nações (angola/ketu/Jeje) nunca mais rodaram e foram confirmados respectivamente.

    Usaram muito, principalmente a palavra Ogan para essas deturpações errôneas de alguns axés. Ogan é um posto e tem cargo dentro da roça de candomblé, assim como ekedi.

    No tempo em que o candomblé era proibido homens e mulheres(rodantes ou não) que tinham muito dinheiro e pessoas públicas também, se iniciavam em suas próprias casas, isso é fato e vários ainda estão vivos. Com o tempo, as coisas foram se arrumando, candomblé tomando corpo, sendo tombados, sendo reconhecidos, etc.

    Fernando


  652. Fernando,

    Ao menos aqui não é assim, não.
    Se rodou com entidade, ou com qualquer outro espírito é rodante, tem mediunidade pra dar passagem a uma “natureza”, então se há essa passagem para entidades, também há para orixá. Eu não sei o que faz pra “suspender” esse orixá, mas se deixar ele passa.
    Por que não? Nós, por exemplo, pelo menos eu que não rodo e não trabalho com entidades, se eu for para um centro kardecista não serei considerada uma mediúm de passagem? Onde os espíritos não se aproximam? Não, não será assim.
    Quando mais novinha, comecei a estudar e frequantar um centro kardecista para ver qual rumo espiritual batia mais comigo e lá recebi atenção e cuidados como “rodante” e por mais que não tivesse entidades que trabalhassem comigo, era considerada dessa forma. Até carta psicografada falando da minha mediunidade e da minha relação com a espiritualidade e com os orixás (até sobre eles veio na carta, acredita? Aqui é meu lugar mesmo rsrsrsrs) eu recebi.
    Ao menos na nossa tradição aqui em Pernambuco, pra ser ogan ou ekedy, não pode rodar de nenhuma forma, seja com orixá, espírito, entidade…


  653. Pessoal, existe alguma possibilidade de uma pessoa ser feito Ogan e depois saber que é rodante??!!
    Caso exista, vocês poderiam me dizer, pq o Orixa dele não respondeu na hora da feitura dele?!
    Abçs,
    Adriana.


  654. Infelizmente (por falta de “olho” de alguns zeladores) e felizmente (pois quando há orixá, as coisas acontecem, a verdade surge) sim.
    A iniciação de um iyawô é bem mais complexa do que a obrigação de confirmação de um ogan, pois no caso de um yaô, há uma série de rituais próprios para o orixá responder que eu vou te dizer, visse… Só passando pra sentir rsrsr
    Já no caso de um ogan ou ekedy, como subentende-se que aquele orixá não responde e que isso foi visto e revisto pelo zelador, então os rituais são um pouco diferentes.
    E ainda há questão do próprio orixá, orixá sempre sabe o tempo correto pra tudo, até para mostrar que aquele filho tem orixá pra dá.
    Por isso que eu peço sempre muita benção a zeladores responsáveis e que têm “olhos”, pois acho que é muita responsabilidade, Adriana. E não é pra todo mundo.

    Axé

    Obrigada


  655. em Outubro 28, 2009 at 6:16 pm Fernando D'Osogiyan

    Daya,

    Concordo com você, porém o mundo dos Orixás é uma outra liturgia que, muito pelo contrário, começa sempre pelos ebós egun, não é mesmo? afastando-os, pois são negatividades terríveis. Foi isso que me referi, exús egun, pomba giras, etc, provocam obsessões e mechem com a cabeça fraca de alguns, a falta de liturgia muitas vezes, fazem pessoas a mestificar a tal entidade, até dizerem que são Tranca Rua, Molambo, etc. Pasagem não existe no candomblé seja a nação que for, somos feitos, iniciados,oborizados. Passagem só existe na umbanda eoutras ceitas afins, quando o pseudo médiun deixa tiriri, marabô, princezinha da praia, oxalá, pena branca, isso tudo numa seção apenas.

    Temos que repensar e considerar situações, casos e casos, entende-los e estudá-los. Que as verdadeiras entidades existem, todos sabemos que sim e que respeitam o Orixá.

    Orunmilá em um de seus itans nos diz que azeda é a fruta que não sabemos escolher.

    Já fui muito radical com essa questão, hoje em dia, procuro entender caso a caso e discutir com outros irmãos a questão que se apresentar.

    um beijo Doce saber.

    Fernando


  656. Fernando rsrrsrs,

    Quem sou eu pra discutir sobre isso, não é?! rsrsrsrsrrsrssr Mas mesmo assim estou aqui.

    Cada caso é um caso. E por isso, acho que há um limite entre a imaginação de uma cabeça fraca, a influência de obsessor na pessoa (mediún ou não) e rodar com catiço, falar e dar consulta.
    No primeiro caso não há a necessidade de ser “rodante”, mas no segundo… Eu vejo sim, ebós de eguns para afastar entidades, mas sempre vejo em quem é rodante e que trabalhava com entidades, mas será iniciado numa casa onde não há esse culto.

    Um caso é “ser influênciado” e outro é rodar com catiço.

    Usei o termo “passagem”, não especificando Umbanda, ou kardecismo, mas como uma maneira de nomear a nossa “sensibilidade”, entende?

    Eu falo porque as coisas correm dessa forma aqui, entende?


  657. Drika vou te contar a verdade, nós somos macumbeiros e fizemos uns orôs de prender leitores/irmãos, é isso rsrsrsrsrsrssr. Fique sempre a vontade e leia mesmo, ler é muito bom.
    Sobre digina, ela é originária do Angola mesmo. A questão da digina segue o raciocínio de que devemos dar o que recebemos, e isso tb vale no caso de zeladores que foram iniciados em Angola e migraram para o Ketu, mas tb há casos como o Opó Afonjá que tb dá digina e é Ketu. Então na verdade eu não sei o fundamento de dar digina no Ketu. Tomeje


  658. em Outubro 28, 2009 at 8:50 pm Fernando D'Osogiyan

    Ok Daya,

    Espero que tenha entendido o meu raciocínio, é que com esses anos todos de candomblé, e lá se vão 30 anos…tem coisas ainda que me surpreendo como o rapaz que disse que sua namorada é um travesti e se bolasse no santo quem iria fazer o ritual para levantá-la os homens ou as mulheres? Inusitadíssimo… Outras coisas que aprendi a aceitar e procurar uma forma de entender para poder ajudar.

    Certa vez, jogando para uma pessoa que queria fazer o santo, ela começou a se debater e gritar de forma absurda, quando se acalmou, disse para mãe dela: esterísmo tem cura, procure um psiquiatra para cuidar de sua filha, pois seu problema é psíquico e não de santo.

    Bjs, Doce


  659. Fernando,

    Claro que entendi sua linha de raciocínio, mais velho. Mesmo tendo minha opinião, considero suas colocações sim. Afinal é a sua vivência não é? E nós construimos nossas opiniões através de nossas vivências.

    Sua benção
    E foi ótimo discutir consigo hoje rsrsrsrsr

    Obrigada!
    Beijos


  660. em Outubro 28, 2009 at 11:56 pm Fernando D'Osogiyan

    Daya,

    Oxalá lhe abençoe e lembre-se que os acomodados na informação não aprendem candomblé, discutir é exercitar as opiniões e confrontar dúvidas, e você , Carolzinha e o velhinho Tomeje são ótimos.

    Bjs, Doce.

    Fernando


  661. em Outubro 29, 2009 at 12:09 am jaqueline de oxum

    olá, sou feita de santo a 21 anos, filha de oum. meu babalorixa faleceu e eu abandonei a religião por varios motivos a época. depois de muitos anos afastada, senti falta docandomblé e retornei. comecei a frequentar um nova casa, fiz a lavagemde cabeça para tirar mão de vume.(keto). e frequentando esta nova casa por um ano, conheci um filho de santo da casa, nós nos apaixonamos e resolvemos namorar, comunicamos o pai de santo da casa e pedimos permissão para namorar. ele aceitou. só que depois de alguns meses, ele viu que foi ficando sério e que nós dois estavamos morando juntos, ele pediu a meu marido, filho de santo raspado por ele, que eu não frequentasse mais a casa, só o meu marido.meu marido não aceitou e resolveu se afastar, meu marido diz que se eu nãoposso ir na roça com ele, então a roça não serve para ele tbm.fiquei muito magoada com esta situação, mas resolvemos procurar uma outra casa que aceite nós dois juntos. o que vc acha dessa situação?


  662. Bom dia, Jaqueline.
    Sua benção, mais velha.

    Existem axés onde o zelador, separadamente, cuida do casal como filhos, já existem axés que um fica sobre as mãos do zelador e o outro nas mãos da yakekere ou do babakekere, mas isso de aceitar o relacionamento e depois pedir pra você ser afastada…
    Achei estranho e muito nova essa situação e a posição desse zelador, prefiro não opinar. Também quero ouvir a opinião dos manos mais velhos. Vamos esperam por eles.

    Axé

    Obrigado


  663. Olá jaqueline de Oxum
    Olha só, cada um faz o que quer na sua casa, não posso julgar as intenções desse zelador nem as regras de cada casa.Mas o que vejo são famílias inteiras dentro de uma mesma casa de axé.Pessoas solteiras que entram na casa onde estou, sabem de antemão que lugar de yaô é num canto e de Ogã é do lado diametralmente oposto,recomendam essa distancia, a gente só troca bençãos.
    Então o mínimo que posso lhe dizer é que esse zelador ainda não tem definido o comportamento que ele quer que as pessoas adotem.
    axé


  664. em Outubro 29, 2009 at 2:56 pm William Ògún

    Boa Tarde!

    Primeiramente gostaria de parabenizar este site e as pessoas que estão respondendo as perguntas do publico. Vejo que as perguntas são iguais as que acontecem aqui em nosso ilé e em outros também, somente mudam de endereços. Acho tudo isso super interessante. Espero que continuem assim. Sempre que preciso de tirar algumas duvidas venho buscar nesse site.

    Grato e abraços a todos,

    William Ògún – Pai Pequeno


  665. em Outubro 29, 2009 at 3:01 pm Fernando D'Osogiyan

    Carol,

    Exú está sempre por perto, não é mesmo? todo cuidado é pouco, zelador tem que ter uma boa equipe dentro da casa para estar de olho em tudo e detectar possíveis problemas, inclusive de relacionamntos que na maioria das vezes não terminam bem. Casa de candomblé não é lugar para arrumar namorado, é lugar de função, (sei que o amor é lindo, blá, blá..) e digo isso também por que já presenciei , ouvi, conheço, etc, mulheres se apaixonarem, homens terem caso, amantes denro da própria casa, vocês estão me entendendo, vira bagunça, não pode abrir espaço.

    axé,


  666. Oi Fernando
    Concordo com vc!
    Até as amizades grudentas demais, um visitando o outro, meu pai desaconselha pois ele já viu muita gente que se amava e se adorava e depois um queria matar o outro. Aí não pode participar de certa coisas dentro da casa que envolvem assentamentos..Nesse ponto a rigidez é necessária.Mas não adianta vc abrir uma exceção e depois fechar as portas para a exceção como o caso exposto pela irmã aí em cima…
    axé


  667. Gostaria de saber se existe alguma interdição para um yao ter dois santos aborós ou duas iabás (eledá e juntó). Andei pesquisando e encontrei que em muitas casas só é aceito ter “um pai e uma mãe” para que se tenha um equilíbrio.Outra questão é se ori meji é considerado a pessoa que tem o mesmo santo como primeiro e segundo (oxum com oxum, xango com xango…), ou para ser ori meji uma pessoa deve ter a energia de dois santos diferentes no ori sendo que um deles toma a frente?


  668. Olá rod
    Não é uma interdição, pode acontecer,conheço pelo menos três pessoas que só tem Yabá no ori e estão vivas bem e vivendo suas vidas.Existe uma questão de equilíbrio mesmo mas se o juntó e o eledá é Yabá, Olorum que sabe porque fez isso…
    Ori meji é como vc diz, a pessoa tem duas Oxum uma de cada qualidade e uma passa a frente na feitura. Não pode ser de dois santos diferentes.
    axé


  669. Obrigado pelo esclarecimento, Carol. Minha dúvida surgiu da necessidade de entender melhor meu ori, pois sou de oxum opará com iansã, agora confirmado, pois até então pensava ser de oxum com ogum. Depois de correr sete casas com a autorização de minha zeladora, estou pronto para tomar minha obrigação de 7 anos. Me disseram até que essa combinação seria impossível pelo motivo que citei, duas iabás. Mas após muita confusão, iansã já passa em meu ori, e estou muito feliz com os meus orixás.


  670. Agradeço a vcs do blog pelo tato e carinho que tem para conosco. Axé


  671. OLá rod
    Que bom que pude ajudar!
    mas não entendi, como vc vai fazer obrigação de sete anos e não sabia qual era o seu orixá??


  672. em Outubro 29, 2009 at 8:49 pm jaqueline de oxum

    no inicio o pai de santo da casa aceitou, porque o meu marido era o queridinho dele e soltava muito din-din. mas quando conheci o meu marido na roça, meu marido ja queria se afastar, pois perdeu tudo o que tinha com o pai de santo.o pai de santo me pareceu que alem do interesse no dinheiro, tinha algum interesse nele tbm, pois não queria ver ele com mulher nenhuma. nós nos afastamos e talvez o pai de santo possa ter pensado que o filho dele se afastou da roça por minha causa. mas, oxala é tão misericordioso que ja estamo frequentando um outro ilê, onde nos aceitararm como casal e não pedem tanto dinheiro todo o mes. penso que se não somos feitos pela mesma mão e não somos do mesmo barco, não tem o porque do pai de santo não me querer na casa, achei tudo muito esquisito. e dizem até que tem certos fundamentos em que o casal pode estar na mesma casa como marido e mulher.


  673. Jaqueline se um casal frequenta a mesma casa é impossível que em alguns orôs dos demais filhos este casal não esteja junto na roça, mas vc está se referindo a orôs de outras pessoas, quando se trata de qualquer assunto ligado a um dos dois o ideal é que o outro não esteja presente. Tomeje


  674. em Outubro 29, 2009 at 9:10 pm jaqueline de oxum

    obrigada irmãos de axé, oimportante é que eu e meu marido estamos vivendo juntos pelo amor e pela fé nos orixas, ele feito para ossogyan e eu para oxum, estamos felizes e completos, em uma nova casa onde o pai e mãe de santo nos acolheram com muito amor , nos ensinando a ser um casal feliz e com muito respeito dentro do asé, sempre.orixa é fé, é amor.,dedicação, humildade e familia.orixa é pai e mãe, qual o pai e mãe que quer ver seu filho sofrendo e infeliz? asé para todos os meus irmão de fé.bjks.


  675. em Outubro 29, 2009 at 9:16 pm jaqueline de oxum

    nelson , vc tem toda a rasão no que diz, em minha obrigação o meu marido não se faz presente e vice versa, mas, isso é facil para se fazer, só penso que o babalorixa não deveria ter sido tão ciumento(essa foi a impressão que tive) .me expulsar da casa e dizer que só o meu marido poderia frequentar o ilê, acho que foi muito radical e constrangedor.axé.


  676. em Outubro 29, 2009 at 9:40 pm jaqueline de oxum

    boa noite irmãos de asé. alguem saberia me dizer o por emque em algumas casas de asé éproibido de dizer o orunkó, e em outras casas pode -se dizer urukó? dizem que se dissermos o urunkó, corremos o risco de alguem que não deva saber, mandar feitiço para o nosso orixá? será que isso procede? espero a resposta de um mais velho. axé


  677. Olá Nelson,

    Prazer em falar com vc ,entrei no site e vi como vc fala e orienta as pessoas sobre os orixás e suas atribuições.Bom tenho algumas dúvidas sobre o que seguir, porque algumas pessoas falam que sou da umbanda outras que eu sou do axé, já fiz o jogo dos búzios e a Ialorixá me disse que eu era filho de Iemanjá com Oxossi.Os orixás que rodam na umbabda são os mesmos que rodam no candomblé ? como saber qual religião eu devo seguir?Já fiz um ebó pra Exu e depois para os orixás Iemanjá, Oxossi,Obaluaê, Ogum e Oxalá devido a um problema que tive recentemente e me disseram que eu precisava fazer estas oferendas para que as coisas pudesem melhorare realmente melhorou.É assim mesmo Nelson que funciona quando os orixás estão cobrando algo dos seus filhos ? e se estes ebós já quer dizer que estou iniciado?Desde já agradeço.

    Cleriston


  678. em Outubro 30, 2009 at 2:54 pm Fernando D'Osogiyan

    Jaqueline,

    É conceito de axé apenas. No meu axé o orukó é dito ao público uma única vez, no dia do nome e depois só internamente quando se vai acordar o Orixá, é liturgico.

    Cremos nessa particularidade como forma mais respeitosa ao nosso Orixá, resguardá-lo, poi é o seu nome na árvore geneológica de seu axé e não uma digina que no Angola,antigamente, era uma referencia entre o Inkísse e o iniciado.

    Tem casas de ketu que não há este conceito, usam o nome do orixá como referencia, mais sempre desconfiei, pois tive oportunidade de observar outro orukó do Orixá no lugar daquele que era chamado por todos, ou seja, orukó do Orixá é um, da pessoa era outro.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  679. Cleriston aqui no blog tem textos que podem te ajudar a entender os conceitos de umbanda e de candomblé, são os textos da Manuela, clique na foto dela e vá pesquisando os textos com esse assunto. No post Ossaim tb tem uma discussão bem interessante sobre o assunto. Só a partir deste entendimento é que vc poderá decidir que caminho quer seguir. Sobre os Orixas, não, não são os mesmos, em umbanda há um entendimento diferente, apesar de terem os mesmos nomes, os Guias da umbanda não são considerados Orixas. Cleriston o conceito de ebó é o reequilíbrio das suas energias, ebó não é uma magia, ou a “força” de quem fez que possibilitou a melhoria de sau vida, foi simplesmente o reequilíbrio das suas próprias energias, portanto a pessoa que passou pelo ebó tem grande importancia neste processo de melhoria. Os Orixás podem te aconselhar que faça ou que não faça açgo, mas o caminho é seu, e isso serve para tb para sua decisão de ser ou não ser filho de santo, vc é que decide. Fazer ebó, obí e bori não te inicia na religião e nem te faz filho de santo de ninguém, vc só terá vinculo a partir do momento que for iniciado/raspado. Ser iniciado é outro assunto. E antes de ser iniciado o ideal é que a pessoa permaneça na roça pelo menos um ano como abiã (aquele que está aprendendo) que é primeiro degrau da iniciação, é neste período que a pessoa pode avaliar se deseja ou não ser filho daquela casa ou entrar para a religião, ser abiã tb não vincula a pessoa ao pai de santo e nem a casa e nem a religião. Tomeje


  680. Alguém saberia me informar o pq que no Ketu se cultua Igba Ori e na Angola não?

    Era de Angola e depois que minha zeladora faleceu, tirei vume com uma pessoa da Nação Ketu. E na casa dessa pessoa eles cultuam o Igba Ori, e ela informou que eu teria que também assentar o meu, só que para isso teria que fazer pelo menos um Bory.

    Ai eu pergunto mais uma vez: Precisa fazer um Boru para assentar um Igba Ori ou um Obi seria o suficiente?

    Essa história é meio que estranha para mim, pois tenho alguns anos de santo, em Angola, e sempre vive muito bem sem assentar o Igba Ori!!!

    Abraços,


  681. mutumba!!!
    pai queria que o senho pelo o nome de OLORUM
    jogasse para mim e dissese o meu orixa!pois muitos (so de olhar) dizem que sou de oxumare , logum ede , oxossi, e principalmente de oxum.minha mae diz que quando estava gravida de mim,minha vó fez muita macumba para eu e ela morre no parto ea preta velha dela vei nela amarrou uma fita vermelha na barriga ,horas antes de eu nascer ela foi ver a fita nao estava mais la. entao ela mim entregou a oxum!!!
    eu nasci GRAÇAS A DEUS E A MINHA QUERIDA OXUM.por favor confirma isso para mim!!! que olorum abençoe a todos vcs e que todos orixas continue iluminando o ori de vcs de inteligencia!!!

    meu nome completo:
    jose augusto nery paes, nasci as 12:30
    data de nascimento:
    19-05-1994


  682. Mais uma, alguém saberia me dizer o que significa: AZAUNIREDAN?
    Abçs,


  683. em Outubro 30, 2009 at 7:16 pm Fernando D'Osogiyan

    Adriana,

    No ketu quando se toma Borí, se arruma Igbá Orí, para assentar Orí, que é o Orixá pessoal de cada um. Cada nação tem a sua liturgia.

    Se fez ebó de vume, fica a critério de quem fez indicar um Obí ou Borí.

    Você vai estranhar muita coisa no ketu, talvez uma casa da nação Angola fosse mais recomendável pra tudo.

    Boa sorte.

    Fernando D’Osogiyan


  684. Olá Jose Augusto
    Busque uma casa de candomblé idônea para confirmar seu orixá, nós somos apenas irmãos preocupados em desmistificar e esclarecer sobre candomblé, não jogamos búzios, e além disso o jogo de búzios deve ser presencial.
    axé


  685. em Outubro 31, 2009 at 11:15 pm Cleriston farias queiroz

    Obrigado Nelson! realmente me esclareçeu as dúvidas que tinha .Um forte abraços e axé.


  686. passando para dar um alo como vão nelson carol eqp
    word press
    vc s estão cada dia melhores alias como vai pai fernando


  687. em Novembro 2, 2009 at 10:11 pm Fernando D'Osogiyan

    Adriana,

    Azauniredan – Essa palavra não existe ou pelo eu não conheço, então separando-as:

    Azauoni-edan…….Pode-ser:

    Qualidade de Omolú feiticeiro ou ligado a feitiçaria ou algo similar.

    axé,

    Fernando D’Osogiyan


  688. Oi pessoal,

    Se uma pessoa(uma trans operada)se sente bruxa pratica magia rudimentar e diz ser filha das Yiamin Ossoronga,(pessoa esta q nunca pisou num terreiro),aprende a fazer oferendas para elas e as chamam continuamente,elas se apresentam?e se se apresentassem elas obedeceriam ou acontentariam esta pessoa?elas perseguiriam alguèm por conta desta pessoa?(sei q n cabe curiosidade sobre as Yias,mas è q ouço coisas muito desconexas)e as brotoejas da duriosidade n me deixam em paz.

    Obrigada e muito axè para todos.


  689. Sosampi há pouco tempo, cerca de 02 anos eu soube de um transexual masculino que foi confirmada ekedji e outra transexual feminino confirmado ogã. Eu não tenho abasoluta certeza disso, mas creio que o caso da ekedji seja fato. A pessoa pode realizar as funções de ekedji sim, já que seu corpo se tornou feminino, ou melhor, se compatibilizou com sua personalidade que sempre foi feminina, assim como um rodante pode tocar em casos de necessidade, tudo bem. Mas daí a ser confirmada vai uma distancia, há que se ter a clareza de que a pessoa não pode ser ekedji pois fisiológicamente é (ou foi) homem. Entender a situação é uma coisa diferente de reinventar o que é preceito religioso. Falei disso para poder falar que, primeiro, com quem ela aprendeu estes segredos tão bem guardados, em apostilas? por que quem as cultua não daria essas informações a quem não é iniciado e não preenche todos os requisitos necessários, então já começo a duvidar do que esta pessoa chama de cultuá-las. O segundo ponto está na sua própria condição, esta pessoa é biológicamente homem e isso o impede terminantemente de lidar com este assunto. Não há filhas dessas senhoras, há culto somente. Sosampi esta pessoa está muito equivocada e lidando com energias que desconhece, o ideal é que ela procure alguma orientação séria e se volte para algo que esteja mais acessível. Tomeje.


  690. Ola Nelson,

    Esta pessoa jamais viu sequer um zelador de santo,masssssss costuma dizer q tem este dom de natureza,q ja nasceu assim,q è uma escolhid(o)a das Yas e por isso possui o poder delas,inclusive diz q os zeladores teem receio de falar e tratar com A Grande Mae por nao possuir esse dom natural e esta intimidade q ela possui e q traz de berço.

    Obrigada por tua atençao

    Sosampi.


  691. Sosampi, minha irmã…
    Tenho lido seus comentários e… Faço a mesma pergunta que o Fernando. Por onde você anda, minha irmã?? rsrsrsrsrsrs

    Entendo isso sim, todo canto tem essas “estrelas” que querem ser melhores que as outras pessoas. Aqui perto também tem um bocado e já ouvi também muita “água”. O que nos resta é procurar as pessoas de confiança e perguntar. rsrsrsrs

    Axé!


  692. Oi Dayane,

    Eu vivo na Italia e nao seria capaz nem teria bastante tempo para lhes contar o q por ak se ve em assuntos da nossa amada religiao.Eis porq sou imensamente grata ao trabalho de vcs.O pior è q ak se sai da panela para cair no fogo vivo nao na brasa rsrsrsrsrsrsrsrssrr.

    Beijos e muito AXE


  693. Sosampi é assombroso o que o ego faz, mas…… ela deve saber o que faz. Eu não me atreveria a fazer isso. É por conta de pessoas com esta que nossa religião chegou neste poço. Ninguem é auto suficiente, mesmo que tenha um dom (relatiiiiiiiiiiiiiiivo) é preciso o aprendizado, ele acha que é o que, Deus? Tomeje


  694. Sosampi e Velhinho,

    O que tenho escutado de “zelador” (tanto de candomblé, como de Umbanda) que sai do Brasil pra “trabalhar espirituamente” em outros países e volta cheio de dinheiro, masssss quando o enxergamos melhor, “é aquele yaô que saiu um dia desses e trabalha com pombagira tal!”…
    Eles saem daqui e dão juz àquele sábio ditado popular “Em terra de cego, quem tem um olho é rei”. Chegam dizendo que têm o que não têm, que fazem o que não fazem e saem enganando e construindo um ego fingido, e quando são vistas suas origens…
    São esses, meus irmãos. São esses que infelizmente tentam deixar a religião rente ao chão. É um absurdo!

    Axé!


  695. Motumba!!

    Adoro sempre acompanhar os comentarios das pessoas neste espaço, infelizmente nossa religião esta cada vez pior, pois muitas pessoas se aproveitam da falta de conhecimento dos necessitados para assustar, tirar proveito financeiro e moral.

    Hoje vejo que muitas casas cutuam pombagiras e exus que na verdade tem forte ligação com a umbanda e como ja disse o fernando tb não tenho nenhum preconceito( mas isto não é candomble), o jogo de buzios sem nenhum conhecimento ou fundamento , pessoas sendo raspadas por pessoas que nem tem no minimo 7 anos, pessoas que viram em exus e ameançam pessoas dizendo que vai tranca o caminho da pessoa se não realizar alguma oferenda.

    Por este motivo muitos deixam a nossa tão linda religião e se convertem para outras e depois falam mal da propria e inclusivem dão testemunho que agora estão mais felizes pois não estão mais sobre a influencia do mal.

    Infelizmente a nossa religião e totalmente oral e por este motivos muita coisa se perdeu com o tempo e com a grande força da religião catolica o sincletismo cresceu e cresce cada vez mais, hoje muitos vão no candomble de sexta e domingo assistir missa.

    Parabéns pelo espaço e que sempre vcs possam esclarecer as duvidas dos nossos irmãos.

    Asé!!


  696. Btosso seja bem vindo e participe mais vezes, desejamos formar uma grande de contribuição, divulgação e desmistificação de nossa religião, desde que é l[ógico mantendo dentro do limite do que pode ser dito. Grande axé. Tomeje


  697. Nelson obrigado pelas boas vindas e com certeza estarei participando, pois ainda acredito que um dia as coisa irão mudar, principalmente com a contribuição de pessoas como vcs.

    Grande asé para todos tb.

    Btosso


  698. Olá, boa noite…queria esclarecer uma dúvida..
    Costumo frequentar um barracão, o qual sou considerada “filha cliente”, vou as festas de vez em qd e só. Nunca coloquei roupa, nunca bolei…
    Uma vez cheguei neste barracão, e um erê falou comigo, o mesmo se aproximou e me tomou a bençao…
    uma amiga, q estava comigo(rodante), achou curioso, pq ele n falou com ela e sim comigo, posso ser considerada ekedi, ou não tem nada haver??
    Obrigada!!!!


  699. Oi Carol,

    Não te respondi antes pois não tinha visto sua pergunta.
    Eu sou feito de santo há 9 anos, de Oxum, porém pensava que meu juntó era Ogum. Meu primeiro zelador na minha obrigação de um ano, já tinha assentado o carrego de Oxum e de Ogum, porém algo de errado havia, sentia isso em meu coração. Fiquei no axé por mais um mês onde minha vida virou de pernas para o ar e me afastei da religião. Não entendia aquele sentimento, me sentia culpado, achava que eu tinha feito algo de errado, não conseguia ir até o axé, algo me segurava. Fiquei afastado da religião por quase 7 anos, me apegava a Oxum. Minha atual zeladora, cuida de mim com muito tato e cuidado. Foi ela quem me confortou, me disse que não devia me sentir culpado, pois foi o orixá quem quis assim, que eu me afastasse. Oxum, com o tempo me mostrou que ela tem razão. Fui feito de uma qualidade errada, o que foi “consertado” na minha obrigação de 3 anos. Até então só Oxum rodava, após esta obrigação Iansã passou a rodar tb. Foi quando ela me explicou que além da qualidade errada, o juntó tb estava errado. Que Ogum estava muito presente em minha vida, mas Iansã é quem responde em minha vida, junto com Oxum. Entrei em parafuso e fiquei pensando tudo o que eu sofri nos ultimos anos e realmente, tudo que ela me dizia me fazia sentido. Oxum não havia aceitado o que foi feito e me afastou do axé. Era a explicação mais plausível, pois nunca tive desafetos no axé. Sofri muito, mas Oxum nunca me abandonou e após a obrigação de 3 anos, para eu ter certeza, minha atual zeladora, me pediu que eu corresse as 7 cassas para jogo, o que eu fiz e tive a certeza do que ela me dizia. Sou de Oxum com juntó Iansa. Hj tenho essa ceteza, estou muito feliz me preparando para a obrigação de 7anos, que embora esteja atrasada, está vindo na hora certa, no meu momento de amadurecimento perante o orixá. Sei que tenho muitas dúvidas ainda, mas meu coração diz que é a hora certa, afinal foi Oxum quem me trouxe novamente para a religião e através de uma zeladora sem igual, mãe, amiga e companheira. HJ sei a qualidade de Oxum e de Iansã, mas digo aos mais novos:
    “Esperem o momento do orixá, ele te mostrará por qual caminho ele vêm. Se aprofundem e conheçam o seu orixá, eu sou prova viva que saber de qualidades antes do tempo pode causar um imenso problema. Não que eu quisesse, mas assim foi feito e de forma errada. Ninguém pode decidir isso pelo orixá, ele sabe o que é melhor para cada um de nós.”
    Hoje estou muito feliz, tenho minhas dúvidas e muitas são esclarecidas por vocês, a quem agradeço, mas a nossa religião é um eterno aprendizado…

    Muito axé a todos

    Rodrigo


  700. Olá rod
    Que bom que houve um desfecho positivo e vc voltou, Que Oxum lhe cubra sempre!
    Axé


  701. GOSTARIA DE ENTENDER MELHOR SOBRE KDA ORIXAS
    SE POSSIVEL ME RESPONDER PELO E-MAIL
    TENHO MUINTA CURIOSIDADE SOBRE TUDO SOBRE O CANDOMBLE …MAIS MINHA FAMILIA ME CRETICA QUANDO FALO SOBRE ISTO
    GOSTARIA QUE VC’S ME AJUDASSEM A INTENDER MELHOR ESTE MUNDO TÃO REPLETO DE CURIOSSIDADES…


  702. Nique não há esta categoria de pessas, vc é o que vc quer ser, ou filha ou cliente, não se deixe influenciar e siga com sua determinação. Sobre o erê, isso é normal, inclusive o tamar a benção pois tomam a benção de todos e não de alguém em especial. Isso não indica que vc é ekedji ou rodante, este assunto vc só saberá com o tempo e/ou com um bom jogo de búzios. Mas como seu desejo não é de entrar para a relgião, te sugiro que não procure saber disso, não fique procurando o que não quer achar, entende? Tomeje


  703. Mila a única coisa que podemos te falar é que leia, temos muito assunto aqui no blog sobre Orixas (candomblé ketu e efom), sobre Inkise (candomblé angola) e alguma coisa sobre vodum (candomblé jeje). Temos informação sobre diferenças entre umbanda e candomblé. e temos tb textos muito bons sobre vários assuntos, vc pode clicar nas fotos e ir pesquisando os assuntos que vc desejar ler, será muito interessante apra vc tenho certeza. Tomeje


  704. Eu gostaria de saber porque eu nacsi com esse dom especial ??
    porque q eu nao preciso fazer o santo ?somente um buri ….porque que eu tenho muitos sonhos ,trabalhando com todos os orixas….obrigada


  705. eu gostaria de saber oque que leva a um pai de santo cometer muitas coisas erradas fazendo com que as pessoas nao acriditar mais no espiritismo ??
    oque eu fico com odio danado desse tipo de pessoa se nos ganhamos esse dom nos ganhamos de graca nos temos q passar de graca e as vezes as pessoas nao entende isso e as vezes as pessoas leva do lado de dinheiro
    enganando as pessoas com falcas promecas fingindo que esta encorporando…obrigada


  706. OLá Elizabete
    Nada te obriga a seguir um caminho que vc não queira,temos nosso livre arbítrio para escolher nossa religião e nosso caminho,vc só precisa decidir o que quer fazer e seguir em frente.As razões que levam terceiros a agirem de forma a prejudicar a outras,vc não encontra esse tipo de pessoa só no candomblé, tem um em cada esquina. O problema todo é a afobação das pessoas que são levadas por promessas vazias a pagar por uma iniciação, que não é válida ou que é feita errada.Marmoteiros existem há milênios,resta a nós garimpar…
    axé


  707. Elizabete alguns de nós temos uma percepção mais aguçada ou temos de fato umas premonições, que muitos chamam de vários nomes, inclusive “dom”. Mas que na maioria das vezes são na verdade os nossos Orixás nos informmando de alguma coisa. O problema disso é que muitos usam este suposto “dom” para justificar assuntos e procedimentos equivocados, vou te citar alguns. O jogo de búzios nãoé nada além do que treino, destreza, estudo e aprendizado formal das caídas das conchas, mas muitos não tem este domínio ou técnica e se dizempossuidores de um dom para leitura do jogo e algumas vezes acertam e na maioria eram, porque só se baseiam no seu dom e esqueçem do estudo deste oráculo. Outros dão consulta com entidades e se baseiam no mesmo método do dom, e esquecemque a entidade é que deveria dar a consulta e se diz “virado” encorporado e sai por aí dizendo barbaridades, tudo por conta do “dom”.
    Não estou te dizendo que vc não tenha, nem que não seja bom ter um dom para determinada coisa, estou te falando que todo dom deve ser muito bem acompanhado por estudo e dedicação no aprendizado religioso e principalmente ser orientado por alguém que conhece a religião e possa te orientar de fato.
    Tudo isso pa ra te dizer que não é verdade que por vc ter qualquer dom, vc não precise ser iniciada, é um grande equívoco de quem te disse isso, vc terá que ser iniciada sim e aprender tudo da forma tradicional, na comunidade religiosa, cumprindo cada etapa do aprendizado. O candomblé é uma religião iniciática e iminentemente comunitária e por isso a transimissão dos conhecimentos se faz nas casas de axé aos iniciados.
    Não existe isso de fazer somente um bori, mesmo porque o bori tem outra função e não é de iniciar niguém, procure informação numa casa de tradição e com pessoas de confiança e conhecedoras da religião. Tomeje


  708. ola meus amigos,a bençao pra quem e de bençao.frequento uma casa que e quimbanda,queria saber se boiadeiro pode dar obrigaçao em filhos de santo.o pai de santo nao da so boiadeiro.exus da quimbanda ,ler faz conta e escreve.se alguem poder me responder agradeço.axe para todos


  709. em Novembro 9, 2009 at 12:09 am Anna de Iemanjá

    Colofé Tomeje.
    Obrigada,pelo esclarecimento anterior…
    Eu ja sabia q os cargos so deverao ser dados a egbomis.
    Me tire outra duvida se possivel.
    E se a casa for nova,tendo so yaos , abiãs e so 1 egbomi…
    se for o caso uma yao pode receber esse cargo com 3 anos?
    se o Vodun exigir?
    E o q a yalaxé faz exatamente?
    Mais uma vez obrigada!

    Ps:postei aki pois nao consegui postar no tòpico certo…


  710. Anna por ter uma interpretação muito ampla do que é axé, o termo yalaxé tb ganhou uma aplitude muito grande, que vai desde cuidar da roça (axé) a cuidar dos axés da roça (lugares sagrados) ou cuidar da comunidade. Então o correto é que o zelador defina os limites de atuação. Tomeje


  711. Obrigada Nelson!!!
    Tnho muitas dúvidas,este é um dos motivos q não sei se sigo a religião.
    No jogo, ele não me disse se eu era rodante ou não…disse q com o tempo eu saberei….
    Entaõ vou aguardar.
    beijos


  712. Ola henrique
    No sabemos como é o procedimento na quimbanda mas no candomblé,as obrigações são feitas pelo zelador ou pelo pai de santo na umbanda.
    axé


  713. Ola henrique
    Não sabemos como é o procedimento na quimbanda mas no candomblé,as obrigações são feitas pelo zelador ou pelo pai de santo e na umbanda tb.
    axé


  714. boa tarde irmãos de fé. aqui v ai uma duvida minha…
    sou uma yao, tenho somente dois anos de santo, me mudei de cidade e perdi o contato com o terreiro em que eu frequentava, por estes dias eu estava conversando com um amigo que frequenta um terreiro aqui em minha cidade, ele me disse que na obrigação de sete anos tem que se raspar novamente, eu disse a ele que não, mas… ele insiste em dizer que sim, somos do keto. será verdade que se tem que raspar novamente na obrigação de sete anos? mais uma duvida… quando fui feita, minha ya (ja falecida) me deu um cargo de ya efun, lembro como se fosse hoje, ela me dizendo dentro do roncó,” minha filha, vc vai ser uma ya efun”, gostaria de saber se o cargo a gente leva para sempre, ou se seria ya efun sómente na casa dela?ou seja, nosso orixa no momento do nascimento(na feitura) recebe o cargo, ou seria só se fosse dentro do terreiro em que fui raspada? por favor, algum irmão pode me responder? fico muito agradecida por uma resposta, obrigada
    axé a todos nós.


  715. OLá clara
    Na obrigação de sete anos no ketu não se raspa,em angola sim a depender da raíz,mas ketu tradicional não.Quanto a esse cargo , não conheço, vc pode dar uma lida no post Cargos no candomblé 1 e 2, aqui no blog. Mas creio que cargos são dados de acordo com terreiro,porque os cargos dados a egbomins vai depender da confiança que o zelador tem na pessoa.No caso de ekedis e ogãs é diferente pois eles não são rodantes é algo fixo isso,mas yaôs que alcançam a maioridade recebem o cargo a depender da relação que tem com seu zelador(a).Então creio que o cargo seria dentro da casa onde vc foi raspada.Mas isso pode variar pode ser que esteja no seu destino,seria necessário uma consulta aos búzios para ver essa coisa mais de perto
    axé


  716. obrigada carol, por sua resposta, sempre atenta em nossas duvidas… tenha uma boa tarde e muito axé a todos nós. bjks


  717. Carol este cargo é dado a pessoa responsável pela pintura corporal “as pintinhas” dos iniciados (mãe do branco). Mas Clara, me estranha uma Yá dar um cargo a quem está sendo iniciado, não é normal. No ketu, há uma diferença entre vc ser apontado para um cargo e vc confirmar este cargo, que é uma cerimonia dividida entre a parte interna e a saída pública, onde toda a comunidade vê que a pessoa realmente confirmou seu cargo ( não confundir esta confirmação de cargo com confirmação de ekdji e ogã, são coisas diferentes) por isso meu estranhamento, pois se vc estava sendo iniciada, não haveria possibilidade de confirmar o cargo junto, e como há este entendimento de cargo apontado não é cargo de fato, eu acho sempre estranho isso de indicar a um cargo quem ainda não é egbomi, sempre acho que é mais seguro aguardar o momento apropriado. Sobre a questão de outra casa. Desde que vc possa “provar” que de fato confirmou o cargo na casas refirida, este cargo será da pessoa eternamente,independente da casa onde ela estiver. Mas em casos de necessidade ela tb pode acumular cargos, desde que confirmados tb.
    Quanto a raspar, o que vejo hoje é que há um troca troca tão grande entre filhos que gerou eraadamente a idéia de que aos sete anos a pessoa deve raspar novamente, para ter o axé daquela casa, é o que eu vejo aqui. Por que como disse a Carol, no ketu não raspa novamente. Tomeje


  718. ola gostaria que mostrace um pouco sobre lendas de orixas
    bjs!!!!!!!!!!!!!!! marizinha


  719. Olá, Marizinha.
    Na barra lateral do blog, em “Categorias” tem um atalho para as lendas. É só clicar e ir procurando, certo? E também há um livro muito bom sobre lendas, de Reginal Prandi: Mitologia dos Orixás. Ele é ótimo!

    Axé!


  720. Bábá Fernando a nossa dijina pode ter relação com o nosso eledá e junto?Isso é possivel.Obrigada.Motumbaxé.


  721. em Novembro 14, 2009 at 8:05 pm Fernando D'Osogiyan

    Oi Isa,

    dijína é termo do Angola, tem haver com um novo batismo que está ligado ao seu Inkísse.

    No ketu é orukó (nome) que o Orixá dá no dia da saída de ronkó e está ligado estritamente ao seu Orixá, por exemplo:

    Se for de Ogun, começará por Ogun….
    Se for de Odé, começará por Odé…
    Se for de Oxun, começará por Iyá Odo…ou omin…
    se for Yemojá, começará por Iyá Omim…ou omin…

    Muitas vezes o Orixá trás o seu nome e/ou parte dele, noutras vezes o próprio zelador dá o nome, outras se ve no jogo, etc…vai da liturgia de cada axé.

    axé,


  722. Boa noite Bàbá Fernando,Motumbaxé.Uma curiosidade minha.Qual seria a cor que é consagrada a Ajé Xalugá e qual é o seu otá(Ex:de yemanjá é o cristal.Desde já acradeçosua resposta.


  723. em Novembro 16, 2009 at 1:34 am Fernando D'Osogiyan

    Oi isa,

    Eu não sei ao certo, para alguns é a cor prata ou seja um branco niquelado, para outros ele usa a de Oxalá intercalada com búzios. Seu otá é a areia do mar, aliás, ali tem milhões de otás minúsculos.

    Mutumbá, mutumbaxé


  724. Boa Noite,

    Baba Fernando,

    Ainda falando sobre Ajê Xaluga, sei que é um orixá que não incorpora, mas é difícil este orixá ser apontado (responder) em um jogo de búzios? Sei que é o orixa que traz a riqueza, mas qualquer pessoa com condições poderia assentá-lo ou existe alguma indicação, caminho onde este pede para ser assentado por determinado filho de santo?
    Ainda em tempo, parabenizo ao sr. e aos outros autores pela sua inclusão oficial no blog como colaborador, sei que é mera formalidade, pois o sr. como todos os outros sempre esteve pronto a responder nossas questões, mas para nós, curiosos de plantão, é bom ter uma foto, fica mais familiar. Muito axé. Sua benção.

    Rodrigo


  725. em Novembro 16, 2009 at 1:49 pm Fernando D'Osogiyan

    Olá Rod,

    obrigado por suas palavras.

    Qualquer pessoa iniciada pode te-lo assentado, mas, observe, não pode haver interesse encima desse encantado Orixá! Eu o tenho arrumado por amor, não por interesse, achando e pensando em riquezas, etc, etc…não é por aí, para tudo tem liturgia.

    Aje Xalugá responde sim no jogo, esse Orixá se aproxima muito das pessoas de Oxalá, Yemanjá e Oxun, não é regra, apenas constatação.

    Grande abraço,

    Fernando


  726. Baba Fernando,

    Obrigado pela resposta. Sou de Oxum e tenho muita curiosidade sobre este orixá, andei lendo algumas lendas e me interessei muito principalmente por ser um orixá “encantado”. Gosto de procurar informações sobre todos os orixás, principalmente os que não se vê a todo momento (Ewá, Iroko…).Posso dizer que não é por interesse e sim, por questão de conhecimento e maior aprendizado da religião (até pouco tempo nem sabia que este lindo orixá existia). Quem sabe um dia poderei ter um assentamento de Ajê Xaluga, pois para mim isso é se aprofundar na religião, buscar raízes (em lugares certos é claro). Creio que o maior interesse para com os orixás é o amor que se pode dar e receber. O resto é consequência dos nossos atos, de quem somos perante ao orixá.
    Se o sr. tiver lendas ou mais informações que possam ser disponibilizadas no site, eu agradeceria.
    Mutumbá
    Rodrigo D’Osun


  727. Boa tarde a todos,

    Manuela,
    Agradeço novamente pelo carinho de todos vocês. Estou indo agora ao cinema assistir ao filme “Besouro”, aproveitar o meu prêmio que acabou de chegar (kit com camiseta, livro, par de ingressos…). Muito obrigado, depois conto como foi (claro que não vou contar o filme, rsrsrs, para isso meus irmãos, vocês terão que ir até o cinema…).

    Axé
    Rodrigo D’Osun


  728. em Novembro 16, 2009 at 5:18 pm Fernando D'Osogiyan

    Rod,

    “Rodrigo D’Osun” assim fica melhor, percebo que existe verdade nas suas palavras, em sendo de Oxun, meio caminho andado. Havia um sincretismo com Santo Onofre de que tinha que ser roubado, mais isso é lenda urbana, bobagem.

    Axé e bom filme.


  729. na feitura em angola o iba fica no colo do yao e eje por todo corpo, no ketu bate o bossé e o yao não toma banho de eje, é realmte isto ou estou enganado?


  730. Olá Jorge
    Creio que esses são detalhes que não devam ser divulgados, cada um que passa por uma feitura sabe como é o processo, muitos falam horrores, para amedrontar, para fazer com que terceiros tenham medo de se iniciar. Se alguém te informou isso, e era um iniciado tenha certeza de que é alguém que não merece nossa religião, pois não faz sentido algum revelar detalhes com esse tom macabro e ainda por cima generalizar dizendo que em toda a nação a coisa acontece assim.
    Desculpe-me mas não me sinto no direito de lhe dizer se isso é certo ou errado ou se acontece.
    axé


  731. Oi tudo bem eu Ildson gostaria de saber qual é o meu orixá
    por favo pade me mandar no meu email
    Ildson richardson souza
    29/09/1989 21:19


  732. ola pai ….quria saber qual eo meu santo por favor


  733. Olá Ildson
    Para conhecer seu orixá busque um jogo de búzios numa casa idônea, e faça um jogo presencial, não acredite em cálculos com data de nascimento, intuição de terceiros,nem joque ela internet.O jogo tem que ser presencial.
    axé


  734. Olá alexandre
    A resposta que dei a Ildson serve para vc tb!
    Axé


  735. Olá
    Primeiramente, parabéns pelas informações, histórias e principalmente pela maneira como os moderadores fazem os esclarecimentos nesse blog.

    Segundo meu zelador, em meu momento presente, se atravessando uma guerra de orixás por minha cabeça (palavras dele), iniciamos um processo para ter a definição de quem irá cuidar de mim, mas o jogo que ele abriu não se falou muito do futuro e nem das minhas questões que me causam preocupações e que foram os motivos que me levou ate ele.

    Tb. Tenho receio em perguntar há ele, talvez pelo receio, respeito…rsrs

    Não sei se esse é o canal correto para esse tipo de pergunta, mas o que faço para diminuir a minha ansiedade, principalmente pelas minhas preocupações e também pelo meu futuro, e como faço para me concentrar para sentir essa força desse orixá perto de mim, alguma oração, ou ritual?

    Abraços


  736. em Novembro 19, 2009 at 8:31 pm João Bosco da Silva

    Prezados(as)!
    Sou iniciado no Camdomblé Nação Ketu. Nõa tenho uma pergunta em especial a vocês, apenas quero parabeliza-los pela exelencia em suas respostas. Que nossos Orisás continue a iliminar a mentes de todos(as) vocês.
    Abraços
    Mojubá


  737. Olá Ivan
    Eu aconselho que vc busque seu zelador e converse com ele,ele antes de ser zelador é ser humano, já foi abiã como vc e sabe que todos tem uma vida fora da casa de axé que tb deve ser cuidada.Fale das suas preocupações,pode parecer pequeno diante da grandeza do que é o orixá, mas se isso te incomoda, vc precisa falar.
    Se vc vai se iniciar nessa casa é preciso que desde o início haja uma relação de confiança com seu zelador.Se houver algo que possa feito ele lhe indicará.
    axé


  738. em Novembro 20, 2009 at 1:05 pm Cristina Nicolas

    Motumba !!!!!!!!!!!!!!!

    Adorei o site; estou aprendendo muito e gostaria de parabeniza-los por isso .


  739. João Bosco da Silva e Cristina Nicolas, boa noite!

    Muito obrigada pelas palavras e por ter aberto um comentário para nos parabenizar. Por favor, sintam-se a vontade, a casa é nossa!

    Muito obrigada, meus irmãos!!

    Axé!


  740. em Novembro 21, 2009 at 8:50 pm ELOIR MACHADO PACIFICO

    Boa noite!
    Poxa, como é bom ver que temos irmãos com essa vontade de ajudar as pessoas com informações claras e significativas.
    É essa a primeira vez que visito esse site e, estou já a mais de duas horas lendo os questionamentos e as orientações prestadas. Fico muito feliz em saber que, a alguma dúvida, temos com quem contar.
    Parabéns a voces e continuem com essa disposição e presteza.
    Que nosso Pai Oxalá cubram-os com seu manto sagrado e ilumine-os em todos os momentos.
    Abraços iluminados e muito Axé!


  741. Motumbaxé Bàbá Fernando,sei que os sonhos são o nosso inconciênte,mas está noite tive um sonho esquesito,sonhei com uma cobra grande enrolada em um búfalo no portão de entrada:Qual o significado se é que tem alguma coisa relacionada com orixá ou não?Desde já agradeço a sua resposta.


  742. Eloir Machado Pacifico, boa noite e que bom tê-lo aqui e que bom que gostou do nosso espaço.

    Seja bem vindo para ler e falar também! O blog tem bastante material. Disponha!

    Axé!


  743. Boa tarde! meu nome é Eliene e nunca tive contato com o candomblé, salvo o dia em que fui com uma amiga a casa de uma senhora que ia jogar os búzios para ela, isso há mais ou menos uns 15 anos atrás. Aproveito esse espaço para saber a respeito de sonhos que tenho tido, dos tipos de ir a uma exposição da cultura afro e lá chegando ver os orixás; e tive pela primeira vez a beira da praia e não conseguia parar de cantar mentalmente uma música que fala de Yemanjá… me arrepiava toda ao cantar, fiz a ela um pedido e uma onda maior veio pra cima de mim.. só de mim.. havia outras pessoas por perto.. mas veio só em cima de mim.. e lá se foram meus óculos de sol, onde estava não era distante da praia.. e desde então não paro de sonhar com os orixás… e verdade que não lembro dos detalhes.. mas sei que sonhei com eles. bom minha pergunta é: como saber o meu orixá.. e saber o que está se passando comigo.
    Desde já agradeço.
    Eliene


  744. ola meus parabens pelo blog que vem para nos mostrar a riqueza da nossa religiaõ são pessoas serias que preserva a conduta da nossa religião um forte. abraço


  745. ola, eu sou mas um novo adébto do candomble,mas digo-le com sertesa que conhesso muinto pouco da nação efãn,e queria uma orientação sobre o meu orixa,porque muda muinta coisa da umbanda,sou de sango.la e aqui tambem isso não vai mudar nunca,eu só queria saber se esta mudança é de fato muinto,não digo radical mas assusta muinto. queria saber como funciona isso,o orixa passa a se chamar de outra forma,por exemplo agodo pra barú esta corréto isso.
    tenha uma otima tarde: motumba xé


  746. Eliene não deciframos sonhos, discutimos e tentamos ajudar no que sabemos sobre a religião, mas sonho não é nosso foco pois é muito pessoal e passível de diversas interpretações e pode ser influenciado por diversos motivos. Para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informações sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé. Tomeje do Ogum


  747. Olá didil2d
    Na umbanda não existem qualidades de orixá,no candomblé sim. Logo vc não poderia ter Agodo ou Barú na umbanda, vc tem Xangô apenas.No candomblé essa questão é mais apurada por isso que temos as qualidades;espero ter ajudado
    axé


  748. em Novembro 25, 2009 at 2:17 pm fabio alessandro valencio

    gostaria de ter muita proteção pois sou muito invejado,e não consigo nada peço proteção para arrumar trabalho abrcs


  749. em Novembro 25, 2009 at 2:19 pm fabio alessandro valencio

    nasci 190277 gostaria de saber qual e o meu santo.


  750. Senhores(as) Boa Tarde,

    Alguém conhece algum terreiro de candomblé ou magia negra, que seja serio aqui em São Paulo

    Att,

    Sandro


  751. OLA BOA NOITE A TDS GOSTARIA DE PARABENIZAR PELO BLOG,GOSTIA DE SABER SE OXALÁ TEM ALGUM FUNDAMENTO COM OXOSSI OU VICE VERSA,POIS EU SOU DE OXALÁ E NAUM TENHO MUITA AFINIDADE COM ESSE ORIXA GOSTARIA DE SABER O PORQUÊ?.
    POIS A POUCO TEMPO MINHA YALORIXA JOGOU PARA MIM E APARECEU UM OXOSSI DE UM AVÔ MEU QUE FALECEU A MUITO TEMPO QUERENDO QUE EU CUIDE ..MAIS RECUSEI POIS TANTAS PESSOAS DA FAMILIA SO CAIU PRA MIM ESSA RESPONSABILIDADE ,POIS JA TENHO A MINHA …EMFIM TOW FICANDO DOENTE CONSTANTEMENTE ,INCHAÇO DOR DE CABEÇA,TONTURA SERA QUE ISSO TEM ALGUMA LIGAÇÃO PRA ISSO ..ME AJUDE E DIGA ME O Q FAZER..AXÉ


  752. DESCULPA A AFINIDADE NA QUAL EU FALO E OXOSSI..


  753. Olá Jo Santana
    Não me parece que o seu caso seja uma questão de os dois Orixás terem fundamento um com o outro, ou não. No seu caso, tudo indica que esse Oxóssi será de família, e então, em cada geração, pelo menos uma pessoa terá de cuidar. Por alguma razão “sobrou” para você, e creio que não deve recusar assim tão frontalmente essa incumbência. Tente antes saber um pouco mais sobre o que é necessário fazer, fale com a sua Mãe de Santo. Esse é um Orixã lindo, que traz prosperidade e fartura… de tudo! :)
    Não sei se as suas queixas têm algo a ver com alguma cobrança/sinal que Oxóssi possa lhe estar dando, mas você deve averiguar isso muito bem.
    Axé!

    Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa religião.


  754. oi nelson sou crente mas fui num centro e gostei das danças
    muito legal e vou virar espirita e sempre q me lembro em xango e me arrepio e gosto dele isso q dizer q eu sou filho de xango


  755. oi nelson nao tenho religiao mas fui num centro e gostei das danças
    muito legal e vou virar espirita e sempre q me lembro em xango e me arrepio e gosto dele isso q dizer q eu sou filho de xango


  756. AGRADECIDO PELO COMENTARIO VOU PROCURAR SIM REVER ESSA SITUAÇÂO AXÉ.


  757. em Novembro 29, 2009 at 5:35 pm aline pereira da silva

    olá sou de aries do dia 15 de abril nasci em amereicana as 08:10hs da manha e gostaria muito de saber qual meu santo .ou quais,por favor.


  758. Aline Silva para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informações sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé.

    http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  759. AXE PARA TODOS,PREZADOS AMIGOS GOSTARIA DE UMA INFORMAÇAO.
    EU NAO SOU FEITO NO SANTO,POIS SOU FILHO DE XANGO ,JA RECEBO MAIS OU MENOS A 7 ANOS,COMO TAMBEM O EXU MARABO.
    ESTOU RECEBENDO EM POUCO TEMPO O BARA,PRETENDO FAZER SANTO O ANO QUE VEM ,SERA QUE NESTE CASO ,PODEREI FAZER O BARA, OU NAO TEM NENHUMA LIGAÇAO COM XANGO.
    SEI QUE DEVO FAZER NO MINIMO 3 JOGOS,PARA CONFIRMAÇAO,MAIS GOSTARIA SOMENTE DE SABER SE TEM OU NAO ALGUMA LIGAÇAO COM O BARA .
    SE POSSIVEL PASSAR UM TELEFONE PARA CONTATO,E RESPONDER A MINHA SOLICITAÇAO
    NO AGUARDO,
    BEBEBTO-VALEU???????????????AXE ,AXE


  760. Bebeto vc é filho de Xangô então vc só poderá ser feito de Xangô. Outra coisa é que no ketu, não há incorporação de bara.

    “http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  761. mucuiu, mutumba e colonfé, boa tarde eqpe wordpress
    preciso de ajuda . Tenho uma amiga q acabou de abrir casa , esta amiga se encontra com uma duvida …
    ELA TRATA DE 2 ABIANS DE OGUN XOROQUE , ´so q ela me perguntou ,se tem como ela fazer os dois na casa dela , tendo envista q ,ela fara 1,e uma amiga zeladora ,fara ooutro.
    Eu falei a verdade, não sei , porém me comprometi em correr atraz da folha para ela .
    esta senhora e de uma casa de ketu, e eu de angola , só q ela não ve seu zeldor a alguns anos .
    se puderem me ajudar serei grato leonardo tata kivanda


  762. um detalhe … os dois ficaram na casa dela .
    gostaria de saber também , se fosse oia balé ou
    dan oxumare,como se procede? faz só de 7 em 7,
    ou outro zelador pode fazelos na mesma casa


  763. duas duvidas? só podera receber cargo de ia efún, pessoa egbome de oxala , ou pode ser de qualquer santo,,´e se a pessoa for filha de exu no ketu ela não vira com seu orixa ???


  764. Leo há sim um entendimento de que alguns Orixás só se faz de tantos em tantos anos, mas que eu saiba são Nanã e Iroko e Ossaim, mas isso é muito mais pela dificuldade e raridade destes Orixás do que de fato um impedimento e no caso de Ogum isso não existe, independente de qualidade é Ogum e devem ser feitos pela mesma mão, não ha motivo para dar um para outra pessoa. Sobre ser Xoroque, leia os posts ligados a Ogum e vc vai ver uma discussão bem interessante sobre Xoroque, que em algumas casas não é aceito como Ogum, em outras é um Exú e em outras casas principalmente nas de Ketu Xoroque não é reconhecido como qualidade de Ogum. Na maioria das vezes quando se joga para confirmar a qualidade na feitura aparece outro Ogum.

    “http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  765. em Dezembro 4, 2009 at 1:43 pm ANIBAL WERNECK DE FREITAS

    Em relação ao deus judaico-cristão sou completamente ateu, não tenho nada contra o cristianismo e nem o judaísmo, eu respeito a crença dos meus semelhantes, o problema é que eu, também, não gosto de religião que fica me cerceando o tempo todo me dizendo o que devo fazer e o que não devo, desde que eu respeite o próximo eu sou livre pra fazer o que quero, já fui seminarista e sei o que é isso.
    Sou formado em História, estudei a maioria das religiões e confesso que o Budismo foi a que mais me chamou a atenção, é uma religião, uma filosofia de vida que não tem um deus único todo poderoso e que não lhe pede nada, mas tem um porém: para atingir o nirvana, você precisa se apartar das coisas mundanas para atingir o nirvana, pra mim isto não está correto, é ser ingrato com a natureza que vem se aprimorando há bilhões de anos atrás para dar ao homem condições melhores de viver – é verdade que ultimamente temos sido agressivos a ela – mas, mesmo assim ela está aí firme – até quando eu não sei, depende de nós.
    Deste modo, cheguei à conclusão de que o candomblé é a única que bate com que entendo de religião humana, tolerante, exalta a natureza, o ser humano é valorizado, enfim, nos leva realmente ao que somos: seres que merecem respeito. Outra coisa interessante é que os deuses do candomblé se manifestam constantemente através das forças da natureza, o vento por exemplo é provocado pelo deslocamento do ar, mas qual é a força que está por atrás disso? Iansã, Iansã é o nome desta força, existem “n” forças no universo e todas têm seu nome, esta é a razão pela qual me sinto mais a vontade, não há choque dentro do que eu penso ser racional, o candomblé me passa esta racionalidade, só não vê quem não quer, eu vejo no candomblé uma religião humana, democrática, seus deuses e deusas têm virtudes e defeitos como nós porque nos espelhamos neles, não me importo como eles são pintados pela nossa imaginação, o que me importa é que eles fazem parte do mistério que envolve a origem de tudo, as forças inteligentes que regem o mundo.
    O candomblé respeita o mundo em que vivemos e isto é tudo.
    *Não sou dono da verdade, escrevo o que sinto, somos livres pensadores, por isso mesmo aceito críticas, isto faz parte do processo.


  766. Leo este cargo sempre é dado a quem é de Oxalá, pois o efum (pó branco) é de Oxala, então convencionou-se que os filhos de Oxalá é que podem fazer uso dele nesta cerimonia. Sobre o Exú, nas casas que seguem a linha tradicional de ketu, os filhos de Exú geralemnte são feitos de Ogum.

    “http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  767. muito obrigado Nelson, se possível gostaria de saber um pouco mas sobre ajê xaluga e outros orixas encantados


  768. Oi, estou iniciando agora no candomblé e queria tirar uma dúvidas: a alguns dias eu recebi minha pomba gira , bem foi o que disseram, mais eu ainda estava escutando, vendo as pessoas!
    Então como não sei direito pois só faz 3 vezes que fui fiquei com receio de não ter recebido de eles pensarem que eu tava enganando eles o algo assim!
    Então isso é normal ou só estava sentindo irradiação?

    Obrigada pelo espaço, ,,,,,,,,,
    e gostaria muito de uma resposta.


  769. gostaria de aprender as rezas em yoruba de todos os orixas.
    Por favor se puderem me ajudar ficarei muito agradecido.

    Atenciosamente,
    Wesley Mendes


  770. em Dezembro 5, 2009 at 7:07 pm Fernando D'Osogiyan

    Marta,

    No candomblé Ketu/Nagô cultuamos os Orixás.

    Pomba giras, exús, pretos velho são entidades da Umbanda. O poder dessas entidades tem limites pois são eguns, já desencarnaram. Esse tipo de vibração com o desenvolvimento certo, é se faz nas boas casas de Umbada. O mediun vai se desenvolvendo nas sessões até atingir com segurança a estrutura física de seu filho, leva muito, muito tempo. Antigamente era assim nas casas de Umbanda.

    Procure se informar melhor sobre esse lugar para não sair ainda taxada de falsa incorporação, etc.

    Axé,


  771. Obrigado Fernando!
    muito Axé


  772. Nelson e Manuela,
    Cai no blog como 1a opção do google, e quero dizer que estou muito contente com o resultado da minha pesquisa.
    Fiquei tão impressionado, que comecei a ler desde as 1as mensagens desta página (julho de 2008 – Pág. Orixás).
    Já estou em janeiro de 2009, e com certeza estarei em breve acompanhando os post diários para entender melhor a cada dia.
    Quero começar a fazer algumas perguntas a vc´s; mas sei o quanto é “complicado” ficar dando as mesmas informações por várias vezes.
    Sou de Almas de Angola, e tenho claro que grande parte do ritual é diferente do Camdonblé. Mas acredito que vc´s podem me ajudar a clarear algumas dúvidas.
    Um forte abraço, com Fé e Força.


  773. Wesley, aqui no blog temos algumas rezas dos orixás. É só digitar “rezas” ou “adurás” nas caixa de texto lá em cima, mas te aviso logo que as rezas são muito particulares em cada casa. Cada casa tem uma, um jeito de rezar…

    O mais viável é você aprender na sua casa de Axé.

    Axé!


  774. Vita ficamos felizes por ter te ajudado, fique a vontade apra por seus comentários que dentro da medida do possível serão sempre respondidos.

    http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  775. oi!
    Eu de novo, muito proveitoso o q eu li, claro! ñ todos ainda!Mas queria uma opinião, na verdade uma pesquisa de estudo meu mesmo, as diferenças e igualdades das religiões, um conceito de vcs sobre o Omolocô, claro q sei q vcs ñ vão degredir ou diminuir nenhuma religião, mas algumas palavras a respeito das práticas do Candoblé, da Umbanda do Omolocô e da Kibanda, pois p/ os leigos são tudo a mesma coisa, só mudam de nome, o Omolocô suas práticas são parecidada a do Candoblé , mas ñ é Candoblé. Então vcs podem me ajuda de alguma forma?
    beijão p/ vcs e obrigada


  776. Pai Fernando, li a resposta que o Sr deu a Marta onde diz que Pomba gira para se desenvolver corretamente, só numa boa casa de umbanda. Isto quer dizer que nas casas de culto Keto/Nagô que cultuam Exús, estes, não atingem com segurança a estrutura fisica de seus filhos ?

    Mutumbá


  777. em Dezembro 7, 2009 at 9:35 pm Fernando D'Osogiyan

    Ekedi,

    Como você disse, as casas Ketu/Nagô que cultuam Exús e até caboclo, atingem esse estágio, quando, principalmente, há um entendimento do que somos e por que damos satisfação a eles.

    Mutumbá,


  778. Entendi que não é preciso procurar uma casa de umbanda para o desenvolvimento destas entidades , desde que a casa de candomblé saiba o porque e o que está fazendo, senão vira umbandomblé,rsrsrsrs…

    Bjs


  779. Ana d’Oxum no post Ossaim tem uma informaçãomuito boa sobre Omoloko, começe sua pesquisa por este post. Sobre Kimbanda na verdade o termo kimbanda é de Angola e é a designação do curandeiro da tribo o kimbanda. Aqui temos um segmento da umbanda que adotou este nome para diferenciar a umbanda que se intitulava “branca” de uma outra que adotava práticas que inclui o culto a entidades como exú, acho que pra começar é isso. rsrsrsrs
    Vc já visitou nosso post sobre o flash mob, mobilização social do blog? Tomeje


  780. Olá
    Como faço pra saber por qual orixá sou regida?
    Sou filha de quem??


  781. ola estou escrevendo para dizer que adorei esses desenhos pela expresao e por ter todos gostei muito parabens para o altor desses desenhus


  782. Nise, boa noite.
    O jeito e você ir a uma consulta ao jogo de búzios com um zelador idôneo. Essa é a única forma eficiente e clara de se obter essa informação dentro do Candomblé.

    Axé!


  783. BOA NOITE NELSON!

    MUITO OBRIGADA PELA RESPOSTA. QUANTO AO JOGO DE BÚZIOS VC PODE ME INDICAR UM AQUI EM BELO HORIZONTE? E POR FAVOR ME DÊ MAIS INFORMAÇÕES SOBRE OS BÚZIOS E COMO DEVO-ME PORTAR .. ENFIM NÃO SEI NADA SOBRE O CANDOMBLÉ, APESAR DE SER ESPÍRITA KARDECISTA DESDE 1996, NUNCA FREQUENTEI CANDOMBLÉ, MAS NO KARDECISMO APRENDEMOS A RESPEITAR AS DEMAIS RELIGIÕES.
    MUITA PAZ PRA VC
    ABRAÇOS ELIENE


  784. Porque não obtive resposta, o que fiz de errado? Desculpem-me mas é nesse espaço mesmo que eu digito meus comentários? Estou ansiosa, por favor.


  785. Muito obrigada por disponibilizar informações tão importantes.
    Sou estudante, aprendí muito com elas e as citei em um seminário que vou apresentar essa semana.
    Muito obrigada mesmo, por tornar um pouco mais fácil o acesso da população a este rico conteúdo tão mistificado e contra o qual há tanto preconceito ainda hoje.


  786. Elian, primeiro devo te perguntar se se vc frequentava regularmente a roça ou só ia de tempos em tempos apra dar obrigações. Isso porque é impossível que alguém com sua idade de santo não saiba a qualidade de seus Orixás, e mesmo que isso aconteça, como é o seu caso, a convivencia na roça de certo te dará esta informação que no seu caso te dá tanta angústia. Elian em todo o tempo que estou na religião e estudando e principalmente ouvindo os mais velhos, nunca ouvi falar de deste nome como qualidade de Oxum, há uma cantiga que tem esta palavra, mas não até onde sei não é qualidade. O mesmo para Ogum com fundamento com Xangô, nunca ouvi nenhuma referencia a isso. Vou te dar um ex. Certa vez apraceu um rapaz na roça a quem disseram que ele era de Oxum Miwá, como se Miwá fosse qualidade,a contece que Miwá é uma parte da digina Oxumiwá de Mãe Senhora do Opó Afonjá e não o nome de uma qualidade. Continue cultuando Oxum e Ogum, procure uma roça de tradição que tenha de fato conhecimento de candomblé e veja quem são seus Orixás/qualidades.

    Elian vc perguntou porque não recebeu resposta, vc colocou sua pergunta e me menos de uma hora depois já cobrava resposta, nós somos voluntários minha irmã, temos outros afazeres tb, este foi o motivo rsrsrsrsrssrsrsrsrsr nós dormimos tb rsrsrsrsrsrsrsrs trabalhamos……. e outras coisinhas rsrsrsrsrsrs fica calma, vc sempre será respondida, mas talvez não na rapidez que vc deseja rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs beijo.

    “http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  787. em Dezembro 9, 2009 at 7:39 pm Paula Ostan da Silva

    eu queria saber o meu orixá de cabeça


  788. Eliene o ideal é que vc pouco fale de vc antes e durante sua consulta, os búzios com certeza saberão oque se passa contigo. Sobre casas em BH,infelizmente eu não conheço, mas fique atenta aos coemntários da Isa Dias e pergunte a ela que de certo poderá te ajudar.

    “http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  789. Olá queria saber se a pessoa pode virar no seu orixa sem ser feito.
    {por exemplo a pessoa esta assistindo e quando tocam para o orixa dele ele vira}


  790. Léo, existe essa possibilidade. Tudo ocorre de maneira muito devagar, muito inesperada até o abiã saber “lidar” com essa energia diferente, fato este que acontecerá definitivamente durante a iniciação.

    Axé!


  791. em Dezembro 10, 2009 at 11:29 pm Fernando D'Osogiyan

    Paulo Ostan,

    Para saber seu Orixá será necessario fazer um jogo de búzios par oter um parecer.

    Axé,


  792. como faso para participa


  793. Sr. Fernando,

    Obrigada pelo seu esclarecimento. Ao Sr. Nelson, agradeço da mesma forma. Sempre fui de Umbanda. Há vinte e cinco anos atrás, fui passar um feriadão na casa de uma grande amiga, mameto de uma roça de Angola. Por lá estava também um rapaz de Oxumare, que iria recolher para feitura. Desde que lá cheguei, tive uma forte dor de cabeça que durou até o momento de ir embora. Quando estava me despedindo de todos, desmaiei e só acordei no dia seguinte, quando vi que estava dentro do quarto de santo da casa de minha amiga. Nunca tinha virado no Santo, na Umbanda era de Nanã, em desenvolvimento, apesar de conhecer e amar a Oxum incondicionalmente. Eu fiquei atônita, mas decidi seguir minha intuição e meus sonhos esclarecedores acerca de alguns rituais. Recolhi para feitura, junto com meu dofono de Oxumare (citado acima). Era difícil aprender algo, pois tudo era segredo. Aprendi algumas coisas, olhando aqui, ouvindo ali, participando lá, e segui minha Mãe Zazereci (querida amiga) até seu momento derradeiro. Nunca fui de outra casa. Fui assídua na Roça por conta do grande amor que tenho pelos Orixás, por meus santos e por minha amiga querida. Não sofro de angústia por não saber ao certo a qualidade de meus Orixás, apenas tenho curiosidade. Desde que minha mãe se foi, após os rituais de praxe e o tempo necessário para recomeçar, que estou em minha casa (residência), feliz, tranquila, em paz com Deus e meus amados Orixás, cujos assentamentos estão comigo, nos seus devidos lugares. Obrigada, adorei o site, espero que todos os que os procuram, tenham sempre os esclarecimentos que se fazem necessários para caminhar com segurança, equilíbrio e muita luz na senda da espiritualidade.
    Mucuiu,
    Elian.


  794. boa tarde eu quiria saber como é qui eu faço pra ganha dinheiro em jogo porq eu estou precisado ganha dindin pra mim compra minha coisa de casa eu quero saber qual é orixás qui pode mim ajuda porq estou na casa de meu tio ainda estou de nene mim ajude pelo amor deus é dos orixá……eu quero ta na minha casa ates de janeiro…mim ajude…


  795. Fabiano, da mesma forma que você fez essa pergunta, você pode fazer outras sobre a religião ou dá sua visão, sua opinião sobre os assuntos, meu irmão.

    Seja bem vindo!

    Axé!


  796. em Dezembro 12, 2009 at 1:47 am Nascimento,d´ogum

    motumba a todos, pronto acho que so faltava este espacinho para eu entrar também, rsss ,quero parabenizar a Manuela pelo seu conhecimento e sabedoria vce é de oxossi mesmo minha irma?

    quanto tempo de cadomble? para saber este turbilhao de enformacoes,…. que acho muito legal ter uma mente aberta como voce, meu pai Ogum te abençoe sempre.e que voce e Nelson e os outros irmaos possa estar sempre encinando agente nao é…? abraço e feliz 2010. vai ser um ano dourado para nós. tomeje.

    há tenho familia ai no Rio de Janeiro, nao sei se é esta cidade com certeza que vces estao, mais quando tiver uma festa por ai…. quem sabe…possa tocar para um oxosse e um ogum de novos amigos …de maneira alguma estou me covidando estou me jogando rss… é tudo com muito respeito.. axé


  797. Elisabete leia o post da Manuela chamado “Euromilhões” clique na foto da Manuela e procure o texto, por favor.

    “http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  798. RECEBI ESTE PONTO PARA MARIA PADILHA, QUANDO JUNTOS, NA MADRUDGADA,
    PERCORÍAMOS O INFERNO ASTRAL DAS PESSAS DE RUA (CAÍDAS) E NÃO FORAM
    POUCAS !

    INFERNO ASTRAL DOS ESPÍRITOS DE RUA, CAÍDOS !

    Foram rosas sem espinhos,
    andanças sob fortes emoções,
    semeamos lindos caminhos,
    aliviando muitos corações !

    Fomos no grande inferno, havia muito mal,
    liberamos, via cigana, vindo da china,
    deixando-os livres do inferno astral,
    então sim, liberamos d’eles toda toxina !

    SARAVÁ MARIA PADILHA !
    POIS FORAM ROSAS SEM ESPINHOS E NUNCA MAIS DESENCOSTE DE MIM,
    POIS SUA PRESENÇA MEDIÚNICA NOS INCORPORA A ENERGIA DO BEM !

    SARAVÁ TUMBÉM PARA MARIA ELAINE MACHADO TORRES, (MÃE ELAINE DE IEMANJÁ
    – ELAINE TORRES)


  799. logun-edé ten as qualidades da mae e do pai meu
    6 meses fica nas aguas com oxum sendo muller,e 6 meses com o pai oxosse nas matas caçando,6 durante 6 mese como peixe e frutos do mar e 6 mese coisas terrestres.
    meu fillo é de logun te tds as qualidads d logun e eu sou do oxosse. ai galera vcs falaran benzao e lindo dos orixas abçsssss


  800. em Dezembro 13, 2009 at 9:13 pm Nascimento,d´ogum

    nelson e manuela me desculpem pelas pergutas sem fundamentos era só eu ler blog todo mais meu computador é tao lento que eu estava pulando esta parte , abraço e sua bençao . mutumba


  801. Kaio concordo com seu comentário que Logum tem as qualidades dos seus pais, a beleza de Oxum e a esperteza de Oxossi, mas discordo quando vc fala deste assunto de ser seis meses mulher e seis meses homen, isso não é verdade Logum é masculino, tem em si a dualidade, como uma criança, mas é masculino.

    “http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  802. Por gentileza,se possível gostaria de saber,qual possivelmente seria meu orixá forte de cabeça,que possa me ajudar quando eu chamá-lo pelo nome dele,pela minha data de nascimento?
    Nascí em 05/06/1977.
    Agradecida,e aguardo uma resposta.


  803. ahh,me desculpem! eu esqucí de colocar o horário que eu nascí foi ás 6:00 horas da manhã


  804. Boa Noite!

    Meu chamo Marco Antonio dos Santos nasci no dia 06/05/1967, gostaria de saber qual o meu orixa de cabeça.
    Gostaria de saber como sera o ano de 2010, para mim e familia.

    Desde ja agradeço,


  805. BOM DIA ISA DIAS!

    OLÁ, VOCÊ PODE ME INDICAR UM LUGAR AQUI EM BELO HORIZONTE ONDE EU POSSA FAZER UMA CONSULTA, PARA SABER O MEU ORIXÁ?
    MUITO OBRIGADA.


  806. Simone para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informações sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé.

    “http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  807. Marcos não fazemos nem aconselhamos que se faça consulta via net, para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, o correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informações sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé.

    “http://ocandomble.wordpress.com/2009/11/25/1%c2%ba-flash-mob-social-do-blog-2/ Flash Mob – Participe da 1a mobilização do nosso blog, colabore com uma das instituições e contribua para dar evidencia social à nossa
    religião. Tomeje


  808. em Dezembro 14, 2009 at 4:42 pm Ekedy Liliane Ruiz d' Ogum

    Motumbá para todos do site.

    Gostei muito desse site e principalmente de vcs que podem ajudar a muitos com suas dúvidas. Acho que deveria ter mais sites assim que pudesse ajudar as pessoas. Embora eu seja uma Ekedy ainda não sou confirmada e eu como muitos tenho muitas dúvidas em muitas coisas. Não por falta de conhecimento, porque a gente sempre busca aprender e saber sempre com os mais velhos de Santo e também com os livros e agora ainda com ajuda da internet… mas nem tudo que lemos pela internet e ouvimos dos outros é o correto.
    Acho o camdonblé uma religião muito linda e quem começa a entender de fato se apaixona… pelas histórias e pelas lendas dos Orixás q pode ver que são mais que forças da natureza em nossas vidas e sim encantos que nos rodeiam.
    Amo meu Pai Ogum e sei que ela está ao meu lado a todo momento e qualquer circunstancia, mas fico muito triste quando estou diante desse orixá e ele não me reconhece e nem vem falar comigo. Isso é normal? Faço qualquer coisa por ele e já dei provas enormes pelo meu amor… mas até aonde eu já vi por ai… eles vem falar com vc quando são seu orixá.
    Outra coisa q também não concordo e nem sei se pode ou não pode… mas se temos um orixá em nossa cabeça que nos rege e nos guia porque as pessoas viram demais com exús e pombagiras? acho que são fanáticos por eles e acho q dessa forma acabam esquecendo um pouco das verdadeiras origens da religião.
    Essas entre muitas das duvidas q temos… mas como uma pessoa que sempre busca aprender estou aqui para saber com os mais velhos.

    Axé.


  809. BOM DIA NELSON SOUZA!

    Tenho lido sobre os orixás e as sua lendas e confesso que fiquei encantada com a lenda da IANSÃ, mas em outros sites li coisas diversas, fiquei com dúvidas como por exemplo o dia dela, em um site li que é na quinta-feira, outro site li que ela apesar de ter vários “maridos” ela só amou OGUM e que não o “deixou” totalmente, em outro, dizia que ela realmente se desligou de ogum, enfim, gostaria de entender melhor e queria saber também de você, pois já ouvi outras pessoas dizerem, que quando há o encontro de uma filha de IANSÃ com um filho de OGUM, que existe um .. como vou dizer… amor.. um envolvimento bem .. bom não encontro palavras adequadas no momento, nao sei se seria UMA PAIXÃO daquelas avassaladoras, ou um amor… enfim; e como minha curiosidade não acaba por aí quero saber também como é o encontro de um filho de IANSÃ COM UM FILHO DE XANGÔ.
    Por enquanto fico por aqui. Muita paz pra você.
    abraços
    Eliene


  810. em Dezembro 15, 2009 at 2:10 pm Fernando D'Osogiyan

    Ekedi Liliane Ruiz D’Ogun,

    Concordo com você com relação algumas pessoas de candomblé desenvolverem tanto com exús em geral e esquecerem o Orixá. Muito disso está ligado ao comércio e as vantagens e promessas que essas entidades na sua grande maioria estão interpretando, isso mesmo, atores fantásticos, camelôs da fé. Conseguem um padrão de vida fabuloso nas mestificações, as afirmações de trazer a pessoa pelos cabelos em 5 horas ( li no jornal eses dias), passar em concurso público, etc, etc.

    O fim dessas pessoas é no mínimo desastroso e já venho observando, morrem sem amigos, família e são esquecidos como um jornal velho, pior até, porque pelo menos o jornal velho gerará empregos e embrulhará peixe.

    Quanto a Ogun querida Ekedi, vá de encontro a ele, nós é que temos que reverenciá-lo.

    Orixá é mistério!

    Ogun nos abençoe sempre.

    Fernando D’Osogiyan


  811. em Dezembro 15, 2009 at 4:38 pm Fernando D'Osogiyan

    Eliane,

    Oyá é um Orixá que representa principalmente o vento em toda a sua essência e forma, e o vento vai aonde ele quer, passeia pelo mundo, pelas camadas que envolvem a terra, a brisa beira mar, o vento frio do cemitério, das esquinas e encruzilhadas, o assovio entre árvores, o vento ártico, o marasmo, etc. Tudo isso contém a energia de Oyá. Da mesma forma, em suas histórias, nas lendas e explicações dos velhos sacerdotes e velhas sacerdotisas, Oyá passeia e divide energias com Ogun na guerra, com Xangô no raio, com Oxun nas águas doce, com Nanã na lama, com Omolú na terra, com Oxóssi na mata, com Ossãe nas ervas, com Ewá no tempo, com Obá no amor, com Oxumaré no espaço, com Exú nos caminhos, com Iroko na ancestralidade, com Yemanjá o matriarcado, com Ibeije a dualidade, com egun a morte e só com Oxalá a abenegação.

    Portanto, Oyá se dá com qualquer pessoa que souber respeitá-la e que não desafie sua fidelidadee e seu comportamento.

    Epa hei!

    Fernando D’Osogiyan


  812. Aí que orgulho que tenho dessa Senhora odára minha mãe que orgulho tenho de ser sua filha e abençoada pelo seu axé!Epa hei Oyá Mesã Orun…..


  813. isa, minha irmã… como tenho orgulho dela e jamais vou deixar de ama-la.agora qto minha feitura só vou fazer um dia se for com o fernando.mas atualmente to impossibilitada financeiramente, to fechando minha loja e ainda verei o que vou fazer.bjos e axé


  814. Que Oxalá te ilumine sempre e que Oyá saberá a hora certa e Ogum com certeza lhe trará o melhor caminho para você trilhar.Axé.bjos.


  815. BOA NOITE SENHOR FERNANDO D’OSOGIYAN!

    MUITO OBRIGADA PELA EXPLICAÇÃO.
    MUITA PAZ !
    ELIENE


  816. OLÁ SENHOR FERNANDO D’OSOGIYAN!

    O SENHOR PODE ME INDICAR UM JOGO DE BÚZIOS AQUI EM BELO HORIZONTE, QUE TENHA UM BOM ZELADOR?
    MUITO OBRIGADA
    ELIENE FONSECA


  817. Eliene, nem vou dizer que o Fernando falou e disse. Sou de Oyá e Xangô como adjuntó, tenho um Ogum bem lindinho… Então Oyá… É Oyá e tudo que o Babázinho falou acima (Olha pra mim puxando a brasa pro lado de cá rsrsrs)

    Brincadeiras à parte, vim falar sobre o jogo que você quer aí em BH. Temos uma leitora que mora por aí. Vou fazer uma telepatia com ela pra ela vir aqui e falar se pode te ajudar, certo?

    Axé!


  818. olá DAYANE!

    Tudo certinho muito obrigada! hahahah gostei da telepatia!!!
    Abraços Eliene


  819. Oi como vão estes dia ouvi falar do orixá considerado Babá Jibonã, dei uma procurada na internet mais não encontri nada.Minto encontrie referêcia a Jibonã e Babá, mais em separado senod o primeiro um cargo conferido aos ogans e Babá como a pessoa mais velha na casa.
    ALguém pode me dizer se existe esse orixá?Caso exista a quem ele é ligado?Boa tarde


  820. em Dezembro 16, 2009 at 7:28 pm Fernando D'Osogiyan

    Carolina,

    Jibonã ou Ajibonã é a mãe criadeira ou pai criador que é responsável pelo Iyawo recolhido no dia que entra na casa para iniciação até a retirada do kelê. É um cargo dado pelo zelador (a) da casa, pessoa de sua inteira confiança.

    “Aquele que cuida do caminho”. Podemos chamá-lo de Babá Jibonã oi Iyá Jibonã.

    Portanto, não é um Orixá e sim um cargo de muita responsabilidade de uma casa de Orixá.

    Axé,

    FernandoD’sogiyan


  821. FernandoD’sogiyan,
    Obrigada pela sua explicação, esse cargo era de meu conehcimento, a pergutna foi pq eu estava em um lugar e a pessoa falava com toda pompa do ORIXA Babá Jibonã, porém não era uma pessoa que eu conheço e acabei que não consegui perguntar a ela. Por isso vim perguntar se existia esse Orixá…Mais uma vez obrigada pela resposta!


  822. os orixas sao energias??


  823. Fernando D’Osogiyan
    HOje me ocorreu uma coisa, sempre que escrevo mesmo em outros assuntos na maioria das vezes é o senhor quem me responde, é engraçado pois meu marido é de Osogiyan, e no ultimo jogo de búzios ele Osogiyan, sempre reposndia….Coisas do Axé!!!!!!!!!!!Abraço


  824. em Dezembro 18, 2009 at 6:16 pm Fernando D'Osogiyan

    Carolina,

    Pois é! Coisas de axé. Veja que ele está contigo em qualquer situação, tenho cada história que você nem imagina, papai não é fácil.

    axé,


  825. em Dezembro 18, 2009 at 6:24 pm Fernando D'Osogiyan

    Oscar,

    Orixás são as energias de forças sobrematurais ancestralizadas.

    Axé,


  826. mais os orixas existiram na terra ?


  827. em Dezembro 19, 2009 at 11:46 pm Fernando D'Osogiyan

    Oscar,

    Os Orixás passaram pela terra e posteriormente voltaram para o Orun.

    Axé,


  828. quero saber quais sao meus orixas


  829. em Dezembro 20, 2009 at 9:12 pm Fernando D'Osogiyan

    ingrid,

    Somente através de um jogo de búzios para se ter um parecer. Não é como um horóscopo que com apenas o dia e mes de nascimento se sabe o signo.

    Procure uma boa casa de candomblé idônea e de tradição.

    Axé,


  830. oi boa noite a todos bom, sou de oxum mais sinto minha mae muito “distante” de mim. tem alguma coisa pra minha mae se aprocimar ma9is de mim?
    é isso
    mutumba para todos!!!!!!


  831. Motumbá, bom minha história é meio complicada, sou do espiritismo a muitos anos, desenvolvi na umbanda, com dezoito anos fui pro candomble, tomei meu primeiro Bori, o pai de santo disse que eu era de Logum, passei por outras casas, mas ai que começou minhas duvidas, cada casa eu era de um orixa, uns falam que sou de Logum, outros falam que sou de Oxalufã, outros falam que sou de xango, e oxaguiã, gente isso é muito complicado e até hoje não dei obrigação porque estou em duvidas, não sei mas o que eu faço, porque já joguei buzios mais de dez vezes, os meus guias falam que na hora certa eu vou ter a certeza, já fui em varias casas, mas sinceramente não sei o que faço. obrigado e por favor se alguem puder me ajudar me mande um e-mail, axé pra todos.


  832. motumbá :eu gostaria de faser uma pequena pergunta éu gostaria de perguntá por que odé karê é quase um logum edé por que dizem que todas as pessoas de logum quando faz esse santo virão as folha e tambem quando uma mulher raspa um orixá homen se o babalorixá não souber faser vira tbm tambem ??….tenhãoum belo dia obrigado aguardarei resposta ?


  833. em Dezembro 21, 2009 at 2:20 pm Fernando D'Osogiyan

    aline ty odé,

    Que história é essa?

    Odé Kare é um caçador de uma família de caçadores Kare que incluisve envolve Oxun kare nessa família.

    Logun Edé é um Orixá que possui as energias de Oxóssi e de Oxun,apenas isso, seus fundamentos passam por Oyá e Ogun. As folhas de Logun são específicas.

    Se as pessoas teem tendencias homosexuais é outra coisa. Tenho irmã de santo de Logun Edé casada com filhos tenho um sobrinho que é de Logun Edé e é pai de 4 filhos, como também tenho amigos de Logun Edé que são Homosexuais e excelentes babalorixás.

    Sus dúvidas não procedem e quem te informou não se iniciou, não sabe.

    Axé,


  834. Ingrid, para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informações sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé. Tomeje do Ogum


  835. Augusto esta sensação pode ter vários motivos, se vc já é feito esta distancia não deveria nem pode acontecer, se vc ainda não é feito podemos pensar que com o tempo esta sensação vai acabando conforme vc vai se “desenvolvendo” é como um “casamento” entende? as coisas se acomodam aos poucos. Em alguns casos um bori pode ajudar, por que se Ori estiver em harmonia o Orixá tb estará, e como o bori é feito para Ori (para o Orixá Ori) isso pode dar “uma força para Oxum” entende a relação? Tomeje


  836. Claudio procure uma casa que seja de cadomblé que tenha tradição procure informação antes e peça um jogo exclusivo apra este fim. Tomeje


  837. O dificil é encontrar, mas tenho fé que os orixás vão me encaminhar pra uma casa boa e que realmente existe a verdade, muito obrigado, a bença, axé


  838. e normal viramos no santo ouvi e ver tudu?


  839. Primeiramente agradeço aqueles que vem me ajudando a entender mais um pouco sobre as religiões, nesta comunidade, tentarei fazer um breve relato.
    Me desenvolvi ou melhor venho me desenvolvendo na umbanda, onde me sinto muito bem, porém senti uma enorme vontade de abrir um jogo não com meu zelador e sim com uma outra pessoa e neste jogo, obtive muitas respostas. o que me preocupou foi que a pessoa informou que tenho uma responsabilidade muito grande de ser zelador e que as entidadades estão cobrando isso.
    até aí tudo bem, o que me surpreendeu foi a pessoa me ligando (pessoa esta que é do candoblé), informando que não sabia se era o preto velho ou caboclo me chamando de volta para ver no jogo pois ogum está querendo algo.
    Tentei resumi o máximo possivel o ocorrido, tenho duas perguntas?
    Isso pode realmente ocorrer uma zeladora ter esta intuição junto com certas entidades ou melhor escutar o que a entidade esta querendo?
    estou na umbanda e me sinto muito bem, o que vem me deixando preocupado e que uma entidade no jogo informa que não me quer no local que frequento e sim em outro, isto é possivel?


  840. |ASG, logo no início do seu comentário tem um trecho que me intrigou, vc diz jogou com outra pessoa que não é seu zelador. A minha questão é, como assim? Pois na umbanda não há jogo de búzios. Sobre o que te foi dito é muito mais uma forma de te motivar a ir para esta casa do que uma possibilidade real de que vc tenha esta função, explicando. O sacerdócio raramente se coloca na vida de alguém tão cedo, digo cedo, por que vc ainda não foi nem iniciado, não tem conhecimento da religião, não foi devidamente avaliado de sua capacidade de lidar e cuidar de pessoas, e isso tudo só pode ser visto por um zelador durante o tempo que estiver num barracão, depois de sua iniciação, antes deste processo, me desculpe mas é chute. Depois do jogo fechado Orixá nem entidade voltam a falar nada, tudo que tinha que ser dito deve ter sido falado na consulta. Se persiste alguma dúvida sua quanto a ser ou ir para o candomble, procure uma casa de tradição que seja realmente de candomblé e que seja idonea e isenta. Tomeje


  841. Alef eu discuti este assunto no texto Sou Filho de Orixá, clique na minha foto e procure o texto por favor. Tomeje


  842. ola eu adorei esta paigina de vcs no net


  843. Motumbá!

    Prezados, o ano de 2009 se encerra, e logo estaremos em 2010, já é sabido quais orixás reinarão no ano que se inicia?

    E aproveitando o ensejo gostaria de desejar à todos um feliz natal e um ano novo repleto de saúde, de paz, prosperidade e felicidade!

    Axé e Abçs


  844. nelson,

    o meu pai de santo foi iniciado no candomblé e o mesmo abre o jogo de búzios. Hoje ele tem um casa de caridade e trabalha na linha da umbanda traçada, porém o que prevalece mesmo é a umbanda.
    Contudo estava querendo tirar algumas dúvidas com outra pessoa cuja a mesma é do candomblé; não por desconfiança e sim ter uma outra opinião de uma pessoa que não me conhecer.

    Concordo plenamente no que você colocou e vou tirar proveito disso.
    realmente gostaria de procurar uma casa de tradição porém não conheço nenhuma.
    Gostaria realmente de fazer uma consulta no jogo com uma pessoa idonêa, mas venho observando que isto está um pouco dificil e me vejo desacreditado.
    Caso possa me ajudar, gostaria muito.

    agradeço pela sinceridade.


  845. em Dezembro 23, 2009 at 12:04 am Fernando D'Osogiyan

    Rique,

    Ainda não temos essa informação.

    Tenha um feliz ano novo! Que os Orixás nos cubram de sabedoria e entendimento religioso.

    Ofé Irê, Axé!

    Fernando


  846. Oie queria sabe por que escuto coisas e consigo ver coisas que não podem estar acontecendo. Só quero saber se tem algo errado comigo.

    Obrigado pela atenção


  847. Prezado Fernando,

    Agradeço a atenção em sua resposta.

    Assim que souberem seria legal um “post” a respeito do assunto, seria uma boa forma de nos informamos e de debatermos sobre o assunto.

    Axé


  848. em Dezembro 23, 2009 at 8:58 pm Fernando D'Osogiyan

    Jane,

    O nosso subconciente nos surpreende com cada coisa que nem imaginamos, como pensar que estivemos num lugar, escutar vozes, ver vultos imaginários, achar que tem alguém nos olhando, etc, etc.

    Em nossa liturgia para entendermos melhor, abrimos um jogo para observarmos os caminhos que se apresentam, detectar se seu tratamento vai ser espiritual, psíquico ou ambos, para poder lhe dar um parecer mais correto, OK!

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  849. Amados,

    Percebo a grande dedicação em vcs ao responderem as mais diversas perguntas, sempre com o espiritoo de mansidão, de respeito. Fico admirado com a postura simpatica e elegante de vcs. Isso engrandece a cultura afrobrasileira, me desperta nos outros o respeito a essa cultura. Parabéns a todos!
    Bem, recentemente tive um sonho que acredito ser uma confirmação positiva de outros havidos anteriormente. Este ultimo em particular, mostrava-me várias senhoras, aparentemente do candomblé, vestidas de saias estampadas, muito lindas! Busquei na internet algum ensaio sobre as cores estampadas no candomblé, em especial o estampada, na tentativa de extrair desse estudo alguma informação que me ajudasse a entender o sonho e, possivelmente relacioná-lo aos sonhos anteriores, contudo, nada encontrei de imediato como queria! Assim, me ocorre nese momento buscar de vcs alguma referencia sobre o assunto que possa me orientar no esclarecimento dessa conversa onirica da qual venho participando há alguns dias. Muito obrigado por sua atenção. Cordialmente agradecido.Antonin


  850. em Dezembro 26, 2009 at 1:01 pm Fernando D'Osogiyan

    Antonin,

    Obrigado por suas gentis palavras, pode ter certeza que é o que norteia nossos objetivos.

    Me ocorreu lendo seu texto os seus antepassados, quem sabe não são as matriarcas de sua família? Reveja sua árvore geneológica, faça uma pesquisa,será que vai dar lá na África?

    Se continuar sonhado, procure um jogo de búzios de libada reputação para ver seus caminhos.

    Feliz 2010!

    Fernando


  851. em Dezembro 26, 2009 at 8:37 pm william gilberto

    gostaria de saber mais sobre a qualidade de oxum yeye oke popis no seu bloc voce cita yeyeloke enao tem nda sera que voce poderia me ajudar pois dizen que e qualidade da oxum da minha esposa e naso ssabemos nada


  852. em Dezembro 27, 2009 at 5:29 pm Nascimento,d´ogum

    Fernando, sua bençao.

    lembrei de algumas coisas, e este nome me veio na lembrança,
    yamim oshoronga ou soronga pode me falar sobre elas.

    abraço e axé.


  853. em Dezembro 27, 2009 at 10:33 pm Fernando D'Osogiyan

    William gilberto,

    Oxun Yeye Okè a meu ver é a grafia correta dessa linda Iyabá guerreira, grande caçadora, muita ligação com Oxóssi e um espetáculo dançando o aguerè no barracão.

    Feliz 2010!

    Fernando


  854. em Dezembro 27, 2009 at 10:47 pm Fernando D'Osogiyan

    Nascimento D’Ogun,

    As Iyá-Mí Oxoronga: As senhoras do pássaro da noite.

    É a síntese do poder feminino, donas de um axé poderoso, feiticeiras da noite, chamadas de Eleyé, e as corujas são seus maiores símbolos.

    Todo o respeito é pouco para com elas, Oxum (algumas qualidades) é o Orixá que mais se aproxima dessa liturgia e apaziguamento com a mãe pássaro poder genitora feminina.

    Há toda uma liturgia para saber lhe dar com elas que juntamente com Exú são lembradas no Ipadê.

    Feliz 2010!

    Fernando


  855. em Dezembro 27, 2009 at 11:17 pm vicente de paulo siqueira

    gostaria de saber meu santo de cabeça e o que fazer para cultuaá-lo…


  856. em Dezembro 28, 2009 at 12:28 am Nascimento,d´ogum

    é pois é uma vez consegui um livro sobre elas , mais no tempo nao era para minha alçada nao entendi nada,
    pelo respeito que vejo agora pelas suas escritas continua nao sendo rsssss…. tudo ao seu tempo até me arrepiou aqui. ..rsss…..

    mais como tudo tem um começo vamos começar por escrever o nome certo.

    IYÀ-MI Oxoronga. certo . lembro que tinha uma historias muito ….. legais. nao lembro uma ..é como se eu tivesse vivido algo que nao lembro sabe. e esse nao lembrar foce provocado por alguma força… realmente interessante.

    e com todo respeito, ago, lhe agradeço novamente.

    axé


  857. Oi os vcs ja saem qual Orixá irá “reger” 2010?Feliz Natal mesmo que atrasado!!


  858. Oi os vcs ja sabem qual Orixá irá “reger” 2010?Feliz Natal mesmo que atrasado!!


  859. em Dezembro 28, 2009 at 12:31 pm william gilberto

    Oxun Yeye Okè gostaria de saber mais dessa lindo orixa alguma lenda caracteristica como falei antes e da minha esposa e somos do santos e temos algumas duvidas axe


  860. fernando mutumba

    gostaria de saber se yeye oke tem inrredo com oxoguian alem de ossoxe ,ou com oya ou com kelegeb.
    tenho muitas duvidas sobre essa qualidade de orixa.
    e tenho pouca informaçao sobre ela,mais independente disso amo muito meu orixa .amei saber que ela dança aguere por que o que eu sei e que , so se dança yjexa.


  861. em Dezembro 28, 2009 at 9:14 pm Fernando D'Osogiyan

    Mutumbaxé Silvia,

    Yeye Okè é caçadora habilidosa, confunde alguns olhadores com Oxóssi, ligada a Oyá. Quem é de Yeye Okè deve ter Oxoguian assentado.

    FELIZ 2010!

    Axé,

    Fernando


  862. Gostaria de saber qual seria meu orixa de cabeça nascir em 20/08/74 no Rio de Janeiro nascir de madrugada
    Moro no RJ


  863. Daniel, para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informações sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé. Tomeje do Ogum


  864. ola, eu nasci no dia 29 – 07 – 1990.
    gostari de saber filha de qual orixá eu sou?


  865. e como posso fazer isso abrir um jogo

    Obrigado Fernando D’Osogiyan

    Muito Axé


  866. BOM DIA!
    SR. NELSON
    Gostaria que me exclarecesse algumas coisas na qual eu tenho muitas dúvidas… Sou feita no santo há 02 anos, e tive muitos problemas na minha feitura, paguei minha obrigação de 01 ano com a intenção de concertar, mais sinto meu orisá muito fraco em meu orí e muitas das vezes ele não passa, será que isso é normal.


  867. em Janeiro 4, 2010 at 12:13 pm Fernando D'Osogiyan

    Jane,

    Podemos indicar boas casas para que possa abrir um jogo para você, em que bairro você mora?

    Axé,

    Fernando


  868. em Janeiro 4, 2010 at 12:16 pm Fernando D'Osogiyan

    Gisele,

    Por favor, aproveite a resposta do Nelson acima que é bem esclarecedora.

    Axé,

    Fernando


  869. Bom dia!
    Meu nome é Elaine, e gostaria que me indicasse alguma casa de jeje confiavel, para que eu possa ter uma consulta para melhor esclarecimento, se puder me indicar…Eu moro em Sepetiba…obrigada


  870. nosssa estou pasma muiiito bom mesmo esse sait alias …uma das coisas q me intersa muiito a forma q viviam os africanos e seus costumes e da forma cmo realmente eles tratavam os orixasss …bom no momento moro na região de curitiba mais gostaria de esta vizitando um barracao (candoble)se vc´s souberes de algo fico agradecida …nao conheço muiito…pr so SC …bjxxx e obrigado por ter conpartilhado esses conheçimentos …


  871. Boa Tarde sr. Nelson

    Gostaria de saber pq não responde minhas perguntas. Pois ja é a terceira vez que não obtenho respostas.


  872. Elaine nosso trabalho aqui é voluntário e precisa ser conciliado com nossos demais afazeres, temos trabalhos, famílias, praia, e outras coisas, por isso, as vezes, uma ou outra pergunta fica sem resposta durante um tempo, que nem chega a ser tão grande. E este é o seu caso, não temos nada contra vc rsrsrsrsrsrsrs fica calma rsrsrsrsrs Eu vou perguntar a outras pessoas sobre roça mais próxima de vc, pois a que eu conheço é em Santa Cruz da Serra/Duque de Caxias. Assim que eu souber eu vou postar aqui.
    Acabeid e me lembrar…. procure o blog “candomble a relgião do Brasil” do dote jorge, ele é muito bom, viu, lembrei …. é “ahoboboi.blogspot” Tomeje


  873. Oie eu moro na Vila Maria zona norte


  874. Ola,nasci no dia 02/01/86 ás 4:15 da manhã …Gostaria de saber qual é o meu orixá??


  875. em Janeiro 5, 2010 at 11:03 pm Fernando D'Osogiyan

    Jane,

    Vila Maria é São Paulo, verei se o Tomeje conhece algum nessa área.

    axé,


  876. em Janeiro 6, 2010 at 12:01 am Nascimento,d´ogum

    BaBá Fernando, tenho uma relaçao imensa de terreiros de cadomblé em sao paulo se a irmã Jane, quiser posso passar alguns no Bairro ou proximo da onde ela mora eu só nao conheço mais sao recomendados pela federaçao, peguei no saite do Reginaldo Prandi, lembrei.

    axé.

    sua bençao.


  877. em Janeiro 6, 2010 at 12:50 am Nascimento,d´ogum

    foi até indicado pelo irmao mais velho Tomeje, com sua licença é logico irmao tomeje.
    sua bençao.

    Axé . cadomblé viu….rsss


  878. Olá, boa tarde.
    Na feitura de um yao de Obaluaê, é verdade que ele usa kelê de palha da costa e búzios?
    Grato


  879. em Janeiro 6, 2010 at 7:04 pm Fernando D'Osogiyan

    Fabio,

    No ketu/Nagô, na feitura não usa, como todos os outros Orixás o kelê é feito de miçangas na cor correspondente ao Orixá. Na Obrigação de 7 anos, alguns axés adotam, além do kelê da feitura, um outro de búzios com palha da costa.

    axé,


  880. Caroline, para saber com certeza qual é o seu Orixá, procure um jogo de búzios é a melhor forma. Nunca se guie pelo que te falam tomando por base sua data de nascimento, seu tipo físico e nunca faça jogo por internet, O correto é uma consulta pessoal com um bom zelador. Antes da consulta procure informações sobre a pessoa, e se é de fato Candomblé. Tomeje do Ogum


  881. boa noite senhoras e senhores!

    Desculpe a insistência, sei que vocês têm outros afazeres, mas, se tiverem um tempinho, por favor, quero muito saber de um local aqui em BH, onde eu possa fazer, consultar, o jogo de búzios, não conheço ninguém aqui que possa me informar.
    Muito obrigada e feliz ano novo!


  882. gostaria de saber até c/ quantos anos pode se fazer o santo de uma pessoa


  883. Olá avelino
    Isso varia das condiçoes de saúde da pessoa é algo a ser conversado com o zelador(a).mas eu não creio que exisa uma idade limite para iniciar
    axé


  884. po tenho uma duvida?
    conheço um zelador,
    q foi feito ogan ,seu nome
    é willian la de belford roxo.
    elle tinha bem mas de 10 anos só de confirmado até q….
    foi para o saco…
    rodou com o santo.
    pai willian trocou de axe, e deu uma nova
    obrigação em uma casa de ketu, vindo À
    ganhar seu deka ,após acertar o santo.
    wilian era de bara,e acertou para ogun.
    a pobre da zeladora,a qual não citarei nome,
    foi muito elogiada por uns, e por outros criticadas.
    oq vcs da eqpe word press, penssam sobre isso?
    eu acho q ela foi correta…
    ele sabe muito,tem um profundo conhecimento
    sobre fundamentos, e um belo enrredo com o santo.
    não existe iao com tanto fundamento

    para todos muito obrigao leo


  885. Eliane, entre em contato com a aminha gêmea, a Jady. Ela poderá te ajudar.

    janete_jade@hotmail.com

    Axé!


  886. carol obrigado pela informação vou tantar em 2010 dar os primeiros passos neste centido o dificil é achar uma boa casa de responçabilidade pois eu nao conheço nenhuma


  887. Muito Obrigada!!!!muito obrigada!!!


  888. Eliane, procure entrar em contato com ela semana que vem, pois essa semana ela entrará para fazer um bori, então possivelmente não te responderá certo?

    Axé!


  889. Leo o problema destes casos é que geralmente estas pessoas não querem começar do zero, o que é o correto, e já começam como se o tempo de ogã contasse, o que não é correto, afinal se a pessoa rodou, o tempo tem que contar a partir da iniciação e não da confirmação. Tomeje


  890. obrigado pela opnião


  891. em Janeiro 9, 2010 at 6:33 pm martiniana santana

    quero saber sobre meu orixá OYÁ BAGÃ! A sua benção


  892. Léo, eu acabei de chegar de uma conversa (agorinha mesmo) com uma mulher que tem 31 anos de santo. E foi justamente sobre um caso desse que estávamos falando (coisas do alémrsrs)
    Agora, tive a oportunidade de ler seu comentário e patilho da mesma opinião do Nelson, e dessa super mais velha que acabei de conversar. Esse tempo de ogannão conta, agora que ele fez a iniciação que ele passou a ser yawô. Masss tem aquela história: cada um faz o que acha que é seu certo. Não cabe a ninguém criticar já que o costume da nossa própria comunidade dá margem a essa autonomia dos zeladores.

    Axé!


  893. OLÁ DAYANE!

    ENTENDI… MUITO OBRIGADA PELA ATENÇÃO.
    ABRAÇOS
    ELIENE


  894. Martiniana pro favor leia os psots ligados a Oyá inclusive nos posts qualidades e lendas de Oyá vc vai encontrar informações valiosas. Mas não esqueça de ler muito sobre Oyá, única, sem preocupação com qualidades, leia sobre Oyá. Tomeje


  895. Bom Dia!

    Gostaria de saber qual é o Orisá que rege este ano?


  896. Elaine temos na capa do blog esta informação. Tomeje


  897. Gente,boa tarde eu gostaria de saber como e que eu faço para saber o meu orixa de cabeça direito!!!!!
    Eu amo Agua,adoro azul,adoro fingir que sou a onda…
    se aguem descobrir aguma coisa pode me dar um toque no meu orkut……Nayara_k@yahoo.com a foto e uma lua, com um gato!!!!Muito obriga

    Axé
    ´mas pofavor mandem depoimentos!!!!


  898. #

    i nelson!!!
    ontem eu vi na tv, um comentario estarrecedor…
    o consul do haiti, estava comemorando o epsódio,e alegando
    q isso ,era bom para divulgação da imagem deles; e digo mas…
    falou ainda, q isso era culpa de lugares ,oriundos de colonias com africanos ,q mexem com macumba …
    e para complementar disse assim: todos esses africanos e macumbeiros são
    amaldiçoados…
    e o cara é um diplomata é consul heim francamente

    olha nelson… tem coisa q cansa,
    é universal do reino de deus, com programas
    em rede nacional, é consul
    igrejas de fundo de quintal
    quem podera nos defender juridicamente?
    são muito os absurdos
    q oxala nos proteja

    #
    em Janeiro 16, 2010 às 3:46 pm leo asogun

    nelsom, vc é pai de encosto?
    rsrsrsrssr brincadeira não precisa
    se aborrecer comigo !!!


  899. outra pergunta.
    o q devemos fazer com um ogã ou uma ekdje,
    q em algumas casas, até mesmo jogam buzios,
    q ja tem um tempão de confirmado,
    q sabe mas q varios zeladores

    como é q vamos fazer uma pessoa dessa de yao,
    se ele detem varios segredos de sacerdotes,sendo q
    em algumas casas ogans e ekdjes participam
    até de roncó
    senhoras e senhores do santo,
    tenho para mim, q cada caso é um caso,
    sendo assim acho q fica a clitério do zelador.
    essa é apenas minha opnião, se certa ou errada
    eu ja aprendi muito com pai willian grato a todos


  900. alias ,com relação a iniciação eqvocada,
    ogan e ekedji q passam a rodar.


  901. 854.

    nelson e toda a eqpe do candomble wordpress

    meus queridos irmãos do ketu, adjeje e suas ramificações,
    eu , leonardo de digina ofange, ( espada em ioruba) q pertence ao dialeto do ketu, sou tata kivanda, ou asogun
    da nação angola , peço a todos vcs:DARI JIMI BABAS E IAS AGO !
    nós da nação angola, ultilizamos sim o ioruba,
    nos refirimos aos nossos inkisses como orixas, sim!
    utilizamos diversas nomeclaturas, do ketu ,como omim, oin
    inã ,falamos ogum sim , porém sabemos q é inkosse kurango
    falamos oxum sim! porem sabemos q ela é a deusa dandalunda

    o q quero passar irmãos , não é q nossa angola esta desorientada ,ou se acabando , só q a nossa nação
    possui varios dialetos.
    isso passa a dificultar nossa comunicação entre nós mesmos

    855.
    em Janeiro 16, 2010 às 10:10 pm leo asogun

    caros irmãos, nas casas de angola existe varias formas de se pronunciar as palavras exemplo:
    oq seria no kueto ile :
    izó , abassa ,canzó ,canzua e até calunga pequena.
    devido a esse fato primordial ,e a grande mistura nas
    casas de candomblé( mesmo as tradicionais)a lingua
    oficial do ketu, foi adotada por nossa nação, com a intenção
    de facilitar ,o dialogo entre as pessoas de todas as nações,
    mesmo porq, naum a hoje em dia muitas CASAS puras.
    hoje se ve adjeje acentando vodun com ferro ,casas de opo ofonja e ketu, tocando umbanda para seus catiços, caboclos e pretos velhos e etc…
    e digo mas …
    na iniciação do keto, leva-se o iao para igreja, com a finalidade de assistir missa, e comungar da óstia sagrada e católica
    mas uma vez ago e mojuba

    856.
    em Janeiro 16, 2010 às 10:25 pm leo asogun

    quero resaltar , que minha intenção não é de contra dizer este site, mesmo porque, o mesmo me fez um melhor candomblecista.
    sou fã do nelson e dos dmas, e esse pqno texto
    é só uma forma de ressaltar, q isso é uma evolução em nossa religião, e q com certeza vem para o bem .
    pessoas; o tempo não para ,eu com certeza sou grato a todos ,e agradeço pela oportunidade, de
    aprender com vcs
    pontos de vista se montram, podemos ou não compartilhar

    axé leo asogun, concerteza admirarador dete trabalho


  902. em Janeiro 17, 2010 at 4:56 am HeitOr De Ayra e Opará

    Oie Nelson.Frequento casas de candomble mas naum sou iniciado ainda,eu aprendi a fazer a conta de Odú mas naum sei a ordem dos orixas sei ke veem Exú,Ogum,Oxossi mas naum seei os outros vc poderia me passar essa ordeem de orixas…Axé


  903. 55.

    ontem eu vi na tv, um comentario estarrecedor…
    o consul do haiti, estava comemorando o epsódio,e alegando
    q isso ,era bom para divulgação da imagem deles; e digo mas…
    falou ainda, q isso era culpa de lugares ,oriundos de colonias com africanos ,q mexem com macumba …
    e para complementar disse assim: todos esses africanos e macumbeiros são
    amaldiçoados…
    e o cara é um diplomata é consul heim francamente

    olha nelson… tem coisa q cansa,
    é universal do reino de deus, com programas
    em rede nacional, é consul
    igrejas de fundo de quintal
    quem podera nos defender juridicamente?
    são muito os absurdos
    q oxala nos proteja

    #
    em Janeiro 16, 2010 às 3:46 pm leo asogun

    nelsom, vc é pai de encosto?
    rsrsrsrssr brincadeira não precisa
    se aborrecer comigo !!!

    #
    em Janeiro 16, 2010 às 4:49 pm Nelson Souza

    Leo vou te tacar uma macumba, por favor, conto com sua colaboração apra esta macumba que vou te jogar. Acenda uma fogueira, jogue uma barata no fogo, vire-se de costas para a fogueira e jogue tres punhados de sla grosso do himalia do sul. è uma macumba infalível, só não sei ainda para o que, mas é infalível. Meu irmão estamos na luta sim, tem o movimento “chega” o movimento “guerreiros dos axé” o “eu tenho fé” e outros em defesa dos nossos direitos,a gora temos a qui no RJ uma delegacia especializada em crimes de preconceito religioso, estamos na luta sim meu irmão e vamos em frente.
    Sobre as declarações do consul, isso é triste é degradante, e ruim, ms é parte da política deles de dominação de toda a população sob uma única religião, a deles. Isso está acontecendo aqui no Brasil tb, em inúmeros municipios pequenso que estão dominados pelos grupos religiosos fundamentalistas, ms isso é política meu irmão e só será combatida com políticos comprometidos com a nossa causa, infelizmente.

    Mas vc já viu o que está acontecendo no Haití? Será que vc pode colaborar de alguma forma com eles? Procure, por favor, a Defesa Civíl do seu Município, vamos nos mobilizar? Tomeje

    #
    em Janeiro 16, 2010 às 9:54 pm leo asogun

    nelson e toda a eqpe do candomble wordpress

    meus queridos irmãos do ketu, adjeje e suas ramificações,
    eu , leonardo de digina ofange, ( espada em ioruba) q pertence ao dialeto do ketu, sou tata kivanda, ou asogun
    da nação angola , peço a todos vcs:DARI JIMI BABAS E IAS AGO !
    nós da nação angola, ultilizamos sim o ioruba,
    nos refirimos aos nossos inkisses como orixas, sim!
    utilizamos diversas nomeclaturas, do ketu ,como omim, oin
    inã ,falamos ogum sim , porém sabemos q é inkosse kurango
    falamos oxum sim! porem sabemos q ela é a deusa dandalunda

    o q quero passar irmãos , não é q nossa angola esta desorientada ,ou se acabando , só q a nossa nação
    possui varios dialetos.
    isso passa a dificultar nossa comunicação entre nós mesmos

    #
    em Janeiro 16, 2010 às 10:10 pm leo asogun

    caros irmãos, nas casas de angola existe varias formas de se pronunciar as palavras exemplo:
    oq seria no kueto ile :
    izó , abassa ,canzó ,canzua e até calunga pequena.
    devido a esse fato primordial ,e a grande mistura nas
    casas de candomblé( mesmo as tradicionais)a lingua
    oficial do ketu, foi adotada por nossa nação, com a intenção
    de facilitar ,o dialogo entre as pessoas de todas as nações,
    mesmo porq, naum a hoje em dia muitas CASAS puras.
    hoje se ve adjeje acentando vodun com ferro ,casas de opo ofonja e ketu, tocando umbanda para seus catiços, caboclos e pretos velhos e etc…
    e digo mas …
    na iniciação do keto, leva-se o iao para igreja, com a finalidade de assistir missa, e comungar da óstia sagrada e católica
    mas uma vez ago e mojuba

    #
    em Janeiro 16, 2010 às 10:25 pm leo asogun

    quero resaltar , que minha intenção não é de contra dizer este site, mesmo porque, o mesmo me fez um melhor candomblecista.
    sou fã do nelson e dos dmas, e esse pqno texto
    é só uma forma de ressaltar, q isso é uma evolução em nossa religião, e q com certeza vem para o bem .
    pessoas; o tempo não para ,eu com certeza sou grato a todos ,e agradeço pela oportunidade, de
    aprender com vcs
    pontos de vista se montram, podemos ou não compartilhar

    axé leo asogun, concerteza admirarador dete trabalho

    56.
    em Janeiro 17, 2010 às 8:03 pm leo asogun

    PONTO DE VISTA
    NO ANGOLA SE ACENTA ALUVAIA SIM ( BARA )
    E SE ENMANTA OU ACENTA ( MODO DE DIZER )
    O EXU CATIÇO…

    AMIGOS O CANOMBLÉ É COMPLICADO
    NÓS SEGUIMOS O Q OS MAIS VELHOS DIZEM
    COM ISSO ESTAMOS SUJEITOS A VARIAS COISAS
    ACRESCENTADAS …

    EM FIM CADA AXÉ, CADA RAIZ , CADA SEGUIMENTO
    TEM UM ENRREDO DIFERENTE
    COM TUDO, SÓ CABE A NÓS ANALISARMOS OQ É ABSURDO,
    OQ JÁ É MUITO DIFICIU DE DESTINGUIR PARA QUEM É LEIGO.
    SÓ RESTA ESTUDAR E TER FÉ.

    IRMÃOS…
    DE UMA CASA DE KETU ENGENHO VELHO PARA OUTRA,
    DE UMA DE ADJEJE ,PARA OUTRA, DE UMA ANGOLA
    PARA OUTRA!!! PODEM ACREDITAR …
    MUDA MUITO
    POXA AS VEZES EU ESTOU TODO BOBO:
    – PO TO APRENDENDO A CANTAR KETU!!!
    Q NADA, É SÓ IR EM UMA CASA DIFERENTE DO MESMO AXÉ,
    NÃO CANTO NEM 50% DO CANDOMBLÉ .
    COM TUDO TENHO CERTEZA,SÃO VARIOS PONTO DE VISTA … FAZER OQ?
    SÓ ME RESTA CORRER ATRAZ E APRENDER AXÉ PARA TODOS
    NELSON, OBRIGADO RECEBI O SEU E-MAIL,Q COM CERTEZA,
    FOI MUITO IMPORTANTE PARA MIM
    GRATO DIA 23 FAREI DE TUDO PARA ESTA LÁ
    JA TENHO VC COMO AMIGO SEM MESMO CONHECELO
    AXÉ


  904. costaria de saber como que eu fasso pra sentar na lia


  905. oi acabei de conhcer este site e gostaria se possivel de algum esclarecimento, eu como disse para uma amiga tenho meus guias bem desenvolvidos e eu não fiz nada, todos os meus guias incorporam normalmente desde a primeira vez que fui ao centro, fiquei por la quase um ano mais hove muitas auterações e eu me afastei, hoje não frequento nada estou meio perdida, e eles depois de mais de 2 anos longe começão a me incomodar, me ajudem


  906. Iynne este seu comentário é bem comun, muitos acham que os seus guias estão bem desenvolvidos, mas baseados em que parametro, em que espelho? A nossa religião é sempre catergórica neste assunto de desenvolvimento, ele só pode e só deve ser feito mediante a orientação de uma pessoa habilitada para isso, ninguém é autodidata, nenhuma entidade se desenvolve sozinha ou vem já desenvolvida, o que vejo na verdade são pessoas que se iludem com alguns poucos bons resultados de suas entidades numas poucas consultas (ou mesmo que sejam inúmeras as consultas) e literalemtne criam suas próprias religiões onde são os senhores do certo e do errado, onde ditam as normas. Iynne não caia nesta armadilha minha irmã, é um caminho sem volta e sem futuro, todos nósprecisamos de orientação cosntante. Este incomodo que vc sente pode muito bem ser um egum próximo a vc querendo te confundir, mas tb pode ser seus guias te orientando a que volte a sua vida religiosa. Veja quanto é complicado a sua fala de que seus guias são muitos desenvolvidos e no entanto vc não consegue distinguir o que está de fato ocorrendo com vc mesma. Minha querida procure ajuda num terreiro e não chegue lá cobrando atitudes e comportamentos “corretos”, pois vc não sabe ainda o que é correto na religião, vc ainda vai caminhar muito para conhecer o certo e errado na religião e este caminho deve começar pela humildade de ser uma filha de santo.
    Mas vc já viu o que está acontecendo no Haití? Será que vc pode colaborar de alguma forma com eles? Procure, por favor, a Defesa Civíl do seu Município, vamos nos mobilizar? Tomeje


  907. Heitor esta ordem não tem nada haver com a ordem dos odús, é outro assunto completamente diferente um do outro. Odú é asunto ligado a babalao e Ifá/Orumila e a ordem dos orixás tem outra função, é uma questão de hierarquia e é bem complicado de explicar mesmo. Mas pro ex. o primeiro odu pode ser regido por outros orixás que não seja exú, e o segundo tb pod eser regido por outros orixas que não seja ogum, inclusive por mais de um orixá cada odú.
    Mas vc já viu o que está acontecendo no Haití? Será que vc pode colaborar de alguma forma com eles? Procure, por favor, a Defesa Civíl do seu Município, vamos nos mobilizar? Tomeje


  908. em Janeiro 19, 2010 at 9:39 pm HeitOr De Ayra e Opará

    Nelson mas mesmo assim voce podew me passa a ordeen dos orixaas? ah e me contar alguma coisaa sobre a qualidade do meu santo ke é xango ayra??
    brigado


  909. Heitor temos um post chamado xire ou sire orixá, está dentro da pasta “música/dança dos orixas” a ordem exibida lá está bem completa, creio que as únicas mudanças são, não cantamos separadamente para Ayrá, e Xangô vem depois de Omolu, o restante é bem aquilo, mas lembre-se aquela é uma das composições da ordem e pode ocorrer pequenas variações na ordem. Tomeje


  910. Venho através desta fazer-lhes uma pergunta, ‘quais os ORIXÁS que estao regendo o ano de 2010?…obrigada pela atençao denise


  911. Boa Noite, joguei os búzios, perguntei sobre o meu Orixá e o Pai me disse que eu tenho influência de Yemanjá, Iansã, Oxum, ele insistiu no jogo mas não saiu um exclusivo, mesmo ele dizendo que to mais pra Yemanjá, ele fez questão de citar os 3 Orixás, é possível isso?


  912. Olá,
    Gostaria de saber se a única maneira de saber o orixá que me rege é através do jogo de búzios?
    aaa..Muito interessante esse site


  913. e queria saber também, como faço pra despachar obrigação para Egun e quais os elementos necessários?
    Agradeço e aguardo respostas


  914. Denise pro favro veja na capad o blog esta informação, axé minha irmã. Tomeje


  915. Nadia é possivel que tres Orixas estejam se apresentando naquele momento no seu jogo, mas nem sempre isso quer dizer que os tres sejam ou queiram ser donos de sua cabeça, cada um pode se apresentar por um motivo diferente. No caso de dos tres ficarem de fato se dizendo donos de seu ori, estes Orixas/energias estãoa apenas se “acomodando, se harmonizando” e o mais prudente é aguardar um tempo e voltatr a jogar para ver o que de fato cada um Deles está “dizendo”, por isso meu conselho é que vc espere uns meses e retorne ao jogo para ver quem é seu Orixa. Tomeje


  916. Taynah se vc é do candomblé, sim, este é o caminho. Na umbanda o caminho [é uma consulta como guia chefe do terreiro, não me refiro a pombagira, e sim caboclo e outro guias. Tomeje


  917. Taynah se vc está falando de Egum (babá egum) isso é um assunto muito restrito e muito fechado. Se vc está falando de eguns (como asvezes são chamados as entidade como pombagiras) isso vai depender muito da entidade e da casa, por isso, neste assunto só há um caminho que é saber e pesquizar na casa de axé. Tomeje


  918. boa noite gostaria de saber algo ou alguma lenda sobre orisa “Otin” obrigado desde já!!!motumbá meus irmãos!!!


  919. em Janeiro 26, 2010 at 12:30 am Fernando D'Osogiyan

    Cleiton,

    Yeye Otin, Oxun que acompanha certa qualidade de Oxóssi.

    Odé Otin, caçador arisco de rompante de culto antigo.

    axé,


  920. Nelson:

    Suas orientações e informações aqueles que te procuram são muito coerentes, Parabéns, sou da Nação Kabinda, filho de Bará Lanã, gostaria de informações mais profundas com relação a este orixá. att. Nação Kabinda de Porto Alegre/RS.


  921. Nelson,

    boa tarde, preciso de uma ajuda sua se possivel por favor. meu carro foi roubado dia 26/12/09 as 15:30 do meu portão, pedi a minha entidades, e foi mostrado em sonho a onde o carro esta parado como estivesse em frente de um portão de uma casa, como um sitio, e depois foi fechando com arvores bem verdes. no meu eu esta carro esta ainda guardado em um lugar bem fechado, peço as minhas entidade que me mostre como chegar ate a conde ele esta, mas nao estou conseguindo. sera que vc pode me ajudar. por favor.

    CONFRARIA DE ANTIGOS
    FUSCA 68 VERDE METÁLICO
    CHAPA BPA 0465-SP
    CARRO ROUBADO 26/12/09 AS 15:30HS
    JARDIM ROBRU – Z.LESTE-SP

    DESDE JA MUITO OBRIGADA E QUE DEUS AUMENTE CADA VEZ MAIS SUA LUZ..


  922. Acirene eu fiquei comovido e triste pelo fato, até porque no dia 16/01 eu passei pelo mesmo constrangimento. No seu caso é mais que um carro, é uma raridade, entendo seu pesar. Sinto muito mas eu não tenho como lhe ajudar neste sentido, esperoque vc encontre, já tentou contato com o VW club? eles tem diversos contatos e ficam sempre sabendo de alguém que está vendendo ou que tem um carro desta categoria. Tomeje


  923. #
    Sonia

    Oi Nelson, mutumbá,

    Na resposta acima vc diz que ogã não pode jogar, somente pais e mães de santo. Fiquei em dúvida: e se ele for um babalawo? Babalawo não é aquele que cultua Ifá e consequentemente joga, independente de ser Babalorixá ou Yalorixá??

    Caramba … ficou confuso,né? Rsrsrsrs…

    Axé!
    Sonia

    #
    em Janeiro 27, 2010 às 4:55 pm Nelson Souza

    Sonia o problema é que babalawo é muito diferente de babalorixá, como eu expliquei anteriormente. Assim como o jogo de Ifá, que é feito com outros elementos que não são os búzios, é bem diferente do jogo de búzios.
    O babalorixa ou yalorixa usam os búzios (o jogo de búzios é conhecido por meridinlogum) e somente os búzios.
    O que eu disse foi que um Babalawo pode ser ogã, pode acumular os cargos sim, mas raramente um ogã será babalawo, não é proibido nem impossível, inclusive conheço um ogã que se iniciou em ifá, mas o jogo dele é outro assunto.
    Eu tb falei que uma das condições para ser iniciado em Ifá é não rodar de orixá e por isso babalorixa não pode ser babalawo porque babalorixá roda de orixa, e as Yalorixas não podem porque somente homens se iniciam em ifá. Tomeje

    #
    em Janeiro 27, 2010 às 10:39 pm tata kivanda ofange leo asogum

    babalawo tambem joga merindelogun ou buzios,
    e o jogo de merindelogum, foi passado, a
    uma destinta zeladora, por um babalawo.
    fora q e em alguns axes, ogãs e ekedjes ,jogam
    e jogam muito. não entendo essa dificuldade!
    eu não jogo

    #
    em Janeiro 27, 2010 às 11:12 pm tata kivanda ofange leo asogum

    vamos la… não da para separar odun de orixas,
    orixas são os nossos deuses e oduns os caminhos.
    o principais jogos dos babalawos são o opéle e ikin, mas com tudo, eles também jogam buzios, e jogam muito.
    sabe-se também, q anos atraz quando as atuais raizes
    do candomblé,( casa branca , opo ofonja , axé gantois,oxumare e etc…) estavam em formação, existia uma subordinação( no bom sentido)à qual os babalorixas e as ias eram submetidos por serem dependentes dos babalawos de ifá q eram os unicos conhecedores dos segredos .

    #
    em Janeiro 27, 2010 às 11:14 pm Fernando D’Osogiyan

    ègbé,

    Muitos macacos para poucos galhos, não é verdade? A diversidade é incrível, discordo de todos, numa boa, maneira de vermos as coisas, só isso, o objetivo é comum à todos tenham a certeza, não somos donos da verdade, porém acredito piamente na minha até que provem ao contrário.

    Meu ponto de vista e de axé:

    Babalawó é só Babalawó

    Babalorixá é só Babalorixá

    Iyalorixá idem

    Ogans e Ekedis não jogam búzios.

    Ogans não são babalawos.

    Babalorixás pode ter cargo de Oluwò

    Iyalorixá de Oxun é Iyá Petebí.

    Concordo com Nelson, Sônia e Leo, existem tantas informações e caminhos e tantas novidades e verdades, temos que respeitar.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan

    #
    em Janeiro 27, 2010 às 11:16 pm tata kivanda ofange leo asogum

    Em uma de suas idas e vindas à África, uma das primeiras Iyalorixás voltou acompanhada de um Babalawo, do qual ya passou a receber orientações, relativas as obrigaçõesrealizadas no Ilê Axé. E dessa forma, a Iya levou seu Axé à frente. Logo, alguns previram a disputa que se iniciaria entre Sacerdotes de Orixás e Babalawos. Pois na África, Babalawo é um cargo superior ao Oloorisa. Ninguém pode negar a força que o Candomblé tem nos dias de hoje. No entanto, a maioria dos Sacerdotes não têm um Babalawo para lhe passar orientações. Babalorixás e Iyalorixás se orientam, quando necessário, com os “Mais Velhos”. Acontece, que com o passar do tempo, muitos fundamentos foram perdidos, também o número de novos sacerdotes aumentou. O fato é que hoje, o número de “Mais Velhos” é muito inferior aonúmero de novos sacerdotes. Sabemos que existem Iyalorixás e Babalorixás com tanto saber, que não precisam de um Babalawo, pois possuem realmentemuito saber e são capazes de orientar com sucesso àqueles quelhes procuram. Esses grandes sábios, “Mais Velhos” do candomblé estão cada vez mais raros. No meu ponto de vista, cabe aos Babalawos, reconhecerem aforça e a magnitude do Candomblé. Cabendo aos Sacerdotes do Candomblé, reconhecerem a importância de um Babalawo e dos”Mais Velhos”. Não dá para separar Ifá de Orixá. Na África, temos exemplos de Oloorisas,que sabiam Ifá e utilizavam o Jogo de Búzios, é o caso do Oloorisa Salako, Sacerdote do Culto de Osala. Foi Salako, quem descreveu para um pesquisador, como ele utilizava o Jogo, relatando ainda 210 Versos de Odus, evitando assim, que os Fundamentos contidos nestes Versos de Ifá se perdessem.

    #
    em Janeiro 27, 2010 às 11:25 pm tata kivanda ofange leo asogum

    texto acima pertence ao babalorixa
    robson de xango.

    conclusão , se nem rodante seja baba ou ia ,
    podiam jogar e hoje jogam graças a deus!
    pq um ogã ou ekedjenaum pode fazelo?
    tendo em vista, q para ser babalawo de ifá,
    (q tambem joga buzios) a pessoa não pode é ser rodante.
    infelizmente um baba e uma ia ,não podem conhecer todos os 256 oduns limitaçao injusta, só babalawo.
    irmãos é tudo uma questão de ponto de vista
    axé para todos nós

    q zambi nos cubra bençãos

    #
    em Janeiro 27, 2010 às 11:28 pm tata kivanda ofange leo asogum

    fernado, obrigado e sua benção, saiba q sou seu fã ,e
    não é pq discordamos, q não te deva admiração
    mojuba baba


  924. pai fernado, tem como mandar o endereço de seu barracão ,via email gostaria de lhe visitar


  925. em Janeiro 29, 2010 at 1:50 am olinda simioni

    como posso fazer uma pessoa voltar para mim ele é muito importante em minha vida


  926. em Janeiro 29, 2010 at 4:01 pm adriano de inle

    gostaria de saber mas sobre ode


  927. em Janeiro 29, 2010 at 7:41 pm Fernando D'Osogiyan

    Adriano,

    Entre no post “qualidades de Oxóssi”que tem informações.

    Axé,


  928. So quero tirar uma dúvida, meu namorado é do candomblé, queria saber se tem algum problema em dar algo vermelho pra ele, sendo sei que nessa religião não se pode usar camisa vermelha ou preta, mais se não for camisa? tem algum problema?
    obrigada


  929. Carla algumas pessoas tem esta proibição sim, mas são poucas, talvez seja o caso do seu namorado. Mas se ele tem esta proibição não adianta tentar “enrolar o Orixá” rsrsrsrsrsrs disfarçando e dando um top, uma camisa de botão, uma regata rsrsrsrsrsrsrsrsr o problema é a cor e não a roupa em si, axé e felicidades rsrsrsrs Tomeje


  930. Motumbá Bàbá Fernando,gostaria de saber se uma pessoa têm um orixá que é carrego de família,esse orixá deve ser cultuado,ascentado e ele pode aparecer como 2,3 orixá ou não?Ah!é normal uma pessoa participar de um orô de um determinado oríxá e se desfazer em lágrimas?Desde já agradeço a resposta se possível.Axé.


  931. o gente oi so de oxala tenho 13 anos i eu gostei muito de saite que vcs fizeiro

    um abrasos parabens


  932. em Fevereiro 6, 2010 at 11:10 am Fernando D'Osogiyan

    Olá Isa, mutumbaxé.

    O Orixá de família (muito comum em África) deve ser arrumado e assentado, uma única vez, por um único herdeiro, participa do Orô, mas, não é Orixá adjunto no meu entender.

    O sentimento é também a energia do Orixá, muitas vezes nos levam as lágrimas sim, principalmente por quem está tomando a obrigação. Acalmar e apaziguar é função do zelador.

    O que não se pode Isa, é o que chamo de ” ISTERISMO COMPULSIVO”, isso não é Orixá e tem que se ter muito cuidado para não confundir Orixá com a psicose, o distúrbio nero-vegetativo, uma doença que requer tratamento.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  933. OLA! JA HAVIA FEITO ALGUMAS PERGUNTAS A VCS!!! AGRADEÇO AS RESPOSTAS. TENHO ALGUMAS FRASES EM YORUBÁ MAIS NÃO ENCONTRO TRADUÇÕES EM DICIONARIOS, GOSTARIA DE PERGUNTAR A VCS NOVAMENTE SE TEM ALGUM SENTIDO TODAS JUNTAS MESMO PORQUE PERDI A TRADUÇÃO DE ALGUMAS QUE VCS MESMOS ME PASSARAM. SÃO ESSAS AS PALAVRAS E/OU FRASES, MAS TAMBÉM NÃO SEI SE ESTÃO ESCRITAS CORRETAMENTE GIMANTARI, IBIPI APARURU E OMBORGOMO. ELAS TEM SENTIDO JUNTAS??? AGRADEÇO DESDE DE JA SE PUDEREM ME AJUDAR!!!!!!!!

    RENATA.


  934. MOTUMBA. GOSTRIA DE SABER A TRADUÇÃO DE ALGUMAS PALAVRAS SE POSSIVÉL. NÃO SEI SE ESTÃO ESCRITAS CORRETAMENTE!!! POR FAVOR ME CORRIJAM MAIS AS PALAVRAS SÃO; GIMANTARI IBI IPI APARURU E OMBORGOMO. PODERIA TER ALGUM SIGNIFICADO TODAS JUNTAS??? DESDE JA EU AGRADEÇO!!! CLEITON.


  935. Olá, só queria dizer que eu gostei muito de tudo isso aqui.
    Nossa achei super interessante. Tirou algumas dúvidas, como eu ainda não sou raspada já me ensinou bastante coisa.
    eu só tenho 13 anos e é a minha primeira vez aqui.. Estou orgulhosa pelo trabalho e dedicação, isso com certeza me ajudou a entender sobre a minha religião. Eu desejo pra todos vocês Axé !
    Que vocês continuem assim, que sempre cresçam cada vez mais, porque eu já vi que vocês merecem.
    Parabéns… E aproveitando gostaria de fazer algumas perguntas:
    O que um espírito dever ter feito para virar Egun?

    É verdade que alguns caboclos são mais velhos do que os pretos velhos?

    Porque algumas Pombagiras amarram ‘guizo’ na ponta da roupa?

    Desde já eu Agradeço pela atenção. Amanda! =)


  936. Mutumbá
    Axé à todos…

    Tenho acompanhado constatemente o site e vejo sempre a questão do que para muitas casas chamamos Jurema, e a incorporação de entidades chamadas de “catiço”. Dependendo da raiz a qual se pertença isto é absolutamente permitido, depois de trinta anos como Yalorixá aprendi uma coisa:intolerância gera mais intolerância.Aqui não há a figura de Jesus e dos santos católicos mas nós não saímos por aí chutando suas imagens, cada um que se sinta bem em seu lugar, e fazendo o bem, amém. Não sou de questões fechadas.
    Tomeje, continuamos do mesmo lado não é? As experiencias devem ser somadas e nunca subtraidas dos abiãns, é preciso ter uma visão geral para sabermos onde é possível se doar por inteiro e com muuuuuuuuuuito amor.

    a benção de todos
    Oya Balegun


  937. em Fevereiro 7, 2010 at 7:03 pm Fernando D'Osogiyan

    Renata e Cleiton,

    Onde ouviram essas palavras? Vocês juntaram as palavras?


  938. Olá Amana
    Não sei o porquê de usarem guizo, o mesmo é usado no candomblé quando ocorre iniciação e em outras obações no iniciado,ele carrega um guizo durante o tempo e kelê em algumas nações,não sei se em todas.Quanto a idade dos caboclos, creio que sim mas o culto vem desde 1700 e alguma coisa,na verdade entidades não tem idade.
    axé


  939. Olá Marília
    Concordo e acho que merece um friso, a depender do segmento religioso é permitio,mas a partir do momento que o culto a catiços descaracteriza o culto tradicional,não vou dizer que é proibido,mas deturpa algo que já está estabelecido, e confunde,na verdade cria-se outra religião que ´se assemelha a uma e outra mas nao é a igual àquela qe nasce.
    axé


  940. Olá Marília (quanto tempo, hein??) e Carol.
    Marília, lembro-me bem que sua raiz está aqui, na minha terrinha, sendo assim, eu posso falar com algum domínio. Marília, com certeza, se formos para o tradicionalismo no Candomblé, os catiços seriam “barrados na porta de entrada”, mas quando falo de Jurema, da nossa respeitada Jurema do nordeste, falo com absoluto respeito, pois é um culto que está aqui presente, enraizado desde muito antes do nascimento do nosso Candomblé. E por ter tanta proximidade, zelo e respeito pela natureza é que esses segmentos uniram seus adeptos, pois cada qual, a sua maneira, faz uso absoluto da natureza, seja nas folhas para os banhos, nos fumos dos cachimbos dos grandes mestres da Jurema, seja na preparação da tão sagrada e forte bebida que leva o nome da árvore principal e do culto…”Jurema é um pau encantado, é um pau de ciência que todos querem saber, mas se você quer jurema, eu dou jurema à você”.
    O culto da Jurema é forte, está enraizado aqui desde os terreiros de Candomblé às aldeias indigínas onde tudo começou. E eu, como uma religiosa com minhas raizes aqui na minha terrinha, mesmo sendo iniciada para orixá e não “juremada”, não fazendo parte desse mundo de magia e respeito, devo respeitar e reverenciar esse culto tão regional e característico e que diferencia-se de todos os outros cultos que também cultuam entidades com Umbanda, Candomblé de Caboclo…
    O problema é que quando fale-se em “catiço”, engloba-se uma infinidade de segmentos onde gera um outro problema muito grave: o umbandomblé. Sendo que Umbanda não é Jurema e Jurema não é Umbanda.

    Salve a Jurema Sagrada.

    Axé!


  941. OBRIGADO FERNANDO POR TER SE ENTERESSADO!!! NA VERDADE UMA AMIGA NOSSA OUVE ESSAS PALAVRAS COMO SE ALGUEM TIVESSE FALADO NO OUVIDO DELA. SEI QUE É COMPLICADO! NÃO SEI COMO SE ESCREVE MAS A PRONUNCIA É ESSA SEGUNDO ELA DIZ, A ULTIMA PALAVRA É OMBORGOMO AS OUTRAS VCS NÔS DERAM AS TRADUÇÕES. ANTERIORMENTE. QUEREMOS SABER APENAS POR CURIOSIDADE. POR GENTILEZA VCS NÔS AJUDAM NÃO ENCONTREI EM DICIONÁRIO, ACREDITO QUE A PRONUNCIA PODE SER ESTA MAIS A ESCRITA NÃO NOVAMENTE LHES AGRADEÇO ESPERO QUE POSSAM NÔS AJUDAR SE ESTA PALAVRA OU ATÉ QUE SEJE UMA FRASE TENHA TRADUÇÃO MUITO OBRIGADO!!!! CLEITON.


  942. em Fevereiro 8, 2010 at 1:21 am Fernando D'Osogiyan

    Cleiton,

    On bo rg omo= Onborgomo

    Ele (a)esconde rg filho

    Espero ter ajudado,

    Axé,


  943. Olá, Fernando, AXÉ
    Muita força meu irmão, e desde já agradecendo todo apoio e exclarecimento no blog.
    Queria lhe fazer duas perguntas
    A primeira é sobre ritual. Como pude ler em um artigo sobre Candomblé, quando do fim da Iniciação, para o “povo-de-santo” é revelado o nome do Iniciado. No Batuque nós não revelamos este nome, ele nasce dentro do Peji, e morre nele, no conhecimento apenas do Babalorixá e do Iniciado em questão. E é sobre “nomes” que eu queria fazer a pergunta. No Batuque nós cultuamos apenas 12 Orixás, quando se “assenta” um Orixá no Igbá, ele recebe um “nome”. Ex: Assentamento de Oxálufã, o nome do Igbá´em um ex poderá ser “bonifã”. Quando se vai reverenciar o Igbá, ou entregar algo a este orixá, ou no inicio de cada ritual, chama-se secretamente este nome, para que o Orixá do Igbá responda e não um Egun. O Igbá só responde a quem conhecer este nome. Gostaria de saber se isso existe dentro do Candomblé, esta seria minha primeira pergunta, os assentamentos de vocês possuem “sobrenome”? A segunda pergunta é sobre Orixá. Os Orixás do Batuque são: Bará, Ogum, Oiá-Iansã, Xangô, Ibeji (que tem seu ritual ligado ao culto de Xangô e Oxum), Odé, Otim, Oba, Osanha, Xapanã, Oxum, Iemanjá, Oxalá e Orunmilá somente. Sempre acreditei na relação de hereditariedade relativo a “feitura de santo”, e note que nesta lista não esta Oxossi, Nanã… Mas estes mesmos que não cultuados dentro do Batuque, não deixam de ser Orixás Nagô. É possivel um culto restrito a um “nucleo” de Orixás cultuar ou assentar outros?


  944. Olá Eurico, eu não sei a resposta da primeira pergunta.Mas ja a segunda, vc pergunta se é possivel haver culto de orixás que não estam inseridos no culto da sua nação?
    Eu sou a favor de se buscar sempre a tradição, se tradicionalmente sua nação não cultua esses orixás não tem como vc cultuar,pois vc certamente desconhece como fazer esse culto e incorporar elementos de outra nação, com certeza vai criar conflitos entro o que ja existe e o que vc quer fazer.Além disso,onde buscar o conhecimento se a fonte sempre serão os mais velhos e esses mais velhos não cultuam esses orixás?Incorporar ao culto “novidades” é o primeiro passo para se desfazer de uma tradição.
    Essa é minha opinião;
    Axé


  945. Obrigado Carol, sou também a favor dessa linha de pensamento. Axé minha irmã.


  946. queria saber o que eu sou ? minha vó é mãe de santo, mais não fala dessas coisa cmg, mais eu tenho mtaa curiosidade de saber, de que santo sou? essas coisas !


  947. Eurico e Carol, na minha nação ocorre o mesmo em relação ao nome, meu irmão. Na saída não se fala esse nome do iniciado. É uma informação bem restrita.

    Axé!


  948. em Fevereiro 9, 2010 at 12:00 am Fernando D'Osogiyan

    Eurico,

    No ketu/nagô o Orixá traz o nome e/ou parte dele cabendo ao zelador completá-lo de acordo com o Orixá, normalmente é chamado uma pessoa do axé que não tenha participado da obrigação para o que chamamos popularmente de “tirar o nome”, O Orixá dá um pequeno salto e grita seu nome (Orukó), no dia da saída. É tão inesperado, que mesmo o mais atento ouve o nome esquece ou lembra de uma parte, etc…são os mistérios.

    Cada Orixá tem seu assentamento se, por exemplo, assentarmos Oxun, vamos apurar a qualidade e o caminho dessa Oxun, se apurarmos Oxun Yeye Ipondá então o zelador ensinará como cuidar dessa delicada e exigente Iyabá e de tudo que se refere a ela especificamente.

    O único que batizamos, se assim posso dizer, são os Exús que acompanham os Orixás ( há quem nem faça isso) se por exemplo vamos assentar Exú de Omolú, sabemos que um dos Exús que acompanha Afoman por exemplo, é Exú Alê, então com o Obí vamos confirmar se é ele e se podemos dar-lhe um nome ex: Bára Aiye …….

    Este exú que acompamnha o Orixá é assentado e confeccionado com as instruções do zelador, mas, pelas mãos do iniciado (muitos não fazem assim, eu faço) para que o suor, o contato, o desejo, a energia, a mão em sí do iniciado manuseie e faça o formato vultuado do exú ao seu reflexo espiritual do seu caminho de ida e volta aos olhos de Olodumare. É a esse Exú que prestamos as contas, não ao nosso Orixá propriamente dito como muitos pensam, Exú é o advogado e o nosso representante junto a Olodumarè.

    Axé irmão!

    Fernando D’Osogiyan


  949. ola meu nome e pedro…e minha mae de santo deu as seguinte..explicaçoes as classificaçoes dos orixas..

    orumila

    odudua obatala

    elegebaa
    ……………………………………………………………………
    iemanja oxala
    oxum oxossi
    oya xango
    oba ogum
    nanã omulu
    leba exu
    osaim logum ede
    naum me recordo naum me recordo

    ……………………………ibjada…………………………….

    oxumare
    ………………………………………………………………..
    plano fisico
    animal
    e hominal

    desculpa pelos orixas q naum lembro..mais eu queria sabe se essa colocaçao esta correta e pq??

    muito obrigado


  950. boa terde irmãos , gostaria q vcs falassem um pouco
    sobre as caracteristicas gerais, como cor das contas,a familia aq pertencem, seus itans e orikis .
    falo a respeito do orixa aje saluga, ( q dizem cavalgar sobre as ondas dos mares) e o n’kisse zingalumbondo, o qual só tomei ciência de existir através do nelso meu baba.
    também gostaria de saber se os mesmos rodam na cabeça das pessoas ,( creio q não) axé a todos mojuba


  951. boa terde irmãos , gostaria q vcs falassem um pouco
    sobre as caracteristicas gerais, como cor das contas,a familia aq pertencem, seus itans e orikis .
    falo a respeito do orixa aje saluga, ( q dizem cavalgar sobre as ondas dos mares) e o n’kisse zingalumbondo, o qual só tomei ciência de existir através do nelso meu baba.
    também gostaria de saber se os mesmos rodam na cabeça das pessoas ,( creio q não) axé a todos mojuba


  952. em Fevereiro 9, 2010 at 11:51 pm Fernando D'Osogiyan

    Pedro,

    Os Orixás vão de Exú a Oxalá, ou seja do mais quente ao mais frio, cada um com sua regencia e responsabilidade determinadas por Olodumarè (DEUS).

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  953. Axé Fernando, fundamento lindo!
    Obrigado pela explicação


  954. Fernando, AXÉ, e a todos do blog

    Apenas uma curiosidade, como em um post antigo eu relatei que o estado “orixá-criança” quem traz no Batuque é o legba pessoal em um ritual chamado Axerê, aliás, estes dias ainda lia que só Eboras e Orixás podem ver o seu legba, motivo pelo qual na nossa nação tapa-se os espelhos pois o elegun não pode se ver durante 32 dias. Tudo que o Bará faz enquanto Erê nós não podemos fazer enquanto sacerdotes, um ex:

    em casa que se tem assentamento de orixá é proibido em respeito ao bará e por interdição dos eguns

    Beber e comer em pé
    tomar café sem pires
    beber qualquer tipo de bebida no bico da garrafa
    comer na ponta da mesa
    comer arroz com couve, arroz com galinha, arroz com linguiça e por aí vai…

    Alguém aqui possui em sua Nação estas interdições? Os efeitos que cada uma causa eu conheço, só não conheço a nação que incorporou estes fundamentos, pq eu venho de uma religião de 4 vertentes, e a maioria delas esta baseada no jeje (fala de santo uma delas).

    So explicando que o Batuque surge na união de jeje,ijexá, nagô(oyo) e angola (cabinda), cada um colaborou com uma parte, mas no batuque só se inicia babalorixá porque foi adotado anos atraz o panteão nagô.

    Existem historiadores que falam que o batuque é culto a vodun e que so mudamos nomes de voduns para orixas, fernando me disse isso uma vez entre linhas não posso conceber isso, sou Babalorixá, sacerdote de orixá, filho de oxalufã, embora Ogum Avagã que cultuamos eu sei que é Gu Avaga vodun do jeje e esta informação chegou para mim recentemente. Só que eu sempre achei que o transe com orixa em todo culto a orixás era igual e vejo o Batuque tão distante desse padrão….

    Na minha Religião, nenhum babá nem elegun pode saber da presença do seu orixá em transe. O Axerê apaga da memória do babalorixá ou do elegun toda informação sobre o transe e ele desperta como se naquele momento o tempo fosse preenchido. Ninguém pode comentar nada sobre isso. Existe toda uma liturgia para fazer este processo de “Axêro”, alguem possui em seu axé algum ponto que se assemelha em algo que foi citado aqui?


  955. em Fevereiro 10, 2010 at 2:18 pm JOCELAINE INCHAUSTHI

    Caros Srs.
    Em busca de respostas, cheguei ao site Candomblé, gostei imensamente de tudo o que li, mas continuo com a dúvida sobre COMO saber se sou realmente filha de IANSÃ. Poderão me orientar e esclarecer esta dúvida? Agradeço imensamente a atenção e aguardo uma resposta, se possível. Cordialmente, JO


  956. Pedro tente por favor explicar de outra forma pois eu não entendi nada do que vc tentou explicar, sinto muito. Tomeje


  957. Olá
    achei isto na net,queria q vcs deste suas opinioes nesse trecho q separei……

    NTRE DOIS CREDOS: A FÉ EVANGÉLICA E AS RELIGIÕES AFRO
    (Artigo da revista “Religiões do Brasil”)

    Pai Rogério (seu nome verdadeiro foi trocado para preservar sua identidade)
    é um típico pai-de-santo brasileiro. Seu terreiro no interior de São Paulo

    é freqëntado por inúmeras pessoas que vêem na umbanda uma resposta a seus
    questionamentos espirituais. O terreiro de paipai Rogério fica aberto
    durante boa parte do dia, durante o qual ele exerce suas responsabilidades
    místicas como filho de Xangô.

    À noite, contudo, o terreiro faz uma pausa em suas atividades. Pai Rogério
    não mais é visto em sua tradicional roupa branca. Troca as guias pelo terno

    e gravata e vai à igreja., onde em meio a aleluias e discursos apaixonados,
    pai Rogério se transforma no pastor evangélico Rogério, lider espiritual

    de um rebanho de cerca de 500 pessoas.

    “Tudo começou há cerca de 20 anos, quando vários dos filhos de Xangô passaram
    a receber revelações sobre a união que os orixás promoveriam
    entre as principais religiões brasileiras” – conta o eufórico pastor Rogério.
    “Hoje temos cerca de 2700 pais-de-santo que exercem a função de
    pastores, e quase 10 mil filhos-de-santo que atuam como obreiros e líderes
    de oração em diversas igrejas ao redor do país. Os orixás estão muito satisfeitos
    com o movimento evangélico no Brasil, e são eles os principais responsáveis
    por seu crescimento acelerado.”

    Pai Rogério conta que após muitas décadas de perseguição por parte do Catolicismo,
    que é oficialmente contra o sincretismo religioso, as relações
    interreligiosas entre os credos afro e as religiões cristãs está começando
    a mudar.

    QUESTÃO DE NOMENCLATURA

    “É tudo uma questão de nomenclatura.” – esclarece pai Rogério. “Na realidade,
    a umbanda e a fé evangélica são muito parecidas. É tudo uma questão
    de um se familiarizar com a nomenclatura do outro.”

    “Por exemplo, na umbanda cremos que Jesus é o filho de Deus e salvador do
    mundo. Só que o chamamos pelo seu nome espiritual, que é Oxalá. Não há nenhuma
    diferença entre o Jesus das igrejas e o Jesus da umbanda. Oxalá a autoridade
    Suprema na Umbanda. Ele é quem dá as ordens aos orixás para virem até a
    Terra ajudar seus filhos.E quando os evangélicos invocam anjos e fazem cerimônias
    para pedir proteção, estão na realidade
    invocando o que na umbanda chamamos de orixás. Os orixás nada mais são do
    que seres de luz que operam nas esferas espirituais e que olham por
    nós mortais. A umbanda não é uma religião independente, mas sim um complemento
    do cristianismo. Somos a quarta revelação de Deus à
    humanidade, conforme profetizado no Apocalipse.”

    Segundo pai Rogério, o preconceito começa a cair por terra quando os evangélicos
    se dão conta de que todos adoram ao mesmo Deus: “Na
    umbanda, nós também adoramos à Santíssima Trindade. Inclusive, as religiões
    afro já conheciam a Santíssima Trindade muito antes da criação do
    cristianismo. Seu conhecimento foi passado por Salomão, que espalhou a espiritualidade
    na África. Na umbanda, sabemos que a adoração à
    Santíssima Trindade é uma invocação à Sagrada Família de Zambi (o Pai),
    Oxalá (o Filho) e Ifá (o Espírito Santo). É fato conhecido entre os
    umbandistas que os primeiros bispos católicos consultavam babalorixás africanos,
    de onde teriam aprendido importantes conceitos como o da
    Santíssima Trindade.”


  958. em Fevereiro 11, 2010 at 9:21 am Fernando D'Osogiyan

    Jocelaine,

    Somente através do jogo de búzios feito em uma casa de tradição e de libada reputação religiosa, podesse ter um parecer a respeito. Ok, JO.

    Axé,


  959. em Fevereiro 11, 2010 at 9:50 am Fernando D'Osogiyan

    Eurico,

    Existem vários interditos em todas as nações e a nação Jeje é a mais rudimentar nesse sentido pois antigamente o vodunce novinho tomava benção até a cachorro! No Ketu, temos interditos do nosso Orixá, do Orixá patrono do Ile, da nação Ketu e até interditos de sua família e de seu axé. Não há exageiros nisso, apenas entendimento que, por exemplo: se meu Orixá no caso Oxalá, um dos seus interdito é a cachaça eu não devo tomar cachaça porque se não perco energia de meu pai. Esses hábitos que você se refere estão muito ligados ao Jeje e uns até ao Angola e Ketu, vejo muito mais por uma questão de educação e não de liturgia em sí, não há uma razão plausível. Já se foi o tempo em que ouvíamos: é assim por que foi assim que aprendi. Mas, quer dizer que se entendermos que é desnecessário vamos continuar fazendo? Hoje em dia não estouramos o Duburú ou Deburú em folha de bananeira na terra…por aí vai a nossa evolução e raciocínio liturgico, cabe a nós Eurico, zeladores, reordenar costumes a uma nova era, contudo, sem perder a ESSENCIA RELIGIOSA.

    Temos que ter muito cuidado, são pequenos detalhes que se vence uma partida de xadrez, a base religiosa não pode ser comprometida, devemos nos a ter as perguntas que nunca tiveram respostas, na verdade, foram impostas e se misturou ao nossos ritos.

    Vamos a África, Brasil, Negros, Brancos, Senzalas, Escravidão Coronéis, Políticos, Jornalistas, Poetas, Presidentes,etc, e nossa religião sobrevivendo aos costumes de boca fechada ou quase fechada isso já de 1935 pra cá. O que se ouvia da soleira da porta, o que se ouvia da cozinha do casarão, é exatamente o que você descre e muito mais, aí o Negro incorporava aos seus costumes, muitas vezes sem saber exatamente o por que, por achar bonito, por ser referencial. Tais costumes mantemos até hoje como o camisú, saias baianas, etc.

    OBatuque tem seu culto próprio e muito misterioso e tem várias vertentes, o melhor se pudesse ter um corpo só como o Ketu (sem desmerecer).

    Grande abraço irmão, axé.

    Fernando


  960. João como eu sou do candomblé e tenho uma experiencia e vivencia bem diferente eu prefiro me abster do assunto e visão ligado a umbanda. Mas posso te dizer que isso não seria possível no candomblé, não por preconceito ou discriminação,mas porque a nossa religião tem no minímo 5.000 anos, há pesquizadores que dizem que é bem mais antiga. Então não há como subordinar o candomblé a um culto mais recente e que tem visão bem diferente da nossa, nós não temos noção de pecado, inferno, culpa, punição/medo, e outras coisas que forçam a pessoa a ter uma conduta “correta”. Um exemplo é que nossa religião não quer mudar a orientação sexual de ninguém para que esta pessoa seja salva ou aceita, nossa religião a aceitará assim como ela é, pois sabemos que é normal. Enfim, são muitas as diferenças de pensamento, incluindo o totalitarismo, o unicismo, e isso vai de encontro ao pensamento do candomblé/culto a orixá. Já vimos aqui relatos de pessoas que fazem candomblé vegetariano, outros querem “evoluir” o candomblé, outros querem misturar tudo no mesmo panelão, já vimos umbandaime (umbanda com santo dai-me), e muitas outras coisas. Não discutimos se é certo ou errado, ma falamos que no candomblé isso não cabe. Tomeje


  961. Ah João e Nelson, o que é isso? Eu muito me surpreendo em acreditar que essa matéria saiu numa revista sobre religiões. Toda matéria, antes de ser publicada, passa no mínimo pelos olhos de pesquisadores e até especialistas no assunto. Pelo menos nas séria edições…
    E tudo nessa matéria está tão confuso. “Santíssima trindade”, “fusão”, “questão de nomeclatura”… Garotos, eu ontem fui a uma missa. Minha avó fez sete dias de falecimento, e a parte católica da família organizou a missa, o padre conhecia minha avó, e todos deram um jeito de se reunir, eu fui. Confesso que, mesmo brasileiranata, não conheço os procedimentos de uma igreja, e nem de uma missa. Prestei atenção nas rezas, nos sermões do padre, nos gestos e até consegui assimilar o que ele queria dizer, o ensinamento que ele queria passar aos fiéis. Depois de ontem (fazia 6 anos que eu não ia a uma missa), depois de ontem, eu falo com toda certeza, que as diferenças entre nossas religões não estão presentes em apenas uma questão de “nomenclatura”. Mas sim, como disse o Nelson, em ideias e ideais. Isso as diferenciam e muito.
    Na igreja também tem seus procedimentos, suas horas certas para cada palavra, cada gesto, cada ritual, mas isso e nem nada justifica a “fusão” entre nem dessas e nem de outras religiões. Temos que respeitar cada uma à sua maneira, à sua cultura, à sua história.

    Axé!


  962. obrigado nelson e dayane por colocarem suas opinioes,mas o que mais me chamou atenção foi a parte…

    “Tudo começou há cerca de 20 anos, quando vários dos filhos de Xangô passaram
    a receber revelações sobre a união que os orixás promoveriam
    entre as principais religiões brasileiras”

    bom volto a agradecer e parabens pelo blog,que esclarece e tira duvidas de curiosos como eu.
    a minha opinião sobre a parte do texto e….
    que são religioes com culto ritos diferente mas se todos crer em um DEUS único seja chamado de olodumare, zambi, ala, pq não.eu acho viável 1pessoa frequenta 2 religioes,bom se ela aguentar a discriminação.


  963. oláaa…
    Gostei de conhecer esta página …Sou Umbanda frequento uma casa de umbanda oriental aqui em Brasília,mas tenho que afirmar que sou apaixonada pelo candomble…acho tudo muito bonito, festas rituais…alegres animados…e me sinto muito bem, mas tenho um certo receio em entrar para esta religião…não sei o por que?Minha prima é do candomble, sempre me chama e quando vou as festas nossa que alegria me enche o espírito…..gostaria na verdade de saber como lheiga do candomble,se caso mude eu levarei comigo meus espiritos que estou doutrinando na umbanda para o candomblé ou eles mudam?se meus guias irám me acompanhando:minha criança,meu preto velho, meu caboclo?
    espero realmente que vc me responda se der me mande por e-mail a resposta ok?ficarei muito grata…


  964. em Fevereiro 12, 2010 at 4:54 pm Fernando D'Osogiyan

    Marcela,

    Mudar por que? tem algum motivo especial? Não está feliz com suas entidades de umbanda?

    O candomblé temos a 3 principais nações: Angola, Ketu e Jeje. cada uma com sua particularidade e liturgia. Essas entidades no candomblé ficarão restritas, terás um enorme tempo de adaptação e entendimento.

    Caboclo, Preto Velho, criança, não tem pai não tem mãe, nasceram livres, são eguns de luz.

    Frequente o candomblé, cuide-se na parte de Orixá, mudar é uma decisão que só você pode tomar.

    Lembrei-me de um ponto de Oxalá de Umbanda:

    “Oxalá, meu pai
    tem pena de nós tem dó
    A volta do mundo é grande
    Poder de zambí é maior”

    “Oxalá é nosso Pai
    Filho da Virgem Maria,
    Valei-nos, Nossa Senhora
    Nossa Senhora da Guia”.

    “Sete anjos nos acompanham
    Sete estrelas nos iluminam
    Valei-nos, Nossa Senhora
    Nossa Senhora da Guia”.

    “Oxalá, Oxalá
    Pelo amor de Deus Oxalá
    Pelo amor de Deus Oxalá”

    Axé e boa sorte,

    Fernando D’Osogiyan


  965. Olá joão
    Tinha visto o textoq ue vc publicou mas me abstive de comentar justamente por conta desse trecho que vc frisa, desde quando um humano acha que conhece as vontades de um Orixá.Até que ponto isso nao é uma convicção pessoal deste senhor e não uma verdade?Pensoq ue cada religião deve se manter na sua esfera de ação,essa misturada que vc nos deixa a par com certeza vai nos trazer irmãos com problemas daqui um tempo…infelizmente
    axé


  966. oa terde irmãos , gostaria q vcs falassem um pouco
    sobre as caracteristicas gerais, como cor das contas,a familia aq pertencem, seus itans e orikis .
    falo a respeito do orixa aje saluga, ( q dizem cavalgar sobre as ondas dos mares) e o n’kisse zingalumbondo, o qual só tomei ciência de existir através do nelso meu baba.
    também gostaria de saber se os mesmos rodam na cabeça das pessoas ,( creio q não) axé a todos mojuba


  967. Leo sobre zingalumbondo este foi 1 exemplo, há outros como kambaranguangue, Luango e outros Inkises. Vc pode pesquizar com o site kambondo.com, eles são bate folhas RJ, todos rodam em seus filhos, inclusive vi um/a Zingalumbondo no bate Folha. Sobre Ajé é outro assunto restrito, não conheço informação suficiente para falar sobre isso, mas sei que não tem culto formal no candomblé e que não rodam na cabeça de ninguém, é um assunto que eu tb não domino e eu prefiro não comentar apra tb não falar o que não devo.


  968. Bom dia a todos os irmãos, bom dia Fernando e Dayane os primeiros a me acolherem aqui no blog, bom dia Carol, que nos comunicamos por aqui a pouco tempo.

    Tenho uma pergunta que é bem relativa a este topico “orixás” e que de todos os posts por mim aqui publicando sempre seguiu.

    Pelo fato de estudar Arqueologia, uso muito etnografia para acessar os cultos. Antropologia visual é uma forte amiga minha, e mesmo na visão cetica dos Antropologos, posso “escutar” o que as pessoas dizem, no que acreditam, e como se comportam. Não sou um Verger, uso isso para entender o mundo, mesmo porque minha area dentro da Arqueologia é biologica e não social.

    Ja li muitas postagens aqui, dos irmãos, a ver que no Ketu pelo que pude ler um yawo ou sacerdote pode entrar em transe com até 3 orixás.

    Já percebi também, que nesta nação o yawo sabe da presença do seu orixá.

    Já perecbi também pela Entografia de Verger, que na africa os eleguns também sabem dessa presença.

    Já vi tambem, em outros segmentos iniciaticos a Orixás (que não são poucos) que o transe entre tudo que foi aqui citado de nada se assemelha uns dos outros.

    Porque isso ocorre?

    Isso estaria ligado a forma de se fazer nascer o orixá?
    A feitura mudaria a forma de transe?

    Na minha Nação o elegun so entra em transe com 2 orixás, o seu orixá de cabeça e o seu legba

    O que muda realmente?

    Na minha nação o motivo pelo qual não se fala do transe é que as pessoas ficam “loucas”. Isso tem sido relatado des da abertura do primeiro terreiro no Rio Grande do Sul. Eu tenho aqui documentos de estatisticas que comprovam isso.

    Porque?


  969. Hoje consultei um sacerdote muito antigo aqui na cidade, ele disse que sabe da posseção com seu orixá, e que loucura é mentir para si proprio. Mesmo assim segue a duvida sobre possessões diferentes….


  970. Eurico apesar do seu “preconceito contra mim” rsrsrsrs brincadeira. Eu discuti isso do transe no texto “sou filho de orixa 1 e 2″, não é a verdade suprema, mas é uma verdade que sinto na pele, não em mim, pois aceito perfeitamente o que ocorre durante o transe, mas vejo que este assunto muitas vezes não é tratado porque dá um certo status ou porque assim, dizendo que não vê, não sente, não ouve, a pessoa se exime de qualquer responsabilidade. Seiq ue existem casos de pessoas que realmente apagam, mas não são todas. Por isso penso que seria mais oportuno discutir esse assunto do ponto de vista do “segredo de confissão” entende? não acho outro termo para definir como penso. Mas é falar claramente que naquele momento do transe a pessoa é um veículo somente, e que os assuntos que por acaso forem “ouvidos” fazem parte da relação das pessoas com o sagrado que este filho, está naquele momento personificado. Por cosincidencia eu li no livro “saída de yaô” de Pierre Veger o seguinte comentário dele. “Dizem que é o orixá quem escolhe o filho, e não o contrário, mas ninguém sabe qual é o critério desta escolha. Talvez se trate simplesmente de uma troca de necessidades. O filho precisa do orixá para se tornar realmente quem ele é. O orixá precisa do filho para que sua existencia se torne real.” No meu texto eu escrevi que é preciso aprender a “virar” e orixá, e quem é bem conduzido sabe dsitinguir este assunto de transe e sabe qual é o seu papel. O problema disso é que dá trabalho ensinar e sãopoucos os que estão dispostos a ensinar e aprender. Tomeje


  971. Oi boa tarde estava lenod alguns comentários do Eurico e lendo outras coisas sobre a origem do candomblé, e me surgiu uma duvida.
    O Eurico informou que no Batuque não se cultuam alguns Orixás , como por exmplo Nanã, lendo vi que na áfrica não temos o candomblé e sim regiões onde determinado orixá é cultuado.Minha pergutna é a seguinte e neste caso peço ajuda do própio Eurico, como se faz se a pessoa tem como orixá por exemplo Nanã, se nasce um filho deste orixá tanto no batuque quanto na região da àfrica que cultua por exemplo XAngo?
    O que acontece com essa pessoa e seu orixá, ele é feito de um orixá que tenha fundamento junto com ele?


  972. Olha no batuque “etico” se repassa a outro segmento que faça feitura desse orixá.

    Mas é muito comum “fragmentar”

    Ex:

    Nana -> Yemanjá
    Oxossi,Logune´de… -> Ode
    Oxumaré -> Oxum, Yemanjá

    Se faz a feitura do Orixá “similar” que de acordo com a opinião de alguns teria a mesma “energia” coisas de “fundamentos” a parte de minha visão pessoal…

    Mesmo porque nosso oraculo não é por ODÚ, e o oraculo do batuque so responde aos 12 igbás e nada mais.

    Se eu jogar a cabeça de alguem, só vou ver orixás da minha nação

    na roda de batuque so se invoca os 12 do culto e esta propenso alguem entrar em transe com esses 12 e nao um orixa que nao faz parte do ritual.

    Mas se buscarmos a origem, na africa marido de xango, mulher sera de xango, filhos serao de xango, netos serao de xango…

    No brasil, nao escolhemos nosso orixa por linhagem ancestral “sanguinea” acreditamos no orixá como força natural que nos escolhe, nascemos com ele e o caminho não esta traçado somento por uma herença familiar.

    é nisso que eu acredito

    Eurico de Oxalufã


  973. Entendi…
    Outra duvida???kkkk
    Entendi tudo o que vc disse Eurico mais as duvidas sempre vão aparecendo, e como ainda sou abiã ainda tem coisas que ficam confusas. COmpreendi que por o jogo do Batuque ser diferente só respondem os 12 igbás, certo?Mais, desculpe, insistindo um pouco sendo a pessoa de Nanã e sendo ela um rodante ele ira incoroporar o Orixá no caso Yemanjá?Ou ele faz uma feitura para Yemanjá e não incorpora?
    Outra coisa, claro que não é o aconselhavel mais pelo que vc disse o Batuque é bem regional, um flho do Batuque que vem para o Rio o São Paulo, onde pelo o que eu entendi não tem Batuque, e ele quiser frequentar uma casa de candomblé como ele deve proceder ou ele não deve frequantar?
    Pergunto pq tem pessoas que são “desligadas” fazem suas obrigações mais não se interessam em conhecer o pq foi feito daquele jeito ai começa a ir num lugar diferente e dizem para esta pessoa que o orixá dela foi feito errado , quando na verdade foi feito daquele jeito pq não se cultua o orixá da pessoa, mais errado não esta.E formou-se a confusão!!


  974. … mas como o ato de “jogar a cabeça de alguem” não é um simples ritual, não se sai perguntando “qual orixá responde na cabeça desse filho” o questionamento pelo batuque começa pelo Ori, e se este diz não, vamos averiguar este “não”, pode ser que aquele orixá não tenha fundamento na casa em questão aí vamos encaminhar…

    mas, nem todos pensam assim…

    no batuque nao se espera o transe para fazer santo, nos jogamos se o ori permitir nós fazemos, por isso nem todos entram em transe, o que no ketu chama-se ekedi, e e por esse motivo que nao temos grau de hierarquia, você de um elegun passa a ser um babalorixá depois de receber os axés que demora em torno de 4 anos.


  975. Eurico , obrigada pela sua resposta!!Muito interessante o Batuque, tem como vc me indicar o que ler para conhecer um pouco mais ou um site que fale mais a respeito?
    Com essa resposta tudo ficou mais claro.Obrigada novamente.


  976. Olha essas questões de Candomblé, prefiro não me envolver, mas assim, não existe orixá raspado errado, des de que o Ori permita, eu acho ofensa alguem dizer que o outro foi feito errado, é o mesmo que chegar em um médico e dizer “você comprou o diploma” mas não vejo o porque de pessoas nao frequentarem a casa de outras, você não deve se intimidar por aquilo que você é nem por aquilo que você acredita, diversidade acima do etnocentrismo. Agora relações de transe, não posso entrar nesse assunto porque você é de candomblé, isso tens que falar com os irmãos daqui do blog, mas se você fosse de nanã, e se por acaso fosse feita no batuque para yemanjá, você entraria em transe com o orixá do seu eledá (yemanjá) e nada mais. Nao batuque so entramos em transe com nosso orixá do eledá e o nosso Erê, tem pessoas que entram em transe com mais de um pelo batuque mas na nossa feitura não é comum isto acontecer.


  977. em Fevereiro 13, 2010 at 5:54 pm Fernando D'Osogiyan

    Ègbé,

    O transe é segredo de axé, não se discute, cada um tem seu axé próprio, de acordo também com sua casa seus dogmas, liturgias.

    Antropólogos como Verger que admiro muito literáriamente, cometia o erro de julgar o transe como posseção, como pode julgar se nunca virou ou rodou em Orixá?

    Virar em mais de um Orixá é raríssimo e para que isso ocorra tem um por que, um fundamento que se entenda a necessidade de que isso esteja ocorrendo, está intrínsicamente ligado ao seu Orixá principal, isso no ketu/Nagô.

    Quando escolhemos nossa cabeça no orun, escolhemos sem saber nosso Orixá, pois Baba Ajalá não nos diz o tamanho da cruz que iremos carregar e nem nosso Orixá guardião.

    Minha avó/mãe Iyá D’Osun, sempre diz que: Não me interesso muito no grau de mediunidade de meus filhos, se ali na minha frente tem um Oxóssi, referencio como Oxóssi.

    A conciencia de cada elegun flutua entre um tempo mínimo e ao limite máximo de enrgia que se irradia, é oque chamamos de “vento”.

    É comum dizermos: Fulano de tal tem um vento! A forte marcante presença do Orixá numa situação. Aí o que diria os antropólogos, Verger!

    As histórias de Iyá Cotinha de Ewá do Axé Oxumarè, IyáTeodora que conheci virada em Yemanjá encima do telhado de sua casa consertando goteiras, só para citar as mais famosas.

    Orixá é mais! Inkísse é mais! Vodun é mais! ésó como disse o Tomeje, querermos aprender.

    Axé,

    FernandoD’Osogiyan


  978. Motumbá Bàbá Fernando D’Osagiyan é bem verdade o que o senhor nos relatou,a minha mãe carnal virava em Yemanjá dormindo,.Aqui onde moro a uma linda cachoeira onde costumo ir sempre que possíve e la em cima a uma linda de bambul onde arrio meus acarajés,uma vez minha amada mãe Oyá Oníra me pegou bem no alto em cima na beira da queda D’água minhas amigas ficaram com medo deu cair daquela altura,mas mãe Oyá em sua plenitude deu seu gincá e foi embora para o alivío des todos.Axé.Epahei Oyá Mesan Orun….


  979. Lindas historias, na familia de meu baba, no nagô vô lorenço era cego e quando “se ocupava” como nós dizemos, ele voltava a ver. Odé chegava, dançava todo batuque, com seus 80 anos. Depois Odé dizia “vou embora funeco” e pedia que deitasse vô lorenço na cama e ele adormecia.


  980. Nelson, desculpa
    nem havia visto que você tinha respondido
    agradeço toda explicação e preconceito nenhum hehe
    este blog tem sido uma casa virtual no qual estou tendo essa experiencia maravilhosa com todos vocês


  981. Bom dia !

    Gostaria se possível for que me decifrasse as diferenças entre: UMBANDA E CANDOBLE.

    Grato,

    Ramon


  982. em Fevereiro 14, 2010 at 11:46 pm Fernando D'Osogiyan

    Ramon,

    Candomblé significa reunião, encontro para uma festa, termo banto. Nações oriundas da África como Ketu, Jeje, Angola, Efon, Ewe, Mussurumim, etc. Fazem de seus cultos encontros religiosos que chamamos de candomblé.

    Umbanda, culto religioso que adotou elementos do espiritismo, catolicismo, e de outros cultos, tendo por base o culto a caboclos, exus catiços, preto velhos e crianças.

    Axé,

    Fernando D’Osogiyan


  983. Eu comecei a ler seu blog e me interessei pelos seus conselhos e gostaria de tirar algumas duvidas. Se puder me esclareca com detalhes o que é ser um abikun? Por que eu nao consigo resolver minha vida espiritual? Já passei por varias casas tentei me iniciar como toda abian mas nao consigo toda vez que tento sempre acontesse de um orixá em sonho me revelar algo e tenho que sair, sempre vou ao jogo de buzios e todos dizem que devo fazer tudo em minha casa e foi o que fiz mas nem mesmo assim consigo encontrar o meu caminho penso que enquanto nao encontrar a casa certa ou a pessoa que realmente saiba dar um bori da forma que os orixas querem ainda continuarei batento cabeca e me decepcionando cada vez mais. Por favor você ja teve alquma experiencia desse tipo?; Tente me exclarecer dentro dos seus conhecimentos o que acontece comigo o que realmente estar por tras de tanto mistério espero sua resposta!
    Obrigado!Axé pra Todos!


  984. Ramon o que podemos falar é que temos no blog diversos materiais sobre isso, clique nas fotos, principalmente da Manuela e vá pesquizando os assuntos. Tomeje


  985. Olá , Nelson Tenhu 15 anos e frecuento kimbanda desde quando tinha 13 anos eu gostaria de saber uma coisa , nao recebo espeiritos e nem nada mais ultimamente em minha casa me sinto mau soando frio e as vezes febre sinto minha cabeça girando aii coloco uma Guia de conta,
    em mim e as vezes passa e as vezes pioraa a situação
    minha mae me disse q tambem sou médium de transporte e as vezes me sinto mau por q tem encosto na minha casa e acaba pegando em mim ! mais esses dias nao é igual a quando sinto em costo sinto uma vontade enorme de tomar refrigerante rsrs..e depois passo mau,e falta de respiração gostaria q vc me ajuda -se para saber oque é essas coisas q sinto ? estarei esperando resposta !

    Axé Axé Axé ..


  986. Paulo realemtne nãos ei te orientar sobre isso, procure exclarecimento com seus pai/mãe de santo. Tomeje


  987. eu me enterecei muito no seu site e gostaria de saber e se vc puder ajudar a descobrir meu pai de cabeça agradeceria muito eu nasci 11/10/94 se puder responder agradeço !

    saravá !


  988. Ricardo, fique à vontade, meu irmão. A casa é sua!
    Infelizmente não teremos como te ajudar nessa dúvida. Sempre aconselhamos que, para saber sobre o orixá, é sempre certo e confiável procurar um zelador para que ele faça a consulta aos búzios para assim ser visto qual o seu orixá, meu irmão. Por internet isso não acontece, só no “teti a teti”, pessoalmente.

    Axé!


  989. ola para vcs todos ei eu li os postes dos orixas e achei muito interessante….

    eu e uma amiga uma fez fomos num cntro de candomble e jogamos os buzios ai o pai falou q meu pai e Xango e q a mae de minha amiga era Iansa
    pelo q etendi o laço de xango e iansa sao fortes sera q é por isso q eu e minha amiga sao tao leal um ao outro

    e que o pai falou q era pra nois voltar la e pra fazer uns banhos e fazer oferenda e q era pra mim ir e levar roupas so branca ai ele falou pra nois q eu ia ficar num quartinho fechado numa estreira e rezando essas coisa
    alguns de vcs pode me explicar o pq eu tinha q fazer issu num quartinho o dia todo e noite issu ia ser por 2 a 3 dias sem sair do quarto e deitado na estreira rezando eu nao entendi o pq vcs podem me explicar o pq

    Brigado a todos vcs estou aprendendo ate com vcs


  990. obrigado Dayane Por explicar irei Procurar minha vida esta
    muiro embaçada …e sinto que é ele !


  991. Kellyson não faça nada disso agora, antes pergunte do que se trata, peça detalhes, pergunte a outras pessoas sobre a casa e sobre o pai de santo, certifique-se de que é realemtne uma casa de candomblé idônea, estou te falando isso porque de um jogo já lhe foi indicado retornar de branco e que vc vai ficar lá recolhida, mas sem a explicação exata do que vai acontecer é preocupante, não quero lhe assustar, desmerecer, ou colocar problemas no que lhe foi dito, mas por comparação, ninguém entra numa consulta médica e sai de lá com uma receita na mão sem saber que doença tem e que remédio é aquele, não é mesmo? Por isso não faça nada agora, certifique-se antes. Tomeje


  992. JA TEM ALGUM TEMPO QUE NENHUM ORIXA ME PEGA.ESTOU DESESPERADA, NAO SEI OMOTIVO. SOU FILHA DE YEMANJA….
    PORFAVOR, O Q PODE ESTAR ACONTECENDO COMIGO/??//


  993. eu sou da umbanda, ou sei la, dizem que nação angola. e tem um tempo q nao recebo nenhuma entidade, é como se eu tivesse deixado de senti-las…
    sou filha de yemanja com iansã…..
    nao sei o q pensar ou fazer…….
    por favor me ajudem


  994. Erika o fato da casa ser misturada é ruim para os filhos que não tem uma identidade própria, uma raíz, mas isso não interfere na manifestação dos guias ou entidades. Muitas vezes o que aconteçe é um desequilíbrio emocional ou energético mesmo que pode e tem que ver visto pelo responsável pelo terreiro, aí neste ponto a coisa complica, porque sendo misturado, em que linha/segmento este zelador vai se posicionar para solucionar o problema do filho? Procure ajuda numa casa ou de umbanda ou de angola, dê preferencia as casas sem misturas. E outro detalhe se a casa tem alguma coisa de angola, lá não se cultua Yemonjá, Iansã e outros orixás, lá deveriam ser cultuado Inkises como Matamba e Mikaiá (no seu caso), por isso reafirmo procure uma casa de tradição. Tomeje


  995. nelson , sua benção, proucure uma casa de axé tumba jussara, ou de axé gomeia ,vc vai ver q tem bastante diferença entre o bate folhase as outras angolas, vera q o bate folhas não é o unico axé de angola.
    é tão diferente q eu mesmo não cantaria todo um xire em bate folhas .
    o axé tumba jussara e os outros são muito bons,
    e se referem as energias da natureza tanto como inkissi mukixi ou orixa sem amenor dificuldade .
    irmão sei q no seu coração a sua intenção é benigna ,
    tentando acabar com a marmotagem, e elucidar os leigos e até mesmo os q não os são, mas cada vez q vc fala isso ,meu pai siriako se treme todinho la do outro lado
    sua benção


  996. Leo vc me desculpe, mas se os que vc conheçe misturam orixá e inkise, eu desconheço isso na tradição. Sei que existe sim, já fui a diversos candomblés que misturam, se são bons ou não, não sou eu que tenho que julgar isso, até porque não tenho vara para isso, não posso apontar o dedo para ninguém e dizer o que é correto, mas não faz parte da tradição angola. Estes candomblés são aquilo que o zelador deseja que sejam e não uma continuidade da sua raíz, independente de nomes. Muitos destes candomblés tem grande reputação, casas lotadas e dão ótimos resultados, os filhos são próperos, mas continuam sendo misturas, se o que vale é o resultado estético ou outro, em detrimento da tradição, aí é outro assunto. Leo eu não nasci em berço de ouro do candomble, mas não aceito com esta naturalidade as misturas como vc tem dito sempre, te respeito sim, mas não concordo com isso que pode tocar pra inkise e orixá junto ou no memso toque, isso não é tradição. Sobre vc não poder cantar um toque (jamberessu) todo no bate folhas, realmente vc não poderia, haja visto que só há pouco tempo se deu conta de existencia de um dos, veja que falo de um dos tantos outros inkises que lá são cultuados, isso porque lá só se toca pra inkise, e por isso eles se aprofundaram nesta cultura e são de fato um modelo e referencia de angola, e isso não desmerece ninguém. Não falei no meu comentário nada de Bate Folha, indiquei e indicarei sempre que se procure casa tradicional. Não vou mudar de opini